Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA FILHA ADOTIVA

Minha filha adotiva

Me chamo marcos andre tenho 41 anos, sou casado com aline ela tem 39 anos, a 8 anos atras nos adotamos uma menina, eu admito que não estava nada animado com a ideia de ter filhos, mas minha mulher estava em crise, pois achava que não podia ter filho, tudo parecia conspirar contra mim, minha mulher não mudava de ideia, sempre dizem que adoção demora, mas depois 3 meses de visita ao orfanato já levamos priscila pra casa, em 6 meses ela já era nossa de papel passado, ela tinha 5 anos na epoca, era morena clarinha, cabelos pretos, meio encaracolado, minha mulher escolheu ela pois foi a primeira criança que ela viu, mas ela jura que não foi por isso.

Não estava sendo facil acostumar com aquela pequena estranha, ainda mais dar banho, beijos, carinhoÂ… dar banho nela, sempre foi complicado, não tinha como não ficar excitado, em ver e alisar aquele corpinho, porra não tinha como olhar aquela menina como filha. Minha sorte era que ela era uma menina muito obediente, sá fazia o que alguem mandava, certa vez, coloquei ela no sofa e mandei ver tv, fui pro escritorio, voltei quase 2 horas depois e ela estava no mesmo lugar, me pediu pra ir ao banheiro.

Foi mais facil do que eu imagina ter aquele corpinho pra mim, minha mulher comprou um monte de brinquedos, entre eles tinha um par de oculos malucos, é um oculos que vem com varios adesivos de olhos, é so tirar um e colocar outro, a vantagem é que não da pra ver nada, ele tampa completamente a visão, dai foi sá esperar ficar sá com priscila levei ela para tomar banho, nem era hora disso, falei pra ela colocar os oculos pra gente brincar, dai tirei meu pau pra fora, mandei ela abrir a boca e coloquei meu pau na boca dela, nem estava muito duro, pois eu estava morrendo de medo, mas meu cacete foi crescendo na boca dela, foi uma sensação tão doida e gostosa que eu acabei gozando antes da hora, melequei o rostinho dela todo, guardei meu pau e dei banho nela. Falei que não era pra contar pra ninguem. Fiz isso varias vezes, antes de avançar mais.

Com o passar das semanas fui percebendo que priscila era de confiança, parei de mandar ela usar o tal oculos. A primeira vez que ela me viu pelado eu pensei que ela iria ficar com vergonha ou medo, mas me enganei, ela apenas achou engraçado ver meu pau cheio de cabelo. Sua inocencia beleza e obediencia me encantava.

Brincamos no banheiro um bom tempo, pude alisar aquele corpnho todo, me esfregar nela, beijar. Ver aquele corpinho era demais.

Minha mulher não desconfiava de nada, sá ficava feliz por eu esta mais carinhoso com priscila.

Certo dia eu estava brincando com priscila no quarto, nos 2 estavamos pelados,

Eu estava como sempre esta esfregando meu pau nela, mas não tinha intenção de penetra la, pois eu achava que ela não aguentaria, ela estava de bruços e eu estava esfregando meu pau no seu reguinho, estava tão gostoso que eu fui perdendo a noção, meu pau começou forçar a entrada do cúzinho dela, dei um empurrão mais forte e ela reclamou, senti dá e um puta tesão, estava meio insano então comecei pensar no que fazer, olhei pra cima da cômoda e vi o creme de corpo, ele parecia ate me chamar.

