Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHAS FILHAS

Capítulo 9ª. - “A revelação”

Passado toda a euforia, começamos no dia seguinte nossa rotina normal de trabalho, mas eu me sentia um rei em meio à súditas fiéis que faziam parte do meu harém. Durante o dia foram vários telefonemas entre Érica, Michelle e eu. Michelle era a mais afoita, porque queria conhecer tudo de uma vez e queria mostrar que podia satisfazer todos os meus desejos da mesma maneira que Érica. Foi preciso um diálogo pra que ela entendesse que todas as noites, Erica e eu fazíamos amor e tínhamos nossas intimidades e que agora, apesar de ela fazer parte desse “ritual”, ela estava ainda aprendendo. Foi quando aproveitei pra contar as duas que eu tinha visto Linda, Suellen e Jeinny. Para Michelle foi sá alegria.... agora ela tinha duas irmãs e estava adorando a idéia e queria o mais rápido conhecê-las. Me encheu de perguntas e eu dizia que eu sá as tinha visto no sábado e elas tinham ido embora.... jamais poderia contar a verdade, ou poderia... decidi não contar. Érica não gostou e disse que estavam armando pra cima de mim, que eu me cuidasse e que, embora ela houvesse prometido que jamais interferiria nesse encontro, disse: mas a outra tinha que estar junto?? O que você vai fazer agora?? E eu disse que queria que elas me ajudassem, porque Suellen e Jeinny também eram minhas filhas... Nesta noite, Érica foi dormir no quarto de Michelle.... e fiquei sá, com meus pensamentos, meus sentimentos e minha cabeça a tentar entender toda a reviravolta que aconteceu na minha vida e na vida das minhas filhas. Estava cansado e adormeci logo.... sentia uns arrepios, como se alguma coisa estivesse alisando meu peito e ao abrir os olhos, vi o contorno do corpo de Michelle, passando os cabelos em mim e ao sentir que eu acordei disse: mamãe tomou um comprimido pra dormir e chorou muito. Eu abracei minha filha e disse que eu as amava, mas que as outras duas também eram minhas filhas, mas ninguém iria tomar o lugar de Érica. Minha filha me beijou.. um beijo longo, sensual... gostoso... cheio de tesão... molhado.. ela estava deitada em cima de mim e levantava a boca deixando escorrer a saliva pra pingar no meu peito... ela disse: papai.. você nunca vai me deixar, vai?? Claro que não, disse eu... e abracei-a com força e nesse movimento, abri minhas pernas, fazendo com que ela ficasse encaixada na perna esquerda e que sentisse o tamanho do meu cacete e soubesse que ele havia reagido aos beijos. Ela ficou se esfregando nele e tremia... ela estava querendo mais... minha filhinha estava taradinha... e demonstrou claramente o que estava sentindo, porque desceu a boca para o meu peito e com a saliva, ia me molhando enquanto descia pra barriga e puxando minha cueca com a boca, foi tirando-a de mim... eu ia esboçar um movimento quando ela disse: paizinho, fica aí quietinho... não faça nada... esta noite, eu sou sua mulher. Descendo a boca até meu cacete já enorme, ela abocanhou e começou um delicioso boquete.. ainda desajeitada, mas muuuuuuito bom... eu olhava pra ela e a via tentando me satisfazer, tentando ser igual ou melhor que a mãe dela.... e a via mexer em mim.... eu a virei e comecei uma 69 bem gostosa nela e ela gemia de prazer... mexia a bucetinha em minha boca e contraia seu cuzinho... que visão maravilhosa eu tinha dali..... pedi que ela engolisse mais.. eu queria meu cacete todo, inteirinho dentro daquela boquinha e tentava explicar como ela deveria fazer com a boca.... foi quando ela mexeu de lado o rosto e não conseguindo me controlar, gozei dentro da sua boquinha... tudo.. e ela continuava a chupar, pra não perder nada... foi delicioso sentir minha filhinha engolindo minha porra... sentindo ela segurar meu cacete e continuar a chupá-lo como se fosse um sorvete.... quando ela levanta a cabeça e pergunta: paizinho, quero experimentar o leite condensado, igual mamãe fez com você.. e quando eu já ia perguntar se ela ficava mesmo nos espionando, ela já tinha se levantado e ido buscar na geladeira o leite condensado. Vendo ela andar, aquela bundinha empinadinha, fui atrás dela na cozinha.... enquanto ela abria a geladeira e sorria pra mim, abracei-a por trás e fiz questão de que ela sentisse o tamanho do meu cacete.... ela se ajoelhou e colocou meu cacete dentro da lata de leite e fez ele ficar bem melado e começou a chupá-lo novamente.... depois, quando viu ele duro, enorme... me mandou sentar na cadeira e, segurando ele com as mãos, deu as costas pra mim e foi direcionando ele na sua bucetinha toda molhada... ela gemia... tremia as pernas enquanto ia sentando e fazendo meu cacete entrar dentro dela.... ela gemia... paizinho!! Que delícia!!! Paizinho... mais, põe... mais... entra paizinhoooooooooo.... hummmmmmmmmm.... ela estava cansada pela quantidade de vezes que tinha gozado, mas queria mais.... e ela me olhava e me beijava.. e gemia... mais papai... mais... assim... eu segurando em sua cintura, controlava os movimentos dela e segurava pra que ela não caísse.... mais papai.. mais.... delícia paizinho.... delícia..... mais... mais... papai.. papai..... papai.... estou gozando.. gozandoooooooo.. papai... assim.. mexe em mim papai.. me beija.. papai.. papaieeeeeeeeee.... hummmmmmmmm, que delícia... minha filhinha gozando.... que tesão..... levantei-a no colo mesmo e fomos para a cama... eu não aguentava mais trepar...

