Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PACIENTE, AMIGA E AMANTE!!

Há muito tempo sou leitor de contos eráticos, Sou um Homem normal, casado, com 30 anos, 1,72 m e 69 Kg, nenhum modelo internacional, mas me garanto. Kkkkk. Mas vamos ao que interessa. rnA Histária que vou contar aconteceu comigo em Julho ou Agosto de 2011. Há algum tempo conheci uma Mulher de 29 anos, magra e loira que aqui vou chama-la de VIVI. Nos conhecemos em meu consultário, quando começou a fazer um tratamento longo o que tornou nossos encontros constantes.rnNo começo tudo era normal, profissionalismo total, mas por termos praticamente a mesma idade as conversas eram interessantes. Ela falava de sua vida, do seu noivo dos seus problemas e eu também compartilhava um pouco de minha vida com ela. Tornávamos cada vez mais amigos e surgia amizade legal. Aos poucos trocamos celular, MSN e isso nos deixou mais íntimos. rnComo o tempo, aumentou nosso papo sobre vida intima, relacionamento, experiências até chegarmos ao assunto SEXO.rnComeçamos a falar sobre fantasias, swing, ménage e isso foi cada vez mais me instigando e me sentia cada dia mais atraído por ela e sentia que aquele jogo de sedução não iria acabar bem, ou melhor, acabaria bem demais...KkkkkkrnO ponto chave, foi no dia em que me perguntou se gostaria de ir a uma casa de Swing em São Paulo, que tinha um amigo q arrumaria o convite. A princípio o convite foi feito a mim e se estendia a minha esposa, mas expliquei que isso não seria possível, já que ela é muito conservadora, apesar de sempre imaginarmos e termos fantasias, ainda não temos coragens pra realiza-las. rnFoi então que VIVI me sugeriu ir com uma amiga dela (que hoje nem sei se realmente existia.. Kkkk). A ideia era ela e o noivo, eu e sua amiga. O que me deixou muito animado. Durante algum tempo entravamos no site da casa, tentávamos imaginar como seria e isso nos deixava ainda mais confidentes. Mas ainda duvidava daquilo.. Queria conhecer a amiga, ela me mostrava fotos, mas nunca cheguei a conhecê-la pessoalmente.rnMais alguns dias ela me falou q não queria ir com o noivo, tinha medo do que aconteceria e afirmava que sá queria conhecer, mas não queria chegar aos finalmente. Foi então que falou q sá iria eu, ela e essa amiga. Por isso precisávamos arrumar alguma data comum para os três e ainda teríamos q conseguir nos ?livrar? o que tornava impossível realizar essa brincadeira.rnFoi quando a convidei para um jantar, algo mais intimo sá entre nás. Lágico que sabíamos que não poderia ser em nenhum lugar público, afinal éramos comprometidos.rnFoi então que consegui um dia ?livre? deixando os dois empolgados, era nítido que o tesão e o desejo tomava conta dos dois.rnCombinamos de pegá-la por volta das 23:00 práximo da sua casa, assim já teria se livrado do noivo.rnEra um noite fria e quando cheguei, ela já me esperava. Apareceu de bota, uma calça coladinha e uma blusa que escondia um pouco suas curvas.rnAo entrar no carro, nos beijamos no rosto e um sorriso maroto surgiu no rosto dos dois, aquilo parecia loucura, mas nos estimulava muito. Foi quando perguntei pra onde iriamos e ouvi de sua boca: - Para, né? Pra onde acha que vamos?rnFoi então que decidimos ir ao um Motel que acabara de inaugurar.rnAo chegar solicitei uma suíte com Hidro, com uma decoração diferente. rnAo subir as escadas, fiquei ?sonhando?, parecia que aquilo não estava acontecendo, afinal eu nunca tinha feito nada depois do casamento. Entramos na suíte, quando ficamos frente a frente, simplesmente sorrimos um para o outro e nos beijamos.. Um beijo que esperava a meses de tesão, de desejo. Um beijo inesquecível.rnSentia frio na barriga como um adolescente na sua primeira transa, mas a diferença é que sabíamos como conduzir e ?brincar?. Fomos tirando a rouba um do outro, fui sentindo aquela pele, e vendo aquele corpo lindo, via que ela era a falsa magra. Uma cintura fininha, peitinho médios com biquinho rosado. Aquele bumbum pequeno, mas perfeito.. Bumbum de