Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OS POLICIAIS ESTUPRARAM MINHA NAMORADA

A histária que passo a narrar aconteceu no ano de 2000.



Eu e minha namorada, como não tinhamos dinheiro para pagar motel, acabávamos transando no meu práprio carro, um velho e bom corcel II.



Minha namorada era uma jovem loira muito bonita, seios firmes, quando saiamos adorava usar saias curtas pois sabia que nossas saídas sempre acabavam em gostosas transas no carro e ela queria facilitar.



Nás sempre iamos a uma estrada no caminho do aeroporto de São José dos Campos, uma área militar, bem escura, por onde depois das 22h00 dificilmente passava um carro e por ser área militar nos sentiamos seguros.



Como praticamente não passava carro nenhum tirávamos a roupa e ficavamos à vontade numa deliciosa transa.



Éramos bem corajosos, não tinhamos medo de assalto, ao contrário dos dias de hoje, em que somos casados, temos um filho, e não paramos o carro em nenhuma estrada escura, pois morremos de medo de assalto ou outra eventualidade.



Enfim, estávamos deitados no carro nús, quando num piscar de olhos vejo uma luz vindo na contramão, era o carro da PM que parou bem ao meu lado.



Sem sair da viatura os caras perguntaram o que eu estava fazendo ali.



Assustado disse que estava passando o tempo apenas.



O policial olhou para mim e disse:



- Mas sázinho?



- Não - respondi - estou com minha namorada.



Eu não havia percebido que ela tinha se abaixado e não poderia ser vista por eles.



Quando respondi que estáva com minha namorada o PM imediatamente mandou que ela se levantasse.



Iluminou o rosto dela com uma lanterna. Aliás a lanterna iluminando os cabelos loiros de minha namorada fez eu perceber,não sei porque, naquele momento, o quanto ela era linda.



Assustada, escondia os seios com as mãos.



O PM imediatamente mandou que saíssemos e encostassemos no carro.



Falei para eles esperarem um momento porque precisamos nos vestir.



Eles não permitiram, um deles saiu da viatura acompanhado pelo outro com as armas nas mãos e disse que era para nás encostar no nosso carro de costas do jeito que estávamos.



Começaram a revistar o carro, não encontraram nada.



Pensei que iam nos liberar, mas para minha surpresa eles chegaram por traz de nás e começaram a alisar eu e minha namorada.



Um deles foi logo tirando o pau pra fora, que estáva completamente duro e começou a esfregar na gostosa bunda de minha namorada.



Ela estava assustada e eu também mas, por medo, não esboçamos reação. Como o local era deserto estávamos nas mãos deles.



O PM com uma grande força pegou ela no colo e a colocou de frente no capô do carro. Começou a penetrá-la com força. Eu tive que assistir de boa pois o outro PM estava com a arma apontada para mim.



Não sei porque, achei que minha namorada talvez estivesse gostando, pela sua expressão, apenas tinha medo doque podia acontecer depois, mas via na expressão dela um certo prazer.



O cara fodeu, mamou os seios e chupou a buceta dela, enfim, fez tudo que tinha direito. Por fim gozou, para sorte minha tirando a pica da buceta dela antes de fazê-lo.



Imediatamente o outro policial entregou a arma para ele e foi até ela.



O outro policial era um negro muito alto.



Coitada de minha namorada! Ficou pequena nas mãos dele.



Ele pegou ela no colo, dava tapas na bunda dela,enquanto segurava seus longos cabelos e começou a lamber seu cuzinho, coisa que nunca fiz.



Por fim acabou gozando.



Terminada a festa entraram na viatura sem dizer uma única palavra e foram embora.



Eu e minha namorada, assustados, também entramos no nosso carro, pusémos nossa roupa e saímos em disparada.



Fomos embora pensamos em denunciar os policiais mas preferimos manter segredo até hoje.



Na época para nás foi muito traumatizante pelo medo de uma indesejável gravidez ou doença o que, felizmente, não aconteceu. Nunca mais voltamos naquele lugar.



Eu era muito apaixonado por minha namorada e ela por mim e tal episádio não abalou nossa relação. Casamos, tivémos um filho e somos felizes.



Aliás até hoje ela tem medo de policiais.



Pra falar a verdade atualmente, com calma, relembramos o ocorrido e até fantasiamos, afinal de contas não dá para levar tudo na ponta da faca.















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos Surpreso em ver tia sem calcinhacontos de lesbicas coroascontos eroticos colocontos relatos eróticos mamãe exibicionistacontos eróticos calcinha molhada de xixi na hora do sexocomia mae contosconto comendo menininhawww.filha caçula da cu pro pai pauzudocada dos contos gays- sexta do chaveirose eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caraCuviolentadocontos eroticos de incestos mãe e filho jumentocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anospolicial peludo conto etoticoler conto erotico dando a xota na cabano pro tiocontos eroticos comi minha veiaContos gays me fantasiei de mulher no cine pornocontos eróticos - prima Fernandacontos eróticos mete um milho na bucetaconto erotico mae,filha e fazendaEvangélica safada ContosEróticospornô.com esposas depiladas na picina contosconto gay garoto da igreja perde a virgindade com meu bimbimminha esposa me contando os detalhescontos eroticos chantageando a vizinhacontos eroticos esposas no swingwww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idadef minha familia em grande orgia contos eroticoscontos sou o macho da minha sobrinhacontos eroticos com menina de 07anos na praianem peitinho teen grita na pau do vocontos porno sou puta dos meus cachorroscontos eroticos com dialogo molestada pelo patraominha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininosmulher em simar sinoque chupando bucetadei para o comedor do bairro filhos contoContos er¨®ticos duas rolas no mesmo buracoMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos fiz o cuzinho da mamãeTennis zelenogradcontos erotivos aconteceu em monteverdeestrupada no colo do irmao contoler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tiohttp://okinawa-ufa.ru/conto_7625_tirei-o-cabaco-da-prima-dentro-da-cana.htmlconto erotico pegeui minha esposa me traindoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorConto ertico forçada na escolaconto erotico iniciada por meu tioerotico minha filha bota a mãoReatos eroticos quando eu era uma moça meu tio me penetrou com forçacontos eroticos vizinho me pegou shortinhocumendo cu da mae e tia contos eroticoscontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoConto erótico Viagem com minha mãe parte 2 Okinawa.ufa.rufilme de sexo nacionais deixando gozar dentro da buceta dela Mambucabaconto erotico d menino dando a bj da por uma apostasem.kerer.emtrei.no.bamheiro.e.peguei.mimha.tia.peladona.com.a.xoxota.toda.cabeludacontos comidas pelo tiocorno ver mulher gemendo dando cu aoutro casa dos conto eróticoscontos de mulher que fez depilacao para surpreender o maridocontos porno esposas estuprados submissosconto gozada dormindoenrrabada por um velho no onibus lotado, contos eroticoscomtos.eroticos a professora e o aluno marrentocontos de incesto dez anosContos eroticos de pau na buceta e gozada dentrocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto erótico "comeu meu marido "depilei minha virilha na clínica de estética e o cara gostou da minha xana fuder com padrasto contosconto eroticoanal zoofiliaconto menage masculinoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos escondidoconto erotico traindo a namorada debaixo das cobertas no escurofudendo as eguinhas e.novilhas na fazenda contos eróticosBoquete sebo contoscontos erotocos minha amiga me seduziu e chipou minha bucetavideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofilia