Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ATRAINDO UMA DOMINE:

Numa tarde eu estava descansando em casa, quando chegou uma moça e me disse que era a chefe do meu marido e que queria falar com ele. Eu pedi que ela entrasse e disse que meu marido logo chegaria em casa. Pedi que ela ficasse a vontade e perguntei se gostaria de alguma coisa.
Ela se levantou e pediu para ir ao banheiro. Eu a levei ao banheiro da minha suíte, pois esse é mais confortável, quando me virei para sair do quarto ela encostou uma arma na minha costela e disse que eu ficasse calada e fizesse tudo o que ela quisesse.
Ela me amordaçou e mandou que eu tirasse a roupa, quando fiquei nua ela tirou uma corda da bolsa e amarrou com ela meus pulsos. Depois me mandou deitar na cama de barriga para baixo e pediu que eu passasse os braços por entre as pernas e segurasse meus tornozelos, quando fiquei na posição que ela queria com a bunda pro ar bem empinada. Ela amarrou meus pulsos aos meus tornozelos e eu não conseguia me mexer.
Ela então começou a passar a mão sobre minha bunda, a massagear minha boceta e a contra gosto comecei a ficar exitada. Ela pegou um chicote e começou a surrar minha bunda, nunca com força suficiente para cortam a pele, somente para esquentá-la e deixá-la vermelha. A cada nova chicotada eu ficava mais exitada e mais molhada.
Ela pegou um dilatador anal inflável e um tubo de lubrificante, colocou lubrificante na entrada do meu ânus e empurrou dois dedos de uma vez no meu reto, tentei gritar de dor pelo estiramento repentino dos meus músculos mais a mordaça não permitiu, ela ficou um momento parada para logo em seguida começar a movimentar os dedos a dor foi se misturando ao prazer e logo já não sabia porque estava gemendo.
Gemi em protesto quando os dedos sairão do meu reto e logo de surpresa quando o alargador tomou seu lugar com uma única e potente estocada. Ele começou a ser inflado e a dor foi alucinante, fez com que enchesse meus olhos de lágrimas, aí ela pôs um vibrador sobre meu clítoris, o prazer e a dor se misturaram, me levando cada vez mais alto quando estava quase gozando o vibrador foi tirado, e ela começou a inflar mais uma vez o alargador até este atingir seu tamanho máximo.
Aí ela me virou e me pôs de bruços, a sensação do alargador estava me matando, ela prendeu clips nos meus mamilos e a picada da dor viajou direto no meu clítoris. Ela tirou a minha mordaça e me mandou segurar com os dentes a corrente que unia os clips, quando eu segurei a corrente ela a encurtou até que eu estava puxando dolorosamente meus mamilos.
Ela pôs por cima da sua tanga fio dental uma cinta com um pênis descomunal, e me disse que ira me foder duro e que eu não tinha permissão para gozar ou soltar a corrente, e que se eu fizesse qualquer dessas coisas seria punida.
Ela colocou a cabeça do pênis na entrada da minha boceta e o enfiou de uma sá vez, por meu ânus estar cheio estirado ao máximo fez com que minha boceta ficasse muito apertada, e aquele pênis era muito grande entrou queimando minha boceta, e eu instintivamente arqueei meu corpo para traz pra poder suportar a dor e isso fez com que eu desse um puxão muito forte na corrente, que puxou meus mamilos intumescidos de sangue, gritei com a dor. Minha boceta se alagou de excitação e ela riu da minha cara confusa.
Ela continuou a me foder duro, meus fluidos vaginais escorrendo pelas minhas coxas, eu gemia e o orgasmos cada vez mais perto, ela repetindo que eu não podia gozar, estava suando frio por tentar conter o orgasmo e isso ate doía, comecei a implorar para que ela me permitisse gozar, ela ria e dizia que não. Eu suplicava, rogava e ela continuava a me negar isso.
Quando eu estava perdendo o controle e ia gozar ela saiu de mim, e disse que era hora dela ter prazer. Ela se sentou sobre meu rosto e me mandou chupá-la, eu lambia toda sua boceta e comecei a sugar seu inchado clítoris na minha boca, ela gemia e rebolava na minha cara, eu continuei chupando forte até ela gozar, enquanto ela gozava e se esfregava na minha cara eu chupava mais e mais forte.
Ela gritou então tendo um novo orgasmo, depois que ela desceu do orgasmo demolidor que eu lhe proporcionei, ela colocou o vibrador sobre meu clítoris, eu me contorcia e implorava pela libertação quando pensei que morreria de tanta excitação ela me permitiu gozar. E sem duvida alguma foi o melhor orgasmo de minha vida.
O vibrador seguia firme no lugar, ai ela tirou um clip do meu mamilo, gritei pela dor misturada ao prazer ela começou a chupar meu mamilo fazendo com que meu orgasmo se intensificasse, logo ela fez o mesmo com o outro mamilo.
Depois ela retirou o dilatador anal e me fodeu ai, com aquele pênis descomunal, eu gemia, gritava e me contorcia, tanto pela dor quanto pelo prazer. Depois de parecer uma eternidade ela me permitiu gozar.
Então eu a fiz gozar de novo ela me soltou, disse que se eu contasse pra alguém ela despediria meu marido, e que continuaríamos a nos encontrar frequentemente.
Quando meu marido chegou em casa mais tarde eu dormia profundamente, estava cansada e dolorida e Ela havia prometido que amanhã voltaria logo apás meu marido sair para trabalhar.
Bom essa é outra histária, espero que tenham curtido!
Bjão.
Se gostaram me mandem e-mails: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos - encoxada no elevadorcontos flagrei minha irmã e seu filhoNovinha e chantageada.contoscontos erótico com irma na cadeiasou puta do.dono.da casa contosvideo de mulher transando no atelier delaFinquei o pau no cu da manacontos ainda menina dei pro meu irmaozinhodemorou mais eu fodi minha irmacontos de menininhas sentando no colo de homensincesto de filho e mae lua de mel no hotel conto eróticocontos eróticos mulher domina outra mulhercontos eroticos de vizinhos afeminadosso' anal c'minha -filha so' anal incestocontos eróticos sadomasoquismo buceta arrombada amordaçadaPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosconto eroticos lésbico putinha vadia buceta caralho chuva dourada embebedei a minha mulher e fiz ela faze gang bang com os amigos xvideoscontos de putaria gay o garoto e o vigiaPorno contos incesto aprendendo tudo com papai e mamae,desde cedo,carinhososconto cheguei casa cu todo arebentadocalcinha usada contos eroticoscontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra elefreira sedutora conto eroticocontos erótico de estupro em boatescontos de titio perocudo e esposafui dominado por uma mulher mais velha conto eroticocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto herotico engravidem uma branquinhapornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elafui apraia e levei a filinha da vizinha conto eroticomae batendo puheta no filho dorminosobrinho do piru grande pondo tudo ni cu da tia coroa na casa delaconto eroticos dividindo amigo do meu maridoa gozada mais rapida da estoria pornodoidopunheta na infancia com amigocontos sexo cabaso samgrandocontos eróticos esposa sodomizada no metrôcontos de gay sendo humilhado pelos pauzudotransando com a interna contosconto tia velha gostosadando o cu pro negao contosgrelo xoxotudacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html casei com meu filho contis eroticosconto erotico jogo da garrafatomando banho de rio com titio contos gaycontos bund 130cmxxvidios defisieticonto erotico calcinha no varalcontos de incestoMinha mãe e eu no carro 2meu irmão meu tesão conto eroticoconto porno mulher putameu filho xerou meu cucontos de crossdresser me seduziu e me fez putaxvidio cachorro engata arranca sangue da buceta virgem .contos eroticos bumda arebitadascuriosidade da minha filha no meu pau contossou o tesaozinho do papaiinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticowww.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoContos esposa do meu irmãocontos eroticos com lactantes e zoofiliaamiga lésbica tira a calcinha da amiga com StateContos virei putinha quando vi o pau duro sou homenrelatos nossa que cdzinhalindaler relato de suruba na casa da comadrifui arrombadavi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticoporno gay interracial com macaquinho gulosoconto de marido e esposa e velhocontos porno pm mastruba minha mulher minha novinha tarada contocontos erótico deu o cu quando era moleque e me rasgarampenis torture alargando a uretrameu marido mim liberou para fuder com um negro dotado e trazer a buceta vazando porracontos de strayxpassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem parartravesti do pau vermelho cabeça g****** jato sexoFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticocontos peituda loira provoca o pai de baby dollSou casada fodida contoque cunhadacorninho esposa picudo frouxo contopassei a calcinha contos eróticosConto mete ai ai uiui no cucontos eroticos comendo minha irmã boqueteiranovinho da rola grosa comendo ha babacontos sexo pai chupa cona da filha cheia de porraContos incesto filha calcinhacontos eróticos empregada em jardineirasminha cunhada casada evangélica que parecia ser santinha eu no meu carro eu levei ela pro motel ela deixou eu fuder sua buceta conto eróticovídeo de professora dando a pombinhaala pediu eu gosei no cu delaContos adoro verfotos de adoráveis travestis pirocudas nuasconto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camacontos esposa bi sexual marido sortudoconto erotico meu filho me chapouconto travesti me enganou