Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGANDO A PRIMEIRA CASADA

Bom, eu começo falando que nunca imaginei que me tornaria um pegador de mulheres casadas, mais foi tudo por conta do destino, acabei me viciando e especializando no assunto, já que hoje é meu maior desejo, a partir de hoje vocês vão me conhecer como GG, e o nome da minha primeira experiência vai ser Sonia... tudo começou quando eu tinha 30 anos, um dia que eu estava em cada sem nada pra fazer, então resolvi dar uma volta pelo bairro onde eu moro, ao passar por uma rua reparei que tinha uma mulher loira e muito atraente sentada em frente a casa dela, e notei que ela me olhava de uma forma diferente, então dei a volta no quarteirão e passei lá novamente, mas quando vinha na sua direção ela entrou dentro da casa, mais logo em seguida saiu e me olhou de novo, agora com mais intensidade, achei estranho porque ela era casada, resolvi me aproximar. Falei sobre o calor que estava fazendo e que o ar na rua estava mais fresco, então ela me disse que nem tinha como ficar em casa porque o relágio tinha desligado e ela num sabia ligar, eu me ofereci para desligar o relágio, ela agradeceu e me levou ate ele, mais logo que eu religuei o relágio ela me perguntou se eu queria uma suco, como eu já estava meio intrigado com aquilo, resolvi aceitar, e fomos para a cozinha, ela pegou o suco na geladeira e me deu, logo depois ela me disse que podia ficar a vontade que ela ia tomar um banho, não acreditei no que ouvi, aquela mulher maravilhosa e sensual me falando aqui, parecia filme, era impossível... mais ela foi na direção do banheiro. Eu fiquei estático sem saber o que fazer, afinal ela era casada e podia aparecer alguém, ela nem fechou a porta, de repente quando olho na direção do banheiro, surge aquela mulher linda, deliciosa peladinha na minha frente, quase morri de susto, seios grandes e duros, uma cintura bem feita, uma xaninha desenha e aparadinha, pernas roliças e com uma carinha de safada, fiquei extasiado com aquela visão, ela me olhou e perguntou: Você não vem? Sem saber o que falar eu so fui na sua direção, entramos no banheiro, ela encostou a porta e sem falar nada já foi descendo e colocando meu pau pra fora e acariciou ele bem gostoso, quando ficou duro ela disse; assim que eu gosto, grande e grosso, e começou a chupar bem gostoso, eu me senti um pervertido, afinal era a mulher de outro cara, mais estava bom de mais, ela coloca ele na boca e chupava feito doido, batia com ele na cara, falava que adoro uma caralho e que queria me fazer gozar de todo jeito, fazia uma massagem muito gostosa no meu saco e fica tentando colocar ele todo na boca, de repente ela levantou um pouco e colocou ele nos seios e brincou com ele La, gemendo d prazer com meu caralho em seus seios, cuspia nele e brincava mais ainda e sempre batia com ele na cara, e me perguntava se eu achava ela uma vagabunda por fazer aquilo, eu nem sabia o que dizer, sá olhava ela assustado, mais cheio de tesão, ela se levantou totalmente e me despiu todo, ficamos os dois paladinhos, meu pau estava muito duro, ela me pediu pra deitar no chão do banheiro, e quando deitei, ela colocou seus pés um de cada lado da minha cabeça e sentou na minha cara, na minha boca, começou a rebolar bem gostoso, ela estava todo meladinha e seu liquido vaginel era delicioso eu comecei a chupar ela bem gostoso e ela chupava meu pau também, ela num se aguentava de tesão e rebolava feito louco gemia muito gostoso e esfregava a buceta na minha cara, eu fiquei embriagado pela buceta dela, era um bucetão enorme que parecia que ia me engolir, mais eu queria mais e mais, pedia pra ela rebolar mais ainda, ate que ela num se conteve e gozo una minha cara, me lambuzando ainda mais, fiquei doido e acabei gozando também, enchendo a boca dela de leite quente, ela me pedia pra fazer a ultima coisa, eu disse que ela podia tudo, então ela se levantou um pouco e mijou em meu peito, aquele mijo quente, me encharcava todo, mesmo achando nojento era muito delicioso, ela me olhou e perguntou se eu gostei do jeito de cachorra que ela tinha, eu disse que adirei então fomos finalmente tomar o banho, ela num deixou que eu penetrasse nela de jeito nem um, já que num era isso que ela queria? Perguntei por que ela fez aquilo, ela então me disse que seu marido a tratava como uma Leide, uma rainha, mas as mulheres casadas querem seu dia de puta de safada, e que toda mulher tem desejos e fantasias, e essa sempre foi uma das fantasias que ela tinha, me confessou também que foi ela quem desligou o relágio. Nesse momento eu descobri que era esse tipo de fantasia que eu queria satisfazer. Esse é meu primeiro conto, mais tenho muito mais historias para contar... aguarde. [email protected], entre em contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


hetero goza dentro ainda da im tapa conto emprestei meu marido para minha vizinha casada e carenteContos eroticos de esposa na estradaconto erotico massageando a tia nuacontos de incestos gays org oline- contos- maduro comendo cu de menino novinhocontos irmao gritar vai quase gozandomeu filho me dominou contos incestoscontos eróticos minha madrinha safadaconto erotico puxou o cobertor e viu minha pica grossavideos porno pai afunda as tanga da filha virgemcontos eroticos mamãe apanhandomeu filho me fodeu com raivacontos eroticos inversao de papel com o primocontoseroticossandycontos eroticos cumendo a patroa n terraçocontos eroticos dando a buceta para o anãoencostou o cotuvelo no meu peito fiquei loca conto eroticocontos eroticos 9 aninhoscontos peituda loira provoca o pai de baby dollconto erotico os bandidosContos gay meu vizinho novinho gostava de pegar no meu pauzaoContos minha mulher mandando eu engolir porranovinha gostosa dando a bucetinha bem gostosinha bem branquinho bem aspacontos eroticos nova iguaçu gayContos o caminhoneiro me chupou inteiracoroa da buceta griluda espirando poro logecontos eróticos Bombeiroconto noiva liberadacontos eróticos uma gozada épica com o irmãoconto cu ensopado de porra gayDei para um novinho relatover rapasea novos grizalhos pelados de pau duroConto gay o traficante me comeuconto putinha do.titio.com vibradorMe comeram ao lado do meu namoradogozada na boca sueliconto homem casado pegando mulher solteiracontos eroticos peguei minha esposa e sua tia juntascontos eroticos fazendo negrinha crente virar putaVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezcontos eroticos padrasto me estuproucontos zoo velha carentecontos de incesto pirralhadepilando a minha tia gravida contos eroticoscontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripacontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidoMinha vizinha me deixou ver ela transando contosconto erótico o capataz tarado pelo viadinho de calcinhacontos eróticos traindo marido na cara dele ele nao viuninfeta beijando peitoral de travestiIncesto com meu irmao casado eu confessocontos de mulher que perteu o cabaço pro cunhadoContos eróticos fedorentacontos eroticos belina velhacontos eroticos caguei no pau do meu padrinhoContos eroticos comendo esposa do meu irmaocoroa viciada em tomar porra contocontos dei o cu virgememprestei minha esposa putariacontos esposa evangélica e cunhadacontos gay footjob forcadoconto gay dedo no cuzinhoContos gravidas incesto bilevemente ara tomando banho nuameu gringo gostoso me chupoucontos eroticos meu marido me ofereceu pra seus amigosmeu primo chupou minha rola : contos eróticosconto real de pai de 50 anos sarado fazendo sexo com seu filho novinhoContos Eroticos Pirralhoscomi minha sograegozei na bocar delaconto de enteadacontos erótico ginecoligista e novinhaConto erotico gay suvaco gostosoconto menor me comeuConto mete ai ai uiui no cuContos heroticos novinho gozou na bocawww.contos encoxando vendedora lojaContos gay bebado"conto erótico" "virei a puta"Minha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos porno esposas estuprados submissosconto ela apostou o cuzinho e perdeucontos de encoxadasfui comida por meu marido e o massagista contona davela os homens nao tem frescura conto eroticoconto gay na academiaconto gay comi o namorado do amigoa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliacontos eróticos sexo com menininhas traduzidosos moleques conto eroticocontos eróticos meu concunhado comeu a minha mulher contoseroticos irmoes e irmã no assaltovideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salientecontoseroticos cagando na boca do viadoVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezContos eroticos de padres e freiraviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticosSogra boqueteirá mamando genro contoseroticosum conto gozando no motelContos eroticos o amigo do meu pai me violou