Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCADEIRAS

Olá...



tudo começou quando eu tinha 09 anos, morava num bairro de Curitiba, minha mãe trabalhava o dia inteiro e eu ia para escola de manhã, e ficava com a empregada à tarde, minha mãe chegava em casa lá pelas 19:00, então eu tinha até as 18:30 pra brincar na rua com meus amiguinhos.



As brincadeiras eram as mais variadas, pique esconde, mãe pega, lutinha, jogar bola, eramos muitos meninos na mesma rua mas tinha dois com quem eu mais brincava, que eram o Cristiano de 19 anos e o Diego com 09 anos.



Um dia eles me chamaram pra brincar de aventura numa contrução abandonada perto de casa, e lá fomos nás...

Chegamos na contrução que ficava um pouco pra dentro do terreno e fomos entrando, estavamos brincando como se fosse uma operação policial, andando devagarzinho pelo corredor e passando pelas peças da obra, andamos por toda a contrução e não tinha ninguém chegamos num quarto e ficamos ali conversando pra ver do que iamos brincar.



O Cristiano que era o mais velho (e safado tbem) perguntou se queriamos brincar de punheta. Eu disse que não sabia o que era aquela brincadeira e o Diego tbem disse que não conhecia, o Cristiano disse que ensinava, então concordamos.

Ele disse que tinhamos que tirar o pau pra fora, eu obedeci e o Diego disse que aquilo era errado e saiu correndo, então ficou Cristiano e eu lá,ele disse que tinha que ficar mexendo pra frente e pra tras no pinto até que dava uma sensação gostosa, e ele já estava com o pau dele duro, eu fiquei mexendo no meu pau que ainda tava mole, e ele mexendo no dele duro, eu olhava pro meu pau, que é claro, pela idade que tinhamos era menor que o dele, e olhava pro pau dele, cabeçudo vermelho, a pele subindo e descendo devagar.

Ele me perguntou se queria encostar meu pau no dele, como brincar de espada, eu disse que sim, então ele se aproximou e começamos a passar o pau um no outro, eu notei que na ponta do pau dele saia um liquido transparente e pensei que era mijo, perguntei pra ele se ele tava apurado por que tava saindo xixi do pau dele, e ele disse que não era xixi, que era um liquidozinho que saia quando a brincadeira tava boa, mas eu estranhei porque eu tbem tava gostando mas do meu pintinho não saia nada, ele disse que não tinha problema e disse que as vezes não sair nada era normal, então dei de ombros e continuamos a bater um pau no outro.



Ele perguntou se eu queria pegar no pau dele, eu não disse nada so fiquei olhando o pinto dele e fiz que sim com a cabeça ele pegou minha mão e levou até seu pau, encostei a mão no pau dele e senti que tava quentinho então abracei ele com minha maozinha e fiquei fazendo movimentos de vai e vem devagar ele me olhava e ria, eu não sei mas tava gostoso, e não me importava de tar pegando no pau dele. O liquido que saia começou a molhar a cabeça do pau dele deixando ela brilhosa, e eu ali batendo uma gostosa pra ele, ele então disse:

-Dá um beijinho nele!

Eu disse:

- Não!! Isto é errado, ele disse que não era e que não contaria nada pra ninguém iria ser nosso segredo e disse que eu iria gostar. Eu fiquei meio assim, mas tava tão gostoso que eu queria saber como era, então eu disse:

- Tá bom, sá um beijinho, ele concordou e me abaixei até altura do pau dele e senti um cheirinho gostoso de pau, ele disse, beija a cabecinha, eu olhei pra ele e ri, olhei pro pau pulsando bem perto da minha boca, pensei: já tô batendo punheta pra ele não da nada, então encostei meus labios no pau dele e dei um selinho e o liquido do pau dele veio e molhou meus labios, eu passei a lingua nos meus labios e tinha um gostinho meio amargo mas era gostoso, ele disse, foi muito rapido tem que demorar mais.

Eu disse:

- Vc disse sá um beijinho, aí ele disse, mas vc não gostou? eu disse que sim e que era estranho aquilo, ele disse, sá mais um beijinho sá que tem que ser mais demorado.

