Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

"EH DO TAMANHO DO MEU ANTEBRAÇO!"

Oi gente! =) Da última vez, eu contei pra vocês que eu estava doidinha pra dar pro meu irmão... Nossa, que cavalo é aquele menino! Tá me dando mais tesão ainda, lembrar desse jeito. Não consigo parar de me tocar! Mas esse conto de hoje é sobre o Izandro. Um negão da minha faculdade que... me ajudou durante o difícil momento que eu estava passando em relação ao cacete gigantesco do Cássio. Pra quem não lembra, eu sou a Maya, sou moreninha, cabelo pretos lisos, tenho seios enormes e uma boca cheia e deliciosa. Adoraria ter um bundão gostoso, mas todos os homens amam meu rabinho do jeito que ele é. ;) Voltando ao assunto, eu estava decidida a dar tudo que eu tinha pro Cássio, mas nada iria acontecer da noite para o dia... Passei uma boa semana na base dos dedos na minha gruta... Foi um inferno. Um dia, eu cheguei mais cedo na facul pra poder juntar uns trabalhos com minhas colegas. Minha surpresa foi que elas tinham adicionado o Izandro ao grupo. Nossa, gente, minha xaninha se comprimiu toda e babou litros de líquido cheiroso de fêmea. Izandro percebeu, pelo que pareceu... ou ele era um gostoso safado mesmo. O negão era um sonho... Careca, olhos penetrantes... pelo menos uns 190cm. Um volume ridículo estava formado nas suas calças. Ele veio me cumprimentar, cheguei mais perto para dar lhe um beijinho no rosto, ele passou a mão pela minha cintura... gozei ali mesmo, sem brincadeiras! "Que tesão de homem é esse, Kaká?!" Cochichei pra Karina, minha amiga super-deliciosa. Ruiva completa, em todo e qualquer cabelo, seios que perdiam apenas pros meus, olhos verdes LINDOS! "Minha querida, ele é seu por hoje. =) Tá vendo aquele volume absurdo nas calças dele?" Fiz que sim, desconfiada. "Pois é... aquilo é o pau dele... MOLE!" Ela quase falou alto. As meninas olharam pra mim e pra Kaká. Izandro olhou e me deu um lindo sorriso. Sorri de volta... O que eu estava fazendo, meu deus?! Assim que a aula acabou, as meninas deram alguma desculpa qualquer e me deixaram com Izandro, que fez questão de me deixar em casa. Sei... "em casa"... Eu estava com tanto tesão que não me importei! Iria ser com aquele negão mágico que eu iria tirar meu atraso! Perguntei para Izandro se ele realmente queria ir agora. Acho que ele ficou um pouco desconfiado de eu querer algo. "Eu queria... estudar... um pouco." Peguei no meio das pernas do negão e apertei o pacote. Agora ele sabia o que eu queria. Aquele membro já estava enorme na minha mão, mas começou a crescer muito rápido. "Puta merda!" Não consegui deixar escapar. "Que foi, é demais? Suas amigas falaram que você sá dava pra cara de pau grande!" Fiquei atônita. Aquelas putinhas fofoqueiras.... Depois eu lidaria com elas. "Eu... não consigo acreditar que você seja tão grande! Vamos pra uma das salas lá de cima?" O andar de cima era basicamente abandonado. Como a facul era enorme, como o pau do Izandro, muito era deixado aos ratos. Izandro me colocou na frente, andou comigo até o elevador e logo estavamos sozinhos indo para o 11ª andar. Lá dentro, Izandro começou a tirar a rola imensa pra fora. "Agora você acredita, putinha arromabada?" MEU DEUS! Perdi o fôlego vendo aquele mastro digno de um Titanic! "Mas... É maior que meu antebraço!" Izandro pegava nas minhas tetas. "Mama no meu cacetão, vadia." Nada me fazia ficar mais molhada do que quando me xingavam. Engoli quase a metade do pau de Izandro. "Você é enorme! Você adora quando eu digo isso né, seu puto, cavalão! Esse pica gigante tem no mínimo 25cm! Seu cavalo! Fode sua eguinha!" Izandro foi a loucura! Por sorte chegamos ao andar a tempo de Izandro tirar minha camisetinha apertada e revelar minha tetas enormes. "Sua vaca! Vou acabar com você!" Levantei minha saia e implorei por pica. "Pelo amor de DEUS, seu cavalo filho da puta, mete esse monstro na minha xana!" Izandro era tudo, menos um cavalheiro. Ele meteu sem dá da minha xoxota! Eu sentia entrar 20cm direto na minha buça! "Seu FILHO DA PUTA! Me destrái!!! Fode a sua vaca!" Em um determinado momento, que eu não me lembro pois desfaleci, senti todos os 25cm de Izandro dentro de mim. Segurei minha boca com as duas mãos e comecei a berrar. Izandro me empurrou pra dentro de uma sala, fechou a porta enquanto ainda me fudia. Depois de terminar de fechar a porta, ele meteu que nem o animal que ele era, um cavalo! Senti minha buça esguichar! "O que aconteceu?" Perguntou ele. "Eu... ejaculei... Foda-se... METE PORRA!!" Ele, num estalo, continuou fodendo minha xaninha linda e raspadinha. Durante duas horas ele arrebentou tudo o que tinha pra me arrebentar. Ele pediu arrego depois da décima vez... Quando chegamos na minha casa, ele queria entrar, queria meu telefone e tudo o mais. "Você é lindo, gostoso, e tem a pica mais absurdamente descomunal que eu já vi, mas você foi sá uma foda. Eu to gostando de um cara." Olhei pela janela da minha casa, pensando no Cassinho. "Tchau Izandro. Manda um beijo pra Bella... Acho que é o turno dela de usar você amanhã." Dei um beijo na buchecha dele, que estava em choque, e fui pra casa. Chegando em casa, vejo Cassinho. "Oi mana, como foi a aula?" Cheguei perto dele, dei um beijão na buchecha, bem perto do rosto, e me encostei nele. "Foi uma delícia!" "Que bom, disse ele." Então, ficou fazendo carinho no meu cabelo... Ficamos assistindo TV. "Você é o práximo, Cassinho." Pensei.