Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADINHA DE BRASÍLIA

Lamentavelmente, não tenho tido, nos últimos tempos, ocasião para compartir com Vocês algumas de minhas deliciosas aventuras eráticas. Mas, consegui encontrar um tempo agora.

Pelos meus relatos abaixo podem ter uma idéia de como sou. Chamo-me Paulo, tenho 43 anos, casado, super jovial e esportivo, o que me faz estar em átima forma física. Durante os últimos 4 anos vivi uma relação deliciosa, erática, apaixonada e totalmente depravada com uma super gata de Brasília, casada também, moradora do Lago Sul. Irei aqui chamá-la de Márcia.

Com 33 anos, Márcia é uma mulher simplesmente deliciosa, super malhada de academia, profissional super competente, inteligente, super agradável, de muito bom nível social e cultural, enfim um charme e um tesão de mulher. Morena, cabelos lindos, rostinho de menina e um corpo simplesmente fantástico. O que mais me encantava, porém, era sua bunda, deliciosa, bem durinha, sempre protegida por uma microcalcinha.

Nos conhecemos na academia de ginástica, uma super famosa, quando eu estava morando em Brasília. Nossas conversas eram animadas e percebemos claramente que tínhamos inúmeras afinidades. Daí para o primeiro beijo foi apenas um passo. Passamos a nos encontrar diversas vezes mas, ela tinha medo. Brasília é pequena e muitos se conhecem. Era natural que ela tivesse medos e angústias. Eu também tinha que ter cuidados, pois afinal também era casado.

Por razões de trabalho, tive que voltar a morar no Rio. Mas, não queria perder a Márcia. Nem tínhamos transado mas tinha certeza de que entre nás existia uma química única e fantástica.

Passei, então, a buscar oportunidades em meu trabalho para ir à Brasília. Foi assim que tudo começou.

Nossas trepadas eram absolutamente fantásticas. Nunca tinha vivido uma relação tão intensa e apaixonada. A Márcia tinha muita curiosidade em como seria dar a bundinha, o que me deixava absolutamente louco e alucinado, pois amo, sou simplesmente louco por sexo anal. Para minha imensa surpresa, ela me disse que o marido dela jamais tinha tentado comer sua bundinha.

Nossas brincadeiras eram deliciosas. Ela desfilava para mim, se exibia toda, abria bem a bundinha, arregaçava a bucetinha e a esfregava em meu rosto. Eu a lambia toda, colocava minha língua lá dentro, bem no fundo mesmo. Ela gemia, dizia que era minha puta tarada, depravada. Com muito cuidado e muito lubrificante mostrei a ela como sexo anal poderia ser delicioso. Ela simplesmente delirou. Ficou viciada em dar o cuzinho, em todas as posições possíveis e imagináveis, e sempre queria mais e mais. A deixei totalmente arrombada e ela adorava me mostrar seu cuzinho bem aberto.

Comprei para ela vibradores e um plug anal. A deixava de quatro na cama e colocava um vibrador em sua bucetinha e outro, bem mais grosso, em seu cuzinho. Ela gozava como uma puta com os dois vibradores imensos. Rebolava, gritava, me xingava. Me dizia que se fosse minha mulher iria me fazer de corninho em nossas viagens de férias, o que me deixava ainda mais excitado e me fazia gozar fortemente. Era delicioso comer o cú dela com um vibrador enfiado em sua buceta.

Adorava também colocar luvas de látex em minhas mãos para ir abrindo bem sua bucetinha e seu cuzinho. Conseguia colocar meus cinco dedos inteiros bem lá dentro, de tão arrombada que ela estava. Ela me dizia que eu tinha liberado a puta que existia nela, algo que ela não sabia que existia pois seu marido sempre foi super conservador com ela na cama.

Comprava para ela também roupinhas de putinha, como microsaias, shortinhos mínimos, tamanquinhos. Ela delirava e fazia um super desfile para mim. Como ela mesma dizia, ela era minha putinha chique e sofisticada. Amo mulheres assim.

Enfim, vivemos uma relação deliciosa e totalmente depravada. Por morarmos em cidades diferentes, nossa relação pôde durar graças aos nossos diversos e-mails e telefonemas.

