Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ZOOFILIA PRAZE SEM LIMITES!

Sou uma pessoa sem frescuras, homem, casado muito bem sucedido na vida, branco, 1,86, 88Kg, bonito, charmoso mas tarado em matéria de sexo, mas desde criança fui tarado por zoofilia.

Vou iniciar com meu primeiro contato neste prazeiroso mundo que não tem limites, por volta dos meus 19 anos de idade, morava em uma chácara com muitos animais entre eles cavalos, vacas, cachorros etc.E também o caseiro com sua filha da mesma idade e dois filhos mais novos.

Certo dia eu vi a menina bricando com meu doberman, aquela frecura de criança e percebi que o danado esta com a ponta vermelha para fora e a menina não parava de olhar a exitação do nosso amigo, e eu como bom curiso também fiquei olhando e comentei com ela sobre aquilo, ela disse que ele sempre ficava assim quando ela brincava com ele, nisso como criança é sapeca tivemos uma idéia de leva-lo para um lugar sem ninguém por perto, e assim fomos para um barracão onde ninguém podia aparecer, chegando lá começamos a bricar com o dog e ela pegou no pau dele e ficou massageando, foi quando aquela coisa começou a sair para fora e o cachorro ficou como louco tentando subir na menina, ela disse que ja tinha bricado assim com ele mas desta vez estava mais legal pois ela não estava sozinha e não ficaria com medo.

Lembramos das nossas bricadeira de sacanagem um com o outro, pois descobrimos alguma revistas do pai dela e brincavamos sem saber oq era mas era bom o rala rala, mas sempre sem penetração alguma pois o medo era maior, mas voltando, comecei a punhetar o dog tb e ficamos os dois ali apreciando o pau do cachorro nisso ela arrancou a calcinha e disse para brincarmos com ele como brincavamos nois dois, e ela ficou de 4 para sentir o pau do cachorro na bundinha!

O cachorro subiu e começou a bombar sem direçao e eu segurando o pau dele pois era interessante aquilo, foi quando eu para bricar um pouquinho coloquei a pontinha no buraquinho dela, não deu outra numa estocada sá entrou metade daquele pau enorme na bundinha dela, e ela começou a chorar mas eu tive que tampar a boca dela para ninguém escutar senão ia ser um problema enorme. Minha surpesa foi quando ela disse que estava bom doia mas era bom, o cachorro la bombando o cuzinho dela e eu esfregando meu dedo na bucetinha dela, até que saiu o ná e eu disse para ela oq estava acontecendo e ela ficou com medo e pediu para tirar o cachorro. Eu bem devagar fui acariciando ele para que saísse de cima e consegui, mas não foi fácil, e ela ficou ali de 4 reclamando de dor mas com prazer ao mesmo tempo e eu aproveitei para continuar oq o cachorro começou!

Na práxima conto como eu e ela bricamos com nosso cavalo.



Para quem gosta de zoofilia sem frescuras aguardo contato de mulheres para troca de fotos e videos ( que são muitos ) este é meu e-mail e msn [email protected]



beijos

Angelboy

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos gay lambendo rabo peludo de machocomi minha prima velhinha contocontos de casadas que se entregam a outro homemcontoseroticos meniniceviuva darlene fudendo muitochefe fode o cuzinho da secretaria contos erroticosPorno gay conto erotico riquinho submissocontos eroticos fudi a titi sem eu querercontos eroticos de empresarias no hotelmulhe fudendo con um pau de buracha gruso na boseta esfoladameu marido bebeu e meu cunhado me comeuminha irmã da bunda grande cinto eróticoscontos eróticos amigas passando a mão na bunda umas das outrasconto.erotico.chamando.mulher.crenti.pra.fudercontos eróticos cdzinhaContos me bateu e comeu minhaconto erótico sonífero pra pode comer a esposa gostosa do meu amigoSequestri e estruprei conto eroticoo p****** do metrô mulher relata conto eróticocontos de sexo depilei minha bucetacorno leva mijada em casa contoscontos eroticos perdendo o cabacinho na escada do prédiocontos eroticos cachoeiracontos gay comendo o muleke do orfanatocontos bebendo gozo do militarcontos eroticos patroa puta empregado caralhudocomi a mae do meu amigo contoMeu irmao me confesou que tem vontade chupa no meu penisContos eroticos comendo esposa do meu irmaoconto erotico de uma dona casaamigo hetero contocontos eroticos gay recem casadoconto dotado mimha mae nao aguentoudessinha e os skeitistas conto eroticoconto erotico minha irmã a puta do bairroconto erotico fico tarado.cim uma buceta novilha babadinhaconto erotico fudendo a avóContos eróticos incesto festa a fantasia em famíliaconto erotico vestido com roupa da irmacontos eróticos virei marido da minha irmãVidios porno gritei pedendo o meu cabasinhoconto erotico gay mendigo cocainacontos gay fui arrumar o computador dei meu cuestrupada no colo do irmao contocomprei.meu aluno e comi ele contos gayshistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadacontos a crente que gosta de dar a bucetacontos eróticosmae solteiraminha irmã a puta da rua conto eroticovirei putinhacontos eróticos de professoras gostosas transando gostosotarado.tira.vigidadi.da.entidas.novinhas.come.o.cu.elas.gritaVi buceta da minha mae nao aguentei comi CONTOSConto erotico viciada em consolosnoite fria com titia contos eróticoscontos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elaContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaNegueba enraba saleteContos eróticos dona-de-casa putawww.Xvideo levoume para o quartocontos reais de exibicionismo com roupas sensuais para entregadorsou puta e pratico zoofiliavideo fui enrabado no acampamentocontos eroticos familia camping nudista porra conto erotico gayfui comida por meu marido e o massagista contocontos de coroa com novinhopelada humilhada contoconto erotico comi a menininha da empregadacaza do conto relato de mulheres que gostam di dà o rabocontos: puto dando ao ar livreContos eroticos meu irmão fica passando a rola no meu rosto