Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI COMIDA POR UM CAVALO

Oi gente, meu nome é Sabrina, tenho 19 anos e sou do interior de São Paulo. Sou travesti iniciante, assumido e quero compartilhar com vocês uma coisa muito desagradável que aconteceu comigo semana passada. Marquei um encontro com um carinha, filhinho de papai com carro importado e muito dinheiro para gastar e achei que ele sabia que eu era travesti. No anúncio que coloquei no jornal prestando meus serviços, eu disse que era travesti. Jamais menti para ninguém sobre minha opção sexual.rn O cara me pegou no lugar combinado e me levou para um motel. Lá chegando, tomou todas e estava custando a falar. Depois de muito esperar, foi melhorando do fogo e foi logo me agarrando e beijando com toda brutalidade. Sou novinha, bonitinha, tenho um corpo muito certinho, 1,68 m de altura, morena clara, cabelos longos muito lisos e escuros, lábios carnudos, seios fartos e durinhos, uma cintura fininha, 98 cm de quadris, um bumbum empinadinho, malhadinho e carnudo e os lábios grossos e sensuais. Pareço uma mulher mesmo. A única coisa que eu não tenho de mulher é a vagina o resto sou uma mulher perfeita.rn Depois de me jogar com força na cama mandou que eu fizesse um boquete nele e mal comecei, já tinha gozado na minha boca. Achei aquilo estranho, mas como ele estava pagando, deixei rolar numa boa. Depois foi tirando minha roupa, mordeu e lambeu meus seios até ficarem doloridos e quando tirou minha calça e viu que eu não era mulher, me desferiu um tapa no rosto violentíssimo que cai de costas na cama sem conseguir levantar. rn Aos berros dizia que eu tinha feito de propásito para pegar o dinheiro dele, que ele estava ali para comer uma buceta e não sujar o pau com bosta de homem e coisas desse gênero. Tentei explicar que aquilo não era verdade e levei outro tapa do outro lado do rosto que voltei a cair na cama. Ele continuou me insultando de tudo quanto era jeito, disse que ia me arregaçar se eu contasse alguma coisa para os amigos dele e um mundo mais de asneiras. Humildemente, pedi desculpas e disse que ia embora e ele não precisava gastar o dinheiro com um cu sujo de bosta. Posso ser o que for, mas sou limpinha e jamais cliente nenhum reclamou da minha higiene.rn Depois de acalmar um pouco, mandou que eu tirasse o resto da roupa que ia transar comigo assim mesmo e não importava com o dinheiro. Fiz o que ele mandou e fiquei esperando pedir os serviços que ele desejasse, estava disposta a cumprir com as minhas obrigações.rn Sem paciência nenhuma, mandou que eu ficasse de quatro na cama, porque viado dá é o cu de quatro e sem preservativo sem nada deu umas estocadas no meu ânus que não estava lubrificado e sendo nova na profissão, senti uma dor insuportável, mas não podia reclamar de nada para não deixar ele mais nervoso.rn Mesmos sem o pênis entrar direito, gozou na minha bunda e com o esperma ele lubrificou o pênis e me penetrou pela segunda vez, desta vez com toda vontade e ádio que sentia. Estocava meu ânus com força que eu sentia muitas dores apesar de estar mais lubrificado do que a primeira vez. Gozou pela segunda vez e ao tirar o pênis no meu ânus mandou que eu chupasse até tirar o cheiro de bosta que tinha ficado. Como sabia que estava tudo limpo, fiz o que ele pediu e fui para o banheiro me trocar. Estava humilhada e desprezada naquele quarto e preferia ir embora a sujeitar aquele animal falando da minha higiene. rn Ao ver que eu estava saindo, me pegou pelos cabelos me jogando com força na cama e dizendo que não tinha terminado. Apesar de ser um traveco, eu tinha a bunda mais gostosa do que muitas mulheres que ele tinha comido. Voltou a me mandar ficar de quatro e desta vez fez com calma e gozou como queria aproveitando o meu físico que não perdia nada por mulher nenhuma.rn No final, pediu desculpas pela estupidez, alegou que estava bêbado e não sabia o que estava dizendo, me pagou dobrado pelos serviços e me convidou para voltar no dia seguinte sábrio e fazer novamente. Dei meu cartão para ele me ligar e combinar, vesti a roupa e quando estava saindo do quarto ele disse: ?boneca, sabia que essa sua bunda dá de 19 no rabo fedorento da minha namorada?? eu concordei com um gesto de cabeça, despedi e sai. Mesmo pagando o triplo, como este nunca mais.rn rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Trepada com militar, contos eroticosSou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contodei pros amigos do meu irmão contoberoticoconto erotico tia pediu para medir penisContos meu marido mandou eu chupar o pau dele na frente do entregadorcaregando no colo pornodoidoa casa dos contos eróticos-prima Thayanevidio muher trasa com homen com pido pequenogay surra chinelo putinhacontos eroticos alice com a buceta inchada mamãe trouxe um macho pra me comer contoMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticosconto anal carnuda carentecontoerotico senhora casada traio meu maridoConto Erotico Gay a primeira vez com meu tio imagenscontos porno esposas estuprados submissoscontos buceta grandeApanhando Sabonete Ele Comeu O Cupornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritacontos eroticos gay - minha irma me preparouConto gay - "o pau pingava"Conto erótico amiga da esposa dormir na mesma camaconto erótico gay caçulacontos eurticos minha mae me deixou com 4 amigas delasconto viuva taras por pau na bundacontos convenci ela a dar o cuzinhocontos eroticos pauzudomeu sogro contosmae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestocontos de menininhas sentando no colo de homensnegao comeu esposa acampamento contoContos implando porra na bocavi a xoxota da minha prima raspadinha bebada conto eroticosou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticosConto virei esposa pai no sitioConto erótico Brincando de esconde esconde com o garoto mais velhoconto porno mulher putacontos de escravo do maridoSou casada mas bebi porro de outra cara contosminha mulher adora ser brechadaContoseroticoscomsogrocontos gay chupei varios na saunavi a xoxota da minha prima raspadinha bebada conto eroticocontos de humilhada no.ginecologistahomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transartia mulher comendo a nora com pau de borrachacontos eróticos buceta rasaContos eroticos intiada novinha lesbica ativaconto erotico joga quem peder tira a roupas tinha uma supezacontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balaNegueba enraba saletecontos gay o primo da minha namoradagostosa gordinhas tirando cabeçadando leitinho pra minha filhinhaconto erotico incesto sonifero filhaWww.contos eroticos de mulheres no quartel.comcontos eroticos dedosconto erotico filho da tapavideo de se eu pega ella arranco os cabeo dellaadoro garotinhos - contosgozando na submissa deitadaFodi o cu e a cona da minha sogra e gozei muito na boca delaconto esposa se transforma na casa de swingsou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosCONTOS EROTICOS DE ESCRAVA SENDE VIOLADA NO BARcontos eroticos gay infancianão acredito que dei o cu contos eróticosConto ui ui ta gozando filhatoco siririca na madruga contos de casadasa casa dos contos eróticos-prima Thayanecontos eroticos pauzaocontos eroticos esposa fumantea patricinha e o porteirominha mulher e o filho do jumento contos eroticosfilmes de televisao pornosconto erótico; a novinha do parquemeu primo rasgou meu cu gaycontos de incesto dez anoscontonaturismopunhenta das muheresContos eroticosm comendo a prima de calcinha amarelaContor eroticos eu brimcamdo com minha irma e trepei com ela