Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO SELVAGEM - PARTE 02

Nos arrumamos e resolvemos ir embora e continuar nossa aventura em outro lugar.

Fechei a loja e fomos para o estacionamento.

Pensamos em ir a um Motel práximo, mas eu estava sem nenhum centavo, e ele, como eu ja havia constatyado, sá foi buscar a carteira e não havia dinheiro suficiente para ir a um Motel, então desistimos dessa idéia.

Como estávamos com muito tesão resolvemos dar um jeito, enquanto ele dirigia, eu abri a calça dele e fiquei chupando o seu pau, deixando ele muito duro na minha boca.

Como eu estava com uma saia jeans, uma calcinha minúscula branquinha, não pensei duas vezes em me livrar da saia e colocar a calcinha de lado e enquanto engolia seu pau, me tocava também.

O tesão já estava acima do nível da sanidade, fiz ele reduzir a velocidade e montei em seu pau. Fiquei de frente para ele, deixando apenas espaço para ele enxergar o transito. Em um movimento a principio desajeitado, comecei a cavalgar em seu pau, o fazendo perder um pouco o controle da direção.

Como a velocidade estava muito reduzida, os carros e ônibus que passavam ao lado conseguiam perceber o que estava acontecendo, então para melhorar a vista principalmente de quem estava nos ônibus, eu abaixei os vidros e todos que quisessem, teriam uma visão privilegiada do que estava acontecendo dentro do carro.

O Eric queria parar o carro, mas eu não deixei, e quanto mais ele pedia, mais eu cavalgava em seu pau. Fiquei um bom tempo nessa posição, mas estava achando um pouco desconfortável, então resolvi ir pro banco de trás e comecei a provocá-lo, abri bem minhas pernas e comecei a enfiar um dedo, depois enfiei dois dedos, e no terceiro ele entrou em uma rua vazia e parou o carro, pulou para o banco de trás, arrancou minha blusa e começou a beijar meus seios e meter dois dedos na minha buceta.

A rua era muito escura e não tinha movimento algum, então ele abriu a porta, saiu do carro se masturbando.

"Vamos, desce do carro, quero te comer aqui na rua... vem safadinha..."

Eu não pensei duas vezes, saí do carro, completamente nua e fui à direção ao capô do carro e sentei lá, então ele pegou me deitou no capô e começou a me chupar.

Sua língua lambia do meu cuzinho até meu grelinho, e depois voltava, do meu grelinho até o cuzinho, ora com velocidade, ora bem devagar, me deixando totalmente entregue.

Quando ia começar chupar seu pau, um carro de policia parou do nosso lado.

Na hora gelei, pensei inclusive que iria ser presa, mas o Eric levou minha cabeça até seu pau e me forçou a chupar ele enquanto o policial se aproximava.

Na hora pensei "ele esta louco, vamos ser presos e ele quer que eu continue chupando ele”.

Mas como o policial já havia visto, eu pensei que o Eric quisesse fingir não ter percebido a chegada do policial e comecei a chupar ele.

O policial se aproximou, e começa a olhar eu chupando o Eric, e o Eric falava:

"Isso minha vadia, me chupa bem gostoso... ahhh que boca deliciosa, chupa bem, eu estou te pagando pra fazer direito, chupa sua puta"

Então eu percebi as intenções do Eric, mas ainda sem entender o que ele queria com isso.

O policial ficou por alguns minutos somente observando, então o mais surpreendente acontece, ele abre sua calça e coloca seu pau pra fora e se aproxima de mim e pede para eu chupar ele também. Na hora eu fiquei meio confusa, mas com medo, resolvi chupá-lo.

Então o Eric e o policial começaram a conversar

Eric: "Ela chupa muito bem não é mesmo"

Policial: "Nossa, não é a toa que é profissional..."

Policial: "Chupa vadia"

E batia com seu pau na minha cara.

Eric: "Chupa ele, faz igual você fez comigo"

Aquela situação toda me deixou excitada, já havia perdido o medo, e estava adorando chupar o policial também.

Eles voltaram a conversar

Eric: "Acredita que essa vadia me cobrou apenas R$20,00 para eu comer ela, serviço completo"

Policial: "Que putinha barata..."

Fiquei nervosa nessa hora, pois não era a posição que queria estar, mas continuei, pois no fundo no fundo, estava muito excitada.

Policial: "Que tal você comer a buceta dela, enquanto ela me chupa?"

Eric: "Boa idéia"

Eric: “Vira esse rabo pra mim, deixa ele bem empinado”.

Então enquanto chupava o policial, o Eric metia bem fundo na minha buceta, e dava uns tapinhas me mandando chupar bem gostoso o Policial.

Eu já havia gozado e os dois ainda não. Então o Policial quis trocar com o Eric, e começou a meter na minha buceta enquanto eu chupava o Eric, que piscou pra mim e disse.

"R$20,00 muito bem gastos, você não acha?"

O Policial deu risada.

Agora os dois estavam para gozar, então eles me colocaram de joelhos no meio da rua, e começaram a se masturbar, gozando na minha cara e por todo o meu corpo.

O policial então jogou R$10,00 na minha cara e falou para o Eric

"Vamos rachar afinal essa valeu a pena”.

Entrou em seu carro e sumiu.

Eu estava toda melada, então tive que usar minha calcinha para me limpar, pois o Eric não queria me deixar entrar no carro toda lambuzada, fiquei com raiva dele, mas resolvi esquecer esse detalhe, me limpei na medida do possível.

Eric: "E então, gostou de virar uma putinha?”.

Eric: "Com esses R$10,00 mais os trocos que eu tenho dá para pegar um período em um hotelzinho barato, que tal?”.

Aceitei, mas apenas com a intenção de mostrar pra ele, quem é a putinha da historia.



Continua...







Me conheça melhor:



http:contosdaisabelle.blogspot.com



Email: [email protected]



Orkut: http:orkut.comProfile.aspx?uid=4298904003587731985

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos muito grosso e grande sofricontos eróticos pai e amigosMeu pai me penetroucasa dos contos mae e filha xupação de bucetaconto erotico mae nao aguenta o negaoCONTOS EROTICOS DE.BUCETAS ARROMBADASbuceta toda escancarada putariaContos eróticos comi minha mãe dormindogayzinho passou rebolando na minha frente contocomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contoconto erotico viadinho de calcinha no citioconto erotico calcinha neguinhoso putao dando o cu e gozando e gritandogostosas de caixote apertadinhacontos esfrega buc gozada corninhoconto papai noel tirou meu cabaço gaycontos eroticos viadoContos eroticos com faxineiracontos eroticos fudendo a mae travesticonto erotico perdi o cabaço estacionamentotransei com amigo da minha filhacontos pai e filhas casadaodiava o marido da minha prima parte2 contos gayEmpregada Triscando no meu pau contohumilhado travesti contosContos bdsm sequestradaAbrindo as pernas para o sobrinho contoconto erotico empregada negra escraviza patricinhaporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtirfui toma uma no bar da coroa safadinha e acabei comendo seu rabinhoPorno gay conto erotico riquinho submissocontos eroticos bv e virgindadecontos eróticos incesto o homem da minha vidaconto peguei meu irmao assistindo filme pornocontos safadinhosconto porno em video o jardineiro que me defloroucontos eroticos gratis de padre diaboconto erotico gay transei com jogador de futeboleu tava de short meu namorado ralou o pal em cima da minha bucetacontos esposas na praiaTennis zelenograd contocontos de negros taradosDei pro meu tio estou apaixomada em contoswww.contos euroticos varias rolas n boateContos eroticos eu meu tio e minha mulhercheirei a bunda da gorda conto eroticoConto o dia em que meu tio me engravidounoras e sogro estorias de sexo riais.meu sogro contosconto comendo viuvaContoe d orgias cadelinha e seu donopornodoido ela prguntou se doi dar o cuzinho.conto clube de amamentacao de adultoscontos eroticos de meninas abusadas pelo padrastocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos comendo minha sobrinha novinha no terreno baldioContos de sexo na fazenda tirando o cabaçoContos eroticostio tiaAi ai minha bucetinha contoscontos gay chupei depois da mijadaporrno doido pirenha velha vizinhacontos eroticos meu primo mauricinhoesposa na brincadeira em casa contocontos eróticos entiado presohomem sendo estrupado en oficinacontos eróticos...minhas filhinhas..meu amorpadrinho comer afilhada cem pentelhocontos eroticos o entregador me fodeu na piscinacontos cunhada crentehomem conto heteroEnsinando irmanzinha metervideornpossconto erótico na infânciaconto erotico funkeiro chupando novinha no funkcontos eroticos festaestuprando a cona deliciosa aiiiiii enfia mais desgraçadoeu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus esposa safada de biquini na farracontos eroticos adoro o leite delesCasada dando de saia e fio dentalzinho na fazenda conto dela dando o cu no cine arouchepornor contos e videos liberei o cu virgem para meu irmaocondos erodicos perdendo virgindadeconto comi minha amiga peludacontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamtenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosconto minha fulha e seu namoradoos policias comero minha muler porno contos eroticocasa de contos eoritoco incesto nse e filhonovinha de 13com peitinhoai para asim vai doer muinto omeu cusinho emuinto grande e grossoContos eroticos a enfermeira que é fodida pelos medicoscontos eróticos convencendo amigo a chupar pau rolacontos eroticos papai me perdeu no jogoconto deixou a buceta ficar peluda pra dar pro paio comedor da escola conto eroticotava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contosconto erótico de gay novinho com novinho secretocontos eroticos sou viciada na pica do meu filho