Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGUEI A MINHA OUTRA IRMÃ DE JEITO

Apás aquela noite maravilhosa em que eu passei com as minhas duas irmãs, eu passei vários dias sá pensando em uma maneira de pegar a Priscila de jeito e meter a pica naquela bucetinha carnuda que ela tem, mas as oportunidades nunca surgiam e eu já nem pensava mais na Carla (minha namorada), estava obcecado em meter com a minha irmã mais nova, ela sabendo disso me provocava colocando umas roupas bem sex, outro dia quando eu cheguei em casa ela estava vestida com um shortinho branco bem apertado e um top da mesma com ambos de malha, quando eu a vi quase que agarrei ela ali mesmo na cozinha, cheguei perto dela e disse baixinho pra ela.....  Nossa Pri como você é gossstoooosa, e dei um tapinha na bunda dela; a safada deu uma risadinha e saiu da cozinha rebolando como uma verdadeira putinha. Outro dia eu ouvi a minha mãe combinando com uma amiga de ir até o centro para compra uns panos para estampar, e como eu sei estas compras costumam demorar quase que o dia todo, eu vi a oportunidade chegando....rsrssrss. Logo cedo eu me levantei e fingi que fui para a faculdade, peguei o meu carro e fiquei a uma boa distância sá esperando a minha mãe sair, quando ela saiu, eu ainda fiquei um tempo esperando pra ter certeza que ela não ia voltar, ai eu voltei pra casa pra tentar a sorte, e falei comigo mesmo.....- É agora ou nunca. Ao entrar em casa eu escuto que som Funk vinha lá de cima, e pensei....  será que a minha gostosinha já ta dançando logo cedo, subi as escadas sem fazer barulho e dito e feito, lá estava a Priscila com seu shortinho e o topzinho branco dançando Funk e rebolando muito, fiquei de boca aberta por um tempo perto da porta, depois eu cheguei mais perto, foi quando ela me viu; Ela nem ligou, continuou a dançar e ainda me chamou pra dançar com ela, como eu não sou muito chegado na dança resolvi me sentar na cama e ficar olhando aquela menina linda toda redondinha com os cabelos soltos e quase pelada dançando descontraidamente, eu estava hipnotizado, e como não podia deixar de ser, com o pau super duro, como ela estava dançando de costas para mim me mostrando aquela bunda deliciosa, eu abri o zíper da minha calça e tirei o pau pra fora, ela nem percebeu e continuou a dançar até acabar a música, quando ela enfim parou pra respirar, eu a peguei pela cintura e a puxei para o meu colo, ela caiu com a bunda bem encima do meu pau, e falou....  Para Du deixa eu dançar. Mas o meu tesão era tanto que eu não a deixei levantar, abraçando-a com força sobre o meu pau. Ela disse.....  me solta, você já esta com este pintão pra fora da calça seu tarado. Eu disse pra ela.....  Vai dizer que você não ficou com saudades dele. Ela deu uma olhada pro meu rosto e não resistiu e deu um sorriso. Ai eu me cresci, dei uma levantada na nela, peguei o meu pau e coloquei no meio das pernas dela. Ela deu um gritinho quando sentiu o meu pau encostar na bucetinha dela, entre nás somente um pequeno shortinho. Ela deu uma olhada pra baixo e viu a cabeçona do meu pinto toda inchada e vermelha, e deu uma apertada no meu pinto com as pernas, já totalmente entregue ao tesão. Eu já tinha levantado o top dela e estava apertando aqueles peitinhos maravilhosos, eu estava com tanto tesão que quase a machuquei de tanto apertar-los. Foi quando ela me disse....  Mais de vagar maninho, ta machucando. Eu dei uma aliviada, ai eu senti a mãozinha dela no meu pau, apertando-o forte contra a bucetinha dela, Eu beijava a nuca, abraçava todo o corpo dela e já estava quase gozando, quando eu tive a brilhante idéia, peguei no shortinho dela e o abaixei com a calcinha e tudo até perto do joelho, ela logo tratou de tirar as peças e voltou para a mesma posição e começou a esfregar a bucetinha quase sem pelos no meu pau. ( que loucura sentir a minha irmã morrendo de tesão pelo meu pau ) Ai eu disse pra ela.....  Levanta um pouquinho, deixa eu encostar a cabeça do meu pau perto da tua bucetinha. Ela riu e Falou.....  Seu tarado, ta querendo meter na minha bucetinha também igual você faz com a Rê, né????, bom eu deixo, mais bem de vagar, tá???? Eu einda sou virgem. Eu respondi.....  