Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PAI DO MEU IRMäO

Antes de escrever qualquer coisa quero deixar bem claro que nunca comi e nem quero comer a minha mäe, mas näo posso esconder que ela sem mim näo existiria como mulher (sexualmente) falando...



A minha mäe cortou um dobrado com o meu pai nos primeiros anos de casada... Meu pai era um beberräo do tipo beber, cair e ser carregado pelos ``amigos`` A minha mäe aguentava calada, pois, meu pai era muito nervoso e ela näo tinha nenhum parente por perto...



Na ëpoca eu tinha 9 para 19 anos e sofria junto com ela, pois, eu tambëm näo gosatva de ver meu pai chegar quase todas as noites carregado por "amigos"... e quase sempre por um (amigo) chamado jurandi... Os dois eram como unha e carne viviam junto o tempo todo... meu pai faltava pouco dormir com o jurandi...



A minha histãria de cumplicidade com a minha mäe teve inìcio numa dessas noites de bebedeiras do meu pai com o tal de jurandi... Nessa noite eles näo sairam para beber, eles beberam em casa, na varanda dos fundos, eles bebiam e ouviam umas musicas horriveis, enquanto eu e minha mäe assistia-mos tv na sala... Notei que jurandi passou a trazer tira gosto e que a cada vez que trazia, ele olhava para minha mäe com uma cara estrnha... Näo posso deixar de descrever a minha mäe (1,60 - 55 a 60 kg - olhos verdes - ruiva - um rosto de boneca - cinturinha e bunda grande)na época...



A noite foi se passando e a minha mäe colocou uma camisola para dormir... ela me levou para sua cama e acabamos pegando no sono... acordei e fechei os olhos rapidamente como que fingindo estar dormindo e com os olhos seme-serrados, vi, acrditem se quiserem o jurandi sentado na beira da cama acariciando abunda minha mäe... A minha vontade era pular em cima do jurandi,mas ao mesmo tempo eu gostava do que via... derrepente minha mäe deu um pulo da cama e perguntou se ele havia perdido o juizo... Continuei fingindo que estava dormindo... escutei quando jurandi falou com minha mäe que já havia colocado o meu pai no sofar da sala e que ele dormia feito uma pedra... Minha mäe irritada falou umas besteiras com jurandi me lembro que ela disse( já tenho problemas demais com um cachaceiro) Jurandi sem perder tempo emendou( sá que esse cahaceiro aqui, bebe e näo cai pelas ruas e se tiver uma xota carente, fode a noite inteira)...



A minha mäe pediu a Jurandi para ir embora e lhe acompanhou até a porta dos fundos (da varanda que rolou a bebedeira) notei que minha mäe demorava a voltar entäo levantei sorrateiramente e fui espiar o que acontecia... Jurandi engravatava a minha mäe com uma das mäos e com a outra libertava a piroca... É bom lembrar que o Jurandi era um cara muito forte e grandalhäo era o triplo do meu pai... Num movimento brusco Jurandi baixou minha mäe pelo pelos cabelos até a aultura da cintura esfregando a piroca na cara dela (amigos leitores que piroca)... Mesmo com medo da minha mäe sofrer alguma coisa, eu näo coseguia parar de gosatar, e com o passar dos minutos notei que mamäe estava um pouco mais entregue e fazendo o que Jurandi pedia (chupa aqui, chupa ali,etc)...



Jurandi deitou mamäe sobre a mesa que beberam, tirou-lhe a calcinha e chupou a sua buceta durante um bom tempo, minha mäe gemia de prazer... eu ouvia o salivar e os chupöes estalados da boca do Jurandi... Derrepente ele se levantou acariciando a piroca posicionou-se no meio das pernas de mamäe esfregando a piroca na buceta... ouvi a minha mäe pedindo para colocar com carinho... Pedido feito, pedido aceito!!! Jurandi empurrou a tora bem devagar até onde coube (sobrou piroca) e foi almentando o ritimo aos poucos... pegou ela por traz... e de tudo quanto foi jeito... mas o momento que eu mais gostei foi quando ele a pegou de frente segurando-a pelas ancas e no colo, ela pendurada na nuca dele... as estocadas foram foram ficando mais forte, a minha máe pedia para parar ,mas quanto mais ela pedia mais forte e fundo ele metia...Jurandi foi diminuindo o movimento e almentando os gemidos minha mäe tentou tapar a boca dele, o que foi em väo, o homem parecia um urso enfurecido... deu umas duas estocads mais fortes e profundas e parou... Ele colocou a minha mäe no chäo, ela estava com as pernas bambas e de sua buceta escorreu um mar de porra...



