Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA E O ENTREGADOR

somos casados a 19 anos e eu tenho 34 e minha esposa 30 e sempre procuramos apimentar nosso casamento com algumas aventuras ela e baixinha, loira estilo falsa magra com seios pequenos e duros e boca carnuda, sempre que transavamos ela gozava pra algum cara que ela escolhia e na rua de nossa casa havia um deposito de agua mineral que fazia a entrega das aguas nas residências e havia um garoto de nome ruan de 19 anos que trabalhava no deposito entregando agua, ele tinha um corpo perfeito baixinho, forte, todo dividido, ele jogava futebol e tinha as pernas bem grossas e divididas, tinha os cabelos lisos e rosto afilado e minha esposa tinha o maior tesao no garoto e começou a gozar pra ele nas nossas transas, em uma vez que ele trouxe nossa agua ele acabou esbarrando na bunda dela na hora de passarem na parede entre a sala e a cozinha e aquilo enlouqueceu minha mulher que sá esperou ele sair e foi se masturbar dizendo que havia sentido o pau dele na bundinha dela e outra vez ela foi atende-lo com uma blusinha bem folgadinha sem sutien e deixou ele ver seus seios quando se abaixou de proposito deixando ruan louco de tesao, Então cansados de tanto provocar, pois toda vez que ele vinha entregar agua ela já notava certo volume em seu pau, estávamos folgando numa segunda feira e compramos umas bebidas pra tomarmos em casa e assamos uma carnezinha e começamos a farra, depois de uma caixa de cerveja já estávamos meios altinhos e começamos a nos esfregar quando tive uma ideia, propus a minha mulher que pedíssemos agua e quando ele chegasse o provocaria e chuparia seu pau ate ele gozar, e ela na hora disse que não, mas depois de muita insistência minha e de não estar tão consciente devido à bebida ela topou, mas me disse que eu era louco então corri e me escondi no banheiro que dava pra ver toda a cozinha e ela ligou pedindo agua e em menos de dois minutos ele chegou chamando na porta, ela foi atendê-lo de shortinho branco e uma calcinha fio dental preta e blusinha sem nada por baixo, que dava pra ver o biquinho do seu seio durinho, e ela pediu pra ele colocar a agua na cozinha ele estava com uma cara de safado e perguntou por mim e ela disse que eu estava trabalhando e perguntou se ele queria um gole de cerveja e ele disse que dela ele aceitaria tudo, ela então partiu pra cima e agarrou o rapaz e beijou e ficaram assim se beijando e eu escondido olhando e tocando uma punheta e ela foi descendo e desabotoou seu short e caiu de boca no pau dele, ela chupava com tanta vontade descia e subia naquela pica que não era muito grande mais cabeçuda e ela lambia e passava a língua, quando do nada ela se levantou e falou em voz alta, acho que pra eu ouvir (não aguento mais quero tua rola na minha bucetinha) quando ouvir pensei em intervi, pois nosso trato era sá chupa, mas ela desceu seu short e ele começou a passar a língua em sua bundinha com uma marquinha de bronze fio dental que ela tinha ganhado na praia no domingo, e eu desesperado sem saber o que fazer, ela ficou de 4 e ele passou a chupar seu cuzinho e ela gemia delicioso rebolando na língua dele e ele encaixou seu pau na bucetinha dela que Sempre teve a bucetinha muito apertada mesmo depois de todos esses anos de casado, e quando ele começou a força a entrada foi que ela veio se lembrar da camisinha, mas já estava quase toda dentro da bucetinha dela que estava muito molhada e ela disse a ele (deixa assim mesmo) e ele começou a bomba nela que gemia deliciosamente e eu sá me masturbando e ele ainda disse a ela (porra que bucetinha apertada, ela morde meu pau muito gostoso, aquele corno safado não te come não e putinha) quando ouvir gozei e ela sá fazia gemer e acabou gozando no pau dele gritando e chamando-o de gostoso, e ele tirou da bucetinha e mandou-a chupar e ele gozou muito na boquinha dela, dai ele pediu pra comer seu cuzinho e ela disse que hoje não outra vez você come pois o corninho pode chegar, e ele vestiu a roupa e se despediu dela com um longo beijo e saiu e ela veio correndo pro banheiro e me beijou e disse (há amor não aguentei tive que dar pra ele e além do mais no final você que inventou tudo isso, gozei muito gostoso e vou querer mais ta meu corninho) depois metemos o dia todo lembrando do fato e depois conto como ele comeu o cuzinho dela Valeu.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ela chupeu monhas bolas a noite inteiraLindas esposas morenas turbinadada contos eroticoscontos eroticos femininos eu e minha amiga chupamos meu namoradopenetrante contos de trepadas incestuosascontos eroticos meninas de 6 aninhoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html comtos eróticos de fazemdeira com animaldesço no teu paucotos heroticos gay me comeu no riotransei com vizinnha contos eroticoscontos eroticos me fizerao meninaputa irmão contofui iniciada em zoofilia desde pequenacastigo boquete contosinterracial mulher meia cousa fudendoConto minha filha so anda de fio dental em casacontos eroticos de novinhas dando p cacetudosDividi namorado comeu buceta contoscontos encoxando mulher do amigoconto erotico novinhos no semáforocontos mae e tia gosta rola de familiar em churrascoContos eróticos meu marido começou a xupar pau e dar o cucontos eróticos esposa caminhoneiroconto erotico amiguinha da minha irmanzinhacontos sexo pai chupa cona da filha cheia de porracontos eroticos papai me perdeu no jogoela e virgem e so da o cu contosesposa safada corno htmlcontos eroticos moleque e esposacolocando a prizilha na bucetacontos travesti que sai leite dos peitoscontos eróticos comeram minha bunda virgem na escolaconto erotico-engravidei do meu genroo caminhoneiro engravidou minha mulher eu confessoconto erotico zoo familisconto erotico chantageada pelo deficientefui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticobuceta bem regacada peluda perna aberta na camaconto erotico casada humilhada por maginaisEperiencia zoofilia beijo babadocontos eróticos gay marombasa obra na minha casa me neu chifre contosboa f*** travesti orgiacontos com a sogra no metro lotadorasgando um cu virgem da freira- contosSou casada fodida contocontos eroticos um negro me arrombandocontoos eroticos. eu e minha filha filha viramos putinhas do meu sobrinho piçodo e mandãoContos eróticos a baixinha gostosonaencaixando na buceta meladacontos eróticos ônibussogro saradopapai traindo mamae comigo contos eroticospersonal.pondo no cu da minha mulhereu sogrona dei gostoso pro negao de pica grossa contoscu furico bunda peito pênis contos eroiticoscontos mulher espreita homem a masturbar-seConto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma contos eroticos de velhos iperdotados comendo mulheres casadaspapai deixou o irmão cu da sua cachorrinha duas varas no cu contocontos eróticos mulecadaCont erot tic dormindocontos eroticos tiaespiando o.vizinho contos eroticoscontos eroticos de escrava preenchidaconto esposa nua no sitiocontos eroticos meu grelo e grandedia dos namorados incesto contopeitinho solto embaixo da blusacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosflagrei meu pai deflorando minha namoradinha contoscontos eroticos sogro filho e noraesfregando na irma caçula contoscomi o filinho da minha mulher- contos gayela pediu pra parar mas continuei empurrando na puta