Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMEIRO E UNICO BOQUETE

Ola amigos, meu nome é Carlos, tenho 43 anos, casado, há mais de 9 anos e até então, nunca havia tido uma experiência com outro homem.rnrnHá duas semanas atrás, numa manhã de sábado, fui fazer a minha caminhada tradicional, todos os dias de manhã saio da minha casa e caminho uns 5 kms, nesse dia, caminhando pela rua, passou um carro e buzinou, como o carro passou e não parou, levantei a mão e acenei como se conhecesse a pessoa, para a minha surpresa, o carro fez o retorno e parou ao meu lado, havia um rapaz, devia ter uns 25 anos, o rapaz era de cor escura e magro, era um rapaz que com certeza chamava a atenção, no inicio, achei que ele estaria perdido e iria me perguntar se eu conhecia a rua tal, mas, para a minha surpresa, ele me cumprimentou educadamente, e me perguntou se eu queria uma carona, fiquei sem entender, e no reflexo, disse sim, não sei porque fiz aquilo, pois quando eu entrei no carro e vi o carro andando, é que me dei conta que fiz algo sem pensar e que aquilo poderia me deixar em alguma situação complicada, o rapaz começou a puxar assunto, do tipo: Você mora por aqui? Costuma caminhar por aqui? Qual é a duração da sua caminhada? Eu, assustado ainda, apenas dizia sim ou não, acho que ele percebeu que eu estava um tanto assustado, e aí ele decidiu parar o carro, e me perguntar se eu estava assustado, disse ainda que eu deveria ficar tranquilo e não se assustar, pois ele era do bem e ele estava apenas me dando uma carona, como não respondi nada, ele disse que se eu quisesse poderia sair do carro e continuar a minha caminhada, mais uma vez, por reflexo, eu disse que ele poderia continuar com a carona, pois aquele dia eu estava com uma certa preguiça, ele ligou o carro e seguiu em frente, no trajeto, ele começou a dizer que para a minha idade, eu estava bem conservado, acho que em função de fazer a minha caminhada, mantenho um corpo sem qualquer barriga, não sei porque, mas ele falando do meu corpo, me deu um arrepio, é como se eu ficasse naquele momento com um tesao e uma certa curiosidade,fiquei imaginando como seria fazer sexo com outro homem, e aquilo me deixou de pau duro, o rapaz percebeu o tamanho da minha excitação, pois ele olhou para as minhas pernas e viu que eu estava de pau duro, ele não se conteve, e pegou nas minhas coxas e perguntou se aquela conversa me excitava, apenas balancei a cabeça dizendo sim, ele foi rápido, pois me perguntou se eu me importaria se parássemos num prédio ali perto, me deu uma desculpa que era para pegar um documento com o porteiro do prédio, como achei que não iria sair do carro, disse a ele que poderíamos a ir ao tal prédio, chegando lá, ele disse que não era seguro eu ficar dentro do carro, pois ali já havia acontecido alguns assaltos, sai do carro e o acompanhei, chegamos na portaria, ele cumprimentou o porteiro e subiu as escadas, fui atrás dele, sem falar qualquer palavra, era um prédio de três andares, subimos até o terraço, e quando chegamos lá, ele foi me empurrando para a parede e me deu um beijo, não reagi, comecei a beija-lo também, ele começou a segurar no meu pau por cima do shorte, que naquele momento, eu já estava com o pau durasso de tesão, ele se abaixou e começou a fazer um boquete maravilhoso, fiquei doido com aquela boca, quando ele estava prestes a gozar, ele parou de me chupar, se levantou, pegou na minha cabeça e a forçou para baixo, fui me abaixando bem devagar, naquele momento ele já havia tirado o pau para fora, era um pau enorme e cabeçudo, fiquei apenas olhando aquele pau na minha cara, com uma das mãos ele segurou a minha cabeça e com a outra ele segurou o pau dele e ficou esfregando aquele caralho no meu rosto, não resisti por muito tempo, abri a boca e deixei que ele viesse com aquele pau cabeçudo na minha boca, era um pau delicioso, era cheiroso, fiquei mamando ele meio sem jeito, mas senti que o rapaz estava gostando da minha chupada, depois de alguns minutos chupando aquele pau, senti que ele estava prestes a gozar, foi