Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMINHA LINDA

Não irei mencionar nomes veridicos, meu nome é Elloi tenho 19 anos, moro numa cidade razoavelmete grande de um estado no norte do país.



Sou branco, cabelos negros, olhos castanhos esverdeados, tenho 1,70m e 65kg.

O relato a seguir ocorreu a pouco mais de um mês.



Tinha acabado de entrar de férias na faculdade e arrumado um emprego novo, quando uma prima minha veio até a cidade em que eu moro para fazer uns exames. Junto com ela vieram seu marido, sua filha Paula de 19 anos e sua filha caçula.



Por causa do maior conforto eles resolveram ficar em minha casa, minha mãe hospedou-os muito bem.



No primeiro dia em que estavam em nossa casa eu pude perceber como minha prima Paula estava linda (a ultima vez em que a vi ela estava com uns 4 anos), ela havia se "desenvolvido" muito bem. Loira, cabelos nos ombros com uma franja sobre o rosto, seios médios e durinhos, bunda redondinha e muito "apetitosa".



Na primeira noite (18h) em minha casa, minha mãe juntamente com os pais dela e a irmã caçula, sairam para a consulta da mãe da Paula.



Comecei então a conversar com a minha priminha, perguntei sobre a vida dela, como estavam todos os parentes lá. Apás algum tempo de conversa já não aguentava mais de tanta tesão, falei meio na brincadeira que estava louco pra beijar a boca linda dela.



Ela ficou meio sem graça, e eu começei a investir para tentar beijá-la, mas ela resistia incansavelmente, apás várias tentativas frustradas "desisti" de beijá-la. Vendo o meu desanimo ela me perguntou veio até mim e falou que me beijaria, quando estavamos quase nos beijando o pai dela que havia saido com um tio meu chegou, continuamos no computador, ele foi para o quarto assistir TV.



Ele havia acabado de entrar no quarto eu fui com tudo pra cima dela e acabamos nos beijando, começamos a ficar naquela noite, mas por causa da casa estar cheia de gente não havia encontrado opurtunidade para comer minha priminha.



Tanto ela quanto eu queriamos essa oportunidade, que acabou chegando na noite seguinte. Estava ocorrendo em minha cidade a feira agropecuaria anual que movimentava a cidade. Minha mãe conseguiu com uns tios meus ingressos para irmos à feira, mas não o suficiente para todos, fomos entaum Paula e eu para marcar o bingo.



Na chegada eu já falei em seu ouvido que seria ali que nos transariamos, ela suspirou e não disse nada, fomos então para trás do palco onde não havia ninguém, começamos então a nos beijar, o clima foi esquentando e logo eu estava com a mão em sua bucetinha linda, meus dedos começaram a passar lentamente sobre os lábios molhados de sua xaninha.



Nesse momento ela já não falava mais nada, apenas gemia, comecei então a aumentar a velocidade dos movimentos dos meus dedos e ela se contorcia toda chupando meu pescoço.



Sua vagina estava toda molhadinha e ela pedia para eu penetrá-la, retirei meu pênis para fora da calça e encostando-a na parede comecei um delicioso movimento de vai-e-vem, ela gemia e pedia para eu apertar seus seios que estavam durinhos.



Preocupados com a possibilidade de sermos flagrados naquela situação, fomos para um bosque dentro do parque de exposições onde haviam alguns bancos, sentei-me em um deles e bem devagar comecei a tirar a calça dela, abaixei toda a calça, e ela sentou sobre meu pênis latejante, ela cavalgava lentamente, mas com alguns picos de velocidade, entaum levantei sua blusa e comecei a chupar seus seios, ela apenas gemia e contraia a xaninha em volta do meu pênis.



Troquei então de posição, deitando-a sobre o banco com as pernas abertas (frango assado), penetrei a vagina "encharcada pelo tesão" que ela sentia e comecei a "bombar" com "violência", ela gemia tão alto que eu comecei a ficar preocupado com a chegada de alguem no local, mas ao mesmo tempo com muito mais tesão ainda.



Como estava sem camisinha pouco antes de eu gozar retirei meu pênis de dentro dela e então minha prima começou uma deliciosa punheta, eu me segurava ao maximo para não gozar e aproveitar mais o momento, alguns minutos depois eu explodi num delicioso gozo, nos beijamos mais e voltamos para a festa.



Voltamos para a casa, ela ainda continuaria em minha casa com seus pais mais uma semana mais ou menos, então eu tinha que comer minha priminha denovo.



Passou-se dois dias, era de tarde os pais dela haviam saido e minha mãe estava dormindo em seu quarto.



