Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA VISITA DE NEGÓCIOS

Já que você está aqui deve gostar de ouvir histárias safadas e excitantes, não é? Ok! Então vou te contar minha última aventura...

Sou uma mulher atraente, casada, de 26 anos e que gosta de viver a vida intensamente, regada à muita safadeza. Sou a típica mulher-pêra, sabe? De coxas grossas, quadril largo, cinturinha fina, seios grandes.



Tenho muitas fantasias, inclusive trair meu marido é uma coisa que me excita muito. Trabalho como diretora comercial de uma empresa no interior de SP e, há tempos tenho uma fantasia: a de seduzir um lindo cliente durante uma visita de negácios.



Em uma terça-feira, com meu roteiro de visitas em mãos, fui à São Paulo em busca de novos negácios. Claro que saí de casa com um vestido provocante. Nada curto, nada vulgar. Mas acompanhando minhas curvas, e, num decote um tanto ousado, deixando meus seios muito convidativos.





às onze da manhã, já para a segunda visita do dia, deveria estar em uma empresa, procurando por um diretor que, não vou identificá-lo, claro, vou chamá-lo apenas de J.

Imediatamente senti que aquela visita seria diferente, pois já tinha ouvido falar no tal diretor, um homem sério, dono de um sorriso tímido, porém encantador, olhos azuis, voz firme, extremamente atraente e, diziam, um tanto tarado. às onze e meia da manhã estava eu entrando na sala de J.. Ao me ver, de relance, voltou os lindos olhos na minha direção, chupando meu quadril como que um zoom.



De fato, era lindo e atencioso. Devia ter seus 45 anos. Porém percebi que sua atenção não estava focada na minha apresentação. Me olhava fixamente, mas, devia estar me vendo nua, na frente dele, de preferência de quatro em cima da mesa. Não tirava os olhos dos meus peitos. Esse meu pensamento me perturbava. Se ele me via assim, eu já me via caindo de boca no seu pau, louca pra chupá-lo gostoso, ali naquela sala, numa aventura proibida, cheia de tesão e de perigo. Ele falava comigo... e eu viajava.





Minha fantasia foi interrompida pela secretária, batendo à porta e avisando que estava saindo para o almoço. Perguntei se ele também sairia ou podíamos terminar a conversa de forma mais informal. Ele me respondeu trancando a porta e fechando as persianas. Sentou-se de volta na cadeira, como quem se preparava para me convencer de alguma coisa. Eu me levantei, acompanhando a cadeira, abracei-o por tras, soltando sua gravata, sentindo o cheiro do seu pescoço, beijando sua nuca, sua boca, enquanto descia minhas mãos pelos seu peito peludo e sussurava no seu ouvido onde minhas mãos queriam chegar.



Ele não precisava me convencer de absolutamente nada.

Abri sua camisa, de olho no volume que sua calça fazia, e aumentava cada vez mais... Ele segurava seu pau, por cima da calça, e eu podia ver o tamanho que estava... Suas mãos, deliciosas, segurando a pica, que estava doida pra pular pra fora...



Eu estava louca de tesão, o cheiro daquele homem me excitava muito e eu queria sentí-lo inteiro. Agachei na frente dele, que me olhava, maluco de tesão, abri sua calça. Ele via nos meus olhos a sede que eu estava... O cheiro do seu saco me deixando louca, tirei seu pau, que pulsava dentro da calça, e imediatamente, caí de boca no cacete duro e delicioso.



A essas alturas, minha bucetinha pingava de tesão... Sentir o gosto dele na boca, chupando seu pau, naquela sala, na hora do almoço, na empresa... estava me deixando cada vez mais molhada. Ele segurava meus cabelos enquanto me via engolir sua rola com vontade. Dizia que nunca alguém o tinha chupado com tanta vontade... e isso aumentava meu tesão.



Eu não conseguia tirá-la da boca, que delícia de pau, babando, e eu me deliciando, mamando nele, engolindo inteiro. Ele mal podia esperar a hora de ter minha bundona rebolando na sua cara. Mas era mesmo muito difícil tirar aquele cacete delicioso da boca.



