Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MEU IRMAO E NOSSA CUNHADA 2

Depois dessas histárias que contei (quem não leu aconselho a ler a primeira parte “eu, meu irmão e nossa cunhada), passamos a comer nossa cunhada sempre que podíamos. Era três ou quatro vezes por semana. Nunca fizemos uma dupla, sempre era assim: enquanto um a fodia, o outro colocava na boca ou mesmo tocava punheta. O mais importante é que tínhamos sempre uma buceta a nossa disposição. Comemos a filha-da-puta na sala, na cozinha, no quintal e por fim já estávamos fudendo na cama do casal. Meu irmão, o marido, nunca soube de nada, pelo menos nunca demonstrou nem ciúmes dela conosco, já que ficávamos muito tempo sozinhos com ela.
Meu irmão, Jonas, sempre foi muito namorador e logo arranjou uma viuvinha perto da obra. Vez ou outra o sacana ia tomar água na casa dela. Sempre demorava um pouco e poucos dias depois, estavam saindo, cinema, barzinhos, etc.
Me disse que tava comendo a viúva e que ela era muito gostosa. Apesar de ser pouca coisa mais velha que minha cunhada, era bem mais experiente e tinha um fogo...
Certo dia vim pra casa e meu irmão Jonas ficou com a viúva, Andrea. A casa estava vazia de gente e fui ao banheiro tomar um relaxante banho. Quando estava já me enxugando eis que surge na porta do banheiro a “Deusa dos Cabarés juvenis estonteante” . vestia apenas uma calcinha branquinha, bem cavada na frente, nada mais. Perguntou-me se podia entrar e eu cinicamente respondi : - é, né... fazer o quêÂ… e ela entrou rebolando aquela bunda, que tantos marmanjos desejavam.
Beijei-a, parecendo que tava querendo comer a sua língua para matar a fome. Na realidade, eu estava com fome era de sexo.
Fudi a vadia em pé, de quatro, firmando no vaso, no chão, encostada na parede e gozei em sua boca. Ela simplesmente delirou e disse que eu tava mais fogoso, sem a presença do Jonas.
Meu irmão estava fudendo a viuvinha, de 23 anos, sá participava da nossa foda uma ou duas vezes por semana. Mas eu não podia ficar sozinho com ela que meu pau levantava. Meu irmão mais velho, marido da vagabunda, me confidenciou que ela parecia mais fogosa, depois que fomos passar esses dias. Sorri. Se ele soubesse o trato que eu tava dando nela...
Um dia eu tava comendo a xoxota dela, na cama de casal, e o Jonas chegou e quando viu a cena, tirou a roupa e veio por cima e meteu no cu da cunhadinha. Aquela foi a primeira dupla penetração da vida dela, mas a deixou viciada. E em todas as fodas em trio, ela pedia uma dupla.
Levamos essa vida por uns três meses, e minha cunhada nunca foi tão fodida. Meu irmão estava radiante de felicidades, visto as gozadas que ela dava quando os dois fodiam também.
Fomos embora, mas meu irmão prometeu que nas práximas férias vai passar na nossa casa no interior, estou ansioso...
Recebi essa historia de um amigo do interior do Mato Grosso, em que pedia para que eu lesse e fizesse os devidos ajustes e o publicasse. Ta ai, amigo. Adorei sua histária, parabéns.
[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sexo negrinha crente sendo currada em orgiaPai comeno finlha irmacontos eróticos dfcontos de siririca de mulher acima dos 60 anosmulher gostosa arrumando biquini em um deckcontos entre mãe e filho picudo no banheirocontos eronticos meu pai de 50 anos sem camisinhavou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetahttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/conto_15362_comi-o-cuzinho-da-crentinha-virgem-.htmlcontos comendo a mae e a avóMulher enfiando o vibrador no çu do homem a ter gorza CONTOS DE LESBICA MINHA MAE FALOU QUE MINHA TIA IA CHEGARcontos eroticos de comadreconto minha esposa era uma santa parte 4contos com filha da esposaContos foda gay gozar na boca e beijarcontos gay peguei meu amigo comendo um outroContos gays o cu grande e peludo de meu sogro coroa bruto.Casada narra conto dando o cucontos eróticos de bebados e drogados gayscontos orgia com pobresAgostozas trazano meu sogro me pegou de jeito pornoContor eroticos eu brimcamdo com minha irma e trepei com elaconto erótico antropóloga na aldeiacontos de corno surpresaconto erótico menino curioso eu taradaver homens bem-dotados sendo castradosdei a bunda contosbêbada grita dor conto eróticoconto erotico os bandidosDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos o velho me fez o gosar a forçaduas loirinhas e rua muito custo mas consegui comer o cu delaMae filho contosvídeo homem batendo punheta na primeira ele gozou pouco e continuo batendo punheta ate gozarmaiso desejo de minha mae e tia ter 26 8m no cu contos eroticosperdi a virgindade do cuzinho bem novinho contos contosconto o time me currouContos eroticos comendo a policialconto erotico gay magrinho calcinha e coroaenrabado dormindo acordei gosteiconto erotico mulher sendo ordenhadacontos dormimos na barraca eu marido e sogro e o sogro me rabou noite interamulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscontos eroticos de hospitalminha xana piscavavideos sexo minha cunhadinha loirinhas bem novinha viu eu tomando banho e qui meda tudohistoriaseroticasswingsexo aos14 pornodoidocontos eróticos no onibos com meu maridoMinha prima viu-me a mastubêbada conto eroticohomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontos eroticos colocou o pau gande com forcacontos gays de cueca mijadaconto erótico a manicure lesbicaCasa dos contos eroticos larissa minha esposaconto erotico meu chefe me comeu meu marido consentiucontos eroticos patricinha caminhoneirosPorno mulhe estrupada no cu e buceta ate sangra ve imagensnem o cu da minha noiva era mais virgem contoconto no cuzinho da Madamedomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetacontos erotico gay quando mim focaraoconto encoxaram minha mae no bus e comeram seu cuconto porra. do amante ocorrendo das coxacriolo comeu minha mulher contosContos de lesbicas depilação realcontos eroticos negao e garota choronaconto erotico ele me apaupou e comeu