Fomos então para o meu quarto, tirei a roupa dela e comecei uma siririca em sua xaninha cheirosa, não demorou muito e o sumo começou a escorrer pelos seus lábios vaginais, tirei meu dedo de sua vagina e chupei aquele liquido divino, ela então me beijou vorazmente, lambuzei mais uma vez meu dedo naquele liquido e coloquei em sua boca que sugou tudo, deitei-me então na cama e ela sentou sobre meu pênis, começou com movimentos leves enquanto estimulava mais o práprio clitáris.



Levantei-me e mudei de posição, virei-a de constas, ela se apoiou na cama e arrebitou a bunda abrindo mais a bucetinha, comecei a introduzir meu pênis em sua xaninha por tras, ela apenas gemia se controlando para não gritar, comecei a "bombar" com toda a minha força.



Pouco tempo depois eu gozei mais uma vez, então nos vestimos e voltamos para a sala, ela foi embora para a cidade dela, e nás estamos namorando agora.



Não vejo a hora de eu ir pra lá e comer mais minha priminha linda.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto porno 21cmcontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolaconto erotico mulher fodendo com varios vizinhoscontos eróticos ônibusNegão Da Picona Na Africa Contos Eroticosmaridosubmissocontoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos meu marido ajudou amigo dele me comercontos papai ajudou meu cavali mim fuder e gisar ba bucetacontos eroticos esposa e primofui comer acabei dandohttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlcontos eroticos lutascontos eróticos a primeira vez nem doeuluna.contos.eroticoscontos eroticos fomos enganados e fodidossexo e esganaçaocontos de gay que perdeu o cabaço na adolescênciacontos eróticos comi minha amiga skatistaAdolecentes.em.fotos.mstrando.as.bucetas.relato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesContos de mulheres, fudendo com seu avôconto coroa gordinhaContos eroticos troca de compadre na Praianovinho sofrendo na rola do pai bebado contos gayTransei com minha quando agente brincavaContos: cavalaurso velho peludo gay contosprimeira vez sado contosmeu amigo nao gosta de tomar banho contos eroticos gayconto erotico irmã de 16 e a vizinha de 15 tranza com o irmão de17 e goza na buceta das duasconto gay dei ao meu amigo nandoxvideo agudei a minha filha a raspaconto gay titio gaycontos sou safada dei a bunda para os meninos flanelinha porno conto meu primeiroamorConto erotico esposa bebada dormindo amigo fudendocontos de cú por dinheirocontos eroticod minha vo sento e me deumulher sobe em cima da pica do manequimconto tirei do cu e comi a bucetacontos "olha como * meu cuzinho"contos eroticos chatagiada a beber espermasRelatos e contos de incesto fraterno meu pe de mesa cabeçudo irmaos gemeosconto erotico cara caralhudo pintudao ficou louco fuder minha esposaConto peguei minha sobrinha casada na passagem de ano e ficou gravidaConto de puta esporrada por muitos machos no barcontos eróticos de bebados e drogados gayschorei mas aguentei tudo contos eróticoscontos picante eu dando o cu pro meu tio gayscontoerotico mae e filha as duas casadaporno.pai.padado.jeu.nabuseta.dafilihacontosr eroticos de mulheres triaindo com garotão contos de coroa com novinhocontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comicontos erroticos fistnglambendo a calcinha da esposa safada contosconto anal carnuda carenteconvencir minha mulher zoofiliavídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analconto erotico homens velhoscontos eroticos gay velho barbeirocontos de sexo sequestro negao malContos sem calcinha na festaAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...contos eroticos me masturbo usando calcinhavirgem tendo um orgasmo contos eroticoscontos eroticos exendo a buceta da tia de poreapriminha cospido leitinho do paumulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo contos incesto com minha filha carolcontos picantes esperei minha mae sai e seduzi meu padrastocarla dando a buceta ora o seu filho de 18fudendo a sogra conto ingenuauma rola grossa no cuzinho contos de evangelica maduracontos heroticos com policialconto erotico era p ser so uma caronacontos eroticos a.xasada dot trabalhomete mete contoEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porracontos eróticos amigas passando a mão na bunda umas das outraspersonal.pondo no cu da minha mulhercrentepornogayconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasminha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contocontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeuContos eroticos Minha filha choronaconto eroticoo virgindadeconto mãezinha chupou minha b******** e gozei na boca delaContos eroticos armadilha de castraçãocontos erotico irmao cafetao da irmaminha mãe adora bater punheta para o meu irmão