Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A NINFETA AMIGA DE COLEGIO DE MINHA MULHER

Bom era sexta feira a noite quando fui buscar minha mulher no colegio. Uma gata de 25 anos, morena, chama-se Bruna cab. cacheados pretos, bunda empinada, peitinhos médios, muito gostosa e com olhar sacana de puta.Adoro minha mulher e deixo-a em liberdade pra ela curtir seus desejos, minha maior vontade é que ela curta garotas também, pra que possamos juntos pegar essas menininhas que sejam bi. Bom ela entra no carro e me olha com a cara de safada e diz que tem que me contar algo e pediu pra não brigar com ela.Rindo disse que tudo bem, saimos com o carro dali e fomos pra uma esquina sem movimento, ela então pega minha mão e leva em direção a sua buceta, por cima da calcinha, sinto que está muito molhada, então ela diz que não aguentou de tesão e deixou um garoto de outro série dar uma rapidinha com ela no banheiro feminino.FIquei espantado, mas quis saber dos detalhes, ela disse que a amiga dela, já tinha dado pra ele, que eram namorados e que ele tinha comentado pra ela que tinha maior tesão pela Bruna.Minha mulher , disse que deu vontade pq ao entrar no banheiro, a sua colega tinha armado tudo, ele entrou e não tinha ninguem no banheiro, então ele tirou o pau pra fora e era enorme e enquanto isso Iris ficava do lado de fora tomando conta, logo ele a agarrou por tras e sua pica ficou roçando na bunda da bruna, já que ela vestia uniforme: minisaia azul marinho camisa de botão branca , meias brancas e sapatinho preto e neste dia não estava de short e sim de calcinha, pq era sexta feira e eu gostava de ve-la assim porque ficava mais facil de transar no carro e a Iris sabia o dia que ela se vetia assim, por isso armou tudo.Nisso a Bruna disse que não aguentou de tesão, empinou a bunda ele levantou a sainha , pôs a calcinha de lado e enfiou sua piroca cabeçuda e grande segundo ela maior que a minha e continuou ela dizendo que gozou muito gostoso enquanto o garoto esporrou ela toda. Ela então olha pra mim e vem e segura meu pau, estava muito duro então ela com cara de safada diz: te deu tesão seu puto, vem logo lambe aqui esta buceta esporrada e melada, vai eu sei que gosta, eu então pude sentir o cheiro forte da mistura de seu mel com porra de outro, lambi com vontade e a fiz gozar gostoso, ela então mudou de posição e sentou no meu paude frente pra mi e dizia: gostou de sua fêmeadar pra outro, foi uma delicia amor se fodida por outro seu corninho que eu amo , nisso não aguentei e enchi sua buceta de porra e ela me dando beijos de lingua ainda falava , sente minha boca com gosto de pau, foi uma delicia cheguei gozar novamente desta vez ela me beijando e batendo uma punheta. Na segunda feira estava no escritorio esperando ela pra ir embora já que saia cedo, a campainha da porta toca quando fui atender era ela e a Iris. Fiquei conhecendo a Iris, uma menina de uns 1, 55, bem nifetinha, parecida com a Debora Secco, sá que moreninha, já tinha visto outras vezes e sabia que era uma piranhazinha, e colega da Bruna. Depois das aprasentações, a Bruna abraça ela e levanta sua saia com uma mão e com outra dá um tapa forte na bunda dela.Comecei a ficar com tesão.A Bruna então abaixa e começa a lamber sua bunda, a Iris empinava e olhando pra trás ria e dizia ai Bruna pára. A Bruna me chama pra perto e pede pra passar a mão na bunda dela, eu começo a fazer e dar corda. A Bruna pede pra abaixar as calças, nisso tiro meu pau já duro e todo melado da cueca, a Bruna direciona ele pra boca da Iris que começa a dar lambidas e depois abocanha, nisso a Bruna começa a me beijar de lingua e voltando no cuzinho da Iris e trazendo na minha boca , sinto o gosto daquele cuzinho delicioso. A Bruna então deita a Iris de barriga pra cima na minha mesa, abre as pernas dela e fica segurando pelo calcanhar, a buceta da Iris fica exposta e o cuzinho também, comecei enfiar o dedo no cuzinho dela e a lamber sua buceta, ela não demorou e gozou aos berros. Foi quando olhei a Bruna segurando ainda seus pés e fazendo sinal pra seu cuzinho, como quem quer que seja fudido. Prontamente atendi e dei uma cuspirada e comecei a forçar a entrada , a Iris gritava e me chamava de corno e dizia pra ir devagar, quando a cabeça entrou forcei um pouco mais e entrou tudo. A Bruna entrava em êxtase e mandava eu fuder com vontade e xingava a Iris de puta, vagabunda e mandava eu arregaçar seu cuzinho, quando não aguentando mais soltei minha porra , muito forte tudo dentro do seu cú.Ficamos ainda uns minutos nos acariciando enquanto as duas se chupavam e ainda coloquei a Iris de 04 e puxei seus cabelos e meti muito na sua buceta e depois gozando no rosto das duas. A Bruna e a Iris gostaram muito e ficaram de trazer o namorado, aquele que comeu a Bruna, mais isto é outro historia pra se contar. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Todos adorao meu cuzinho contos eróticosnovi bateno sirica e hosano fostosopor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos eróticos de bebados e drogados gayshistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibusminha conhada mi bexandoEvangélica safada ContosEróticospornô.com sou putinha mesmocontos meu pai e meu maridoterceira idade de calcinha no cugarotada vem bucetinha pela primeira vezcontos de mae sedutoraconto meu cu não voltou normalcontos eroticos peguei minha cunhada dormindoconto erotico arregaçadameu namorado masturbou me na descoteca contoscontos genropeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticomulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparcontos eroticos anal com padrasto vizinho tio pai desconhecidoConto erótico Sempre fui mas ele descobriuconto eritico minhq mae no assqltoele.a.comeu.contosx vedio pai eintiadacontos de incesto dez anosmeninha fata zofolia buntuda sexoComtos mae fodida pelo filho e amigos delecontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaocontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscontos o porteiro me comeuvizinha abrindo a cortina contoscontos eroticos hospital a tiaconto peguei meu marido estrupando a vizinhaConto minha filha so anda de fio dental em casacontos eroticos fui estrupada por uma lesbica e o maridoconto erotico com coroa empregadaDesvirginando a sobrinha de 18 anosminha mulher me comeueu amante xe um dog alemao contocomendo o cuzinho da jogadora de volei contoSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocontos.veridicos erabando uma,.pretinhaXvidio carona estrada desertanovinha nao consegue desengatar do caocontos eróticos vendadaContos filha de 7 com papaiencoxei minha tia peituda (contos).contos eròticos minha xana estava com muito fogo e o primeiro que vir dei elaContos.eroticos.enfiando.cu.da.maecontos eroticos negro e patricinhacontos de esposas putasconto er.apatroa e o motorista paticularcalcinhas sujas contos eroticos da tia safadacontos meu amigo esta um bom tempo sem mete apica dele e muito grande egrossa eu vou da pra eleconto tio trai com sobrinho travesticomendo e sendo comido por hipermegadotadoconto erótico estuprada usando mini saiameu maridinho dormiu trepei rolonarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasXvideos gostosas musculos nas coxas na cabine eroticaContos eroticos de novinha putas de merda fode com desconhecido ai ui piçaminha noiva com porra dos macho pra mim contosmulher de biquine enfiadi no bundaocontos eroticos com cavaloscontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdconto bricano com o primho de esconderhetero passivo contocontos.eroticos fui comida a forcacontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realhistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido vermeu marido me arombou a xoxotavideo de sexo encochando garotinhas e gozando nas coxas e pernas.Contos os velhos chupam melhor uma buceta