Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO FOI DIFICIL DAR O CUZINHO

Sempre tive vontade de dar a bunda, me masturbava enfiando objetos e rebolando bem gostoso imaginando que estava com uma rola no rabo, mas quando estava trepando e tentavam colocar na minha bunda eu disfarçava, segurava a rola e colocava de novo na buceta.

Tinha medo de sentir dor, devido a algumas historias que tinha ouvido, mas não conseguia parar de me masturbar imaginando uma rola atolada na bunda.

Um dia, para ser mais exata, num domingo, eu e meu marido (na época éramos namorados) estávamos na casa dele e deitamos no sofá, na posição de conchinha, bem juntinhos, para assistir televisão. Sentia seu corpo bem colado ao meu, sua respiração no meu pescoço e suas mãos acariciavam meus seios.Então comecei a sentir sua rola bem quente crescendo e roçando em minha bunda.

Naquele momento nem me lembrei da possível dor, queria apenas sentir aquela rola em minha bunda, estava completamente tomada pelo tesão,sentia minha buceta pegando fogo e completamente molhada.Não falava nada, gemia baixinho e me esfregava cada vez mais naquela rola quente e tesuda. Nunca tínhamos tentado nem conversado sobre sexo anal e eu mal podia acreditar que finalmente iria sentir uma rola de verdade em minha bunda.

Ele puxou a minha calcinha para o lado e começou a forçar sua rola de encontro a minha bunda bem sutilmente. Ele também não falava nada, apenas me acariciava, gemia baixinho, se esfregava em mim, que completamente tomado pelo tesão me empinava cada vez mais, forçando a minha bunda contra a sua rola. Já podia sentir a cabeça da rola entrando no meu cú, quando começaram a chamar por ele no portão. Paramos na hora, porque como não estávamos sozinhos na casa, sabíamos que não teria como fingir que não tinha ninguém.

De noite quando ele foi me levar embora, ficou um clima de frustração, mas não tocamos no assunto.

Nos dias seguintes não podia acreditar que aquilo tinha acontecido, minha vontade de dar a bunda sá aumentava e eu queria encontrá-lo novamente para terminar o que tínhamos começado.

Por compromissos de trabalho sá pudemos nos encontrar na sexta –feira. Primeiro fomos a um barzinho onde estavam vários amigos dele. Não tínhamos combinado nada para mais tarde, mas tamanho era o nosso tesão fomos de lá direto para um motel.

Nos beijamos, acariciamos, esfregamos feito dois animais, sem tocar no assunto tão desejado- a minha bunda.Tínhamos bebido e eu estava completamente molhada, quente.Ele tinha a respiração bem ofegante a rola dura e percorria meu corpo com a as mãos, até que me deitou de bruços e começou a fuder minha buceta, que como disse estava encharcada . Trepamos de um jeito que nunca tínhamos trepado, gemíamos, suávamos eu rebolava, quando ele sutilmente tirou sua rola da minha buceta e começou a esfregar no meu cúzinho.Eu empinei a bunda forçando cada vez mais o meu cuzinho contra rola dele, até que finalmente senti que começava a entrar.Sentia meu cúzinho se abrindo e uma rola grossa e quente entrando, não sentia dor apenas prazer, queria mais e mais.Ele colocava bem devagar, mas não parava ia forçando me fazendo delirar de tanto tesão,e colocou tudo bem gostoso.Eu estava com uma rola atolada na bunda e rebolava para sentir ela dentro do meu cuzinho, se esfregando na beirada do cú e ao mesmo tempo esfregando meu grelinho contra o lençol.Ele gemia e forçava seu corpo contra o meu.Pude sentir gotas de suor que caíram de seu rosto nas minha costas de tanto tesão que ele também sentia.Eu alternava entre reboladas e empinadas e pude sentir um calor que subia pelo meu corpo, fazendo- me tremer e explodir num gozo que aconteceu junto com o dele fazendo-me molhar o lençol e ficar com o cúzinho cheio de porra.

