Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO UMA VIUVA FRESQUINHA

Oi, tenho 42 anos, solteiro, loiro, olhos verdes, e um corpo legal, foi ajudar um amigo, pois seu tio tinha acabado de falecer, e ele estava muito abatido. Vamos ao fato: Fomos a casa de seu tio, em Brasilia, como todos da familia estavam abalados, me prontifiquei a resolver o problema de velário e tal, fui pegar a documentação com a tia de meu amigo, quando ela chegou fiquei perplexo, uma mulher linda, 32 anos, morena, seios pequenos, pernas grossas, bumbum arrebitado, olhos pretos, estava com um vestido preto, que salientava todo o seu corpo, fui com ela resolver o funeral, enfim, depois de resolvido tudo, ela me agradeceu e pediu para que eu retornasse a sua casa depois para acertar as coisas comigo, pois eu tinha pago tudo. uma semana depois, fui até a casa dela (Regina), estava mais linda ainda, apesar do acontecido, cheguei e fui logo entrando, ela estava sozinha, pois não tinha filhos, e morava sá com o marido. Conversamos, resolvemos tudo e ela observou que eu não tirava os olhos do seu corpo, aliás, ela estava de calça jeans colada no corpo e com uma blusa branca de botões, a qual, dava para perceber seus seios, pois estava sem nada por baixo. Ela me ofereceu um café e me chamou para irmos até a cozinha enquanto preparava o café, ai ela abaixou para pegar o açucar que estava em um armário e pude perceber o seu traseiro que era lindo, e por minha surpresa ela olhou para trás e viu que eu estava olhando para sua bunda, e também percebeu que eu estava nervoso, ai, ela me disse que estava casada há oito anos e que seu marido viajava muito e quase não ficava em casa e por isso já estava acostumada a ficar sozinha, e logo fui me atrevendo mais, perguntei como ela linda daquele jeito iria fazer para viver, e logo me disse que seu marido ganhava bem e que não precisaria trabalhar, foi quando disse-lhe que qualquer coisa que precisasse poderia me procurar e foi a deixa, pois ela já vendo a minha intenção foi logo me servindo o café e abaixando para me entregar a xícara e dessa maneira deu para eu ver seu seios pequenininhos mais durinhos e ela vendo que eu não tirava os olhos também não se fez de rogada, ficou nesta posição um bom tempo, e logo pediu para que eu a esperasse pois queria tomar um banho, pois teria que sair, e me deixou na sala enquanto foi ao banheiro, eu como curioso sou, assim que ouvi o chuveiro ligado, fui até a porta do banheiro e fui observá-la no banho, que visão maravilhosa, vi sua bucetinha raspadinha e seu corpo maravilhoso, e ela se ensaboando, vi que ela começou a se masturbar e apertar o biquinho do seio e não aguentando tirei meu pau para fora e já comecei a me masturbar também, e em dado momento, não percebi que ela estava vindo em direção a porta e quando ela abriu a porta me pegou com o cacete na mão e sem mais nem menos, foi logo agachando e pegando meu cacete e colocando na boca e chupando-me com uma maetria danada, e também fui logo acariciando seu seios que estavam durinhos e a levantei e comecei a sugar seus peitinhos, e levei minha mão até a sua xaninha que estava toda raspadinha e agachei e lhe dei uma chupada colossal, e ela se contorcia toda, e fomos para o seu quarto e lá a coloquei de quatro e comecei a chupar sua xaninha enfiando minha lingua dentro dela e ela logo gozou e não satisfeito comecei a lamber seu cuzinho e enfiar minha lingua dentro dele, foi quando ela me deitou e me chupou maravilhamente, e não aguentando esporrei em sua boca. E ela me disse que queria ser chupada de novo e não fiz cerimonia fui logo sugando o seu clitores bem devagarzinho até ela começar a soltar gemidos e gritinhos e logo eu já estava com o cacete duro e ela pediu para que eu começe o seu rabinho e então deitei-a de costa para a cama e coloquei um travesseiro debaixo de sua bundinha e pedi para ela masturbar sua bucetinha e fui enfiando o cacete em seu rabinho bem devagar, e ela se tremia toda, e quanto mais eu enfiava ela gemia mais, e me pediu para começar a estocala pois disse que adorava dar o rabinho com força pois queria dar igual a uma puta e me pediu para bater em sua cara e falava palavras sem nexo, mas gozou umas duas vezes com meu cacete dentro de seu rabinho e eu não aguentando tirei o cacete do seu rabo e gozei na cara dela lambuzando ela todinha, depois dormimos umas duas horas e acordei com ela me chupando de novo, depois continuo...........

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos dando cu pro filhonoiva orgia contosFoto nega por cenoura no cu e gozou gostosoporno minha vizinha safada mim chama para segurar a escada para elacontos eroticos de esposas de caminhoneirosConto erótico minha esposa puta liberada na orgia mullber mostrando cabasinhocontos erticos de ninfetasSentir tezao por tênis feminino e normalfingi dormi e ... me comeu contos eróticosFui enrabada bem gostoso na festasandalia superalta conto eróticocontos eróticos zoofilia com a filhacontos eroticos incesto orgasmo com tiomeu maridinho gozar antes de penetra na buceta e o negrao me come contoconto xota cu irmãzinhacontos eroticos de cunhado em praia de nudismog****** na xoxota da prima beijoscontos minha filha enrroscada na minha picamedica seduzidapor lesbica historiaszoofiliaemrecifecontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladaconto vendo cunhada casada peladinhaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorxvideo porno gay amigos bateno punheta na casa abondonadaconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagrouContos eroticos de de lindos travestis tarado por cuprima nao ve irmaeu crave escontido fodacontos eroticos gay dando o cu para 2como e que aimha vagina abre na hora do sexo?fui arrombadaconto fode minha filha na viagemcontos de cú por dinheirocontos eroticos donas de rabos enormescontos de comi o cuzinho da irmã na banheiraguri gozando na lajeContos eroticos casadinha muito apertadapadrinho comer afilhada cem pentelhocontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhaconto marido corno vendo daniela fyder com negaominha sogra submissa contocontos achei uma inpregadinhaContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darcontos eroticos esposa cantadas na.ruacontoerotico.o meu sobrinhoconto erótico corno de mendigocasa dos contos eróticos jogo seduçãolevei a amiga da minha filha pro clube conto eroticoContos erótico peguei a mulher do amigo no banho e comi ela peguei o moreno novinha comendo a egua contos zoocontos de homens relatando sobre o crescimento do pêniscontos eróticos de bebados e drogados gaysConto porno apanhando de cintopornoc/japonesasetravestisnovinha teen transando na cam de bruços com namoradocontos eróticos Eu e mamãe pelados em casaAcordei com o cuzinho cheio de porra contosLer conto erotico de mulheres meteno com cachorroO que e penis semiturgidocontos eroticos estupradaconto mingau. de porrabêbada conto eroticocontos eroticos minha maefez um boquete em mimcheirei a calcinha da minha cunhada safada contosContos de foda com a madrinhavisinha casada o novinho contos com fotoscontos minha mulher transava e me beijavacontos eroticos aluna putinha fode cu cuzinho tanguinhas usadas da minha mulher contos eroticosconto de enteadacontos eroticos de escrava rebelde sendo sadomizadacontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigosconto faco o que quiser corno perdoacontos eroticos tia tucarapaz muito gostoso transando com outro rapazbonitocontos erotico.casada em casa mendigo.bateu na portapersonal.pondo no cu da minha mulherdar o cu e oda contos eróticos