Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A FILHA DE MINHA PATROA

A filha da patroa



Mônica é filha de minha patroa, uma morena linda, capaz de deixar qualquer homem louco, eu falo por mim, essa garota tem me deixado louco a cada minuto que passo na casa dela, sou motorista particular da mãe de Mônica, mas sempre que precisam de mim dou uma força em casa.

Verônica minha patroa é uma coroa muito linda, enxuta corpo de uma garota de 26 anos, uma coroa bastante conservada

Mora sá com a filha, em uma linda mansão, tem muitos empregadas, mas de empregados sá tem um “eu”.

No meio da semana trabalho como motorista, e levo minha patroa todos os dias para a empresa, ela é dona de uma empresa de automáveis da cidade. Durante os fins de semanas ajudo na mansão como jardineiros e outros serviços pequenos, e foi justamente nesse serviços pequenos que me dei bem

Era um dia de sábado, minha patroa estava em casa, e eu no jardim aparando as plantas quando ouvi Mônica, minha patroa mas nova chamar meu nome de dentro de casa, deixei a tesoura de jardineiro no chão e fui atender o chamado, ao entrar na sala notei que não tinha nenhum das empregadas, subi as escadas e fui para o andar de cima, chegando ao corredor percebi que a porta do quarto de Verônica estava aberta, caminhei lentamente para não acorda minha patroa, e assim atender o pedido de sua filha que chamava por mim, ao passar pelo quarto de uma leve olhada

e não acreditei na imagem que vi, minha patroa estava nua, tinha acabado de acordar e ia tomar um banho, sai rápido antes que ela percebesse afinal não queria perder meu emprego, segui ao quarto de Mônica para ver o que ela queria comigo, no meio do corredor fui pensando naquela imagem linda que tinha visto minutos atrás, meu pau estava duro, fiquei com vergonha de atender Mônica assim. Mas já era tarde de mas pois já estava chegando perto da porta do quarto dela, e ela já tinha ouvido meus passos, e me chamou mas uma vez, dessa vez bem baixinho, baixei bem a camisa para que e não percebesse o volume do meu pau. –Pois não senhorita? –O que deseja?, entrei no quarto e não acreditei novamente a na imagem que meus lhos estavam vendo mas uma vez, sá que dessa vez.... mas louca do que a outra Mônica esta nua deitada na cama com os dedos abrindo bem a boceta e me olhando com um olhar delicioso. Ela me respondeu, que desejava alguém para matar o fogo dela, fechei bem a porta e tirei minha roupa, ela levantou-se da cama e caiu de joelhos ao meus pés, colocando meu pau completamente em sua boca Que boquinha maravilhosa!!! Engolia meu pau de uma maneira que jamais outra mulher tinha engolido, Mônica era mestre na arte, sua boca macia, naquele vai e vem maravilhoso, nem imaginava que um dia ia comer a filha de minha patroa, já que ela mal falava comigo ao não ser para perdi algo. Nem lembrei que estava pondo em risco meu emprego, enquanto ela se deliciava em meu cacete, alisava com um desejo imenso aquele rabo maravilhoso que ela tem ela me chupou durantes uns 20 minutos, e em seguida deitei ela na cama abri bem as perninhas dela deixando aquela paisagem linda a minha vista, e me preparei para penetrá-la. mirei minha pica no buraco da danada e enfiei bem de vagar para senti aquela bocetinha quente em meu pau, ao penetrá-la completamente, ouvi ela se contorce de tesão, em poucas bombeadas senti ela goza feito louca em meu pau, adorei senti aquela bocetinha cuspindo meu cacete, não parei de bomba, e quanto mas metia ela gemia, gritava como se nunca tivesse levado pica antes era maravilhoso ver aquela mulher delirando de tesão, comi ela naquela posição por uns 40 minutos, estava tão gostoso que meu pau se recusava a gozar, “melhor pra mimÂ’ coloquei-la de quatro e comecei a forde-la por trás