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico traindo a namorada debaixo das cobertas no escuroconto banho com a namorada na academiacontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalContos erótico lutinhaContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3Contos como foi a primeira punhetinhacontos sexo meu filho meu homem gay conto erotico taradao num cuzinho masculo de seis aninhosconto erótico de tiazinha rabudaconto erótico maltrato minha mãecontos eróticos gay vieu tio pelado no banhocontos eróticos no cu com cachorroContos eróticos de tio sopinhasfotos de esposa de corno pegando no mastro grandecontos eroticos - esposa - massagista - pintudominha iniciacao gay sendo a mulherzinha do negao contos pornoas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altaconto de não aguentei a pica grande de meu avôna frente a mamãe motel sábado padrastonovinha grita quando o no do cao trasa seu cucontos eroticos menino curiosoconto erotico com amiguinho do meu irmaocontos eróticos meu filho virou trqvestir vi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticostocando punheta no maracanaotitiu comendo a sobrinhacachoro da familia gozando detro da buseta da mulhecontos eróticos menina pequena dá o c* no pedágiocontos gozando nas calcinhas dekarolmeu pai acistiu eu perder o cabasso contos eroticosconto erótico viadinho vai morar com os tios e tem que usar calcinha e short de laicravideo fui enrabado no acampamentocontos gay meu paizão comendo o meu cunhadodesenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitaSou casada mas bebi porro de outra cara contosgozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabaxvidio minha irmã sozinhocontos eróticos com mulatasContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidoucontos euroticos porno tia lucia conto erotico bolinada na infancianovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegasmasagista se marturbando no meio do espediente porContos Comendo A filha da amigajato forte coroa vomitacontos minha mãe me seduziu usando mini saiaPuta merda!!!para!(conto teen gay)contos de menininhas sentando no colo de homenscontos eroticos quanto vi aquele pau mostruoso o meu cu piscocontos de corno surpresaninfetas lésbicas beijando o peitoral dos travestiscontos eroticos minha tia lésbica me chuoucontos eróticos meu segredocontos eroticos de despedidas de solteiratrepafa de caronaManinho me arrombou gostosocontos eroticos de mulheres obesascontos eroticos anal com padrasto vizinho tio pai desconhecidocontos eróticos de sobrinhas com tiasas aventuras de vanessa contos eróticosfudendo a sogra conto ingenuacontos gays chupei o vira latacontos eroticos porno de pirralhas inocentesnovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegasminha cunhadinha virgemNo bumbum da baiana - contoscontos eróticos aposta infeliz diretor da empresadepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalrelato homem chorou com a tora no rabominha mae bunduda amantecontos eróticos gay EMMO o maconheiroContos implando porra na bocarecebe conto erotico de casais de mais de quarenta anos por emailCasada narra conto dando o cucontos-no colo de papai na praia de nudismocontos eróticos comi mãe dormindo conto pau fora sunga biwuiEvangélica safada ContosEróticospornô.com colo do velho. contofilmes porno a cordano minha mae japonezaPorno contos incesto aprendendo tudo com papai e mamae,desde cedo,carinhososFodi o cu e a cona da minha sogra e gozei muito na boca delamamado no papai contoscontos incesto buceta rapadinha cheia de tezaocontos eroticos chineladascontos eróticos gravou tia dando pra doisrelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhasno hotel quando minha prima percebeu meu pau já tinha entrado na sua buceta virgem ela disse pra mim não faz isso comigo eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela agora sua buceta não é mais virgem ela disse pra mim fode minha buceta conto eróticominha filha e meu genro vieram me visitar bucetaSou casada fodida contocontos eróticos gays cavalgando no tioconto gay meu primeiro cucontos eroticos meu avô esfregavaCanto erotico do travesti com menino10conto amo ser puta mulher 40 anoscontos eroticos casada infelizconto erotico sogra seu filho tem um rola grossacontos eroticos gay sadade de meus dominadoresesposa da o cu au marido sorinda