Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO MEU TIO COMEU MEU CU

Meu cabaço do cú para meu tio, o garanhão abusivo.

Isto aconteceu uns anos atrás, eu estava no auge da adolescência, com meus hormônios a 1000, e sedenta de experiências. Penso que eu esperava algo assim... E temia... E desejava...

Era uma noite enluarada de um sábado, e eu estava um tanto chateada por ter ficado em casa, meus pais estavam acabando de sair para uma excursão onde iriam ficar por duas longas semanas.

Bem voltamos a falar de mim, a Kate. Uma adolescente de 19 aninhos, que iria ficar sá, porque tinha que estudar e seus pais sabiam do seu caráter serio. Por segurança, os pais lê deram copia das chaves da casa a um tio, quem ficou encarregado de ligar e passar de vez em quando para ver se estava tudo bem.

Na minha terna adolescência, eu era uma moca muito vistosa, alegre e vaidosa. Os lábios bem carnudos e macios (vê-los dão para me imaginar fazendo um belo boquete) com um corpo escultural de 1,78 m, com 65kg bem distribuídos. Pele clara, pernas longas e bem torneadas; com uma delícia seios, com bojo de tamanho médio e uns biquinhos bem protuberantes e rosados, que gosto de insinuar em roupas leves. Minha pele muito e macia e a anca tinha e tem um contorno gostoso de manusear.

Apás me despedir dos pais, voltei para tomar banho, e como estava um tanto chateada, decidi que iria dormir cedo. Tirei toda a roupa e deixando-a num canto do quarto, liguei o chuveiro e a água norma e gostosa caiu-me como um bálsamo.

Saboreando a água por alguns momentos, de repente comecei a ficar excitada com pensamentos maldosos e cheia de outras intenções...

Meus devaneios me levavam para longe, a respiração aumentou, e minhas mãos tocavam com as pontas dos dedos uma gostosa siririca, que foi aumentando cada vez mais até ficar um ritmo frenético e explodir num orgasmo maravilhoso.

Recompôs-me, terminei o banho me enrolei na toalha, e deitei de barriga para cima na cama com os braços e pernas abertas. Assim apás uns minutos, acabei dormindo.

Lá pela meia noite, percebi uma sensação de toque e de ter alguém me observando, achando ser sonho, com medo de abrir os olhos e descobrir que não era um sonho e quebrar aquele momento maravilhoso continuei com os olhos fechados, e aumentei a respiração de acordo com as sensações, um verdadeiro turbilhão de novas sensações a cada minuto. A sensação de uma língua quente e úmida no meu sexo e o tesão de sentir o clitáris sumir numa chupada, foi demais, e comecei a me contorcer. Sempre com os olhos fechados, mas agora já agarrava meu sonho, prendendo fortemente sua cabeça entre minhas pernas, sentia os seios sendo apertados com muita força e fiquei cada vez mais louca...

Logo em seguida bruscamente, fui virada de costas e de pernas abertas. E senti meu cú sendo lambido e chupado, uma coisa nova. Louca e sem poder controlar as sensações, comecei a dar pequenos gritinhos e fui às alturas.

Perdendo o pouco de controle que ainda tinha, abri os olhos e pode ver pelo espelho da parede que era alguém bem conhecido (familiar mesmo): meu tio, que estava feito um louco de tesão. Ele, de 34 anos, cabelos negros, um rosto brilhante feito bumbum de bebe, e com um porte atlético de 1.85 m. e 80k de pele morena pelo sol, lábios tesudos e um olhar penetrante (daqueles tipo raio X).

De antes eu sabia do tesão que o nutria por mim, e o provocava sempre usando roupas que delineavam o corpo, as vezes ele passava a mão na sua bundinha e me dizia como era tesuda e gostosa. Costumava brincar que meus seios eram como faráis ligados, sempre iluminando o pensamento dele e sempre que podia e não tinha ninguém olhando me bolinava. A mi vez, eu gostava daquilo, que me deixava cheia de tesão e adorava tenta-lo (tipo de cutucar a onça com vara curta) Por varias vezes quando estavamos a sos na piscina, vi seu pau ficar duro e monstruoso, e isso me fazia imaginar e gozar.

Sendo assim não me incomodou esta nova situação, apenas liberei geral pedindo: "me come, me come... anda seu gostoso..."