Trepamos a noite toda, dei a bunda para ele mais 2 vezes naquela mesma noite ficando com o cuzinho doendo de tanto dar.

Então descobri que amooooooooo dar a bunda sim e gozo muito com isso...

Rebeca.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Chupei Contoscontos travesti mulata que me arrombourasgando um cu virgem da freira- contosconto erotico arrombei o travesti do baile funkhttp://tennis-zelenograd.ru/conto_8496_a-salva-vidas-e-o-garotinho.htmlviciadinha em dar o cu contosMeu padrasto preto roludo comeu meu cu. conto erotico eterossexualfiquei excitada e dei para um mendigocontos eroticos peguei meu marido chupando os peitos da prima delecontos vazando porrafotos de caseiro de calcinha fii dentalconto erotico com xupa minha xota paiVirei putinha dos meus filhoscontos pornos irmas naturistasswing confessin porno contos dia de praia 1contos de coroa com novinhoporno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetacontos eroticos reais adoro ver minha mulher com outros homenso coroa rico que tirou a virgindade do meu cu no motel que ele fez eu vira seu gay ele adora fuder meu cu no motel ele me ligou pra eu ir com ele pro motel eu fui com ele no seu carro pro motel eu e ele dentro do quarto eu chupei seu pau ele começou a fuder meu cu ele disse pra mim eu não vou goza dentro do seu cu eu vou gozá dentro da sua boca pra você engolir minha porra ele tirou seu pau do meu cu ele disse pra eu chupar seu pau eu comecei a chupar seu pau ele gozo dentro da minha boca eu engolir sua porra conto eróticohistórias de cunhadas punheteiracontos espiando o sobrinho dotadocontos cuidando da minha irma casadacontos eroticos com fodacontos eroticos meu amigo veio fazer trabalho e acabo me comemdodespedida de solteira com negros contosporno travesti rosadinha menininhazofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos minha primeira vez a trescontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladacontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhoconto erotico meu padrato bem dortadorContos de masturbação com objetos no ginecologistacontos eroticos cheirando a calcinha mijada da erma gordinhaRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingcontos eróticos meu primo tinha um pau descomunalcontos eroticos vovò gostosa se depilando de perna aberta na frente dos netosdopei minha mae gostosa e soquei fortimente pornoamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/eleconto eróticos do sobrinho do meu maridoContos eroticos fudendo o cu da casadaContos gay perdi o cabaço com coroaconto os sequestradores fodem sequestradasogracarentepornoTennis zelenograd contochupei os pezinhos da minha irman contos eroticosmarido chama primo pra tranzar com sua espozaContos comendo professoras do ecino fundamentalcontos eroticos negao no cinema corno lambe porramae e filha de fio dental na praia e do padrasto contoPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!Sou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos meus primos me arregacaram o cusalto alto conto eroticoSexo no aterro do flamengocontos eroticos piscinaconto porno peoes no ciomulher depravadaLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando compaguei aposta chupando contos xoxota toda ardida com a madeira dentroconto estagiaria virgemzofilia devuaetauma sogra com a bunda de 90cm foi arrombada pelo genro super roludo conto eroticoconto cu suado da bonecaConto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma iniciando um cuzinho virgem contostrai meu namorado chorei conto eróticocontos eroticos casa dos contos evangelica submissa dos pastoresver contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosasou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhometendo devagar na buceta da minha irma dormindo no escuroContos eroticos banho irmacontos eróticos eu minha irmã fizemos sexo com faxineiro do condomínio.traiminha namorada com o pau na cara contos relatos estorias eriticossonhador contos eróticos i****** mãe e pai f****** a b***** da filhacontos eroticos nylher do meu patrao carentecontos eróticos conaciumento e safado conto eróticocontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos eroticos chantageada pelo titioeu e minha sogra coroa conto eroticocontos eroticos de escrava de madameContos de travestis pauzudoscontos meu vizinho tira o pau pra fora