Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPAR ME VICIOU

CHUPAR ME VICIOUrnrnVontades de ter um relacionamento com outro homem passavam pela minha cabeça diàriamente e fazia anos. Socialmente me recusava aceitar este comportamento e assim ia alimentando a mulher que me habitava usando na intimidade solitária das paredes dos hotéis, quando em viagem, uma enorme variedade de roupas e adornos femininos. Era casado. Todo cuidado era preciso, embora minha mulher fosse desligada de sexo, engordara barbaridade e sá pensava em artesanato, exposições, viajar. Desta maneira eu que já vinha desejando um macho, fui cedendo aos desejos e entre outras coisas, o uso de calcinhas que era esporádico e sempre em viagens, passou a ser diário. Muito arriscado. Muito. Amortecia meus desejos imediatos mas despertava enormes vontades futuras. Bem fazer sexo oral, era uma obsessão. Minhas fantasias masturbatorias me levavam ao delírio quando via fotos e me imaginava chupando membros e sentindo o prazer das golfadas de esperma. Tinha o medo, mas este medo parecia impulsionar ainda mais os femininos desejos subterrâneos. Havia naquela época um cinema na Praia de Botafogo, no Rio de Janeiro, onde pessoas se encontravam e realizavam seus meritários desejos sexuais. Passava sempre por ali, resistia, mas naquela chuvosa tarde decidi entrar, impulsionado pela vontade e mais ainda pelo magnético olhar daquele enorme homem com quem mais uma vez eu me encontrava na saída do estacionamento. Parecia me esperar e intimamente eu também sempre esperava encontra-lo. Caminhou na minha frente, fez uma espécie de parada na lanchonete que tinha na porta do enorme hall, e me olho de forma quase suplicante, indicando a entrada. Era demais esperar de mim não ir! Meu corpo parecia arder em brasa. Paguei, entrei e perdido na imediata escuridão, tratei de esperar, encostado na parede que amparava a ultimas fileiras. Minha vista foi se ajustando. Ele estava ao meu lado. Olhava-me e aproximou-se até o contato dos corpos. Mão na minha cintura, alisando, que loucura, como era bom, como era sensual... Pegou minha mão e de forma decidida como se meu dono fosse, levou-me para uma das fileiras, colocou sua mão sobre meus ombros depois que sentamos e delicadamente me fez sentir pela vez primeiro a delicia de ter uma boca masculina na minha. Um beijo delicioso, que me fez entender que a retribuição era o melhor. Beijei, abri meus lábios, senti sua língua, retribui e como decorrência ele encaminhou minha mão para seu pau. Um choque de desejos. Intensas contrações. Era eu agora a beija-lo, oferecendo minha boca e acariciando voluptuosamente o caralho magnífico que já estava solto, livre. Estávamos ambos absurdamente excitados. Levantando-se ele me indicou a primeira cadeira junta ao corredor, ficou em pé ali e foi me fazendo sentir as caricias da dura carne no rosto, nos lábios, que sem receios o sugaram. A chupada foi intensa e mesmo sem pratica, vez primeira, dei aquele objeto de doçura todo o meu encanto e logo ele iria gozar. Acariciava minha cabeça, meu rosto, passava os dedos em meus lábios, ia vinha e já perto do gozo me deu a liberdade de escolher. Escolhi que saborearia aquela gozo. E veio, parecendo uma cascata, me enlouquecendo de desejos, e cada gota que engolia todas, era um salto para a liberdade. Adorei ter a experiência com ele. Ser o responsável por aquele orgasmo tão sadio. Bem dali em diante nos vimos muitas vezes, quase todas para fazer o sexo oral. Até o dia em que tendo a oportunidde eu fui mulher para ele. Outro conto, outra estária.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos coroa gaycontos buceta grandeprovocações de mãe parte 2 conto eróticoPai nao rezistiu fodeo a pepequinha da pequena conto bem eroticofudendo meu primo gay sexcontos bund 130cmContos eroticos hospital de bdsm analContos eroticos tarado por seiosConto gozou muita porra no meu cuentão toque consulta paciente e chupa b***** no pacientea bumda que sempre sonhei comecontossexo menininha de ruacontos eróticos fraguei minha mulher dsbdo pro vizinhoContos de rasguei o cu de minha sobrinha ingridporno mulheris con a perna meia canbotabrinco com tio levou no cuzinhocontos erticos de ninfetasmeu marido confessou que sua maior fantasia é eu chegar em casa vazando porra pela, boca, pela buceta e pelo cuzinho professor de artes marciais me fudeu contos gaycontos eroticos abusada levando tapaContos eróticos meu sobrinho me preenchecontos eróticos de bebados e drogados gaysnamorada de calnsinha centou na picacontos o sindicoconto prima virgem da buceta ensopada dormindo na minha camacontoeroticoloiracoroaenfiou a rola na filha sem quererporno agiota estouranda a buceta da mulher do devedoPorno Puinheta gostosa tamocada por esposa page 1rasgando um cu virgem da freira- contosAmigos batendo punheta conto eróticocontos homem chupa rola ricardaoTransei com minha quando agente brincavaconto erótico comendo amiguinha do meu filhoreganhadinhascontos de traição com motoboymeu sobrinho gordinho e gay tetudomeu padrasto fica excitado comigocontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciadesde pequena pratico zoofiliacontoseroticos.minha casa foi assaltada eu e filhas fomos comidas na frente do.maridoconto erotico biquinifodi a minha mae enquanto dormiaconto gay metemos.o dia todoconto erotico familia praia nudismo sobrinha dormindo chãocontos eróticos filho chupando os peitos da st mãeComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu colowww.contoseroticosenfermeirascontos eroticos com garotos mais novosconto erotico carona com o professorviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra eletirado a vigidade da novinhas no mato ela ..âl lconto erotico mulher sendo ordenhadacontos eróticos menina no circoContos d uma menina estrupada por taxistapintudocontosnovinham mamae m tesao contos c fotoscontos eroticos incesto putinhacontos eróticos reais de mulheres evangélicascada dos contos gays- sexta do chaveiroCrente safada ContosEróticospornô.comConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendovi ele comer ela/contocontos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetacunhada espiando contoconto erótico de tiazinha rabudacontos eroticos mulher santinhascontos de corno minha mulher me trocou por outroconto erotico flagrei meu filhinho sendo arrombadocontos eróticos o filho de minha amigaContos.encesto.mae.de.lutadoContos trans pedindocontos dando para o exbucetiha tihoContos surprendida pelo irmão da minha amigagay surra chinelo putinhacontos eroticos timidas coroascontos eróticos gay magrinhocontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemconto erotico apostcunhada com previlegios pornsContos eróticos arregacei o cú da noiadaporno contosesposa deu cu estranhoconto erótico bucetinha virgem e acariciava chupadaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosContos eroticos o encanador me violoucontos fui adotada