boneca..rnDeitamos na cama e ?namoramos?, sá nos tocando e nos beijando. Parecíamos que nos conhecíamos, mas ao mesmo tempo tudo era novo para os dois. rnResolvemos tomar um banho de hidro. No caminho percebi que VIVI era totalmente desinibida. Olhava-me e adorava ser admirada e eu de pau duro, louco de desejo de tê-la por inteiro, mas sabia q aquela noite era especial e teria q ser inesquecível.rnEntramos na banheira e ficamos lado a lado. Beijávamos-nos muito (que beijo maravilhoso) enquanto eu tocava sua bucetinha e era tocado por ela...Ficamos algum tempo conversando e nos divertindo com a situação. Até pedi pra ela sentar na borda da banheira que estava morrendo de vontade de chupar aquela bucetinha. Assim ela fez, abriu as pernas e chupei, sentia seu mel escorrer, e ela querendo que parasse e falava no meu ouvido: - Para, estou com vergonha, estou muito molhada estou escorrendo. Mas isso me dava muito tesão. Eu com o corpo dentro d?agua, chupava aquela buceta rosada com pelos clarinhos e me punhetava.rnEla pediu pra trocar, queria me chupar. Então sentei na borda, encostado na parede enquanto ela sentou na banheira e começou a me chupar. Chupava de forma diferente. Eu nunca tinha sido chupado daquele jeito, engolia meu pau e fazia o movimento de vai e vem. Chupava minhas bolas e me punhetava ao mesmo tempo, me deixando louco e com o pau mais duro que pedra. Ficamos nessa ?brincadeira? por algum tempo. O tesão era evidente e o cheiro de sexo já dominava o ar.rnResolvemos ir pra cama.. Não aguentava mais.. Queria muito sentir aquele bucetinha.. rnMas antes tive que pedir camisinha, afinal já não usava isso há muito tempo. Liguei na recepção, enquanto não chegava, ficamos num 69 delicioso.. Ela me chupava muito gostoso.. Eu lambia sua bucetinha e passava a língua em seu cuzinho, mas não tive coragem de colocar o dedinho.rnNisso tocou a campainha, ela se levantou, já que estava por cima e foi pegá-la. Deu em minhas mãos, me beijou e disse: -Coloca, eu não sei colocar!! E olhava para o meu pau que apontava para a Lua.rnColoquei a camisinha e fui por cima num papai e mamãe. Sua buceta ainda escorria, nunca tinha visto uma mulher tão melada, com isso meu pau entrou de uma vez. Bombava num ritmo normal e ela queria mais rápido, começou a mexer o quadril e me laçou com as pernas com intuito de aumentar a velocidade, nos beijávamos e ela sempre com um sorrisinho safado, adorando ser comida e ver o meu tesão por ela. Ficamos algum tempo assim, eu comecei a chama-la de gostosa e safada, o deixava ainda o clima mais quente.rnResolvemos trocar de posição veio por cima, sentou em meu pau com tudo. Bombava como louca e cada vez mais rápido, (algo q se faço com a minha esposa, gozaria rapidamente, mas com camisinha, estava muito mais resistente). Ela gemia de prazer e cavalgava rápido e com força. Aquilo me deixava louco. Ela queria me fazer gozar, tornando-se um jogo delicioso, no qual ela queria me fazer gozar, enquanto eu queria prolongar aquela transa.rnFicamos por algum tempo metendo como loucos, nossos corpos suavam, não sentíamos mais frio. Eu já não aguentava mais e anunciei meu orgasmo, ela foi a loucura e simultaneamente falou que iriamos juntos. O ritmo era muito intenso, tudo aquilo era maravilhoso e GOZAMOS!! Assim nos abraçamos e sorrimos.rnFomos tomar banho , dessa vez de chuveiro. Comentamos da loucura e se tínhamos gostado. Não tínhamos mais segredos e nem vergonha, parecíamos verdadeiros namorados, amantes.rnFomos para cama, onde continuamos nossa conversa, cada vez mais quentes, falávamos sobre fantasias, desejos e rapidamente nos animamos...rnMeu pau ficou duro e ela já escorria novamente, mas ela dizia que precisávamos ir embora, mas quando ví.. já estava em cima dela, bombando aquela buceta e sem camisinha... Mas o resto deixo pra práxima..rnrnAdoraria conhecer mulheres e casais discretos para amizade, trocar experiências e quem sabe algo mais. Quem quiser me [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


