Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MULHER DO MEU AMIGO

Eram nove da manhã de hoje, domingo, 19 de janeiro, quando o telefone tocou. Fazia sol, tava um dia lindo. O Gerson me chamava para uma partida de sinuca em sua casa. Isso era comum. Ele mora aqui em Goiania, numa bela casa num condomínio fechado. Enquanto ele tomava a cerveja e cuidava do churrasquinho eu me deliciava com um suco feito por Neuzinha, sua mulher, que sempre nos acompanhava, visto que era super fã de sinuca.
A piscina era desfrutada por nás quatro, pois conosco também estava o Nelson, irmão da Neuza. Sua mulher estava na casa da mae, ele foi sozinho.
Tudo ia bem, se não fosse o celular do Gerson ter tocado. Por ser médico e estar de plantão, chamavam por ele no pronto socorro. Tinha acontecido um acidente de carro e precisavam que ele fosse imediatamente para proceder uma cirurgia, que era sua especialidade. Meio chateado, mas como era responsável, apenas comunicou que teria que ir ao hospital, mas que ficássemos à vontade que assim que terminasse viria correndo para continuar. Claro que não íamos deixar de aproveitar aquele resto de manha e a tarde deliciosa. Em quinze minutos saiu para o hospital.
Se era para ficar à vontade, como ele mesmo disse, fui direto à piscina e dei um delicioso e demorado mergulho. Sair do outro lado fui ver a pequena horta, que ele mesmo faz questão de cuidar. Seu hobby e prazer. Se orgulha e gosta de mostrar a quem o visita em casa.
Quando to voltando olho em direção ao galpão onde fica a churrasqueira e mesas o Nelson está abraçando a irmã por trás. Nada de mais se não fosse os carinhos que ele fazia e não se incomodou com minha presença. Ele alisava a barriga da irmã e beijava as orelhas dela, que afastava o cabelo e derreava a cabeça para o lado para melhor receber os carinhos do irmão. Ele quando me viu não se espantou e continuou até intensificando a esfregação na bunda linda que Neuzinha tem. Suas mãos passaram da barriga para os seus da irmã por ciima do biquíni, mas logo passaram a entrar por baixo, alisando diretamente os seios. Ela já gemia bem baixinho e vez ou outra me olhava como que pedindo a minha participação. Ainda tentei consertar a situação e sugeri que parassem, pois tavam me provocando. – não quero apenas te provocar, quero que ajude o Nelsinho. Brincou ela. Entendi, meio surpreso, não sabia que eles tinha tanta intimidade, que depois soube que eles transavam desde criança, mas que ninguém sabia disso.
Me aproximei pela sua frente e beijei sua boca sendo muito bem recebido. Lambi seu rosto e ela novamente procurou minha boca, enquanto seu irmão continuava alisando seus seios e beijando as laterais do rosto. Desci minha cabeça para chupar os seios. Levantei o biquíni e chupei com delicadeza. Minha outra mão foi para a xana, não quis atrapalhar seu irmão que mantinha-se ocupado esfregando a bunda com o cacete já fora da cueca. Desci mais para chupar agora a buceta doce e arranquei fortes gemidos dela, acho que foi o primeiro gozo. Esfreguei a a língua ao longo da racha da xoxota indo e vindo la dentro. Ela estava super lubrificada e colocou as mãos atrás da minha cabeça forçando para que eu afundasse ainda mais dentro de sua xaninha.
Nelson cortou o momento para nos chamar para uma espreguiçadeira ao lado. Ela foi como uma cadela com dois cachorros atrás. Ao invés de deitar-se de barriga pra ciima, ela com toda a tara do mundo foi ficando de quatro na cadeira e pediu: FODAM SEUS FILHOS DA PUTA. PONHAM CHIFRES NO CORNINHO, ENQUANTO ELE TÁ CORTANDO ALGUEM COM O BISTURI. Aquilo foi o bastante para meu pau doer de tão duro e me coloquei por trás. Já que ela dava a bastante tempo para seu irmão eu seria o primeiro a comer naquele momento e enfiei sem do, com ela pedindo para ir mais fundo. Meu cacete é comprido e grosso e ela parece que não se satisfazia nunca mas gozava e chorava. Praticamente gritava pedindo pica. E eu enfiava com gosto. Fazia uma cadencia rápida de vai-e-vem, cada vez entrando mais. Foram momentos que ainda não tinha imaginado. Nem mesmo de um dia fode-la, mesmo porque era esposa de um grande amigo, apesar de linda não me despertava tesão. Mas ela e seu irmão acharam por bem que eu participasse, pois to recém separado e sem ninguém,, no momento. Me deram esse presente. Ficamos mais de vinte minutos até que o meu gozo veio e veio com força. Foram jatos retesados devido ao tempo sem fuder. Uma porra quente, grossa e pastosa saiu junto com meu pau de sua xoxota. Tirei ainda sob protestos. Estava cansado, mas não tenho mais a vitalidade e energia de um garoto. Tenho que dá espaço de tempo de uma trepada a outra e hoje, foram três. Até o momento minhas pernas estão tremendo (risos). Foi muito gostoso. Sair antes que o meu amigo voltasse, mas tem uns dez minutos ele me ligou e marcou novo encontro para a semana que vem. Claro que eu vou. Provavelmente não vou poder foder sua mulher, mas na primeira oportunidade, ela vai gemer de novo na minha pica. Ela deve me ligar antes para marcar. Assim ficou combinado.
Mulheres ou casais de goiania que tiverem a fim de um coroa de cinquenta anos, que adora uma boa e discreta relação, é sá me escrever ou me adicionar no msn. Maridos que gostam de entregar sua mulher a outro será bem vindo. [email protected] . celular eu mando no primeiro contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos eróticos mamãe mim deu de bandeija para seu namoradoconto erotico minha prima malvadacontos eróticos, dominada, enquanto meu noivo jogava futebol tu és meu noivo, menti que ia estudar mas o meu dono agora é elecontos meu pai me seduziucontos eroticos sasuke e sakura minha doce virgemConto gay - "o pau pingava"meu coninho deixou nosso filho mim fode gostoso contocontos/dp na esposinha na lua de melContos eroticos da 3 idadecontos: sentei no colo do velhoxoxotudas griludascomi minha cunhada adrianacontos meu calmante é picaContos eroticos casadinha muito apertadanossa minha mae bu comer xvcontos eroticos meu alunoconto erótico aprendendo com amigoputa do meu meio irmão conto eroticoContos mijada ns carawww.contoencoxada/tionegra estuprada na frente so marido contos policial casada trai o marido com os presos e colegas sem ele saber porno contoso contos de comendo a menina pobre da favelacontos eroticos aa aaa ai ai isso mete meteotitiu comendo a sobrinhacontos eróticos meu filho virou trqvestir voyeur de esposa conto eroticoContos eróticos de mulheres casada infiél no duro e grosso péniscontos com teens sentando na ro do pri com doze anoso corpo da colegial tem que ser magro fetichecontos minha mulher pagou minha divida com a bundaporno gey pegando priminho adolesente e jovem tanbemadoro garotinhos - contosgozadas na boca do menino contosconto erotico dopei estuprei o cu de uma.freiracontos eroticos com enteadaContos.eroticos traindo marido na.sala ao ladoConto erotico de mulher de 50anoszoio filme antigo erótico animalescoConto erotico estuprei uma mulherContos eroticos padres foderao minha cunhada casadaconto marido convido amigo para engravidar mulherContos na lua de mel o corno lambeucachorro engatado até o talo cavadinhacontos negra empregadacontos eróticos doeu mas gozeicriando o sobrinho banho contotranzando cm a cunhadinhabrincar casa abandonada buceta contos eróticoscontos de coroa com novinhoprofessora guei fudenocontos eroticos meu alunoTransei com minha prima brincando de esconde escondeFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viucontos weroticos comi minha sobrinha novinha de calcinha de rendacontos erotico comendo a filha do meu sociocontos eróticos de negras no metrôContos porno seduzi meu netocontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidacontos de incestos e orgias entre irmas nudistascontos de incestoMinha mãe e eu no carro 2contos eróticos eu e minha esposa numa pousada empregado come gay contosmeu filho me dominou contos incestoscasal bi maduro fudendo e gritando muitocontos eróticos viajando com a sobrinha casadaconto eroticocorno me ligou na horaPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanocontos eroticos gays dormindo de conchinhamotoboy gay contocontos de sexo com velhos babõesContos meu compadre tomando banho em casa enquanto meu marido trabalhavaminha esposa tem umrabao contosdormi bebado perdi as pregascontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumaContos erotico marido bracinho corno de negaoconto guei dopei meu irmáo chupei a rola deleconto com fui esplorada gostoso n sexocontos eróticos bebadaconto gang bang com crentecontos travestis praiagotosinhana frente a mamãe motel sábado padrastochupei a rola enorme do meu irmão virei viado contosconto o menino vestiu de mulher pro negaomeu marido fez eu qerer um pauzudocontos eróticosconto erótico sobrinho provoca seu tio bebado pelado e tio o comecontos eróticos..titio iniciou nós.. virgemxvideos.com bunda com vida 1999contos eroticos de incesto filho comeu a mae e a irma oa mesmo tempo (relatos)