Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JOGO DE GENIO!!!!!

Ola, esse é o terceiro conto que eu escrevo, mas para quem não leu os anteriores; eu me chamo Kátia e tenho 31 anos. Um dos meus leitores, me escreveu e resolvemos nos conhecer melhor; não é a primeira vez que resolvo conhecer um leitor meu, sendo assim, lá fui eu. Tivemos uma noite agradável, mas ele me deixou intrigada, pois não quis me comer logo de cara. Disse que tinha planos para mim e sendo assim, marcou outro encontro para outra semana. Até chegar a outra semana, ele me ligou todos os dias no mesmo horário e me fez gozar por telefone em todas as ligações, isso me deixou ainda mais ansiosa pelo nosso encontro. O dia marcado chegou e ele me buscou no horário marcado. No caminho, perguntou se eu estava interessada em participar de um jogo. Um jogo onde eu seria a peça principal. Aceitei sem nem mesmo pensar. Ele parou o carro na mesma hora e disse que teria de me vendar os olhos e eu sá poderia tirar a venda quando ele mandasse. Já com os olhos vendados, ele dirigiu por mais cerca de 5 minutos, até que parou o carro e me ajudou a descer sem tirar as vendas. Subimos uma escada e entramos num ambiente onde eu pude ouvir uma musica e nada mais. Logo ele tirou toda minha roupa e me sentou em uma poltrona. Foi aí que o jogo começou de verdade. Senti mãos abrindo minhas pernas e chupando meu grelo, em seguida, senti que tinha alguém ao meu lado pegando minha mão e colocando num pau grosso, duro e quente, o meti na boca e comecei a chupar sem dá, mas logo veio outro pau na outra mão e eu fiquei um pouco assustada, pois percebi que tinha no mínimo 3 pessoas ali, mas continuei no ritmo e passei a alternar entre um pau e outro. A boca que me chupava, foi substituída por uma pica enorme na minha bucetinha e eu gemia de tanto tesão. Houve momentos que eu tentava enfiar os dois paus de uma vez sá na boca. Sentia mãos virando o bico do meu peito, mãos me dando tapas por todo corpo, mãos me puxando os cabelos. Logo me colocaram de quatro e foi ainda melhor, pois eu adoro dar de quatro, quando comecei a chupar novamente um dos paus, pude sentir o meu gosto e percebi que aquele era o pau que estava me fodendo há pouco. Fiquei louca de tanto tesão e gritava: Isso, me comam, me fodam mesmo, vou dar conta de todos vocês, metam gostoso na puta aqui, enfiem seus paus sem dá em mim. Foi uma loucura que durou não sei dizer quanto tempo, mas sei dizer que sentia paus de vários tamanhos se revezando dentro de mim. Pedi, ou melhor, imporei que me comecem dois ao mesmo tempo e fui atendida de imediato. Logo me colocaram sentada de cú aberto em cima de um pau que diga-se passagem, era enorme e em seguida veio outro arrombar ainda mais minha buça. Abri a boca para gemer de tesão e ela foi de imediato inundada por outra pica dura. Que delicia, eu estava sendo fodida pelo rabo, pela xana e pela boca. Foi tão bom que logo gozei. Gozei muito, mas muito mesmo, a ponto de achar que meu orgasmo não ia ter fim. Cheguei a ficar tonta de tanto gozo. E eles perceberam isso, me estocando com mais vontade ainda até eu começar a ficar mole de estafa. Mesmo assim eles continuaram a me foder por mais alguns minutos até que de repente todos pararam ao mesmo tempo; foi aí que ouvi a voz daquele que me fez gozar a semana toda por fone; ele dizia para eu ficar de joelhos com a cabeça levantada e a boca aberta. Obedeci prontamente e tive uma deliciosa surpresa, pois todos, quase que ao mesmo tempo gozaram na minha boca, rosto, peitos, foi um banho de porra que mesmo que eu quisesse não daria conta de beber tudo. Quando ainda estava me deliciando com a porra que conseguia recolher, a venda foi tirada dos meus olhos e eu me deparei com uma cena fantástica. Aquele homem que havia me levado para aquela orgia estava sentado em uma poltrona a minha frente totalmente vestido e assistindo a tudo atentamente. Os 3 que me comeram, ainda esfregavam suas picas no meu rosto e seios e eu ficava chupando eles enquanto olhava nos olhos do meu gênio da lâmpada mágica. Eu tinha muita porra espalhada por todo corpo ainda, e tentava em vão lamber tudo, chupando meus práprios seios, que por serem grandes me dão essa vantagem. Neste momento, ele, apenas com um dedo me chamou e eu fui gatinhando até ele. Nos beijamos deliciosamente e ele disse que agora ele me queria sá para ele. Abriu as calças e segurando em meus cabelos forçou seu pau dentro da minha boca até o final. Senti a cabeça do pau alcançar minha garganta mas, continuei ali, totalmente submissa a aquele homem que me enchia de tesão cada vez mais. Ele me destruiu; me fez chupar ele por um bom tempo, mordeu o bico dos meus seios, me deu muitos tapas na cara, me xingava de galinha, vagabunda, que os meus contos eram pobres perto do que ele me proporcionou, que eu era uma puta, piranha, prostituta sem classe, arrombada, bucetuda, e que agora sim eu sei o que é uma transa de verdade. Ele comeu meu cu como nunca ninguém havia comido. De uma maneira incrível ele me fez ficar de ponta cabeça entre o encontro e o acento do sofá e ali me enrabou gostoso. Enquanto tudo isso acontecei, os outros três estavam sentados em outros sofás com seus paus duros não mão. Essa cena fez com que eu tivesse outro orgasmo que não sei dizer se foi até mais prolongado que o anterior, mas sei dizer que foi delicioso também. Pois enquanto gozava, ele berrava: goza vadia, goza vagabunda, você gosta de tomar no cú então goza dando o rabo para mim, cadela arrombada, hoje você teve pica de montão, hoje você vai sair daqui sem nenhuma prega. E eu gozei gostoso mesmo. Ele me soltou no sofá e dando a volta pelo mesmo veio se posicionar na minha frente onde fez eu engolir o pau dele todo melado do meu cuzinho. De repente, ele fez sinal para os outros que já estavam pronto para me servir. Todos vieram na minha direção e eu tive de fazer novo revezamento de boquete, até que ele anunciou que ia gozar e eu corri para mamar naquela pica maravilhosa. Ele uivava de prazer e gozou tudo dentro da minha boca, fazendo assim, com que os outros viessem, um a um, gozar na minha boca também, tive de tomar gota por gota da porra de cada um deles, e tomei com o maior prazer, sem deixar nada para fora. Depois disso, conversamos varias vezes por telefone e ele me prometeu pensar em uma nova idéia para me satisfazer por completo novamente. Quem tiver idéias maravilhosas e queiram me incluir nelas, me escrevam. Adoro receber filmes e fotos que me estiguem!!! Beijos no p...

