Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA FAMILIA EM CRISE - PARTE 4

Marcela, começou a fazer ânsia de vomito, e começou a xingar a mãe de vadia, vagabunda e palavrões similares, e começou a sair da sala, Cida, porém, estava aliviada e segura, segurou-a novamente pelo braço, e disse:



- Ninguém é melhor do ninguém nesta sala, agora vou falar como comecei a sentir tesão por você.



O silêncio predominava na sala, Reinaldo propôs que tudo terminasse ali, e que de cabeça fria, ficava melhor de digerir os fatos, Marcela olhava furiosa para a mãe, que por sua vez, calmamente, explicava:



- Não foi fácil aceitar a situação de manter relações com o Junior, porém, acredito que seja natural esta sensação de prazer, afinal, temos afeto e admiração pelas pessoas que amamos, e por que não termos satisfação sexual, compartilharmos experiências.



- Nunca tive atração por ele, um momento e tudo aconteceu, juro que jamais olhei com desejo, afinal, era muito retraída sexualmente, comecei a pensar se o seu pai, também não teria desejos por você, porém, antes que eu chegasse a alguma conclusão você me proporcionou uma cena fantástica.



Marcela ficou vermelha, não sabia o que sua mãe poderia saber, não era santa, tinha feito coisas que tinha certeza que foram escondidas, e agora?



Cida foi até a cozinha, pegou uma cerveja, e calmamente sentou-se na banqueta do computador, sem nenhum pudor, completamente nua e de pernas abertas, começou a falar.



- Era quarta-feira, e como sempre fui trabalhar, chegando ao trabalho comecei a sentir uma dor de cabeça muito forte, e pedi para o Augusto me liberar, como o serviço estava tranquilo, ele me liberou sem problemas, voltei para casa, tomei um analgésico e fui deitar.



Marcela estava incomodada, podia imaginar o que a mãe iria dizer, porém, não tinha forças para levantar, era ficar, e torcer para que o seu segredo não fosse revelado.



Cida ficava excitada com o incomodo da filha, e sem querer começou a passar a mão suavemente sobre a buceta, o que deixava Reinaldo, extremamente excitado, e por que não dizer curioso, para saber o que a filha tinha feito.



- Acordei assustada, tinha ouvido barulho na sala, e tinha perdido a noção do tempo, levantei da cama, abri a porta do quarto, e quando cheguei à sala, recuei e fiquei observando aquela cena, você, Marcela, estava sem blusa, somente com uma calça jeans, batendo uma punheta para o Flávio, seu namorado alisava os seus mamilos, e seu rosto não escondia, o prazer de ser masturbado por você.



O rosto de Marcela não estava mais vermelho, estava pálido, ela estava quase desmaiando, a pressão estava baixíssima, ela não podia acreditar que a mãe tinha presenciado esta cena, se bem que foram várias vezes, mais, ela acreditava que fora sempre escondido.

Cida estava excitadíssima, o dedo indicador já penetrava na sua buceta, e ela continuou.



- Se não tivesse acontecido nada entre eu e o Junior, ficaria indignada, armaria um escândalo, mas, sabia do prazer que vocês estavam sentindo, e achava interessante ver dois jovens bonitos se amando, naquele momento, senti a minha buceta molhadissima, e como agora, comecei a me masturbar, de repente você ficou de joelhos na frente do Flávio, ele se levantou e direcionou o pinto para os seus seios, e pode acreditar gozei junto com ele, queria sentir aquele gozo quente, mas, também queria sentir a sua pele, os seus seios, e queria te ver completamente nua.



Marcela, podia não querer admitir, mas, estava excitada, já não estava mais tensa, e Cida percebia isso, e ficava cada vez mais a vontade, se masturbando suavemente, e continuou.



- Desde dia em diante procurei de ver nua, mas, confesso, fracassei, usei de todos os artifícios, sei que você nos dias de calor costuma dormir pelada, porém, tem feito frio, aqui em casa não temos o costume de tomar banho juntos, nem com a porta aberta, nossos horários são meio desencontrados, então, fiquei apenas na vontade.



- Porém, já me masturbei pensando em você e também, quando estou com o Junior fico imaginando que é você que esta ali.



