Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA PRIMA GRAVIDA

Comi minha prima gravida



Todo sábado pela manha eu dava uma passarinha na casa de tia Teresa para ver como ele estava, alguns minutos apenas, contentava mamãe, e, afinal, ela não era uma velhinha tão chata assim. Aquele dia porem fiquei assombrado ao ser atendido a porta do apartamento por uma garota de no máximo uns quinze anos sá de roupa intima, e em adiantado estado de gravides.

- Oi primo, estes dias mesmo mamãe esteve me mostrando fotos suas, acho que não lembra mais de min, sou a Luciana, estive com meu pai em Sampa, agora voltei morar uns tempos com mamãe, a gente brincou mito na infancia, espero que não se ofenda de eu recebe-lo vestida assim, mas esta tão quente.

- Oi, claro que não tem problema, agora estou lembrando de ti, que bom te ver – Eu estava realmente deslumbrado, sempre tivera tesão por gravidas, e ela estava linda, convidou-me para sentar , titia não estava, deixara-a com a casa e fora passar uns dias com a outra irmã, numa cidade vizinha. Contou-me toda sua historia, engravidara por acaso, o pai nem sabia, interrompia por algum tempo os estudos para vir ter o bebe perto da mãe, minha tia Teresa.

Ela percebeu logo que não tirava os olhos dela, da barriga enorme, dos seios fartos, toda a minha atração estava na cara.

- Que sentir minha barriga.

Não esperei ser convidado duas vezes, apalpei sua barriga, um pouco amedrontado passei para os seio, por cima do sutiã, olhei para ela e percebi aprovação.

- Vou tirar para você ver melhor.

Arrancou o sutiã pondo a mostra os seios grandes, fartos, com aureolas enormes, que eu pus-me a apalpa-los, sopesa-los e aperta-los exasperadamente – pode dar uma mamadinha se quiser, primo – era o convite que esperava. Abocanhei um, enquanto com uma das mãos apalpava outro, e a outra mão fui descendo pela barriga até chegar a calcinha e avançar adentro sentindo a buceta inchada e já bem lubrificada.- Olhei para sua cara safada e perguntei: - posso chupar esta também?

- Claro que sim.

Tirou a calcinha e pus-me a chupar aquela buceta que apesar de inchada era bem fechadinha e com ares de não Ter sido ainda muito usada. Chupei com toda força, meti a língua mesmo, com ela toda esparramada no sofá cai de lingua também no cuzinho minúsculo e com toda cara de ser virgem.

Depois de te-la feito gozar varias vezes nem precisei convida-la, ela mesma pediu meu cacete para chupar, tirei minha roupa e levei meu pau até sua boquinha, que engoliu com sofreguidão trabalhado meu tolete muito bem.

- Posso fode-la ou pode fazer mal?

- É claro que não meu médico disse que não há problema algum. Enfia todo este cacete na minha buceta, me arromba toda.

Posicionei-a bem e meti todo meu pau naquela delicia de buceta apertadinha, inchada, e totalmente lubrificada. Comecei a bombar enquanto ela gemia e gritava pedindo que eu a fodesse mais e mais. Quando cansei parei um pouco deixando o pau atolado na buceta já um pouco alargada pelo meu cacete e pedi:

- Não sei se tu vai concordar, mas vi teu cuzinho, é tão gostoso, me deu uma vontade de experimentar, posso fode-la no cu?

Dei mais uma chupadinha naquele buraquinho rosado, usei o liquido da buça para lubrifica-lo cuspi um pouco no cacete, e com ele bem lubrificado parti para o ataque, foi difícil vencer a resistência daquele buraco mas com ajuda dela consegui, senti a cabeça conseguindo entrar , ela estremeceu e gritou, empurrando sua bunda contra min e completando a fincada, ela gritava alucinadamente mas percebi que estava gostando pois não parava de me ajudar na penetração, animado com isto dei um forte tranco e fiquei tudo o que faltando até o saco encostar na bunda dela, ela urrava de dor, mas aguentou firme, comecei a estoca-la, ela se contorcia, urrava e logo que conseguiu falar entre gritos e urros falou>

- Me rasga todo esse cuzinho, me como uma puta, sempre quis dar o cu, me enche de porra.

