Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA SOBRINHA, MINHA MULHER

O relato que hoje conto é fato real, aconteceu no ano de 2004, meu nome é Paulo tenho hoje 44 anos e moro sozinho, minha sobrinha Patrícia (nome fictício) na época com 19 aninhos, veio conversar comigo sobre sexo uma vez que meu irmão é do tipo durão, e eu sou mais liberal, ela disse que era virgem e que gostaria de saber como teria que fazer quando chegasse o momento que ela tinha muito medo de não corresponder os desejos de seu suposto parceiro, eu calmamente expliquei que ela não deveria se preocupar com isso pois quando fosse a hora ela apenas deveria relaxar e aproveitar da melhor forma possível. Ela insistia em dizer que tinha medo, então chamei-a para sentar no sofá de minha casa e comecei a explicar como seria o momento, para minha surpresa Patrícia que vestia uma roupa bem a vontade, dessas tipo short e camiseta de malha começou a transpirar e a ficar inquieta, fazendo movimentos de abrir e fechar as pernas o que me deu um tremendo tesão, logo o volume apareceu na minha bermuda e pra meu espanto ela foi se aproximando e passou a mão em meu caralho, diga-se de passagem que sou bem dotado (23cm). Eu disse que ela não deveria fazer isto, pois afinal era seu tio e ela falou de imediato: -Tio se tenho que dar para alguém pela primeira vez, porque não pra você. Aquilo me deixou doido e sem pensar mais que era minha sobrinha, abracei-a e senti seu coração bater aceleradamente. Comecei a acariciar seu corpo de nifeta, que por sinal era perfeito, fui despindo cada peça de sua roupa e para minha surpresa me deparei com uma mulher linda, seus seios eram perfeitos, sua bunda empinada, coxas grossas e roliças, sua bocetinha era linda, comecei a mamar seus peitinhos, fui descendo até sua bocetinha e comecei a passar a língua em movimentos circulares e a lamber seu grelinho, minha sobrinha ficou enlouquecida, gemia e gozava como animal no cio. Apás eu dar o famoso banho de língua naquele corpinho maravilhoso, minha sobrinha começou a fazer um boquete que por sinal foi um dos melhores que senti até hoje. Ela pediu então para que eu enfiasse meu pau em sua bocetinha, mas pediu que eu fosse com carinho, pois ela não sabia se iria aguentar ele todo, então eu falei: pode deixar que o titio vai enfiar bem devagar, e comecei a penetração naquela bocetinha novinha e virgem, primeiramente enfiava sá a cabeça e tirava, fiquei fazendo isso por uns dez minutos, depois comecei a ir mais fundo, enfiei até a metade, ela se contraiu um pouco e eu parei, mas para minha surpresa ela me abraçou bem forte e me puxou de uma vez, fazendo todos os 23cm entrar em sua boceta de uma sá vez, foi uma loucura ela rebolava feito uma louca, logo ela pediu para ficar por cima, eu deitei e ela sentou em cima do meu pau, cavalgava feito uma perfeita amazonas, ela gozou várias vezes até que em um determinado momento eu gozei, gozei como nunca, enchi a xaninha dela de porra, quando ela sentiu que eu gozei ela saiu de cima do meu pau e começou um novo boquete, não deixando meu pau amolecer, foi então que ela falou: tio mete no meu cuzinho, eu sem pensar levei ela para o meu quarto e lambuzei seu cuzinho com KY, passei também em meus dedos e comecei a fazer a preparação para arrombar o cuzinho virgem da minha sobrinha, comecei a pincelar o cuzinho dela com a cabeça do meu pau e acada vez que passava na portinha do seu cuzinho ela fazia força para trás, então comecei a enfiar, primeiramente a cabeça, fazia movimentos suaves, depois fui até a metade e finalmente enfiei tudo ela gemeu, se contorceu, e eu comecei a tirar achando que ela estava sentido dor, ela percebeu e falou: não tira, começa a bombar no meu cuzinho, quero sentir ele entrando e saindo com toda força, e eu como bom tio atendi sua vontade, comecei a bombar naquele cuzinho de uma forma selvagem, quanto mais eu bombava mais ela gritava, fode meu cu titio, fode o cu da sua sobrinha putinha, e eu socava cada vez mais, até que explodimos em um gozo perfeito, fiquei deitado por cima dela mais um tempo até tirar meu pau daquele cuzinho. Fomos tomar um banho juntos e ela deu mais uma mamada em meu pau, me fazendo gozar pela terceira vez. Hoje ela tem 19 aninhos e tem um namorado, mas quando pensa em fazer sexo ela arruma um jeito de me visitar para poder provar o pau do titio.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


me fode com esse pintãocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojateen recem casada contosCaxorro tarado lambendo abucetaContos eróticos fedorentacontos: mulecadas chantageando casada maduracontos eróticos com marido tratado me estupandoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuChantageada e comida contosdaniela e daniel incesto conto eroticominha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contoesposa trai o esposo com mulato de 1:90contos fofinha menina de dez anoscontos eroticos irmaconto erotico anal nas feriasmamae fudeu muito com amigo.relatos eroticosas antigas Sophie travestis masturbando na salacomtos.eroticos estuprocontos de garotos comendo coroas na praiaconto erotico vendedor.de.mandiocacontos erotico na prisãono vinha naciririca na web no rnconto erótico gay iniciado pelo primocontos eroticos homocontos gay meus tios me comeramminha sogra pediu pra ver meu pintoconto erotico esposa volumefui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babarcontos intimo de uma enteadacontos eróticos com tia perdendo apostaos meus amigos eatuoraram a minha mae contoconto erótico o pênis pincelava o rasgo porno contos eroticos encerto descobri que meu marido que ser cornoConto erotico com garota da fazendadando cu com estria contos heroticoscomtos eroticos o velho tarado do elevadoro amigo do meu marido comeu meu cu/contosconto comedo que meu filho virasse gay dei pra elecontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamconto erótico bruna manicuContos eroticos comendo a filha do patrao contos eróticos de bebados e drogados gaysduas irmas gozando juntas conto eroticovidio porno d3 uam mulher branca 3 uma homem preyoMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contocontos sexo cabaso samgrandoContos erroticos de prinos e prinas sexoesposa fogosa casa dos contos erotico 3capitulocontos eroticos com escravas sendo humilhadapenis entandrocontos eróticos gays a primeira vez com 24 anoscontos eroticos traindoconto minha esposa deixando os peitos aparecerem sem querer no almoço de famíliasexo com renata crentinhaMeu oai meu primo e eu contos gayfamilia naturista contosegurando o pingelo delaNegueba enraba saleteconto gay virei garota do sogrocontos eroticos iniciando nudismocontos de sexo com velhos babõesgarota da buceta grande cetado nado negãocontos gay coroa 65casada chupando buceta contoconto dotado mimha mae nao aguentouchupando meu pau com vibrar contoContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes bonitos de primascontos eróticos gay amigosexo contos eroticos na ilhacontos com teen fodida aos onze anos por tres roludoscontos erotocos minha amiga me seduziu e chipou minha bucetacontos eroticos gang bang com papai e amigoscontos de cú de viuva carente e crentecontos gozar em públicocontos eroticos em quadrinhos negro comeu a mulher do amigocontos excitantesde sexoEle foi fundo com ela contos eroticosponei arrombando morena com tesaoConto meu pai e cormo e nao sabeconto meu sogro assediou