Marcela, já não sabia o que fazer, não conseguia disfarçar a excitação, estava gostando de ver a sua mãe nua, e queria ver o pau de seu pai, pois, com certeza estava rígido e melado.



Reinaldo neste relato afirmou que parecia que ele não estava presente, pois, ele jamais imaginou Cida tão à vontade, e que realmente ele sempre teve atração por Marcela, e que agora ele assumia que algum tempo para cá ele vinha se masturbando pensando nela, e que estava anestesiado diante da situação, pois, não sabia o que poderia acontecer, mas, que estava excitadíssimo com a desenvoltura de Cida, e com a estária da Marcela, tanto, que ele havia se esquecido da almofada, e deixava a mostra o seu membro rígido e melado.



Cida, perguntou a Marcela se ela podia fazer duas perguntas a ela, Marcela apenas balançou a cabeça positivamente, então Cida perguntou:

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos boquete da cumadrecontos eróticos mãe e filho de araraqurawww.goroa nis Sogra fudendosandra porno animais homem comendo o cu do cavalo ele gostamulher melancia de cinta liga e espartilhocontos eroticos o consertador de maquina de lavar comeu minha mulhero lekinho putinha da turma conto eroticoporno pai comvidou amigo oara ver o jogo e a sua filha transou com o amigo do oai delacontos primeira vwr duplapenetraçãoconto tio trai com sobrinho travestifio dental trabalho contoscontos.de mulheres.casadas.e fogosaConto erotico estuprei uma mulhercontos de strayxa primeira vez com homem casadoNegueba enraba saletezoofilia minha mulher gosta de foder com o dogcontos eroticos sodomizadoloirinha goatossa visConto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma contos eroticos dei com meu namorado dormindo ao ladocontos de mulher casada foi no baile funk com minha filhameu corpo que era devastado pelo seu pau ainda duro contos eróticos contos meu marido adora me ver sendo chupada por outra mulherfoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaflagas de encesto com zoofolia contosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas gostosasPai filha mijando na praia contos eróticoscontos eroticoso cu da cadelinhaas coroa metendo a casa do corpo da pulsocontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola delefudeno cu da manu e ela gritando de dorcontos de traicao anal,postados no facebookneta obriga velho a chupalaconto erótico gay o pai do meu primo pauzudo conto acabei comendo o cuzinho delaconto de esportista dotado que comeu cu de travesti crescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticosconfia minha madrasta no pornô chorando gostosacontos minha esposa ainda resistelésbicas castigando o rabo da parceriaconto erotico irmão mais novo machoeu e a amiga da esposa contomandei a rola na minha enteadinha de seis anoscontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos safados inversão e dominaçãocontos eróticos minha mulher tem sono pesadocontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca grandecontos punheta rapidaminha namoradinha me provocou pra fuder brasilconto erotico esposa sofre no pintaoContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendaNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contocontos minha tia humilhando meu tioeu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpacontos orgia com jogadoresde santinha a putinha e um pulo contos eroticosbanhocontoeroticocontos exitantes de aline bebada com varioscomtos.eroticossograSou casada fodida contocontos eróticos,ai ai fode metemetendo na irmã dormindo boa f***contos eróticos vestido de langeriesminha esposa levou rola sem saberfudeu e gozou dentro do cuzinho do barbeiroconto erótico podemos a prima da minha mulhercontos eroticos chantageando a minha tiaeu estava louco pra chupar atravestitenho traços femininos cu conto eroticocomo minha esposa aguentou 23cm no raboContos eróticos e roseconto erotico o filho da vizinhabanho acompanhado contos eróticoscontos eroticos 148 cm de bunda .contoseroticospapairelatos porno incesto lasquei o cuzinho da sobrinha moreninhacontos comi a japonesa rabuda casadarelatos eroticos/pisar na carabaixinha de 1m 60 porno boa fodacontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calourafiz ammor com minha irmamulherdechortinhocurtodesvirginando uma virgem contomeu sogro contosfudeno a sobrinha que domiasadomasoquista gozando com garrafa enfiadaComi+o+cusio+de+mia+sobria+de+dose+ano+conto+eroticoconto eroticos minha mullher e muito alegr