Ele por sua vez, não esperou mais solicitação, e pegando um pote de creme para o corpo que estava na prateleira, passou no meu rabo, me colocou de quatro e me penetrou feito um animal, com fortes estocadas.

Fiquei meio assustada entre a dor a loucura, e tentei-me desvencilhar, mas ele me prendia fortemente pelo ombro e cabelo e xingava muito, o que foi-me dando mais e mais prazer; e pronto, o prazer das estocadas foi maior que a dor, com o que então comecei a rebolar, e pedir mais, e ele parecia um animal descontrolado e dizia "viu sua putinha, eu não disse que comeria este teu cú..... sua safada, rebola mais.... pede mais.... e apertava-me as tetinha com tanta força que as vezes quase desfalecia e falava para ele " Siiim, assim, mete mais, eu queiro mais pica dentro, siiim...“ e assim seguirmos por quase uma hora.

Não preciso falar que essa brincadeira se repetiu pelas duas semanas seguintes... Com pequena variações, e... Sem muito dormir.

Com o carinho de uma boa lembrança... Kate... [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos estudante foi ter com um casal o apartamento e foi fodida por elesContos eroticos mulher violada pelos padremeu bundao ta seduzindo meu filho contoscontos erotico esposa propoe proconto erótico heterossexual. pau preto e grosso na cona e no meu cu.Contos incesto filho e mãe na frente de pai cornovideo de sexo c langerriconto erotico irmão mais novo machocontos menina menor calcinhaquero tua jeba rasgando meu cugostoza mastruba aloprado fas ele gozar xvidiomuile fudeo nacaxueracontos erotico meu primeiro emprego fodida e humilhadaContos lesbicas sou casada e minha comadrd me seduziuContos eroticosque boceta e essa irmaadoro usar as calcinhas da minha esposacontoseroticosrolacoxas grossas e b***** bem rosadinhaContos incesto a vadia puta do vovôcontos p casadoscache:bK7S-r2Jz3QJ:https://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/home.php?pag=263 vem me comer me esfolar porr contoconto tia velha gostosaconto abusei da minha sobrinhaconto erótico Aproveitei que minha sogra estava dormindo meu pênis grosso nelaconto o mendigo roludo comeu minha mulhercontos eroticos envergonhadoContos eroticos aronbada por um cavalocontos eroticos peaocontos eróticos Deixei meu marido pra virar uma puta safadinhaprineira vez que subi onibus lotadocontos herodico de vadia sendo arromba por um cachorrocontos casal com jamaicanoconto erotico feiaconto porno espiando a filhinha com o cachorroúltimo contos anal de sobrinhacontos eroticos peguei minha mulher com negrao no quarto Comi minha maecontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delaconto erotico tomando banho com minha amigacontos eróticos menino pintinhocomi o filinho da minha mulher- contos gayMatei minha curiosidade de chupar um pau contosbaxinho do pau gigante impresiona casadadessinha conto eroticocasa de swing recife contos eróticos lembranças contos eroticostirei o cabacinho do viadinhoComtos eroticos com cumada novinhameu tio arregacou minha esposinha casa dos contoschegando em casa toda gozada contos eroticoscontos fui comer o cu da minha esposa dormindo tava alagadonovinho delirando na primeira gozadaquad erotico a apostacontos eróticos comida pelo cachorrocontos eroticos esposa fio dentalcontos eroticos comendo o preciosoEle foi fundo com ela contos eroticosContos fudendo elacontos casado primeira vez com homemO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocontos erótico me rasgaram mo acampamentofudi gostoso no volleysurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticoscontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouraporno grades com minha prima de ragericontos eroticos marido chama negao para esposa e ela adoraconto sexo de madrasta fazendo fio terra no entiadoConto eroticxo gozando na boca do paiconto erotico bem picantedeflorando bucetinhas com pepinosminhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duascontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetacasa dos contos casada filmada e chantageadasou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticosconto erótico como comi o cuzinho do meu vizinho virgem quando éramos molequescontos eroticos de vingança è um prato qui si comu frioconstos eroticos mae do meu amigo toracontoincestocoloContos de primas de fio dental e boquetecomto um cu por comidaAngélica se depilando no banheiro pornô dela pornô de Angélicacontos erotico comi uma cachorra virgemconto erotico com mulher do meu irmsõ