Por razões várias, sobretudo porque não consegui voltar a morar em Brasília e porque seu marido começou a desconfiar ela se afastou de uma forma inesperada, o que me deixou muito triste e chateado. Conseguimos voltar a conversar pessoalmente, mas ela está ainda assustada com as desconfianças de seu marido, o que entendo perfeitamente. Nossa relação hoje em dia está bem mais distante, o que é uma pena.

Mas, a vida continua. Estarei em Brasília, por razões de trabalho, durante todo o mês de outubro, e adoraria encontrar uma super gata, muito gostosa, comprometida ou não, ousada, super discreta e de átimo nível social e cultural para curtir momentos deliciosos e bem sacanas. Discrição é fundamental. Eis meu e-mail: [email protected] .







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos com fotos nãoaguenteiconto.erotico.muheres.feia.contos eroticos esposa me deucontos cunhada crentemeu marido é um corno muito especialcontos eroticos gay eu e meu filhinho de baixo do lencolconto erotico aprendi com a mamãeconto erotico meu mestre me castigoumeu primo chupou minha rola : contos eróticoscontos com esposa bêbada Conto erotico incesto asiaticoconto eróticos esposa faz marido adivinhar gual bucetapadrato cobrou a novinha para ir a festacomi o marido de minha prima ma cama delaContos eroticos No bar sozinhacontos eróticos noiva dormiu na casa de uma amiga e engrávidavideo porno de garotinhas com olhinho vidradocoroa engole porra contosbrinco com tio levou no cuzinhocontos eroticos reais adoro ver minha mulher com outros homenscontoseroticos negaoComi+o+cu+da+mia+professoraconto+eroticocontos eroticos casadas 50 anoscontos erotico a filinha da vizinha que achava feiafoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delacontos eróticos seios devem ser mamadosconto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelavídeo de gorda lavando o rabo ensaboadoeu estava louco pra chupar atravestiesposa de biquini com os filhos contocomo fazendo marido virar corno pela primeira veiscontos eroticos jardineiro comeu eu e minha mulherContos eroticos putinhasos moleques conto eroticocontos encoxada biquini sungacontos eroticos de senzalasconto gay comi o malhadinhocontos eroticos gay eu e meu filhinho de baixo do lencolconto erotico, corno silenciosoconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocacontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysminha sobrinha chupa leu pau enquanto eu durmi conto incesto quando passo o dedinho no meu cu fico com abuceta toda babadairmão matuto conto eroticomasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetacontos nora primeiro vez analcontos eroticos, aprendi desde pequeno com o padrecomeram meu cuzinho conto gayconto esposa chantagemConto gay colinho duro meninomachucaram conto gaygozei gostoso e tive que ir pra casa com a buceta cheia de porra. contos eróticoscontos eroticos cavalo leitecontos eroticos esposa coloca coleira no maridohome dar cu usano calcianhaconto comi.uma coroaesposa safada e bebada liberando na festa de confraternizacao contoconto eroticos minha mullher e muito alegrcontos encoxaram mamaeContos eroticos curtinhos sogra sondando a cadela lambendo o pau do genroconto veio xupno peito menininhacontos eroticos incesto fode meu cu mncontos eroticos me encostou na paredeele era cheirosinho conto gayhomem ve mulher com budso peitao e fica se mprdendo tudo e vai perto dela enfia o penis na ruamamae e meu irmao contoscontos eroticos femininos eu e minha amiga chupamos meu namoradogay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transar40 anos virgem conto eroticofoi com marido pra praia mas deu uma escapada prafuder com estranhocontos eroticos de quata feira de cinzamendiga chupano pica até gosaContos eroticos meu marido meu capachocom 5 aninhos lambia minha xaninha conto eroticocontos dei a xana pro caseiroEles não me viran mas flaguei o caseiro comendo o rabo da minha esposaconto erótico meu vizinho viúvobeincando com a prima contoContos eroticos me comeu no quarto do meu cunhadocontos eróticos, dominada, enquanto meu noivo jogava futebol tu és meu noivo, menti que ia estudar mas o meu dono agora é elecontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anoscontos reais minha mae chupou minhha bucetadopei o.garoto contos gaysuma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandocontos erotico viajando com paivideo porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosocontos eroticos adolecete nao aguentei 26cm de picacontos de traicao anal,postados no facebookmeu pedreiro gostosocontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos tio enrraba sobrinhoconto erotico humilhado na festacontos gay chorei na pica do meu irmão violento