Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA SOBRINHA, MINHA MULHER

O relato que hoje conto é fato real, aconteceu no ano de 2004, meu nome é Paulo tenho hoje 44 anos e moro sozinho, minha sobrinha Patrícia (nome fictício) na época com 19 aninhos, veio conversar comigo sobre sexo uma vez que meu irmão é do tipo durão, e eu sou mais liberal, ela disse que era virgem e que gostaria de saber como teria que fazer quando chegasse o momento que ela tinha muito medo de não corresponder os desejos de seu suposto parceiro, eu calmamente expliquei que ela não deveria se preocupar com isso pois quando fosse a hora ela apenas deveria relaxar e aproveitar da melhor forma possível. Ela insistia em dizer que tinha medo, então chamei-a para sentar no sofá de minha casa e comecei a explicar como seria o momento, para minha surpresa Patrícia que vestia uma roupa bem a vontade, dessas tipo short e camiseta de malha começou a transpirar e a ficar inquieta, fazendo movimentos de abrir e fechar as pernas o que me deu um tremendo tesão, logo o volume apareceu na minha bermuda e pra meu espanto ela foi se aproximando e passou a mão em meu caralho, diga-se de passagem que sou bem dotado (23cm). Eu disse que ela não deveria fazer isto, pois afinal era seu tio e ela falou de imediato: -Tio se tenho que dar para alguém pela primeira vez, porque não pra você. Aquilo me deixou doido e sem pensar mais que era minha sobrinha, abracei-a e senti seu coração bater aceleradamente. Comecei a acariciar seu corpo de nifeta, que por sinal era perfeito, fui despindo cada peça de sua roupa e para minha surpresa me deparei com uma mulher linda, seus seios eram perfeitos, sua bunda empinada, coxas grossas e roliças, sua bocetinha era linda, comecei a mamar seus peitinhos, fui descendo até sua bocetinha e comecei a passar a língua em movimentos circulares e a lamber seu grelinho, minha sobrinha ficou enlouquecida, gemia e gozava como animal no cio. Apás eu dar o famoso banho de língua naquele corpinho maravilhoso, minha sobrinha começou a fazer um boquete que por sinal foi um dos melhores que senti até hoje. Ela pediu então para que eu enfiasse meu pau em sua bocetinha, mas pediu que eu fosse com carinho, pois ela não sabia se iria aguentar ele todo, então eu falei: pode deixar que o titio vai enfiar bem devagar, e comecei a penetração naquela bocetinha novinha e virgem, primeiramente enfiava sá a cabeça e tirava, fiquei fazendo isso por uns dez minutos, depois comecei a ir mais fundo, enfiei até a metade, ela se contraiu um pouco e eu parei, mas para minha surpresa ela me abraçou bem forte e me puxou de uma vez, fazendo todos os 23cm entrar em sua boceta de uma sá vez, foi uma loucura ela rebolava feito uma louca, logo ela pediu para ficar por cima, eu deitei e ela sentou em cima do meu pau, cavalgava feito uma perfeita amazonas, ela gozou várias vezes até que em um determinado momento eu gozei, gozei como nunca, enchi a xaninha dela de porra, quando ela sentiu que eu gozei ela saiu de cima do meu pau e começou um novo boquete, não deixando meu pau amolecer, foi então que ela falou: tio mete no meu cuzinho, eu sem pensar levei ela para o meu quarto e lambuzei seu cuzinho com KY, passei também em meus dedos e comecei a fazer a preparação para arrombar o cuzinho virgem da minha sobrinha, comecei a pincelar o cuzinho dela com a cabeça do meu pau e acada vez que passava na portinha do seu cuzinho ela fazia força para trás, então comecei a enfiar, primeiramente a cabeça, fazia movimentos suaves, depois fui até a metade e finalmente enfiei tudo ela gemeu, se contorceu, e eu comecei a tirar achando que ela estava sentido dor, ela percebeu e falou: não tira, começa a bombar no meu cuzinho, quero sentir ele entrando e saindo com toda força, e eu como bom tio atendi sua vontade, comecei a bombar naquele cuzinho de uma forma selvagem, quanto mais eu bombava mais ela gritava, fode meu cu titio, fode o cu da sua sobrinha putinha, e eu socava cada vez mais, até que explodimos em um gozo perfeito, fiquei deitado por cima dela mais um tempo até tirar meu pau daquele cuzinho. Fomos tomar um banho juntos e ela deu mais uma mamada em meu pau, me fazendo gozar pela terceira vez. Hoje ela tem 19 aninhos e tem um namorado, mas quando pensa em fazer sexo ela arruma um jeito de me visitar para poder provar o pau do titio.