Antes que me pedisse, subi na mesa, arrebitei, fiquei de quatro e, olhando com ar de menina safada, eu pedi docemente: "Meu lindo, mete a língua no meu cuzinho?" Daquela língua, mal saía uma palavra. Segurando seu cacete duro, babando, ele enfiou a cara na minha bunda e chupava meu cuzinho como nunca haviam me chupado e, alternando, aproveitava se lambuzar no meu caldinho que escorria, enquanto eu gemia abafado, pra ninguém da empresa ouvir.



O perigo, a fantasia, aquele homem... Aaah! Numa explosão de tesão eu gozei na boca do safado, melando sua cara. Ele me agradeceu beijando minha boca, com um sabor delicioso do meu caldinho.

Minha xaninha estava inchada ainda, mas queria sentir o cacetão dele me invadindo. Ele esfregou o cabeção na porta do cuzinho, o que já me deixou acesa de novo, e escorregou pra dentro da xaninha melada. Ah, que tesão de homem! Eu de quatro, levando rola gostoso, olhava pra trás e o via, com aquela cara de tarado, segurando minha bunda e fodendo a bucetinha, metendo gostoso. Eu mordia a mão e segurava o gemido e a vontade de gritar. Gozei de novo. Depois de mais algumas estocadas, ele tira o pau pulsando de dentro de mim, eu empino a bundona branquinha e, em alguns jatos, ele mela minha bunda toda de porra, me lavando com seu tesão.



Foi uma visita tão deliciosa, que sá de lembrar, tenho vontade de voltar lá correndo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos comendo a sogracontos duas putinhas chorando na varacontos eróticos mulher no trevo Contos Marido virou viado na lua de melcontos erotico baba casada chantageada por meninocontos eroticos dentista coroa casada tarada por sexofui toma uma no bar da coroa safadinha e acabei comendo seu rabinhoconto sexo amigo do meu marido 2Conto erotico travesti bbwSou casada eu e minhas filhas sendo fodidas contoconto sexo vip comendo a esposa do ciumentocontos eróticos genrovizinha abrindo a cortina contoscontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elacontos eroticos transex operadacontos eroticos. esposo duvidou da esposaeu engravidei minha vizinha casada conto eróticoContos de loiras com negrosnovinho da rola grosa comendo ha babafui arrombado no cuzinhocontos minha mae viu meu rolao no bamhocontos eróticos. bdsm mestre tudo que meu mestre mandar 3conto erotico nenhum pelinhocomo arrombar um cu virgem ticacontos eróticos mete um milho na bucetaconto eroticos a buceta da minha esposa so cheirava porrasubindo na escada de saia para ajuda pintor pornoconto sexo vip comendo a esposa do ciumentoconvenci minha esposa transa com nosso caoVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezContos eroticos a enfermeira que é fodida pelos medicosconto erotico meu chefe me comeu meu marido consentiucontos minha esposa viu o garotode pau duronovinha do Recife masturbando assim tão pequeninaconto erotico sogra chata levou rolacasado chupa travesti contoporno pai comvidou amigo oara ver o jogo e a sua filha transou com o amigo do oai delacontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhapapai encheu minha boca de porracontos eroticos fingi que estava dormindoenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticosContos eróticos de incesto filinha mimada do papaicontos eroticos fomos enganados e fodidosconto gay na academiaconto porno enfiaram um ovo no meu cucontos eroticos testanta a esposaesculachado por vários machos na frente do marido conto eróticovocê fodendo meu reguinhousei calcinha contosContos gravida de outro marido adorounega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camamulher sobe em cima da pica do manequimcontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandocontos eróticos mulheres casada adoram pau grandecontos eróticos mulher bundudacontos porno esposas estuprados submissoscontos gay trasando com o meu cão ate grudarcontos tio no carroDesvirginando a sobrinha de 18 anosconto erotico passei a mao menina de calcinhaConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimcontos eroticos traiu o marido no onibuscontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladawild thermas conto eroticoincsto ruesposa vagabunda contosamiga da buceta e bunda grandes contos eroticoscontos eroticos gatinhasContos eroticos flagrou namoradaSexxu videu erica cazada jua da baiao pastor comeu meu cu contos gaymulher faz strip antes de comecar zofiliaacordei com meu cuzinho todo melado contos gayContos curtos de coroa casada chantagiadaconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos de corno acampandorelatos reais ciumento casado corno aconteceu na praia