Foi isto que fiz, gozei fartamente dentro daquele cuzinho que havia arrombado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos tia de saia curtaContos porno minha esposa realizou meu sonholongos contos eroticos estupros dpconto erotico meu apelido no colegio e jeguinhoconto erotico namorada enrabadacomendo a prima e o primo gaycontoseuroticos-puta Contos eroticos de novinhas dando o cu pela primeira vezContos eroticos violento seiosconto erótico. eu minha esposa morando perferiaSou casada mas bebi porro de outra cara contosContos eroticos eu e minha familiacasada meu patrao me comprou e arrobou meu cu virgem contos eroticosconto flagrei minha irma dando e enrabeimeu marido mi estrupo i meu cu ta arrobadoconto gay dando ao estranhocontos de a gozada perfeitacontos eroticos filha da minha namoradaas pamteras se fudeu rola crossa no cuminha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandocontos eróticos esposa disfarçadocontos erótico menininha elevadodando para os 3 amigos do predio quando pequena contos erpticosmeu professor meu namorado contos gaycontos eroticos espiritoHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestisminha vizinha poliana muito gostosa contosContos eroticos meu rabaomeus peitinhos doíam...contos eróticos vestido de langeriespasto da igreja tirou meu cabaçocontos eróticos traindo marido na cara dele ele nao viuContos erotico sogra fiu filha batendo punhetadepilando a minha tia gravida contos eroticosContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhacontos eroticos de mulheres que fuderao com negrosna casa de swing recife contocontos eroticos o pastor comeu o meninocontos eróticos o dono da minha mãeamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticocontos eroticos comendo a chefeFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalContos eróticos minha gata fode com todospenis motruosocontos fui passear com minha esposa na casa de um amigo e virei cornopuxou minha calcinha de lado e meteu ate o talo na minha boceta contosontos eroticos a bundinha da mossaconto erótico dotado viu a esposa gostosa do melhor amigo nua pelo fechadura da portaminha cunhada solteira ela nunca foi casada ela e a irmã mais velha da minha esposa eu levei ela pro motel eu tirei a virgindade da buceta dela minha cunhada disse pra mim que eu ia sempre eu ia fuder sua buceta conto eróticocontos de afilhadaesposa traindo marido bebado contos eroticosconstos eroticos mae do meu amigo toraconto casadaConto Na primeira chance meu tio me engrabidoucontos eroticos homoconto erótico viadinho de calcinha no acampamentochupando ate ela gozar na boleiaContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhaconto de escrava lesbconto casal biSou casada mas bebi porro de outra cara contosgaroto pelado no rio e tia veno imprecionada/contoseroticosContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadoestuprada na frente do marido por 6 homes conto eroticoirmã transformassem roupa vídeos pornô doidoFui trabalhar de servente e dei meu cu contoscontos eroticos me maquiaram e depois comeram meu cuputinha do colegio conto eroticocontos gozada da maecontos porno negros estupradores pornoDesenho porno pai bota filhar pra domir i fode ela todinharcontos erotico garota do interior peteu cabaçocontos eroticos abri sua boceta e minha porra escorria do seu buracoContos eroticos pai da amiga sou rabuda gostosa de fio dentalcontos eróticos minha esposa nao sabe beberComo tirei o cabeça do cu do meu amigo contosMulher da buceta enchada dano gostosoconto erotico amiga da mae carentecontos a minha prima Caçulamorena de micro vestidinho na estrada de carro da carona pró homem proctologista me comeu gayContos erotico de garotinha estupradas.www.mulatanua.comConfesso gay filmei meu pai comendo um viadoincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroaContospornoamadorContos eróticos fogososminha professora nao usa calcinhas contos eroticosmeu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticas