Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODA NA MESA DE JANTAR

Oi meu nome é Lyana, tenho 20 anos, sou alta tenho seios médios, bunda grande e malhada coxas grossas olhos verde sou ruiva

com

cabelos lisos e compridos ate a bunda, labios carnudos e a bucetinha toda raspadinha. eu adoro ouvir musica, nadar e curtir a vida.



Meu irmão se chama Vinnycius tem 22 anos, e alto corpo +ou- malhado olhos verdes cabelos castanhos um pau de uns 20 cm por

9

ele tem o corpo dourado pelo sol e labios tbm carnudos, adora surfar, anda de skate curti com os amigos

Meu corpo começou a se desenvolver quando eu ainda tinha 19 anos e por essa epoca meu irmao começou a me olhar de um jeito

diferenti.

Qndo eu tinha 19 ou 19 anoseu começei a perceber q durante a noite enquanto eu dormia ele entrava no meu quarto e comecava a

acariciar o meu corpo , passava as maos pelos meu seios por cima da camisola, na minha bunda as vezes afastava a minha

calçinha

e enfiava o dedo na minha bucetinha e depois batia uma punheta e eu adorava akilo fikava tda molhadinha,



Mas no começo desse ano em março o nosso pai viajou e iria ficar duas semanas fora e é uma noite dessas duas semanas q eu passo a relatar

(nessa noite eu tava com uma camisola de cetin q ia ate a bunda com uns botoes q feixavam a frente e por baixo uma micro

calcinha toda socada no meu cuzinho)

Ele chegou no meu quarto retirou o lençol q estava sobre mim e começou a laber todo o meu corpo e chupar a minha xana, levantou a minha camisola e começou a lamber o biquinho do

meu seio entaum ele percebeu q eu estava acordada e tava adorando. Ele subiu beijando meu pescoço e foi ate a minha boca e

começou a me beijar eu retribui o beijo qndo paramos d nos beijar eu senti remorso pelo q eu tava fazendo e sai do quarto correndo

mais ele me alcançou e me agarro segurando as minhas maos e me beijo a força e eu disse q akilo era errado por nás sermos

irmãos ele respondeu:

--Nos dois sabemos q tanto eu qnto vc queremos isso, entaum pq vc naum relaxa e curt o momento

entao eu relaxei e nos nos beijamos e eu disse q pra ele fazer qualquer coisa primeiro ele teria q me pegar e depois eu sai correndo

pelo corredor mas ele me pegou e começou a beijar o meu pescoço e começou a arrancar a minha camisola arrebentando os

botoes deixando a camisola jogada ali no chao, entao eu novamente sai correndo pela escada mas ele me pegou denovo e começou a chupar meus seios eu consegui fugir denovo mas ele me pegou na porta da sala d jantar e arrancou a minha calcinha jogando ela em algum lugar.

Entaum eu subi na mesa de jantar ele seguro o meu pé e subiu ficando em cima de mim.

Ele começo me beijando a boca decendo lambendo meu pescoçodeceu ate meus seios e começou a chupa-los enquanto colocava um... dois... tres dedos na minha xota e ia aumendando o ritmo , eu urrava de tesão, arranhava as costas dele apertava a cabeça dele contra o meu peito e gemia, gemia muito, então ele começo a decer circulando o meu umbiguinho sempre com os dedos na minha xana, decendo mais um poko ele chego a minha bucetinha. Ele circulava meu clits me fazendo delirar d tesão, depois ele me penetrava a xana com a lingua e enfiava um... dois... tres dedos no meu cuzinho, eu gritava de prazer e puxava o seus cabelos e gemia dizendo ""vai Vinny... isso me chupa... me come... vaaaaaiiiiiiii....isso me faz gozar"", e quanto mais eu gemia mais rapido ele me chupava , eu ficava alicinada com akela lingua macia passando por toda a minha grutinha. Ele chupava a minha xaninha e ia ate o meu cuzinho e o penetrava e voltava a minha bucetinha. Entao num gemido alto e com akela lingua na minha xota eu gozei muito e ele tomou todo o meu melzinho.

