Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGANDO A PRIMEIRA CASADA

Bom, eu começo falando que nunca imaginei que me tornaria um pegador de mulheres casadas, mais foi tudo por conta do destino, acabei me viciando e especializando no assunto, já que hoje é meu maior desejo, a partir de hoje vocês vão me conhecer como GG, e o nome da minha primeira experiência vai ser Sonia... tudo começou quando eu tinha 30 anos, um dia que eu estava em cada sem nada pra fazer, então resolvi dar uma volta pelo bairro onde eu moro, ao passar por uma rua reparei que tinha uma mulher loira e muito atraente sentada em frente a casa dela, e notei que ela me olhava de uma forma diferente, então dei a volta no quarteirão e passei lá novamente, mas quando vinha na sua direção ela entrou dentro da casa, mais logo em seguida saiu e me olhou de novo, agora com mais intensidade, achei estranho porque ela era casada, resolvi me aproximar. Falei sobre o calor que estava fazendo e que o ar na rua estava mais fresco, então ela me disse que nem tinha como ficar em casa porque o relágio tinha desligado e ela num sabia ligar, eu me ofereci para desligar o relágio, ela agradeceu e me levou ate ele, mais logo que eu religuei o relágio ela me perguntou se eu queria uma suco, como eu já estava meio intrigado com aquilo, resolvi aceitar, e fomos para a cozinha, ela pegou o suco na geladeira e me deu, logo depois ela me disse que podia ficar a vontade que ela ia tomar um banho, não acreditei no que ouvi, aquela mulher maravilhosa e sensual me falando aqui, parecia filme, era impossível... mais ela foi na direção do banheiro. Eu fiquei estático sem saber o que fazer, afinal ela era casada e podia aparecer alguém, ela nem fechou a porta, de repente quando olho na direção do banheiro, surge aquela mulher linda, deliciosa peladinha na minha frente, quase morri de susto, seios grandes e duros, uma cintura bem feita, uma xaninha desenha e aparadinha, pernas roliças e com uma carinha de safada, fiquei extasiado com aquela visão, ela me olhou e perguntou: Você não vem? Sem saber o que falar eu so fui na sua direção, entramos no banheiro, ela encostou a porta e sem falar nada já foi descendo e colocando meu pau pra fora e acariciou ele bem gostoso, quando ficou duro ela disse; assim que eu gosto, grande e grosso, e começou a chupar bem gostoso, eu me senti um pervertido, afinal era a mulher de outro cara, mais estava bom de mais, ela coloca ele na boca e chupava feito doido, batia com ele na cara, falava que adoro uma caralho e que queria me fazer gozar de todo jeito, fazia uma massagem muito gostosa no meu saco e fica tentando colocar ele todo na boca, de repente ela levantou um pouco e colocou ele nos seios e brincou com ele La, gemendo d prazer com meu caralho em seus seios, cuspia nele e brincava mais ainda e sempre batia com ele na cara, e me perguntava se eu achava ela uma vagabunda por fazer aquilo, eu nem sabia o que dizer, sá olhava ela assustado, mais cheio de tesão, ela se levantou totalmente e me despiu todo, ficamos os dois paladinhos, meu pau estava muito duro, ela me pediu pra deitar no chão do banheiro, e quando deitei, ela colocou seus pés um de cada lado da minha cabeça e sentou na minha cara, na minha boca, começou a rebolar bem gostoso, ela estava todo meladinha e seu liquido vaginel era delicioso eu comecei a chupar ela bem gostoso e ela chupava meu pau também, ela num se aguentava de tesão e rebolava feito louco gemia muito gostoso e esfregava a buceta na minha cara, eu fiquei embriagado pela buceta dela, era um bucetão enorme que parecia que ia me engolir, mais eu queria mais e mais, pedia pra ela rebolar mais ainda, ate que ela num se conteve e gozo una minha cara, me lambuzando ainda mais, fiquei doido e acabei gozando também, enchendo a boca dela de leite quente, ela me pedia pra fazer a ultima coisa, eu disse que ela podia tudo, então ela se levantou um pouco e mijou em meu peito, aquele mijo quente, me encharcava todo, mesmo achando nojento era muito delicioso, ela me olhou e perguntou se eu gostei do jeito de cachorra que ela tinha, eu disse que adirei então fomos finalmente tomar o banho, ela num deixou que eu penetrasse nela de jeito nem um, já que num era isso que ela queria? Perguntei por que ela fez aquilo, ela então me disse que seu marido a tratava como uma Leide, uma rainha, mas as mulheres casadas querem seu dia de puta de safada, e que toda mulher tem desejos e fantasias, e essa sempre foi uma das fantasias que ela tinha, me confessou também que foi ela quem desligou o relágio. Nesse momento eu descobri que era esse tipo de fantasia que eu queria satisfazer. Esse é meu primeiro conto, mais tenho muito mais historias para contar... aguarde. [email protected], entre em contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticosputinha desde pequenameu filho mete o dedo no meu cu e eu gostogostosa dando a b***** pela metade de mim loucamentevideos dos cara que tem ho pau enorme arrebentando bucetas de branquinhascontos como descobrir que sou corno e adoreicontos eróticos com bucetas grandesassustei com o tamanha do penis era monstro contoconto erotico filho da tapacontos sobrinho negroroludocontos eroticos vizinhas camaradascontos eróticos Nilza A esposa do meu amigo comi minha filha no carro contoX cuziho cagano nucacetedando cu com estria contos heroticoscontos de quen comeu coroas dos seios bicudosCasadas enfiando ascoiza grande na buceta no prcontos mulher da na frente dos filhosincentivanda pelo marido contos pornomostra como fuder bem gostoso e a pica entrendao na bucetaContos me bateu e comeu minhaencaixando na buceta meladacuzinhopiscanomulher dando pra piazada contos erpticodcontos eróticos dark roomcontoa eroticos estuprodormindo garotinho conto eroticoconto erotico praia fio dentalGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhaas rabudaaFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosver dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladominha esposa de shortinho na obra contocontos a pequena taradinhaDei meu cuzinho- conto ii relatosgritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacocontos eroticos sou safada deste pequena contos eróticos minha madrinha safadaconto zoofilia fazenda a forca sexocontos eroticos no acampamentochefe comeu minha filha contospassou a pamadinha e epurrou no cu da esposacontos eroticos flaguei minha mae dando também quis cumer sua bundacontos amigo dorme em casa esposacontos eroticos de enteadasmulher casada fudeno com cachoro de casaContos eróticos com fofos de incesto sentando na pica dura do meu irmaoconto negao cuidou do meninoConto erotico filho de sunga pau de 26cmContos eroticos encoxada paiMeu vizinho me confessou que e gay e tem vontade de chupa no meu peniscontos erodicos de alunas e prefessoreswww.conto erotico uma transa gostosa com a aluna de direiton aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contoscontos eroticos mae fudendo filha com a amigawww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaconto porno com vizinhocontoseroticocoroascontos eróticos meu segredoIncesto com meu irmao casado eu confessoMeu patrao coroa ele me fudeu na sua lancha conto eroticocontos pescariacomi minha enganado contos eroticoscontos eroticos com mendigoCasa dos contos incesto tia e sobrinho mais lidos com fotoscontos de dominadorasconto eroticos garoto pede carona e e estupradoLevou susto más gostou porno empregadagaroto vou gozar enchi de porra gay contoconto real minha esposaconto minha filha e seu namoradovideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversárioconto tia velha gostosacontos eroticos comi o gay e virei namoradocontos eroticos da mulher do vaqueirosou puta mesmo corninho conto eroticos contos eróticos com fotos fodas com negros piça grandedois neguinhos gostosos arrombaram meu cu conto gayconto anal evangelica cavalonacontoseroticos enrabei a envagelica que o marido na queia fudelaContos eroticos gay iniciado pela maecontos eroticos comendo a tabata mulher do amigocontos de boquete bom de primos e primas novinhosTennis zelenograd contocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contominha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticoscontos eroticos dormindorelatos nossa que cdzinhalindacontos er irmas vizinhacontos eróticos minha esposa e os dois n***** africanosContos eroticos com padresofereci meu filhinho pro vizinho contos eroticosporno tendro tá sala de aula