Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA TIMIDA

Sou casado tenho 39 anos 1,90 , mineiro , sempre leio os contos deste site recentemente Conheci uma outra mulher também casada pela internet e começamos um relacionamento virtual, trocamos telefonemas e sempre teclávamos pela net. Eu sempre achei que as fotos trocadas no MSN são falsas ou omitem alguma coisa, mas resolvi arriscar. Maria; seu nome ela tinha dois filhos adolescentes e havia me dito que seu casamento deixava muito a desejar, o marido sofrera um enfarte e quase não a procurava mais e ele também nunca fora o amante que ela esperava, ela sempre desconfiou que ele já havia traído nos 20 anos de casamento, tinha sido seu único homem, depois de algum tempo eu propus nos conhecermos, eu já estava louco para conhecer ela, ela também dizia o mesmo mas tinha muito receio. Ate que um dia puder ir a cidade dela e combinamos de nos conhecer. Mas ela disse que seria a primeira vez e ultima loucura da vida dela. No dia combinado fui ao encontro dela , Ela havia dito que era loira mignon e baixinha e tinha 40 anos. Estacionei meu carro e esperei dar a hora marcada, alguns minutos depois ela apareceu, ficou me procurando, sai do carro e chamei-a, Era melhor do que a foto, realmente loira, baixinha, seios pequenos e bem cuidados, bumbum redondinho e corpo bem cuidado. Abri a porta mais que depressa e ganhei um selinho - Olha, sou bem casada e não sei o que meu deu na cabeça. Procurei tranquiliza-la - Fique tranquila, vamos no conhecer e se acontecer algo tenho certeza que vamos adorar. Ela estava muito nervosa então propus irmos a um motel, ela ficou insegura, mas eu disse – Será mais seguro para nos dois, e prometo não forçar nada se você quiser voltar eu te trago na hora, ela aceitou, e fomos para o motel no meu carro, no caminho ela disse - Como você é bonito, é melhor do que as fotos. - Você também Maria. Entramos no motel. Entramos e pude ver como ela estava nervosa, chegava a tremer, então comecei a beijar e acaricia-la - Confio em você. Disse ela. Deitou-se ao meu lado e começamos a brincar, ela era toda durinha, seus seios cabiam na minha mão e tinha quadris largos, aos pouco fui tirando sua roupa, cai de boca naquela bucetinha. Lisinha com poucos pelos , comecei a chupá-la, arqueou o corpo e começou a falar coisas : - Ele nunca me chupou, ai, Me chupa , me chupa. A buceta era pequena e rosa, seu clitáris era pequeno mais muito sensível, cada vez que passava a língua ele estremecia. Já estava muito molhada, continuei o sexo oral percebendo o quanto ela estava com tesão, não demorou e ela segurou minha cabeça num orgasmo louco, gemendo sem parar e estremecendo ate terminar de gozar, então parei, ela ficou quieta recuperando o fôlego, depois de alguns instantes ela pediu para come-la, me posicionei pra enfiar meu pau naquela bucetinha. - Vai com calma benzinho, faz tempo que eu não recebo um pau tão duro. É realmente era apertada, ela gemia e pedia calma. Comecei o vai e vem até que senti que podia me movimentar melhor , Eu sá ouvia seus gemidos e o pedido para não parar, não demorou muito e ela começou a gritar: - To gozando, não para. Quase desfaleceu, ficou molinha e eu com pau duro não tinha terminado. Comecei novamente, mas ela pediu para deixá-la descansar. Ela então soluçou e eu perguntei - O que foi? Com a voz tremula me disse: - Sabe nunca gozei assim, ele nunca me chupou. Então beijei ela calmamente e trocamos mais alguns carinhos. Ainda de pau duro pedi que se cavalgasse. Então ela se posicionou por cima de mim e foi agachando ate meu pau entrar todo, Maria passou a cavalgar rápido se movimentado para frente e para trás, vi pela expressão do rosto o quanto de prazer estava sentindo , ela realmente era apertadinha, mas muito gostosa, enquanto ela rebolava peguei em sua bundinha, Arrebitada e redondinha. estava com as mãos naquela bunda, comecei a apalpá-la com força e disse no seu ouvido: - Quero comer sua bundinha. – ela então ficou com mais tesão e teve outro orgasmo, parou e se agarrou em mim – você esta me matando de tanto gozar, enquanto você não gozou nenhuma vez. Então sorri e disse era pq queria ter meu prazer quando eu come se seu cuzinho , ela não concordou, mas fui convencendo ela, passei a chupa-la de 4 e colocando o dedo no cuzinho, então ela acabou concordando, mas disse – mas põem devagarzinho, sá a cabecinha e se doer você para. Pedi um gel pelo telefone e a coloquei de 4 - Fode minha bucetinha mais uma vez antes do meu cuzinho, atendi ela prontamente montei nela, comecei a foder sua boceta melada, ela estava quase gozando de novo e então pequei o gel e avisei que tocar de buraquinho e ela disse - Vai devagar, seu pau esta muito duro, cuidado para não me machucar. Lambuzei aquele rabo, esfreguei bastante e coloquei um dedo naquele cuzinho, brinquei aquele cuzinho, lambi coloquei um dedo e depois com dois dedos, ate sentir que ela estava pronta. Fui colocando na portinha, ela reclamou: - Ai, ta doendo, tira vai... Pedi que relaxa-se, não iria enfiar tudo. Passei minha mão esquerda por cima de seu quadril e comecei a dedilhar seu grelinho. Gemia baixinho. Então continuei forçando ate entrar todo, parei esperei seu esfíncter se acostumar com a invasão, ela ainda reclamou um pouco, mas já estava acomodado, perguntei se queria que para se, ela prontamente disse não – Agora esta ficando gostoso não para de esfregar meu grelo, Continuei a brincar com seu grelinho, e ela rebolava, muito lentamente, depois ela era que enfiava o cu no meu pau com muita força! Soquei a rola e enfiei até as bolas, indo e voltando junto com ela. A clima era de muito tesão, eu atolado dentro dela e brincando com sua bucetinha. – mete mais ta ficando gostoso, me rasga, então ela começou a ter um espasmo e gozamos juntos. As suas pernas tremiam e seu cuzinho pulsava no meu pau. Deitamos desfalecidos ela me abraçou e me beijou disse - não sabia que era tão bom! – nos levantamos e fomos para o chuveiro, depois nos vestimos e fomos embora, prometendo repetir. Deixe-a no estacionamento onde esta seu carro. Repetimos algumas vezes se alguma mulher casada quiser falar comigo e sá adicionar [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto gay o traficante me comeunegáo tira virgindade da baiana no motelmassagem incomparável faz cara senti tesão e gozafilme aconzinha pornvidio porno gey aronbei meu primo no quarto enquanto ele estudavacontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetacontos eroticos ajudei meu filho e fui estupradaSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoContos eroticos de gozar dentro de irmaoscontos chantagiei minha mae e mi dei bemcontos eroticos de mulheres que fuderao com negroscontoseroticoscasal com travestiAdoro dar o cu para o papa contostranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbaconto porno novinha e seu/donocorno ver mulher gemendo dando cu aoutro casa dos conto eróticosTennis zelenograd contocontos sexo pai chupa cona da filha cheia de porraContos meu irmao gosta de usar fio dentalTennis zelenograd contoconto gay beijo melhor amigomeu tio me vendeu conto eroticoscontos eróticos aa isso bate gostosocomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiContos er¨®ticos duas rolas no mesmo buracoas rabudaacontoseroticos fissurado no cu da esposatirei a saia da minhan e fudi com ela no banheiro pornodoidoconto peguei no bulto do amigoContos lesbicas nossos maridos sairam fiquei bebendo com a comadrehistoria amiga dando bucheta pra amigo contoconto erotico mae beba da o cu pro filho e pensa que seu maridocontos eroticos gosto de piça preta gg na cona e cucontos eroticos primeiro orgasmo colo do meu padrinhocontos eróticos de garotas com velhos bêbadosboquete mulher de 48 anos contoJoão e chupando piru mesmo tempocontos porn brincadeiras de primosconto erotico mamando a chupetapeguei minha sigra dormindo sem calcinha e meti a pica nelame pegaram montada de cdzinhaconto erótico masturbando a vizinhacontos de casadas que mamam nos caralhos levam no cu e na conaapalpadinha na bunda.contocontos eroticos fui putinhamarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosdei para quatro garotos na balada conto gayFotos de pirozoes de machoshomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casarelatos comi a crente na marramulher com uma bu dando nda inmencacontos eroticos d filhotes mando mulherescontos eroticos meu amante fodeu eu e minha filhabem novinha travesti cumendo o gay novimhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://tennis-zelenograd.ru/conto_1109_no-assalto-eu-virei-corno-e-minha-esposa-virou-puta.html&ei=ewottTwh&lc=pt-BR&s=1&m=52&host=www.google.com.br&f=1&gl=br&q=contos+namorada+arrombada+assaltantes&ts=1533842850&sig=AIvIYWIxf4O7RX2q2bvSs_2jhDvPc-6t9gdançarino sarado contos gaysContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivacontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primaconto real meu vizinho me agarrouContos eroticos curtinhos sogra sondando a cadela lambendo o pau do genrocontos eroticos rola grossaConto eu meu marido e nosso melhor amigoconto erótico minha mãe com negãoComendo a tia e a mae juntos contos erotocoscontos eroticos dono de mercearia comendo a casadaconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdover filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaajudei minha amiga tér um orgasmo conto eroticocontos eroticos todo corno é viado em porto alegre conto erotic pegand a calsinha da sograbebendo mijo dela contos eroticosTennis zelenograd contomeu primo e eu transamos na agua da praia contoscontos prima coloconto peladinha em casaescravo fodido nua amarrado aforsa matonovinha de 13com peitinhocontos eroticos na rua adrenalinacontoseroticos meu filho me estupro meu cubucetá soltando muita porraContos eroticos gozada na barrigaContos eroticos minha esposa rabudaconto erotico de medica lesbica da bucetona e o grelao comendo sua enfermeira do cusao e peitudacontos eroticos casa dos contos evangelica submissa dos pastoresmenina matuta conto eroticime viu pelado conto eroticosou crente casada mais sou putaestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo dentro do ônibus na viagem