Se kiserem ver as fotos deste conto,em cenas explicitas,e tb ver fotos de artistas (homens e mulheres) pelados e outras imagens de sexo brasileiro,entrem em nosso flog=TVADULTO.GIGAFOTO.COM.BRla tem outru link pra votar para este site!!!!!!!!!!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha irmã bateu uma pra mim contos eroticosxvidio mocinhavirei puto do bar conto gaywww.vizinha loira e carente negao tarado e sadico contosContos eroticos/dp com a ninfetinhaTraindo o marido com traficante contos eroticoscontos eroticos arrependidaContos eróticos mulheres assediadas na rodoviáriasContos eróticos.com/Enrabei a Florapeito bicodu sexcontos aluguei minha mulhercontos eroticos na floresta com a tiadei pros amigos do meu irmão contoberoticocontos de corno acampandocontos de vizinhasbucetas com cafanhaquescontos eróticos fode direitocasada resebe proposta indecente contocontos eróticos eu cai e o cachorro me comeucontos eróticos levando na piscinaIsac e Hugo- Casa Dos Contos Eróticos |zdorovsreda.ruconto erótico eguaSou casada fodida contoConto erotico gay homem goza usando.vibradorcontos meu primo me comeudormindocontos eróticos de tio comendo sobrinha f****** gostosocontos eroticos meu marido vestiu minha calcinhacarente siririca contoconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida deleFoda bruta contos erotcontos eroticos o presente de corno de meu paiconto erotico comi minha irma casada no ranchocontos eroticos pretinha crente na festinhaCOnto a vizinha amamentandoconto gay Dezao e duzinhoconto erotico minha patroa me viu de pau duroEu e mamãe fudendo com papai contoseroticoscontos eroticos incesto o retorno de maria alice na casa do padrinhoMinha namorada festa na chacara cornodentistassafadaSou casada mas bebi porro de outra cara contosContos eróticos real religiosaCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradosainda novinha chutavam meus peitinhosdepilano a buceta dela io cara comi elacache:BEpQkv0OPJUJ:idlestates.ru/conto_4507_eu-o-namorado-corno-e-sua-namorada.html Contos de esposa gostosa acompanhado marido numa festaa obra na minha casa me neu chifre contosfudida na infância . contoconto minha esposa me trocou por um negãoconto erótico da esposa do meu irmãoescola grita dor conto erótico contos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigopeitos da prima pulando fora da blusa no sexofui comida e chingada feito puta pelo meu primo okinawan gélico pornôfilhos vendo a mae transar com outos homenscontos eroticosconto erotico chantagem e comeram minha esposagaroto gozando contracoes gozei conto gaycontos gay gozando pela primeira vezbucetinhas perusinhoZoolofia cominha cadela ler istoriacontos eroticos esposa marido e sogromulheres aguachadas com as pernas abertas so de calcinha fotosObter bunda de filme dando meninaporn linda sobrinha porreicontos eroticos corno e amigo camacontos velhas que traem maridosCONTOS EROTICOS O AMANTE DA MINHA MULHER COMEU TODOSminha mulher adora ser brechadafui em um pai de santo e ele me chupou o pau e perguntou se eu estava gostandoconto erotico corno piscinacontos de menininhas sentando no colo de homensmeu tio um coroa safado contoRelatos de incesto pau enorme casa dos contoscontos erótico moleque safadocontos eroticos infanciaContos erótico minha enteada meu colo .ele.a.comeu.contosconto erotico comendo a cunhada dopadacontos eróticos-férias CarolComendo a colega angolacontos betinha vendo a irma sendo fodidacomi a novinha dormindo ela fico brabacontovidiomuher com camizonão aguentei e comi minha sogra tirei a virgindade das priminhas inocenti contos eroticoscontos eróticos- virei mulher do meu paimaisexo peituda goza no oralcontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoContos eroticos das periferiascoroa negra contocontos eroticos com muita tapa e submissaconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludo Negão Da Picona Na Africa Contos Eroticoscontos travesti que sai leite dos peitos