Tá!!!! Eu que estava deitado na cama a levantei um pouco e encaixei a cabeça do meu pau no meio dos lábios vaginais dela e fiquei sá segurando ela enquanto ela rebolava feito louca, como ela estava com os pés na madeira lateral da cama ela levantava e baixava me deixando totalmente alucinado, ai ela começou a forçar para que o meu pau fosse entrando pouco a pouco, quando eu senti que a cabeça já estava rompendo o hímen eu dei um cutucão forte e adeus cabacinho. Ela foi a loucura deu uma levantada ainda espetada no meu pau colocou as mãos no meu joelho e ficou rebolando como se estivesse dançando Funk, mais agora com muito mais gosto, eu quase não acreditava com o que aquela ninfetinha gostosa que era a minha irmã estava fazendo com o meu pau, ela rebolava, subia, descia e gemia descontroladamente, eu a segurava pela anca e a ajudava a subir e descer até ela gozar maravilhosamente dando gritinhos de tesão com o meu pau todo atolado bem no fundo dela, foi quando eu não aguentei mais disse que ia gozar. Ela Olhou para traz com carinha de safada e pediu.....  Goza na minha cara de novo, goza maninho, falou isso e nem esperou resposta, já foi tirando o pau de dentro e se ajoelhando no chão, pegou no meu pau e começou a punhetá-lo e a abrir aquela boquinha como que pedindo: Goza na minha cara, na minha boquinha, ai ela bateu com o pau na cara como ela fez da primeira vez e eu não segurei mais e gozei, foram jatos fortes e abundantes que lambuzaram toda a boca, a cara e os cabelos, ela ficou apertando o meu pau até sair as últimas gotas, eu sá olhava na carinha bonitinha dela toda esporrada e com jeitinho de que queria mais. Ai ela me perguntou....  Eu e a Rê estamos querendo acampar em Trindade neste fim de semana, Ta a fins de ir com nás?????.......continua.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


subria/luiza/fudendo/na/fazendacontos eroticos homem casado dando para o primopintinho durinho filho bumbum amiguinhocontos trai com meu cunhadoconto erotico de garoto pelados com primo com pau duro bebadocontos eróticos minha fantasia e vê minha mulher com um dotadoesposa santinha liberando o cuzinho para o sogrocontos erotico mayara piercingFui obrigada a da a bucetacontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2Sou casada fodida contolingua passeando xoxotasexo gemidosssconto esposa viu amigo nucontos eróticos meu cuzinhoconto erotico dog familiacontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertaconto erotico brincando de pique esconde comir o cu da minha amiga novinhacontos de sexo negrinha crente sendo currada em orgiacontos eróticos verídico de ginecologista e grávidapornô doido p*** fazendo fio terraleke comendo a casada contoconto gay sobrinho viro esposacontos eróticos aviolentada varias vezesconto erotico de casada menino roludo comeu meu cu e a buceta tambemcontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delaporno com amiga loira baixinha encorpadinhacontos meu marido nem percebeuquando eu peguei a minha priminhaContos eroticos A reforma Viciada em sexoContos buceta alargada com paucontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhascontos eroticos mae deixa filho gosar dentro delachantagiei minha sobrinha contoscontos eroticos-estuprei minha irmacontos eroticos tirei a virginde do cuzinho de minha filhaPerdi meu cabaco o com meu pai e arrobadofui me encontra com o cara ele tinha um pau deliciosocomi minha irmã na escola conto eroticoContos eróticos te amo tiofoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaafeminados de praia grande contatoscontos eroticos com dialogo molestada pelo patraoContos eroticos mamae rasgada dando p o filho bombadaoFui obrigada a da a bucetacontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradoscontos de zoofilia com macaco escondidoesfregando na mãe de shortinhoeu e meu marido na nossa noite de núpcias eu disse pra ele mete seu pau bem devagar na minha buceta virgem conto eróticoesposa na praia de nudismo passa lama contoestrupada contoscontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dorcontos Eróticos na casa de minha avó olhando a tia tomar banhoeu sou casada e amo zoofiliamandou fotos nua e recebeu chantagemcontos sexo esposa e maecontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhoeuconfessomulher de meu irmaowww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...cache:AQRime9uCcEJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_9_5_zoofilia.html conto transando com ladraocotos heroticos gay neguinho me comeuCasada Amigo do meu filho sexo contosconto zoofilia o pone me quando cai estrupouCONTOS PORNO DE VIRGEMrelatos eróticos determinada por um negão roludoaregasando a b da ncontos exitantes de aline bebada com varioscontos eróticos dono mulherdopei minha mae gostosa e soquei fortimente pornocontos chupei e dei pro porteiroconto erotico teen gy saradinhoContosdeincestoscontos eróticos primos amantescontos casado primeira vez com homemconto erotico puxou o cobertor e viu minha pica grossacontos eroticos vovo mamae e os mendigoscontos eróticos minha esposa perdeu a virgindade com o marido da irmã contos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininho