Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AVENTURAS NO FINAL DE SEMANA (Esposa Liberada) PART. 1

AVENTURAS NO FINAL DE SEMANA (Esposa Liberada) PART. 1
Procurando novas aventuras, pesquisei um hotel no interior do RN onde alguns casais iam afim de realizar fantasias. Falei com o gerente do hotel pela internet e ele me falou que era um hotel normal, porém ele tinha um grupo de funcionários que participavam de Gang Bang, sexo grupal, essas coisas… Ele me indicou vários videos na internet onde pude ver o grupo em ação. Achei bem legal e mostrei para minha esposa que adorou a idéia. Pois bem, fizemos a reserva e fomos para um final de semana prolongado.
Chegamos ao hotel, e realmente parecia um hotel normal. Algumas famílias, alguns casais, tudo normal para um hotel de praia. Fizemos o check-in e fomos até o quarto. Chegando ao quarto mandei uma mensagem para o gerente avisando que havíamos chegado. Ele respondeu e pediu que o encontrássemos na recepção em 10 minutos. Nos acomodamos e fomos ao seu encontro.
Chegando na recepção ele veio até nós e disse que era um prazer nos conhecer e que a minha esposa era ainda mais linda ao vivo que nas fotos. A minha esposa olhou espantada para mim, pois ela não sabia que eu estava falando com ele sobre as nossas fantasias. E claro, ele pediu fotos dela, que eu enviei. O gerente era um homem grande, bem moreno na faixa dos 50 anos. Super educado nos convidou para sentar em uma mesa próxima a recepção. Ele nos perguntou o que estávamos achando do hotel, se estava tudo bem com o nosso quarto e foi logo ao assunto; Tati, seu marido me pediu uma noite especial. Você será o centro das nossas atenções. Recrutei 7 homens que irão te tratar da maneira como você merece. Na hora ela me olhou novamente espantada. 7? Ela disse. Eu ri e respondi que era um bom número para uma putinha como ela.
Ela insistiu que eram muitos, mas olhei pra ela e falei que já estava tudo planejado. Que era pra ela relaxar.
O gerente então disse a ela; marcamos o spa do hotel pra você. Você poderá fazer algumas massagens, cabelo, unha o que quiser. Por favor fique vontade. As 20:00 alguém irá busca-los no quarto de vocês para leva-los ao local do nosso encontro. Mas é bom que saiba; todos que irão participar da nossa festinha hoje já sabem quem é você, então você poderá estar falando com alguém que a noite irá fode-la! Na hora minha esposa soltou um sorriso e pude ver o quanto isso a excitou.
A acompanhei até o SPA e fui dar uma volta. Aproximadamente 18:00 ela me ligou e disse que estava saindo do SPA. Fomos a um dos bares do hotel tomar alguma coisa. Ela me disse que não parava de pensar no que o gerente nos falou; que todos os que estariam na festa a noite já a conheciam. Ela olhava pra um garçom e falava; será que ele estará daqui a pouco? Tomamos alguns drinks, comemos alguma coisa e fomos pro quarto nos preparar. Quando entramos no quarto ela me chamou e pediu que eu tocasse sua boceta para ver o quanto ela estava molhada. Realmente ela estava encharcada. Ela me disse que estava assim a tarde toda. Não aguentava mais de tesão. Eu aproveitei e a chupei até que ela explodisse na minha boca. Ela pediu mais, pediu para fode-la. Eu, recusei. Disse que ela teria 7 homens para satisfaze-la em alguns momentos e fui tomar banho. Na sequência ela também foi.
A ansiedade estava a mil e enquanto ela se aprontava dei uma saída do quarto. Quando voltei, faltando 10 minutos para as 20:00 ela estava pronta. Estava linda, com um vestido curto e salto alto. Eu já estava louco de tesão.
Exatamente as 20:00 a campainha do quarto tocou. Eu fui abrir a porta e era uma moça. Meio estranha, até um pouco masculina. Quando minha esposa veio até a porta a moça não conseguiu disfarçar o olhar de tesão. Ele perguntou se estávamos prontos e eu disse que sim. Então ela pediu que a seguíssemos. Andamos um pouco pelo hotel até chegarmos a um chalé, um pouco afastado do restante do restante do hotel. Ela bateu na porta e o gerente veio abrir. Ele nos deu boa noite e pediu que entrássemos. Assim que entramos demos de cara com 7 homens nus. Todos com uma máscara. Foi meio desconcertante a primeira cena. O gerente perguntou se havia algum problema da moça que foi nos buscar ficar no quarto pois ela era ótima em preparar drinks. Antes que minha esposa falasse qualquer coisa eu disse que não teria nenhum problema.