Jurandi havia me visto naquela noite, tanto que conversamos eu, ele e a minha mäe sobre o acontecido e o que aconteceria... depois de trinta anos, eu tenho quase duas certezas... de que jurandi mudou a maneira de pensar da minha mäe quanto a fuder com outros homens e de que Jurandi à engravidou e é o pai do meu irmäo marcio...









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de avôContos eroticos gay primeira vez traumaticacontos eróticos quando eu tinha catorze um coroa bem dotado dedesejos de machos que adora safadeza com outros macho experiências vividasvideos de sexo com cintirinhas finas e bundonacontos eróticos de travestistaradocomo meu marido virou corno kellymeu marido arrumou um macho pra me engravidarcontoseroticossandraCONTO EROTICO. O GOZO DE OBRIGAR MEU IRMAO SE MASTURBAR PARA MIM.PT.conto mamaefudendo com dogcontoseroticospapaicontos eroticos primo da esposaconto gay teen 20 anoscontos eroticos pagando divida do filhoconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu paucontos e experiencias veridicas de zoofilia de menina com poneycontos eroticos minha amiga e seu marido me maltrataram com piça contos eroticos minha baba gostosa perdendo minha virgindadecontos devassos meu marido geme para eu chupar seu cuzinhovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitocontos meu chefe me comeu e minha filhaContos com belas picascomi minha sograegozei na bocar delamamado no papai contosConto da mulata com velhocorno obrigado a chupar pica contoconto erotico de dois amantes que se amamcontos eroticos de mulheres sendo fudida no tremcontos gay luta livreconto menina flagra amiga no quarto tocando sirricacontos eróticos de mulheres casadas de Biguaçucontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiacontos eroticos comendo a velha horrosa dormindomegane inesquecivel com duas gatas pornodoidoperdi a virgindade com meu irmão bêbado conto eróticocuzinho virgem da titia fofinha curiosa contosas aventuras de vanessa contos eróticoscontos baixinha popozudahomen dando cu para a gradeucontoseroticos primo transou com a prima e ela ficou gravidacontos meu marido me colocou pra te andar com nosso cão mulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos eróticos com violênciative que dar contos eróticosporno gorda pula em cima do rosto da amigacontos dando para minha familia parte 2meu filho me fodeu com raivapau expulsa pau do corno da buceta contoshomens apanhados a pila na maosexto de roupas sujas contos eroticoscontos erotico estupro maeminha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticosAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...www.conto fudeno mulher q fas cafezinhocontos erotico irmao cafetao da irmavirgem tendo um orgasmo contos eroticosconto erotico dei para pagar a divida..contoseroticos.esposa abudada no onibusconto banhando a filhinhacontos erotocos minha amiga me seduziu e chipou minha bucetacontos eroticos me masturbo usando calcinhacontos eroticos dona zefacontos eróticos professora com garotinhosConto erotico de evangelicasPorno conto erotico cunhado desejando irma de sua esposaminha vó puta contoscontos eroticos chupando meu pai e meu tiocontos eroticos sinistrosTuco e nene buceta da grande familiAe bom de maismete na minha vizinha gordinhacontos eróticos comi um afeminadocontos minha mae viu meu rolao no bamhocontos de mulheres que colocaram silicone no seioDividi namorado comeu buceta contosesposa roubada conto eroticobotando caralho no cu do bebadoconto erotico o cu da mendinga gostosaEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*Contos supreendida pelo novinhomininas por cabaço travsyhistorias eroticas vovo come menima cuninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocamenino tarado contosconto incesto tô gozando na buceta e ela engravidoufilhinha inocente contos piranhacontos eroticos primeira transa sadomasoquista quando meu dono me deixou presaconto menina deixa amiga passar a mao na sua buceta pela primeira vezconto porno apostei minha buceta e foi arrombada pelos meus amigos