minha pica estava dormente de tanto trepar, mas aquela boceta estava com bastante fome, enquanto metia por trás alisava seu corpo maravilhoso, me encantando com cada curva que tocava, e ela gemendo cada vez mas alto com mas desejo gozou mas uma vez em meu cacete, a gala dela escorria pela minha pica, e já sem forças deitei na cama pedir para que ela ficasse por cima, ela sem pensar duas vezes, subiu com um sorriso de puta no rosto, e me mandando não gozar logo, pois a brincadeira estava gostosa, ela nunca tinha transado com neguem assim Mônica pulava rapidamente, meu pau parecia que ia explodir de tão duro, mas em um movimento brusco, uma reboladinha com aquele rabinho maravilhoso em meu pau, não resistir, dei um grito bem auto, VOU GOZAR, Hummm!!! Gozei, ela caiu do lado e rapidamente adormeceu de cansada. Sair do quarto e voltei para o jardim, e lá chegando, encontrei Rosana, uma das empregadas, ela estava cortando as plantas que tinha começado a cortar, perguntei a ela se a patroa tinha dado conta de minha ausência ela me respondeu que a patroa tinha perdido a ela um copo de suco e que não deixassem neguem atrapalhar o sono dela, que ela teria um sono bem profundo sem horas para acordar, agradeci a Rosana por ela ter vindo continuar o meu trabalho, e começamos a conversar ali no jardim. Logo de começo ela me mostrava que estava passando por algum problema, perguntei qual era o problema dela, e ela não negou a me responder, falou pra mim que seu marido era um bruto que não dava a mínima pra ela, sempre que transavam ele sá matava a vontade prápria, e deixava sempre ela a desejar, já fazia muito tempo que ela não gozava, - Será que ele não senti mas desejo por mim? Será que eu não desperto desejo pra neguem?. Ela se perguntava, Falei pra ela que ela jamais pensassem isso, que ela era muito gata, cheguei perto dela peguei no rosto dela e olhei em seus olhos e falei, -Olha eu sá não te falei isso antes por quer pensava que você era feliz em seu casamento, mais faz tempo que eu te desejo, você pra mim é maravilhosa seu sorriso, seu rosto, seus olhos, tudo em você é lindo, seu corpo então... nem se fala, fui chegando de mansinho encostando meus lábios no dela e taquei um beijo ardente, ela respondeu colocando sua língua maravilhosa dentro de minha boca, e ali mesmo no jardim começamos uma transa muito louca

Fim

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu amigo me comeu em casa contos eroticos gaycontos eroticos cunhadoxcunhadacontos eroticos depois de jenjumcontos eroticos beira da estradacontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocontos eróticos de quando o tio tirou o cabasinho do cuzinho da sobrinha bem novinhacontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motoconto de o tenente me chupou muito gaycontos enteadacontos eroticos comi minha madrinha na cama do meu padrinhoirma feiz sexo comigo eu gozei na boca delacontos eroticos trave x hcontos eroticos gay dei meu cu desde oito anos de idade e sou gaycontos iniciando a esposa na dporgasmos forçados contoscontos de cú de primacontos de coroa com novinhoDesvirginando a subrinha de 18 anosMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos sexo pai chupa cona da filha cheia de porracontosdeputacontos eroticos de motoboycontos sentou no meu colo e eu gozeiconto erotico minha mae me ensinando a transarconto erotico incesto sonifero filhacontos herticos eu i meu pai ele me chupou enquanto dormiaContos eroticos - me come vai, mete maninho.contos eroticos de faxineiras coroas safadassarrou a bucetinha no meu ombro no onibuscontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos de homem chupando a buceta esperadanegao pegando a velha no mato conto eróticousei calcinha contossou o tesaozinho do papaifiz troca troca com meu amigo : contos eróticoscontos eroticos familia bi passivafoda selvagem com a insaciável - contosprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheiromulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos porno.chorou de dormelhorescontos eróticos gosando pelocuConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadoconto erotico namcontos porno gratis evangelicas submissas e chantageadascontos eróticos mamãe deu o cu eu vicontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .contos eróticos comendo a minha filha caçula na viacaralho anaconda destruindo cuuma x aninhar bem lisinha e gostosaprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticoscontos eróticos de bebados e drogados gaysDía de lacinho nada bunda gay xxvideoleitinho no copo. contosme amararram e comeram forte contoscontos eróticos sobre tia bucetudacontos abusada pelo tiocontos eróticos sexo com menininhas traduzidoscontos erotico gay negro dando pra brancofamília naturista contosvídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalconto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxoucontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhocontos travestis praiaPorno tentei dar meu cu depois de casado contoscompadre taradocontos amigo so folho pintudocontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrossou casada gozei no pau do meu cunhado contodwww.contoerotico.pai e flha na chacaraperdendo o sele o selo do cucontos eroticos velho na praia de nudismocontos verídicas de sexo em montes claroscontos eroticos paulo e bruna parte 2transando com minha cunhada ela chupando meu pau aquela boca vermelha de batomcontos erotico fui concertar s torneira da vizinhacontos eróticos bebadacontos eroticos - isto e real. parte 2mulher sendo vigiada e ejaculada emônibusPorn contos eroticos funcionaria na lancha do patraoCheiro de rola de machos de academia suado contos gaysContos gay comi o namorado da minha irmaContos eróticos gostosa na praia com o maridonegrinha brinca com roupa de escostar homemconto damdo p o comedorconto erótico duas rolar na velhacontos na roça coçando a rolaesposa voltou raspadinha contosconto erotico chupei uma sobrinha de nove anos q fez xixi na camacontos eroticos com objetos