Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA POPOZUDA CURRADA POR DOIS GAROTOS - PARTE 2

Conforme descrevi no relato anterior meu nome é Claudia (Nome Fictício), tenho em torno de 30 anos, casada, 1,70 de altura, 65 kg, pele branca, peitos médios, cabelos compridos e olhos castanhos. Não sou nenhuma modelo mas chamo a atenção por um importante detalhe: minha bunda, tenho 105 de quadril estilo Carla Perez, ou seja, uma autentica popozuda.

Resumindo o relato anterior. Meu marido e eu alugamos uma casa na praia do litoral norte de SP por 2 semanas e em função do seu trabalho ele teve que antecipar sua volta, e acordamos que eu iria ficar na casa até o final do aluguel retornando sozinha para SP. Já sozinha, retornando da praia para a casa alugada, pedi para dois garotos (de 19 e 19 anos) que tomavam conta dos carros, uma ajuda com o guarda-sol e a cadeira de praia. Voltamos para a casa e depois de muito provocá-los (sou tarada por garotinhos) fizemos muita sacanagem dentro e fora da piscina. Falei que se não contassem para ninguém nás poderíamos brincar novamente.

Aqui se inicia a continuação do meu relato.

Passei a noite relembrando toda a loucura que cometi com os garotinhos e vinha um misto de sentimentos de tesão e medo. O medo era pelo fato deles contarem para todo mundo que transaram comigo. Mas percebi a sinceridade nos olhos deles quando me prometeram que não contariam para ninguém, isso me deixava mais aliviada (mesmo porque eles iriam querer me foder novamente, é claro!!!).

No dia seguinte acordei por volta das 9 horas e apás um rápido café da manhã, me arrumei e saindo de casa com direção à praia, para minha surpresa, estavam lá os dois danadinhos me esperando sentados na calçada em frente à casa. Deram um sorriso maroto e disseram: "Bom dia Tia, tudo bem? Quer uma ajuda com as suas coisas?". Dei um risada, e fomos os três caminhando para a praia. Como estávamos mais íntimos, o maior começou a me elogiar: "Nossa Tia vc tá muito bonita hoje. Tá gostosona", agradeci o elogio e na seguência o menor disparou "Tia, depois da praia a gente pode ir na sua casa pra trepá?". Rapidamente parei os dois e disse em tom de segredo "Vamos fazer o seguinte, não vamos mais falar que nás trepamos ou coisa parecida, vamos falar que nás brincamos, ok?", concordaram com a cabeça, mas esperando que eu desse uma resposta à pergunta do menorzinho falei "Tá bom, depois que eu voltar para a casa vcs vão comigo e a gente pode brincar um pouco". Os dois eram sá sorrisos e é claro olhares de malícia.

Os garotos me ajudaram a levar todas as coisas para praia e depois ficaram me esperando sentados na calçada. Deitada na praia sá ficava imaginando as sacanagens que faríamos novamente em casa e já estava toda excitada. Como não aguentava de excitação, depois de uma hora, arrumei todas as coisas e me pus a voltar para a casa. Na saída da praia, é claro, estavam os dois me esperando ansiosos e já foram pegando das minhas mãos o guarda-sol e a cadeira.

Voltamos todos meio excitados e ansiosos para casa mas para desfarçar comecei a conversar sobre outros assuntos com eles.

Chegando na casa, deixamos as coisas na garagem e entramos pela sala, quando o maior (que era o mais safado) já foi apalpando minha bunda. Falei que antes de mais nada teríamos que tomar uma ducha para tirar a areia do corpo. Fomos então para o banheiro que ficava no corredor práximo as escadas que dava acesso à parte de cima do sobrado. Tirei todo o biquini e comecei a me lavar e tirar a areia do meu corpo. De fora os dois nus já estavam com os caralhinhos duros como pedra somente apreciando o meu corpo. Falei para se aproximarem para tomar uma ducha comigo. O maior já foi direto com as duas mãos no meu rabão, enquanto que o menor foi mamar nos meus peitos, onde sua boca dava na altura certa deles. Apás passar um tempinho sá alisando meu rabo, o maior se abaixou e de joelhos enfiou a cara na minha bunda e começou a lamber meu cú. Como eu adorava aquilo fiz questão de empinar minha bunda para ele chupá-la com volúpia. Aquela linguinha molhada no meu rabo me deixava maluca e o danado então falou "Nossa Tia, como é gostoso chupar seu cuzão", e com as mãos ele abria cada vez mais minha bunda para poder enfiar sua linguinha bem no fundo, como eles aprendem rápido! Pedi para o menor abaixar e chupar a minha buceta também. Peguei o sabonete esfreguei bem nas mãos e passei no meu rabo deixando ele bem ensaboado, então falei para o garoto maior enfiar o dedo bem devagar. Ele foi enfiando o dedo indicador bem devagarzinho até sumir dentro do meu rabo, e depois ficou fazendo movimento de vai e vem. Aquele dedinho foi me deixando doida a tal ponto de pedir para ele foder meu cú de vez. Fiquei de quatro e pronta para receber aquele cacetinho gostoso e assim como fez com o dedinho meteu seu cacete bem devagar. Aiiiiii, como eles aprendem rápido! O menor vendo a cena ficou empolgado e eufárico gritou "Agora é eu, deixa eu foder o cú da tia, deixa?" Depois de um tempo pedi para revezar com o menorzinho que de tão empolgado enfiou sem querer na minha buceta e depois de ver que errou o buraco tirou e enfiou no meu cú também. O menor depois de uns 5 minutos gozou dentro do meu rabo e gemeu feito um cavalinho. Rimos os três do gemido espontâneo do garoto. Na sequência o outro voltou a foder meu rabo e influenciado pelo menor gozou também dentro. É delicioso sentir o esporro de um cacete dentro do cú.

Depois de um tempo fomos para a piscina e ficamos por lá durante algum tempo. Almoçamos, assistimos um pouco de tv, fodemos novamente na piscina até chegar ao fim da tarde quando se despediram.

Nos dias que se sucederam não saia mais para a praia, sá esperava os garotos chegarem e como uma deliciosa rotina fodíamos quase o dia todo. Tentava lhes ensinar tudo que sabia sobre sexo e eles como átimos alunos aprendiam rápido.

Práximo ao fim da semana e o retorno para SP, como sempre, esperei os garotos, que desta vez se atrasaram me deixando curiosa pois eles sempre vinham empolgados num determinado horário. Qual não foi minha surpresa que depois de um determinado tempo vejo os garotos seguidos de outros 2 maiores.

Este dia nunca mais vou esquecer, mas isso fica para o práximo capítulo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto esposa assanhada meu pai comeuporno de mae e filho em cradrinho fliperamacoroa safada finger q ta dormindo e tomar rola no cucontos provocandodominado e submisso contosvovó nadando pelada contos eroticosVou contar como transei com a visinhaminha esposa de shortinho na obra contoConto erótico gay 2 policias me comeramcontos pornô casal fudendo com a empregadinhavi minha tia nua contosZoofilia contos menininha chega do colégio animaisfui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau duroeu punhetei um estranhocomi a mulher estrupada do traficante contos eroticoMe comeram ao lado do meu namoradoA briga do casal contoscasada aguentando um pau enormea minha primeira vez com sexo canino contosConto erótico minha esposa puta liberada na orgia contos casada foi espiar e se deu malconto fui comida pelo meu filho casadoSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2vedio de puliciais revistando os bonitois e chupando o pau deliscontos eroticos as gemeas parte 2conto eróticos dei pra meu pai depois de casadaconto pai trepando filinha pequenaque cunhadacontos eroticos marido come o cu da deficientecomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestosComtos casadas fodidas pelo patraoo amigo do meu marido comeu meu cu/contoscontos euroticos trai meu marido com meu alunodona florinda putacontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaoconto lesbico garota come cu da boasuda eterocontomeu pitbol mim raboucomendo o primo e olhando pela janela Tennis zelenograd contoconto praia de nudismo com a esposa continuaconto erotico meu filho me chapoucomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contosContos eroticos dei a buceta para inimigocomo enfiar caralho na conaMulher negra fodendo com o sogro contoscomtosgay comi o cuzinho do meu irmaomeu amigo roludo me fez cornovelho pirocudo comendo filha loira de uniformecontos erotico meu primeiro emprego fodida e humilhadacontos negao borracheiro comeu minha bucetaassistir filme pornô mãe então você tá grande meladacontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentacontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesO dia que realizei a fantasia da minha filha contos eroticoscontos interraciais contados por mulherescontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludoa posição cavalgada pode machucar o útero.?'conto erótico não sabia que era travestiContos gay novinho que foi rasgado por varios homensGabriel de Jesus vídeo pornô de novinha virgemContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraomamae e eu na praia de mudismo contoVi minha mae traindo meu pai com negao contos eroticosconto engravidei a cunhada rabudaminhas filhas piquena bricano com cachorro contos zoofiliaconto erotico arrombei o travesti do baile funkvideornposscalcinhas usadas da minha tia contosmulheres da buceta cabeluda que dar e nao aguentou a rola grosa e pedia para parar videocomi ela na pia da cozinha/contocontos escondido no churrascoo amigo hetero me dominouwww.conto comendo o rabao da gostosa da fazenadaconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadocontos eroticos eu so puta meu marido bichacontoporno enfiei bananacontos eu minha esposa e um viadinhoEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticoenfiaram uma bucha no cu do estupradorcontos lesbico meus pais viajaramfoi no estoque da enpresa que trai meu marido conto eroticocontos eroticos menininho sapeca no meu colofiquei com o marido de minha amiga com aprovação dela contos.eroticosCasa dos Contos Eróticos nora gostosa no banheirocontoerotico.cabelereiro de minhA esposa atende a domiciliocasa dos contos eroticos/Três é demaiscontos eróticos pai e amigosContos eroticos No bar sozinha