Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E A PROFESSORA




Meu nome é Renato hoje tenho 30 anos e sou moreno , vou relatar uma histária que ocorreu comigo nos tempos de segundo grau , naquela época eu tinha 19 anos . A verdade é que nunca tive muita sorte com as mulheres , as mais bonitas me desprezavam com frequência e as “não tão bonitas” ( porque mulher feia não existe sempre foi o meu lema) diziam que eu era “ajeitadinho” ( um feio arrumadinho ) .
Algumas vezes numa balada e outra na carona de algum amigo que parecia ter mel no corpo , pois atraia tantas e tão bonitas que dava inveja , mas como disse , junto dele sempre sobrava alguma para mim , ele me apresentava para a irmã ou prima ou vizinha da pretendida dele e eu passava a conversa nelas , conseguia um beijo ou amasso nela quase sempre, mas transar era raro e quando elas topavam estavam bêbadas. Quem estiver lendo pode achar que estou inventando isso ,ou exagerando ou aumentando os fatos , mas de fato era isso mesmo que ocorria e não sinto sinto orgulho disso .
Certo dia chegando na escola havia um murmurinho entre meus colegas
a respeito de uma professa recém-chegada na escola para substituir o nosso professo de biologia . Segundo eles a viram chegando a pouco e era muuuuito ! Gostosa . Fiquei curioso , muito curioso . Naquele mesmo dia no ultimo período tivemos biologia com ela se chamava Erika com k e não com c , era loura ,cabelos compridos olhos azuis , seios fartos ,uma cintura fina e um quadril avantajado .Usava uma blusa com um decote discreto e uma saia bem justa que chegava no joelho . Todos os garotos da turma adoravam as aulas dela ela tinha um jeito muito delicado e sedutor ,mas era algo natural nada forçado .
Um dos meus colegas certa vez ousou passar um cantada nela , ela ignorou claro , mas a namorada dele não e o delatou para o diretor . Outros mais espertos fizeram sua investidas ,mas não tiveram muita sorte.
Eu nunca fui tão ousado assim , mas oque no inicio era apenas mera admiração da beleza de uma bela mulher que aos poucos a cada aula foi mudando para uma paixão platônica .Durante as aulas lhe dirigia olhares absolutamente apaixonados , se ela percebia ao menos não deixava transparecer.
Meus colegas perceberam minha apaixonite , afinal quem nunca se apaixonou por uma professora , e nutriu esperança numa relação que jamais aconteceria .
Por mais improvável que pareça aconteceu e vou contar como foi . Estávamos no final do ano letivo , era inicio de dezembro e fui o ultimo a sair da sala de aula apás a ultima prova semestral no ultimo dia, e a professora era ela ,minha paixão . O corredor estava vazio e a acompanhei até a sala dos professores onde nos despedimos e segui pelo corredor rumo as escadas para o piso inferior onde estava a saída , observei que as demais salas estavam quase vazias e com poucos alunos e professores .
Parei e voltei a sala dos professores ,meu coração estava acelerado , eu já era um rapaz de 17anos entrei encontrando ela sentada examinando algumas provas . Sorriu quando me viu perguntado o que eu queria . Respondi sem rodeios que queria desesperadamente ela que corou e me olhou bem dentro dos olhos , levantou-se e me levou pela mão para uma salinha que mais parecia um armário cheia de mesas .Ela afastou algumas e pediu para que eu fechasse a porta , fechei imaginado oque faríamos a seguir . Ela tirou o vestido pela cabeça ficando apenas de calcinha de sutiã na frente , agarrei-a e coloquei ela sentada numa mesa , nos beijamos, disse que amava , e ela disse que sabia eu fui descendo tirei seus seios para fora e chupei , desci mais e mais até afastar sua calcinha preta para o lado e chupar aquela bucetinha raspadinha , cheirosa com grandes lábios rosados ,simplesmente maravilhosa . Aquela altura ela gemia como uma gata manhosa , já com o cacete duro por baixo da calça tirei para fora e meti vara naquela buceta quentinha e molhada fazendo ela gemer ainda mais ,sussurrando coisas obscenas ao meu ouvido e pedindo mais e mais até ela dizer aos gemidos que estava gozando , deitei ela na mesa e tive uma visão completa do gozo dela escorrendo . Já não aguentava mais e disse-lhe que iria gozar e ela mandou que goza-se na sua cara , foi o que fiz . Limpamos os vestígios da transa e nos arrumamos , ela me fez jurar que não contaria nada a ninguém ,dei minha palavra . Sá então me dei conta que Ignoramos totalmente o perigo de ser pegos no flagra .
Abri a porta e dei uma espiada ,não havia ninguém então nos despedimos com um beijo. Eu sai primeiro da sala dos professores pensando no tamanho da minha sorte . Depois daquilo nunca mais vi aquela professora , no ano seguinte descobri que ela pediu desligamento ...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gay conto erotico taradao num cuzinho masculo de seis aninhosrelato ocaseiro do sitio arrombou o cu da minha esposacontos eroticos papai me perdeu no jogoempregada gostosa transando de bruço com patrãoconto humilhadacontomeu pitbol mim rabouComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem sentehetero foi dormir nu cacete gostosao filho centou cacetecontos sou casada e comi um novinhoviciei na piroca enorme e grossa do meu tio e sou um menino viadinho contoscontos eroticos esfreguei um bundão gostosoContos eroticos violento seiosConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barcontos de quen comeu coroas dos seios bicudosContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darcomo ser bem puta vadia contoslésbicas se ralando incerta com bucetavizinha conto realconto erotico com o velho padrinhoMe comeram ao lado do meu namoradoCU ARREGAÇADOconto porno novinha e seu/donocontos como dopar maridoHistoria de contos de sexo vovo mamoucontos eroticos garotao passando bozeador na minha esposacontos eroticos de novinhos madrinhasconto erotico de casadaPerdi meu cabaco o com meu pai e arrobadoEla nem sabia oque era mas adorava os carinhos do papai conto eroticoconto erótico acordei com alguém me comendo fodendo bucetinha molhadapegando a cunhadinha casada muito linda e gostosacontos eroticosIncesto de contos eroticos sou agora mulher do meu ex primo viuvoainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôLanbi minha avó conto erótico contos eroticos dando para o cunhadocontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloNerdes gay contos eroticosmeu/namorado me.comeu toda contodepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalcontos eroticos com faxineiras madurasEles não me viran mas flaguei o caseiro comendo o rabo da minha esposaContos gay meu vizinho novinho gostava de pegar no meu pauzaoxvidio encochei minh irmã dentor ônibus cheiocontos enrabei a velha da casa da frentecasa de contos eoritoco incesto nse e filhominhas sobrinhas conto eroticotava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contoscorno cu veado negao conto erotico esposa dedos no cu consolovoyeur de esposa conto eroticocontos os sequestradores fizeram comer minha mae para comerconto erotico namTennis zelenograd contoContos eroticos e excitante: fUI COMIDA GOSTOSOcontos gays seu tiaoporno velha peitos bicudo contoshttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticosconto mãezinha chupou minha b******** e gozei na boca delaSou casada mas bebi porro de outra cara contosCunhada dormindo com a bundinha descobertaContos eroticos corno submissosempre que saio com uma mulher levo a calcinha dela de lembrança contos eroticoscontos eróticos meu comeu esposa dele e a minhamulher sendo fodida na frente do filho por varioscontos eróticos tia no puteirocontos eroticos de enteadascontos incesto lavando a pepecavadiagozamoscontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhoEu e minha Mãe Cabaço contosmarido da minha tia comeu MEU cuzinhocontos erótico putinha de zonacontos matei minha vontade sem quererContos incesto tia gravidaA loirinha punheteira contos eróticoswww.xcontos eroticos.com babá carnuda chupa paucontos erotico so de negrinhas dando o cusinho e a bucetinha pro cunhado e chupando muita rolaconto de mulheres casadas evangélicaconto gay "chupa teu macho"contos eroticos casei com um velhoconto erotico bebeu a porra do paicontos enrabada no trabalhadocontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundaComtos erotico sempre que eu botava saia meu sogroConto erotico menage depois da balada