Despejei quase meio vidro de creme na bundinha dela no meu pau, era divertido e gostoso, eu jurava que não teria coragem de penetrar patricia. O contato de meu pau duro cheio de creme com aquela bundinha pequenina e lisinha me enlouqueceu, coloquei meu pau na entradinha do cúzinho dela e forcei, senti o cuzinho dela piscar, resistinto a entrada de meu pau, mas devido ao peso do meu corpo e a bundinha dela esta toda lambuzada, o cuzinho dela não conseguiu resisti e foi afroxando, meu pau foi invadindo aquele canalzinho apertado, logico que ela reclamou, mas eu não conseguia parar, abri a bundinha dela com minhas 2 mão e fui enfiando, eu estava em transe, não conseguia parar, sá parei quando senti minhas bolas tocando seu bumbum, ela espeneava e chorava, tentei tirar meu pau pra começar o vai e vem, mas não deu, o cuzinho dela travou, putz que loucura, foi alucinante, fui puxando bem devagar, não queria machuca la, mas pra piorar a situação, quando já estava quase todo fora, senti vontade de gozar, fui mergulhando meu pau pra dentro de novo e gozei, gozei muuuuuuuuuuito, esperei ate meu pau amolecer para não machuca la muito, dei banho, comprei e passei uma pomadinha anestesica.

Quase morri de remorso depois.

Minha mulher não desconfiu de nada, no outro dia quando priscila reclamou de dor no bumbum mina mulher achou apenas que fosse uma assadura ou coisa assim.

Depois continuo







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu filho me dominou contos incestosBoquete Sebo contoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos fodendo o cu da Marilenecontos eroticos coloconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "contos gay patrao velho doido por rolaxvidio gay coroa 82uol contoseroticos de esposa liberadasconto erotico patricinha pedreiroMinha mãe gosta de apanhar contos pornocontoseroticos primos e a sua primacontos eroticos vi minha namorada chorarlobo mau me comeu contos eróticoscontos eroticos padres e zoofiliaconto erotico de garoto pelados com amigos tomando banho de picinacastigando mamilos com grampos contocontus estupro gostosa lindacontos erotis orgia biamigo andre me comeu conto gaycontos eróticos ex presidiáriocontos eroticos abuso policial martacontos eróticos não consegui evitar o meu irmão contos de incestos gays org oline- contos- maduro comendo cu de menino novinhoflagrei meu filho fodendo o amiguinho conto erotic de uma mãepone encaxa tudo na morenacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos cabacinho com meu paicontos veridicos de mulher casadapelinhocontosconto erotico menina de shortinho marcando a bucetaconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhoconto erotico de esposa com bandidosCanto erotico de velha 68 anostirando as pregas do cu da joyceconto erótico viadinho de calcinha e os mendigoscintos incesto na fazenda com maecomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contoesposa voltou raspadinha contoseu vi meu pai comendo minha mae depois disso ele me comeu contos eroticoscontos eroticos chantagiando a prima da mulherconto erotico enteadaconto fui deflorado e gosteicontos eróticos de dupla penetração b*****homem rasga cu de garotinho contoscontos acordei louca para fuder com meu irmaoensinei o meu enteado a bater punheta : contos eróticosmorena bronzeada na locadora pornôdei sonifero pra minha avò e transei com elaconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadoconto erotico capitao tirou meu cabacinhoetorando a comadrecontos eróticos mete um milho na bucetacontos eroticos senhora do quadril largocontos eroticos com velhoContos eroticos gemendo por rola fode fode esse cuContos de catfightCú de velha é muito gostoso,contoVoltei gozada pro meu corninho contoconto erotico-engravidei do meu genrocontos eroticos bostaum conto erótico mendigo Eu e minha filha juntocontos eroticos chantageada pelo meu patraoconto erótico as duasme tarandobrincando de casinha contos eroticosconto marido corno vendo daniela fyder com negaohomen dotado arronba cu rapaz de programaconto erótico minha mãe com negãocontos sou casada e comi um novinhopornô com magrinha dos peitinho duro e c****** empinadoconto gay nasci pra ser putacontos hentaicomi minha finhinhaskinhead conto eroticoContos dando para o molequecontos erotico de travesti no bairro campo limposenior coroos com seus lindos bultosContos eroticos da lele alessadrapornodoido dona de casa chifra rapidinha cm amigoContos eroticos gays garanhao da fazendacontos eroticos maes de amigosesposa raspada contoscontos dando de mamar para filhinha engulin porrameu primeiro swingContos eroticos a amiguinha da minha filhasogra contosMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eróticos adoro dar o meu cu para africanoscontos eróticos virei strip-tease