Continua. . . . . . ([email protected])

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto o zelador e meninomulek gemendo no pau do outro mulrkcontos eroticos papai me perdeu no jogocontos papai i eu na sala com um amigocolocando no cu dela bem devagar dormindo[email protected]contos eróticos pagando com a filhaContos eróticos Bebêcontos coroa 58 anos pau grossocontos mamae mim ajudou com o pirozaocontos lesbico meus pais viajaramhistorias de sexo eu e minha madrasta bia de rabocontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .Contos incesto novinha calcinhaso os melhores contos de gay sendo aronbado varias vezes por pau bem grosso fingi que estava dormindo e cimetam meu cuconto erotico travesti passeano na pracafoda no almoxarifado contoContos eróticos pai torado a filhacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos eroticos enrabando o cliente bebadovideos putas chupando e achado q a pica e poucacontos erotico castiguei a buceta da vadiamenininhas 10 aninhos fudendo contossexocontos gays cheirando pauconto vendo cunhada casada peladinhaContos de zoo chupada de baixo da mesaMinha namorada deu a bucetaconto erotico adolecenteContos a amiguinha fielconto erotico marido bebado sogro fode noraassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormeporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cederque enteada pernadaminha esposa transou com o pai conto eróticoolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuconto tia velha gostosacontos eroticos gays dei pro porteirode calcinhaconto erotico mihna mulher disse que o meu negocio exupa piçaconto erotico dog familiaConto erotico mendiga peituda 60 anoscontos eroticos de tias coroas mijonascontos eróticos corno no acampamentogenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosconto gay metemos.o dia todoconto erotico travestis o traveco preto rasgou meu cucontos eroticos novinha espiando seus tios transaremestoria porno o sonho do meu marido e cornoeu e minha patroa praticamos zoofiliadeixei minha filhinha brincar com meu pau coltos eu deita pedi para meu irmão fazer massagem em mim contogozando pelo cu contos eróticoscomigo vamo mulher do meu irmão meu irmão viu como um laser transar entre família comigo a mulher do irmãocontos eroticos buceta arrombadaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos porno de mulheres casada que traem com pau grande e choramwww.Contos Eroticos de sexo gay incesto pai estrupando filho virgem gay sexo violetos em contos.comeu moro no interior com a minha família depois que a esposa faleceu do meu primo eu me apaixonei pelo meu primo viuvo eu fui morar com ele como sua mulher ele fez três filhos em mim conto eróticoeu moro no interior com a minha família depois que a esposa faleceu do meu primo eu me apaixonei pelo meu primo viuvo eu fui morar com ele como sua mulher ele fez três filhos em mim conto eróticocontos de coroa com novinhocomi minha sogra todo mundo viaja so tinha eu e elacontos eroticos de enteadasContos erotico comi minha irmã cadeirantecontos eroticos minha mae e meu irmao conto menage masculinocontos eroticos tia feiaConto suarinha da o cuzinho para tiu chorado e goza dentro delacontos eróticos esposa engravidou desmaiadacontos enrabando sobrinha da minha mulherrola mole rola dura bate até que furaconto real meu vizinho me estuproucontos eróticos de lésbicas masoquistasmulher casada crente relata que da o cu para outro/contos recentescontos de sexo gay minha esposa viajou e dei com sua calcinhawww.contopadrinho.comconto erotico de minha namorada e outroconto erotico incesto sonifero filhaconto erótico somos meio nudistascospidas na boca porno lesbicasticos bem greludoscontos eroticos gay pequenoПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.ruconto erotico historia de mulheres casada em fretando pau grade