Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESVIRGINADA MAIS UM VEZ...

Desvirginada mais uma vez...



Olá! Vcs vão me conhecer por Misty, sou morena, 1.75 de altura, olhos castanhos e cabelos pretos, além de pernas grossas e umas boca que é uma delicia ( ao menos é isso que dizem). Bom namorava Alexandre a alguns meses e decidi que ele seria o primeiro, e assim foi, mas oque vou contar aki é a “outra” primeira vez. Alexandre aliás é branco, cabelos castanhos claros (quase loiro), 1.80,lindos olhos verdes.

Um tempo depois da nossa primeira transa, num sábado qualquer estávamos enfadados alugamos um filme e ficamos em minha casa, a família toda estava lá mas fazer oque né?!

Depois de um tempo de filme todos foram dormir. Como o filme não estava lá essas coisas, começamos a nos beijar. Alias o “encaixe” do nosso beijo é o máximo, quando nos conhecemos nos beijamos por uma eternidade antes mesmo de saber o nome um do outro.

Consequência: a coisa foi esquentando, esquentando, disse pra pararmos, afinal alguém podia acordar. Ele levanta e diz: - Vem. – E me puxa pra cozinha. Fitei aqueles olhos verdes me olhando com tanto desejo e simplesmente não pude dizer Não.

Como em casa nunca notamos o que há , foi Alexandre achou um espaço entre os armários que parecia ter sido feito pra nos...

Ele encostou-se na parede, pressionei meu corpo junto ao dele e senti sua mão abrindo meu short, desci minha mão até sua calça e senti aquele já conhecido volume e saber que estava assim por minha causa sempre me deixava mais excitada. Seus dedos já brincavam dentro de mim (me deixando louca de tesão) quando comecei a acariciá-lo, Ficamos assim algum tempo. Tirei sua mão e me abaixei para colocá-lo na boca. Sentir aquele pau ficando mais duro enquanto minha língua deslizava por ele era maravilhoso, chupava devagar sentindo todo ele na minha boca. Der repente ele me puxa pra cima e me coloca encosta na parede. Sá consigo olhar pra ele e dizer: - Quero vc. Ele abaixa meu short afasta minha calcinha, beija meu pescoço e diz coma voz rouca: - Me quer, quer meu pau dentro de vc? Enquanto o esfrega na minha “entrada” já toda melada de tanto tesão. Sá consigo balançar a cabeça afirmativamente.

Ele começa a meter, devagar. Me fazendo sentir cada centímetro dele dentro de mim. Gemi um pouco alto, ele cobriu minha boca com uma das mão e começou a meter mais rápido, perdi a noção de tudo até sentir sua mão acariciando meu “anel”. Aquilo estava tão bom, mas recobrei a consciência ao lembrar do “estrago” que ele tinha feito na minha buceta na primeira vez, imagina “lá” como não ia ser. – Que vc acha que ta fazendo? Perguntei.

Ele me olha, se mexe devagar dentro de mim, e novamente perco a noção de tudo. Ele sussura – Vc vai gostar. E me vira contra a parede. Não sei que poder ele tinha sobre mim nessas horas, mas não conseguia dizer não pra ele.

Ele coloca a mão na minha boca novamente e começa a forçar, fiz menção de sair daquela posição. – Quieta ele diz, adorava quando ele encarnava o machão. Ele continuou forçando e finalmente entrou, se não é a mão dele sobre minha boca a casa toda teria acordado. Ele forçou até entrar tudo e parou até que eu me acostumasse com aquilo.

Por incrível que pareça comecei a sentir prazer com aquele volume todo atolado no meu rabo. Mexi os quadris , ele entendeu e começou a meter devagar, sempre com a mão na minha boca e sussurando ao meu ouvido o quanto akilo estava bom. Aquele misto de dor e prazer foi ficando cada vez mais intenso, ele começou a ser mover mais rápido, mais rápido eu estava quase desfalecendo e pedi que ele terminasse , ele gozou na entrada do meu rabo arrombado e akele jato quente aliviou um pouco a dor.

Não consegui me mover , pasma que estava com oque tinha acabado de fazer, ele me virou pra ele e disse – Vc é maravilhosa sabia?

- Mas ainda tenho mais coisas pra aprender certo? Ele sorri, maliciosamente: - Teremos tempo pra isso.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos a minha prima Caçulalevei minha esposinha p farra contos contos eroticos cunhadacontos porno climaxcontos eróticos putinha na madrugada na ruatentando comer a sobrinha contoscontos eritico acustumou da o cu com tudo mundo dormindocontos eroticos marido foi trabalhar e meu sobrinho me pegou no banhocontos gay meu pai caralhudo bebadoContos arreganhada de porra pelo desejo ardente do amigo do exvou ponha ela no coichoucontos eroticos brincadeira na adolecenciacontos inocentes tapascontos brincando com a primaContos eróticos: boquete quando pequenaantes caçava agora sou cacador de bctcache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html conto guarda roupa da lingerieContos dei pro meu sobrinhocontos de coroa com novinhoContos eroticos da 3 idadeConto de cunhada com medo do tamanho da pica.comeu cu da coroade 30anossconto menininha sentou no meu paucontos eroticos dominadorcoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outrocontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhoContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comecontos real consegui pegar a namorada do meu irmaoMeu genro perverso me comeu sem meu marido saber porno contocontos eroticos mulher falo para a amiga que o menino era muito cacetudocontos eróticos com esposa obedienteamiga da minha filha tezudinhacontos eróticos cheirando a bunda de minha sogracontos inocentes tapasconto:enrabadoConto de mulhe minha esposa e o molequeDando a buceta no ónibus histórias eróticascontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostoucontos eroticos sodomizadoconto erótico O Despertar de uma casadacontos espiano minha mae peitudatava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contosConto erótico casa de swingconto erotico caronacontos eróticos gay titio safadocontos eroticos mulger pega marido decalcinhanegra da pra um de4 e chupa do outro por dificuldade em motelinterracial mulher meia cousa fudendotransei com meu sobrinhoconto erotico esposa sofre com o negaocontos filha dando banho estuproSou casada fodida contocontos o patrão do meu marido faz sadomasoquismo comigoxvidio mocinhaconto erótico cantada pesada na ruaconto erotico de casada menino roludo comeu meu cu e a buceta tambemcontos eroticos festa a fantasiaconto erotico sou viado e vendi meu culer conto erodico suraba com a mamae vadia coroaliberei marido sair outrascontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anos.conto erotico virei puta e meu marido cornoTennis zelenograd contocontos em casa so fico o calcinha fio dentalNunca desconfiei do primo da minha namorada. Contosmelequei a bucetacomtos etotico meus.amigos comeram.minha maeconto gay meu empregado deu cucontos eroticos sadomasoquismo inicio da minha vida de cadelaconto transei com borracheiroContos eroticos gay Peguei no pau do meu irmao no quarto na beliche