Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VESTINDO LINGERIE DAS IRMÃS -PARTE 1

Oi gente, prazer... Podem me chamar de Veronica, tenho 20 anos, vou contar pra vocês como foi minha primeira vez, como mulher. Eu tenho uma mania, sabe... Me visto sempre de mulher, quando não tem ninguém em casa, me tranco em casa e me visto com calcinhas de minhas irmãs, sempre me vestia de calcinha e sutiã, com um vestido por cima, acabei me viciando em fazer isso, todos os dias dava um jeito de ir ate o guarda roupa de minha irmã Bruna, que tinha varias calcinhas tipo fio, bem sexy por sinal, nossa a calcinha dela entrava direitinho em mim. Comecei a dormi usando elas. Ficava observando Bruna toda vez que ela passava perto de mim, via a marca da calcinha dela no seu corpo e que bunda que ela tinha, isso me deixava mais excitado cada vez que vestia uma calcinha dela, me imaginava sendo Bruna, com aquele bumbum maravilhoso sendo metido.rnCerta vez, Bruna viajou juntamente com meus pais, fiquei sozinho em casa, sorte que Bruna deixou algumas peças dela em casa, fui lá no guarda roupa dela, peguei um dos vestidos e uma de suas calcinhas e sutiã e me vesti, como eu estava sozinho em casa acabei vestindo um de seus vestidos, passei o dia todo de usando tubinho. Não sei o que deu em mim que já estava morrendo de vontade de me sentir mulher de verdade e dar pra um macho. Já era a noite e resolvi dormi com um dos vestidos de minha irmã, um vestido preto todo rendado e também, vestido com uma de suas lingeries que era bem sexy por sinal , acabou que dormi e não percebi que já era de manhã. Quando de repente, sem que eu percebesse Fabio que era amigo da família entra na casa, nem me lembrava que Fábio ainda tinha a chave da casa, ele entra em todos os cômodos procurando por alguém, ate chegar em meu quarto que estava com a porta aberta e me vê vestido de Bruna deitado na cama, sem pestanejar ele começa a deitar por cima de mim, roçando seu pinto em mim, seu pau deslizava pra lá e pra cá, foi aí que acabei acordando, fiquei sem palavras na hora, a minha única reação foi deixa-lo continuar roçar seu pinto na minha bunda ate que de repente, Fabio, começou a descer a lingerie que eu usava com seu pinto, Foi quando ele me disse ? Hummm, que ser sua irmã, ne seu veadinho, então toma?.. Num vai e vem intenso, seu pinto ia me penetrando cada vez mais, meu cuzinho estava sendo comido pela primeira vez, comecei a sentir dor, até que finalmente sentir a cabeça de seu pau entrando bem devagar no meu cuzinho, Fabio a cada penetração me chamava de Bruna e perguntava se eu estava gostando, institivamente comecei a abrir mais as pernas pra facilitar a penetração, quando percebi que Fábio acabou gozando no meu cuzinho, ele começou a limpar a porra de seu pau na minha bunda, me deixando todo melado , ficamos um bom tempo na cama ainda, estava adorando aquele momento, mais tudo que é bom dura pouco, No outro dia, como ainda era sábado e Bruna mais mamãe sá iam chegar domingo a noite, corri pro guarda roupa e vesti uma camiseta de Bruna, por baixo da camiseta branca um sutiã com bojo todo florido e um shortinho jeans, ao me ver vestido de Bruna Fábio pediu que eu também passasse um dos batons de Bruna em minha boca, nossa minha boca ficou com uma sensação estranha, mais, ao mesmo tempo deliciosa. Fábio me abraçou forte e me levou ate o quarto de Bruna, lá ele me disse que ele iria me comer como faria com Bruna, aí me pediu pra ajoelhar no chão e abrir o zíper de sua calça, sem pensar duas vezes acabei o obedecendo, tirei aquele pinto enorme pra fora da calça, nossa...aquele pinto crescia entre meus dedos, foi ai que Fábio pediu pra mim chupar seu pau, não. . . Não, tenho coragem disse pra ele, então ta disse Fábio ai começou ele mesmo a xaqualhar seu pau, ai ao perceber que ia gozar pediu pra mim abrir a boca, foi quando um jato enorme e grosso de porra veio a cair dentro da minha boca, fiquei com nojo na hora, mais Fábio me dizia que se eu não engolisse a porra ia contar pra minha família, nisso já viu né, tive que engolir a porra quentinha de Fábio logo em seguida ele começou a tirar a roupas de Bruna que eu vestia me deixando somente de calcinha e sutiã, nesse momento começou a passar seu pau em meu corpo me deixando todo meladinho, depois pediu que eu deitasse na cama de Bruna, desceu minha calcinha, começou a enfiar seus dedos um por um em meu cuzinho, depois deitou-se sobre mim já com o pinto duro, institivamente abrir as minhas pernas e o deixei penetrar, num vai e vem intenso, a cada estocada meu cuzinho piscava pedindo rola ele me dava varias estocadas, eu gemia muito, nossa...acabamos dormindo peladinhos na cama de Bruna naquele dia, estava tudo indo muito bem, no outro dia ao acordar achando que estávamos sozinhos vou a cozinha de camiseta e calcinha e vejo Bruna minha irmã tomando café, ela acaba me vendo com suas roupas, aí nesse momento ela se levanta e diz no meu ouvido que tinha chegado mais cedo e que me viu mulher dando pra Fábio e que iria contar pra mamãe se não a deixasse ver, minha festinha particular com Fábio mais esse conto fica pra outro dia.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico gay brincandoContos Eroticos meu pai me dopouvideornpossContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas deliciosas fingindo que esta dormindofazer sexo anal com cachorro pequeno e possivel ficar engatadocontofudi minha cunhadacontos esposa quase nuaela sentiu meu pau crescendo contos eroticosbucetas carnudas grandes beicos casadas cornosa nossa primeira vez no intimidades club contoconto erotico sodomizado biIrmão estrupando a irmão no meío da briga, ela nada pode fazer após a massagem violenta. Contos eróticoscachorro com purocao groso engatado na novinha pelo cucontos de negão advogado comendo loira clienteprato negra castigando a empregadaPutaria com a esposa na pescaria contoconto de filho fudendo cu da maebundasgrandecontoshistorias eróticas com coroa de 80 anoscontos eroticos de quata feira de cinzaXvidio contos com zoofilia jumentoscoxas grossas e b***** bem rosadinhaconto gay flagrei dois meninoscontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu colocagando na cara contoconto erotico meu genro comeu meu rabo na marrapai t***** acariciando a bundinha da filha e goza sem pararcontos eroticos do R.G.do SulConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvesticontos enrabado na saunacontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheirocontos eroticos fudendo a mae travestihttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contoscontos eroticos casadas baile formaturaPega minha xerequinha tio contos eroticoso carteiro me pego com roupas femininas gaycontos eroticos eu e meu marido perdido numa chuvaradapau de jegue arrombando minha filhinha contosdevavar descobri que meu marido queria ser corno coroa muito peituda tranzando com subrinhomete vai vo gozar aiiiii uiii dlçdeixa eu ver seu peitinho contosrelato fuderao minha buceta quando dormiaconto erotico acampando com a filhahonme infinando a rola na bumda da molecdzinhas como tudo começou contoscontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou contos eroticos minha tia era vigemcontos eroticos sou uma menina safadacontos eroticos comi o menino mais novocontos encostando devagar calcinha enfiadao lubrificante feminino é melado e pegajosofilhinha e velho contos eróticoscontos incesto filho aranca bosta do cu da mãecontos de cú de viuva carente e crentecontos porno eu e minha mulher curradosconto em uma viagem de onibus comeram minha esposaContos gay carnaval em Veneza Contos eroticos corredormeu irmao me comeu gravida conto fotocontos gay peguei meu amigo comendo um outrocontos eroticos paguei as dividas da minha funcionária noiva rabudaorgia com os nerdes casa dos contoscontos eroticos menininha fedida e sujaContos ela deixou comer o cu delacontos eróticos de novinha dando para garanhãocontos eróticos mulher domina outra mulherdopei minha mae gostosa e soquei fortimente pornocontos de sogra gravida transandocontos erotico de mulher traindo marido n onibuseu confesso que transei com uma idosaRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrospai q come filha no sitiocontoscontos eróticos violentos