Sendo assim ele pegou minha esposa pela mão e a levou até próximo aos homens e a apresentou um por um. O clima ainda estava meio estranho, foi quando o gerente a pegou por trás e disse no seu ouvido; agora você é nossa, você será nossa cadelinha essa noite, do jeito que o seu marido pediu. Ele então abriu seu vestido e ela ficou somente de calcinha e sutiã. O clima que antes era estranho, na mesma hora mudou para tesão! Ele então a segurando pelo pescoço, chamou um dos homens e mandou que ele colocasse o presente dela. Ele foi até uma gaveta no canto da sala e pegou uma coleira com o nome dela escrito e colocou a coleira nela. Ela estava com uma calcinha branca e pude ver que a calcinha já estava quase pingando de tão molhada. Na sequência o gerente disse pra ela que sem um rabo, nenhuma cadela estava completa. Sendo assim ele colocou a mão no bolso e tirou um plug anal com uma calda. Colocou o plug próximo a boca dela e mandou que ela chupasse. Assim ela fez. Então ele enfiou o plug no cú dela. Ela gemeu quando o plug entrou e gozou a primeira vez. Aquela situação humilhante, dela sendo feita de cadela na frente de todos a enlouqueceu.
Então o gerente pegou sua coleira a levou novamente para perto de todos. E ela beijou um por um. Foi quando uma roda se formou em volta dela e ela se ajoelhou e começou a chupa-los. Era uma cena linda! Ela estava descontrolada. O gerente veio até o meu lado e disse que eu tinha muita sorte por ter uma puta como aquela em casa. Eu respondi prontamente que sabia!
Essa cena durou pouco mais de 5 minutos e ela se levantou e pediu para alguém come-la. Um dos rapazes segurou sua coleira e desse que a cadelinha teria que implorar. Ela não pensou duas vezes. Implorou para que alguém a comesse.
Então a levaram para o sofá. Um deles sentou e mandou que ela sentasse. Ela sentou rápido e soltou um gemido de dor pois além do pau do homem ser grande ela havia se esquecido do plug que estava no seu cú. Mas não teve muito tempo para se acostumar pois foi forçada a começar os movimentos. Logo estava cercada de paus. Alguns deles subiram no sofá e colocaram o pau na frente dela para que ela chupasse. Não demorou nada e ela gozou. Gozou muito! Quase sem controle. Ela foi colocada de quatro na beira do sofá e recebeu uma ordem expressa; não se mova pra frente. Não queremos que você fuja. E começou um longo revezamento em sua boceta. Eles iam fazendo um rodízio entre a boceta e boca dela. Ela gozava freneticamente. Depois de algum tempo um deles falou; está na hora de arrombar o cú dessa puta! O gerente que estava ao meu lado respondeu de imediato; ainda não. Então se virou pra mim e perguntou; posso arrombar o cú dela? Eu respondi que sim. Já tinha visto alguns videos dele e sabia que seu pau era imenso. Mas tinha certeza que aquela altura do campeonato a Tati iria adorar. Então ele foi até ela e falou no seu ouvido; agora vou te arrombar. Vou deixar seu cú completamente arrombado, como uma puta deve ser. Então a beijou e se posicionou atrás dela. Todos naquele momento pararam para ver aquela cena. Ele abaixou a calça e de lá surgiu um pau realmente gigante. Duro feito uma pedra. Ele tirou o plug de dentro do cú dela, passou um pouco de gel e começou a colocar. Minha esposa começou a gritar que estava sendo arrombada, que ele a estava rasgando. Ele pensou em tirar mas na mesma hora ela gritou pra ele enfiar o pau nela. Então ele socou! Acho que por uns 2 segundos ela desmaiou e acordou em meio a um orgasmo muito intenso. Ele então começou a bombar. Sem dó. Ela gozava e gozava e gozava. Alguns minutos depois ele também gozou. Encheu o cú dela de porra. Quando ele tirou o pau todos foram ver o estrago. Era um buraco enorme. A porra escorria lá de dentro como se fosse uma cachoeira.
Ela então foi novamente colocada no meio de uma roda. Eles se masturbavam e uma a um foram gozando nela. Uns no rosto, outros na boca, outros no peito… Alguns gozaram mais de uma vez.
Quando acabaram, ela tinha porra no corpo inteiro. Estava completamente lambuzada.
Ela se deixou cair deitada no chão e olhou pra mim com um sorriso do tipo estou muito feliz e disse que me amava.
Todos eles deixaram o chalé quase que imediatamente, ficando apenas o gerente. Ele foi até ela e disse; seu cú é uma delicia. Antes de vocês irem embora eu quero provar sua boceta e sua boca, e quero comer seu cú de novo. Nos próximos dias que vocês estiverem por aqui, os rapazes poderão come-la quando quiserem. Como vocês não viram o rosto deles, acho que você terá que dar para todos que chegarem em você. Então ele também saiu.
Eu fui até ela, o cheiro de porra estava no ar. Sua boceta estava inchada e vermelha. A ajudei a levantar e a levei até o chuveiro. Confesso que meu pau estava quase explodindo pois eu ainda não tinha gozado nenhuma vez. Ela saiu do banho e veio até mim. Me deu um beijo delicioso e me disse que a sua boceta estava ardida e que precisava de um carinho. Eu então a chupei e ela gozou. Estremeceu na minha boca e gozou feito louca. Deitei-me carinhosamente sobre ela e comecei a come-la. Ela pediu porra na boceta. Confesso que não aguentei e gozei.
Voltamos pro nosso quarto e desmaiamos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos mae e filho cacetudo de sunga na piscinaempregada me masturbando nu contoswww.contos euroticos varias rolas n boateconto erotico mae empresta lingeriecontos eroticos velho encheu meu anelzinho de leite e meu marido nem desconfiaBoquete cheiro contospinto duro pra tu noivatravesti de microsaia fica de pau duro na ruaSexo em contos e relados escondidosContos eroticos me exibi para os pedreiros 2 sou Taíscontos gay cu arrombadoContoseroticosdesenhorasconto gay meu querido subimisso 29conto erotico gay sexo entre amigos heterosconto erótico da b******** Doeu muitocavalonas de casa disse apertadacontos eróticos viajando com a sobrinha casadacarlão socando ate as bolas no cu da vadiacontos eroticos negra sendo arrombada na orgiacontos eróticos com velhatransei com meu sobrinhocontos eróticos mulheres mais vadiasconto transando com mulher deficienteComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêscontos eroticos transando com a lutadorasequestradaxvidiocontos travesti vendo mendigo mijando do prédio contosjogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noravídeos de********* pornô da mulher morena que tem os peito grande para batata chupa a goza na cara melada cara tôso contos de gay sendo aronbado por varios homens um apos o outro aronbando o cúcontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosoconto a coros e o jardineiro pauzudocontos eroticos eu ajudei meu amigoContos erotico me exibi pro taxistasentando na rola do meu pai contos. eróticoscontos eróticos eu comi minha irmãminha iniciacao gay sendo a mulherzinha do negao contos pornocontos estrupo na casabde praoaEvangélica safada ContosEróticospornô.com contos eroticos comi minha madrinha na cama do meu padrinhodor no cuzinho contos eróticoscdzinha enrabada pir coroas contosdei a buceta pro meu amigo virgem ir de meno conto eróticosconto no cuzinho da Madamelevantou umas da minhas pernas,se encaixou na minha entradinha e foi metendo devagarzinhotrai no cafe da manha contoconto dando banho no cunhado acidentado gayno vinha naciririca na web no rncontos e Relatos reais de nora transando com sogro em Brasíliaconto irma casadacontos lésbico sogra traiçãopelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiromeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comewww.porno chupado os peito ate fica roxo.comconto primeira peitinhoeu tenho uma irmã muito gostosa eu tava me depilando e ela pediu para terminar depilaçãoquero ver buceta do pigele gradeaec porno videos bhsurba com um casal de amigo sem querer primera ves comtoscontos gay menino hormonio virou mulherContos irma mais velhadepois que eu dei a buceta pro meu amante na frente do meu marido ele amou historias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checaContos gay pinto pequenofogosá taradarelatos cuzinho na marracontos eroticos gay velho pagoucontos eróticos eu cai e o cachorro me comeuconto erotico chantagiei a esposa do meu funcionáriovendeu os ônibus da minha mulher no motel e levei um amigo meu para comer o c****** virgem dela enquanto ela chupa meu pauConto eu era pequena eu tava na serca dando cuzinho pro vizinho pelo buraquinhoapremira vez da fenandinharapazes peladoes se exercitando na academiaela chupeu monhas bolas a noite inteiraverdinho tirando a virgindade da sobrinha novinha gostosacontos de menininhas sentando no colo de homensContos eroticos eu vi minha cunhada sendo estrupada por varios homens que meterao cabo de vaçoura nelasubria/luiza/fudendo/na/fazendagay jorando pora do cachoro zoofiliaconto Me masturbei pensando no meu exContos eróticos mãe com os negrões e papai vendof minha familia em grande orgia contos eroticosArrombei a casada crente contosadoro abusar dos garatinhos - contoscontos eroticos da mulher do vaqueirocontos caipiras amadores bucetasContos porno dei cu p me sogro por chantagemcunhado da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosnetinha virge de sainha estruoocontos eróticos eu e minha mãe na praiaconto gay viciei na rola do negÃoTrepada com militar, contos eroticossou empregada contos eróticoscontos eróticos Maringá Paraná