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos feia mais com rabzominha prima malcriada contocontos eróticos gozada na mãe contos eroticos, vanuzacontos eróticos surpresa travestiContos erotico de casada querendo ir para a praiapezinhos perfeitos da minha erman conto eroticocomendo na.chantagem contosContos esposa liberada para o patrãoconto erotico cinema marido e mulherpezinhos da minha sobrinha contos eroticosincesto realidade fantasias contoporno conto relava aquele peito em mimcontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcaviadinjo da bimda rrdonda contos eroticoscontos vi pau enorme cheio de veiasmarido realizando sonhos eroticos da esposacontos eroticos primeiro orgasmo colo do meu padrinhoContos eroticos de novinha putas de merda fode com desconhecido ai ui piçacomi o cu do vizinho contoscontos eroticos cegacontos/ morena com rabo fogosojemro comvemceu a sogra e comeu sua bucétacontos eroticos vizinha curiando por cima do muroconto tirando avigidade do meu priminho gaycontos eroticos com velhoscontos eroticos cunhadinhosguri gozando na lajecontos erotoco sograwww.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestocontoseroticosdando o rabo pro primo brabo de pau grandecontos esposa de meu amigoWww.contoseroticosvirgindade.comcontos gays teen dando o rabomulher gorda sentada com o homem passa mão na sua perna ela é lenbida e ele tambémminha tia andando nua contomulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandoencoxando o gordinho conto eroticofobtos trasado com as duastias gostoscontos eroticos a bunda gostosa da minha cunhadaconto erotico dei meu cu em um.lugar inuzitadocontos eróticos eu meu melhor amigocontos eroticos com mts mamadas nos peitos/sexo com o amigocontos minha namorada me fez corno com vizinho marrentocontos eróticos fode a cona da tia aquela putataveti e lebica pono cusaocontos eroticos ficando excitado em v minha mulher de bikinecontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocontos eroticos geraldo e meninasfazer sexo sem amor gostoso meterolacotos heroticos gay me comeu no riovifmdeo porno menina chamo o motoris de viado e/ele chupa buceta e mete forte sem penavoyeur de esposa conto eroticocontos porno obrigada engolir porra com muito nojomulheres sendo torturadas pelos seios buceta cu sexo brutalconto erotico acampando com cunhada e tiacontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2contos eroticos incesto fudi com meu filhoConto Erotico Sou Morena A Gostosona Da Favela E Dei Minha Xana Pra Um Branco Do Pau Grandetransando com a interna contosconto de cabeleiro comendo o cu do novinho sem penaprofessor e aluna contosconto gay me comeu dormindocontos eroticos de mulheres ciclistaConto erotico de idosas com lesbicascontos sobrinha veio cuidar da sogracalcinha pedreiros conto eróticoso vaqueiro q gosta de dar o cuzinho contos gayscontos eroticos foi comer cu de esposa e viu que tava arrombadaComi minha sobrinha contos eroticosconto minha esposa nadando nua em casacontos eroticos com a bundada uii aiii issocontos eroticos de iniciacao sexual de garotinhos gay com homem adultocontos manapaguei para minha mulher trasando com outro na minha frentecontos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposacontos comi o cu da mamãecontos eróticos dopei namorado eu e amigacontos de meninas sentando na vara sem calcinhaconto eróticos dei para meu sobrinhomulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiroContos mamae é a puta da familia e dos vizinhos