Entaum ele subui ate a minha boca me beijando, me fazendo sentir o meu gostinho doce e usava o pau dele pra me masturbar esfregando o pau dele no meu grelinho, ele chupava a minha lingua mordia os meus labios eu arranhava suas costas e seus braços entaum de uma vez sá vez ele enfiou com tudo o pau na minha bucetinha me fazendo sentir o meu cabacinho se rompendo. Eu queria gritar mais ele me abafava me beijando, eu chorava de dor, gritava d prazer e dor, ele bombava rapido e ferozmente e mais forte logo a dor começou a passar e eu comecei a gemer entaum eu passei a mao sobre a minha bucetinha sendo fodida e senti o pau dele entrando e saindo da minha buceta ele me beijava e chupava meus seios entaum ele gozou e tbm gozei alguns segundos depois ele caiu pro lado e eu pro outro estavamos suado ofegantes e cansados mas ele ainda continuava com o pau duro então pra "agradecer" a bela foda eu deci ate o pau dele e comecei a chupa-lo, eu circulava a cabeca e enfiava ele na boca mais nao conseguia colocar ele todo na boca por ser enorme entaum eu persebi q ele ia gozar o pau dele começo a pulsar e ele urrava e precionava minha cabeça contra o seu pau como se quisece foder a minha boca e ele comecou a gozar muito, sua porra era doce eu tentava engolir tudo mais era muita porra e caia um pouco pelo canto da boca entaum eu subi e beijei ele e descansamos sobre a mesa. Ja eram quase cinco da manhã e nos fomos para a cama do nosso pai dormimos um pouco e voltamos a transar.



No outro dia nos estavamos morrendo d remorso pelo feito e juramos a nos mesmos q nunca mais fariamos akilo,

mas depois naum foi bem assim q aconteceu...



Agora eu acabei de contar como meu irmao Vinny tirou o cabacinho da minha buceta quando eu tinha 19 anos

no proximo eu vou relatar a vcs cmo eu perdi o cabaço do meu cuzinho.



Mtos bjus

da sua [email protected] [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos dei meu cu pra varios trabalhadorcontos eroticos envergonhadoestoria porno a fantasia do meu marido e c cornonão sei como ela aguenta toda no cu e na boca está pica gigantecontos heroticos gay meu tio de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha novemulheres rasgando a buceta pra fonderContos eroticos encoxada paiminha cadelinha zoofilia contoscontoscontos eróticos meu filhocontos erótico primeira ve naa casa do namoradocontoseroticos de menina adolecentetransando com homem maduro e bem dotadofotos de grandes pirozoesconto erotico minha esposa era certinhapapai traindo mamae comigo contos eroticoscuzinhopiscanocontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposaSo quero no cu contoconto.erotico.gey.negao.Conto adulto mãe filho filhaconto erotico peguei as meninas do playgroundcontos eroticos tive que dar pro homem da funerariaursao tio roludo contocontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos meu marido me encentivou a transa com nosso filhocontos safada na lavouracontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismoconto de escrava lesbcontos casado primeira vez com homembundasgrandecontosencoxando coroa casada em Jundiai conto realcontos eroticos srntar no colo inceztocontos férias com o sogro roludocunhada sem calçinha contosescravo conta como leva sua dona ao gozo com a língua na bucetacontos eroticos detonou a crentedei minha buceta pro traficanteEu e mamãe fudendo com papai contoseroticoshistoria amiga dando bucheta pra amigo contoconto zoofilia fazenda a forca sexoConto menininha caipira eo caseiro velhocontos de cúPunindo A Sobrinha Com Sexo Conto Eroticolanbinda na xana hetai gritaconto erótico putaria sujachupando pintaooocontos eróticos mulher de traficante dando pra galera todafidendo uma nnda gigabte carnudacontos cavalonas evangelicasvou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetacontos sexo meu irmao rasgou o meu cucontos eroticos com sogro e sograenchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparcontos sadomasoquista extremocontos eroticos gay mentalconto minha esposa com seu primocontos eroticos irmão arrependidoComtos filha fodida pelo pai e amigos delemulhe fudendo con um pau de buracha gruso na boseta esfoladacontos er passando em casaSou casada mas bebi porro de outra cara contospau expulsa pau do corno da buceta contosDando o cuzinho para outro homem da pica gostosa, contos gays que dão tesãocontos eroticos gay velho barbeiroEu e mamãe fudendo com papai contoseroticoso coroa. levantou. minha. saia. e. comeu. meu. cu conto. eroticoo negao estripou a velha puta contocontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos de zoofilia em bordeisconto brincadeira de meninoscontos eróticos desafiou a garota para uma luta e se deu malContoseroticoscocainachupando o patrão contos eróticoscontos eroticos mae filha e cachorrlconto - bucetinha novinha cheirosa e depiladarelato de gêmeos que acabou torando sua sograChaves com tesão de Chiquinhacontos eroticos minha mulher virou amante doscontos eroticos comendo a tabata mulher do amigocontos eróticos masturbação destruição analcurra contosocbrinho crente contoque pintao tio come meu cu minha buceta minha bocaconto gay submissomeu pai e meu tio me comeramconto ganhando mamadeira de porracontos eróticos fio dental debaixo do ternocontos eróticos Cascavel banheiroContos porno de irma que traem com grande