quando eu tirei a minha boca do pau dele, mas ele disse, não faz isso, pois quero gozar no seu rostinho, aquelas palavras me convenceram em continuar a chupando aquele pau, e quando veio o gozo, ele tirou o pau da minha boca e gozou no meu rosto, fiquei todo lambuzado de porra na cara, ele, educadamente, retirou do bolso um lenço e pediu para me limpar. No final ele me deu o telefone dele para que marcássemos um outro dia, mas confesso que até hoje não liguei, qualquer dia destes, tomarei coragem e legarei, e aí, contarei o restante da histária.rnEspero que tenham gostado deste conto, como disse, sou casado e tenho 43 anos, quem quiser trocar experiências, escreva para o e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos minha avó é uma p***contos coroa gayContos erótico pombinha inchadaconto minha tia chupo minha bucetaConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazercontos Eroticos com RobertaCONTO DE INCESTO ADOTIVOConto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma contos eróticos f****** a mineirinha s*****sou uma mulher crente mas quero picaconto trai meu marido na faxinacontos eroticos traindogozandonocilindrominha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouContos eróticos buceta arrombadacontos de casadas o negro desconhecido me arromboucontos eroticos de enteadasMinha esposa fiw sem calcinha em casa e meu primo viuconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choraconto erotico gay um velho me fudeucontos de sexo mulher gosta de pintos sujosconto erotico esposa sofre com o negaoContos podolatra comendo de frango assado coloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidoestocou forti na buceta da novinha que salto fora da picacomendo a mae sonambula contocontos d zoof de ferias na fazenda com meu maridocontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaocontos porno 1 vez chupandoCrente safada ContosEróticospornô.com espiando o.vizinho contos eroticosmulher joven fica viuva e transa com amigo do falecido, contoscontos eróticos de mulheres f****** com pedreiroswww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comconto erotico mulher de 65 anoslésbicas castigando o rabo da parceriavídeos pornô Santa Rita taxistawww.contos de estuprei a gordinhadei a buceta na infanciacontos enteadas e padastrosdei para meu amigo contocomo dopar uma mulher e fazer sexo contocontos eroticos eu minha esposa e Lu nossa melhor amigamocinha sendo encoxadas e segursndo o pirucontos gay peguei meu amigo comendo um outrosonhar q mulher está bulinando outra nulhercontos eroticos cachorro cheirando minha rolacontos eroticos gozei tanto com o meu paieu e minha namorada senpre transamos logo que acordamos contos eróticosconto erotico irmão perfeito e timidonora putacontosbrincando com minha filha inocente contosCercada por varios contos eroticoscontos vi minha irma com pausudohistórias de cunhadas punheteiraenconxei uma gostosa contoeróticoTranzei cm meu primo,contoContos eroticos meu comeu meu raboConto incesto sogra no volanteContos eróticos rapidinha com a filha na cozinha conto trepei filinha amiguinha 11aninhosestudando com contos eroticosEsposa na dp em casa contoscontos vi o pinto do cliente no provadorcontos eróticos i****** ensinei meu filho aleijadoputaria todos diss contofilmei uma traicao e chantagiei contosloira cris casada fode com negao contos eroticosconto fiz sexo oral em padrecontos eróticos dei a boceta pra um pônei e me dei mal ele me rasgo a bocetacontos eroticos novinho e violado pela tia a coroacontos paguei mais comi a putaaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contoscontos dei pro mulato amigo do meu maridoconto gay caseiro patrao carlosconto erotico escada da piscinacornosubmissocontoContos eróticos comi a namorada e o amigo gayconto erotico casada humilhada por maginaisvi meu filho na punhetarelato erotico casada e amiga pau de borrachafudendo irma paralitica conto lesbicaContos eroticos de padres e freiracontos eroticos de meninas novinhas adolecentes transando com homens maduros e bem dotados