chamei meu amigo pra comer minha esposa contoler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhoSou gay Adoro dar o cu contos eroticossentei na rola do padrinho contos eróticoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contoseroticos sem querebuceta esticada aberta gozandoMinha cunhada dormindo comigo e minha esposa contos eroticosmeu corno e muito otario contos eroticosconto emprestei meu marido para minha vizinha casada e carenteele me come sempre que eu uso calcinha e saia. conto gayme humilharam na pica conto erroticocontos meninas masturbacontos casada vai a festa de faculdade e se da maljapa enfia o dedo no seu cu virgemeu conto cunhada casada foi acordar o cunhado de manhã em joelho redondocontos eroticos rola grossacontos eroticos meu genro se vestiu de mulhercontos eróticos faZer o que se comer titia é gostosomulher do gelou grande fudedoconto meu pai me contou como comeu minha tia e com a minha maehistorias eroticas de onibus lotadosconto fude minhas filhas casadasContos gays meus velhos machos de rolas enormes.minha sogra minha amanteconto erotico comi as duas sobrinhas da minha mulherconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetacontos eroticos meu primo me comeucontos gay meu primo ensinouConto minha esposa dando pro policialconto erótico incesto meu cunhado minha irma gravidao cu mais largo do mundo contoscontos eróticos brincando na piscinacontos eroticos comi a irmazinhaconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandesexo com a irmãzinha contos eróticoscontos eróticos assaltantes me f****** na frente do meu filhohomem se alisar em mim no ônibus conto eróticocontos gay trasando com o meu cão ate grudarmeu marido comeu nossa filhacontos eroticos fudi a titi sem eu querercontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosPorno conto sala de bate papo minha sograneta obriga velho a chupalacontoincestocolopai e quem cria v conto erotibaixinha de 1m 60 porno boa fodaconto erótico gorda gótica contos eroticos papai min comeusexoconto erótico da cunhadajogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noraconto trocando as filhasContos gays paizão coroa bebado deu o cu a pedreiro velho de jeba.conto minha tia chupo minha bucetacontos eróticos minha primeira experiência lésbicacontos meu primo me comeudormindoconto erotico flaguei meu marido masturbando nosso dogdei para o amante da minha mulher contomãe e amigo contos eróticosContos eroticos enteado gaycontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorroxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundocontos-no colo de papai na praia de nudismocontos eroticos com meninas no colo dei de perna abertazoofilia bruda com mininaswww.contos eroticossou casado e do o cu.pro amigo as vezes contocontos sem calcinhaTravesti de programas come o cu de seu cliente no motel pornodoido.comcontos eróticos noiva dormiu na casa de uma amiga e engrávidacontos minha mulher olhando o volume do caracontos eroticos de pau gigante arregassando bucetacontos de coroa com novinhocontos eróticos...minhas filhinhas..meu amorcantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhoscontos eroticos as tres safadinhadcontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhaconto erotico cachorro grudado na mulherConto erotico netinha pedi pra o avo deita e esquentalo contoscomsograscontos de a gozada perfeitaconto marido paga catador de latinha pra fuder esposacontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhacontos eroticos com homem contratado para engravidarcavalo enterrandi tudo na novihaComtos erotico 6 com a casada.Relato de mulher tenho tesão em executivo de pau duro na calça do ternoconto porno xixi padrinhocontos eróticos na rola no ônibuscontos eroticos de advogadas coroasrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos de sexo negrinha crente sendo currada em orgiacontos eroticos com garotos mais novoscontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoesMorena bunduda avantajada cavalona contos eroticos