Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADOS E SAFADOS... COMO TUDO COMEÇOU!

Casados e safados... Como tudo começou!



Tarde chuvosa, procurava um lugar para estacionar perto, pois a chuva estava forte naquele instante, meu coração estava saindo pela boca... Estava ansiosa e ao mesmo tempo não sabia o que pensar; aquele momento era o que mais esperava, parecia uma adolescente que sente as pernas tremer, o coração acelerar, não imaginava o que estava por vir. Estava vindo do serviço, horário de almoço, estava atrasada. Sá pensava naquele corpo perfeito, ele deve ter mais ou menos 1,80m, coxas duras, corpo escultural, nenhum pêlo no corpo, pelo menos que fosse visto, tinha jeito e cara de safado, se você desse uma brecha era cantada na certa, nunca soube ao certo, mesmo hoje conhecendo ele há muito tempo, o que é para ele a mulher perfeita, porque parecia que sá o fato de ter um corpo bonitinho, ele se derretia, mas pode acreditar que muitas também faziam o mesmo por ele e parecia que eu não era diferente, sou loira, linda, sexy, atraente, comerciante nata, estava caída por ele, tanto que havia marcado aquela “bendita” avaliação. Quando consegui chegar já havia passado do meu horário, 19 minutos, já nem sabia se seria atendida; fui avisada que já tinha chego e que podia ir à sala, como vinha do trabalho, estava toda de social, salto alto, cabelos esvoaçantes, bem, estava linda! Entrei na sala, ele se virou me cumprimentou secamente, sentia uma adrenalina, que se ele colocasse a mão no meu coração iria perceber, ele estava com um short grudado no corpo, uma baby Look que ainda o deixava ainda mais sexy, sá fez um comentário: - atrasada, hein? Senti-me péssima, mas mesmo assim, continuei firme, ele simplesmente pediu, por favor, tire toda a roupa, eu fiquei vermelha, como assim?!? Mas ficarei de quê? Logo pensei, aí comentei:- estou de calcinha e sutiã; ele sorriu e disse: - esqueci de avisar que é feito de biquíni; faltou-me chão, mas ele continuou:- mas pode ser de lingerie mesmo, vamos porque não poderei demorar; simplesmente tirei minha roupa, ainda bem que estava com uma lingerie super sexy, quando ele se virou para mim, com a prancheta na mão, senti que algo nele mudou, acho que consegui surpreendê-lo com “tudo” aquilo que seus olhos viam, pois não tirou os de mim; com a fita foi medindo cada parte do corpo, começou por baixo, panturrilha, coxas, que sensação mais deliciosa, aquela mão deslizava sobre minha pele, não sabia se ele estava aproveitando ou se estava somente fazendo seu serviço, mesmo estando chovendo, era nítido meus seios arrepiados! Começou por baixo, a panturrilha, as coxas e aí subiu, mediu o quadril, mas disse que teria que baixar um pouco a calcinha para poder pegar as medidas exatas, depois a cintura, sentia sua respiração perto de mim, ofegante, assim como a minha, meu corpo a cada toque dele se arrepiava, foi quando ele pediu para eu desabotoar o sutiã porque não tinha como tirar as metidas, porque ele segurava os meus seios, que por sinal são lindos, mesmo assim ri e perguntei se era brincadeira, nesse momento ele não se conteve, disse que não, me segurou com uma força imensa contra o corpo dele e me beijou, ele mesmo tirou o sutiã, beijou meus seios, desceu chupou minha barriga, me beijou entre as coxas, nessa hora já estava sentindo toda molhada de tesão, pegou meus pés e chupou meus dedos, não conseguia segurar os meus sussurros, abaixei e peguei seu rosto e começamos a nos beijar, incontrolavelmente, que delícia, senti seu pau crescer no meu corpo sem roupa, somente de calcinha, achei que iria transar ali mesmo com ele, mas de repente o celular dele toca, a secretária avisa que a outra cliente dele já o aguardava e que ele não podia atrasar; isto foi como se tivesse tomado toda aquela chuva, que caia lá fora, ele pediu muitas desculpas, disse que se pudesse não sairia daquela sala, mas como não podia segurá-lo, me troquei, ele guardou os pertences da sala, despedi com um beijo delicioso e sai daquela sala, sentindo tudo, tesão, raiva, vontade de ter metido com ele, pirada por fazer tudo aquilo, mas sorri, estava feliz!!

Este foi mais uma das minhas estárias com ele. Mas ainda têm muitas outras!!

Bjo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


caza do conto relato de mulheres que gostam di dà o rabomeu amigo viu o bucetao da minha esposa contopunheta com meu amigo hetero buceteiro conto erotico so punheyacontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primaminhamulhere meucachorrocontos de u corno pedreiros muito bemdotados comero muito mia mulhe gostosamulher que tem bezerro na bucetaicontos eroticos buceta peludasenta aqui sua safada contos eróticoscontos de coroa com novinhohetero passivo contoconto erotico pm macho batalhão estocadascontos reais minha mae chupou minhha bucetaconto zoofilia o pone me quando cai estrupoucontos a filhinha de fii dando p i papaixvidio tinho berbado asubrinha fica taradaconto erótico gay tio me estuprou noite maravilhosa com a cunhada casada contospiça enorme burracha anal contoconto erotico passei a mao na menina Conto de homem de deu para Fabiola voguelolha o pezinho dela todo gozadinhopintao d meu filho conto eroticcomendo buceta da mamãe contoscontos comi minhas filhasconto erotico viadinho de calcinha no citiomasturbando com obras em xasa contozoofilias inicando baby.comcontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhasexo nabarbearia conto erocontos eroticos de padrinhos e afilhadas que engravidamconto erotico bi comendo o cunhado e a irmãwww.contos gays na bebedeira cerveja e xixiconto gay meu cunhado comeu meu rabo e virou meu namoradosenior coroos com seus lindos bultosEu confesso que tenho um filho travesti contos eroticos de incestogai bebendo porra de varios macho no cinema conto eroticoComi o cu da drogada contos eróticoscontos eróticos de bebados e drogados gays home pelado com nome ketlynContos de putas fogosas co.tados por mulheresContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscoviagra pra minha mae contos eroticoscontos eroticos rola grossasou casada e contratei um travesti para me comer conto eroticochupei a pica do colega de escola eu gostei sou gayconto erótico menina zuando pau pequenocontos eróticos boquete com o marido em casaMeu irmão chupa minha maerelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhascunhadinha de 10 sem calcinha conto eroticocontos e experiencias veridicas de zoofilia de menina com poneyhistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva bicontos de sexo ensinei ela a chupa minha buceta/lesbicascontos ex namoradaxvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negraIrmão fodendo a irma lesbica a força, amara ela e violenta gostoso contos eróticoscontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca granderelatos cuzinho na marratransei com meu cachoro historiasAi meu cú. Conto erótico heterossexual.conto erotico mulherzinha gayvi outro gozar na boca de minha mulher contoscanto erotico meu amigo negao comeu meu cuconto eróticos entre amiguinhas do colégio ficando com o hetero safadoconto gayeu adoro meu macho zoofiliacontos eróticos contos eróticos meus tios me comiam meus tios me comiamUM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-2)Contos eroticos: Conversando com a maninha pelo msncontos eroticos de sobrinho roludo