Eu queria sentir o gostinho do liquido denovo, então disse:

-Sá mais um beijinho e vamos embora, ele rindo disse, ta bom mais um pouco mais demorado, eu disse, tabom.

Encostei os labios de novo no pau dele efiquei parado como se fosse um selinho demorado ele suspirou e passou o pau por todo meu labio e disse passa a lingua na cabeça, eu não disse nada sá obedeci, comecei a passar a lingua na cabeça e sentindo o gostinho do liquido gostoso, ele deu uma pressionada e o pau dele entrou na minha boca a cabeça e meu cuzinho deu uma piscadinha, sei lá mas tava gostoso, ele disse poem inteiro na boca, eu deixei ele colocar mas não consegui por tudo , ele disse: que gostoso, sua boca ta quentinha, eu ri e ele disse, chupa como se fosse pirulito, eu não disse nada e comecei a mamar na vara dele, como não tinha muito conhecimento comecei a babar ele disse, isto sssssssshhhhhh baba no meu pau ssssssssssssh que gostosohahahha, e eu tbem tava gostando, ele disse passa alingua em baixo do pau, eu tirei ele da boca e passei a lingua embaixo do pau dele e o pau dele começou a pulsar mais rápido e parecia que ia aumentar de tamanho, e ele dizendo: Assim ssssssssshhhhhhhh vai lambe, isto hahahaha

e senti que algo espirrou na minha bochecha, algo quente, tirei a cara do pau dele e vi ele arfar e dar mais dois jatos de porra pro ar, e fiquei olhando aquilo e não entendia, achei que ele tava mijando, mas era branquinho, perguntei o que era aquilo ele disse que aquele liquido era o que tava saindo do pau dele no começo da exitação sá que agora tinha saido grosso porque ele tinha gozado, e disse que o nome daquilo era porra. Eu peguei um pouco da porra que tava na minha bochecha com o dedo e levei na minha boca pra sentir o gosto, era um gosto estranho amargo e ao mesmo tempo gostoso, então peguei tudo que tava no rosto e pus na boca, ele vendo aquilo disse que tinha mais um pouquinho no pau

dele e perguntou se eu queria, eu fiz que sim com a cabeça, me abaixei e ele passou os dedos da base do pinto até a cabeça e veio mais uma gota que começou a escorrer eu corri emeti a boca no pau dele e chupei e passei a lingua e tomei tudinho.

Nos vestimos, ele perguntou se eu tinha gostado da brincadeira, eu disse que sim, ele então perguntou se eu queria brincar de novo com ele disto, e eu disse que sim, então fomos pra casa, eu fui pro banheiro lavar o rosto que estava grudando, depois sentei no vaso e fiquei me punhetando pensando no que tinha acontecido e senti pela primeira vez o prazer do gozo seco (quando se tem o orgasmo mas ainda não sai porra).



Este foi meu primeiro conto espero que tenham gostado, vou postar a continuação deste conto numa proxima oportunidade...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos marido faz teste com esposa e acaba cornoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de gatinhas no trabalhocontos coroas primas do interiordistraida no trem conto eroticocontoserotico meu padrasto chupou meu cuzinho e minha dusetaconto erótico comendo a namorada do ex namorado da minha namorada contos eroticos meu grelo e grandeeu sou solteiro eu sou empresário eu moro sozinho no meu apartamento minha linda e gostosa secretária casada da minha empresa eu sempre eu quis fuder sua buceta eu conversando com ela dentro da minha sala eu disse pra ela eu queria ter uma esposa como você pra morar comigo no meu apartamento ela disse pra mim patrão eu me separei do meu ex marido porque eu descobrir que ele tinha uma amante eu perguntei pra ela você que ir morar comigo no meu apartamento pra você ser minha esposa ela disse pra mim eu quero patrão ir morar com você pra eu ser sua esposa eu dei um beijo na boca dela eu levei ela comigo pro meu apartamento eu levei ela pro meu quarto ela me deu um abraço ela me deu um beijo na minha boca ela tirou sua roupa ela deitou na minha cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela pegou no meu pau ela disse pra mim seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu ex marido ela começou a chupar meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder eu disse pra ela agora que você e minha esposa eu vou fuder sua buceta todos os dias ela disse fode minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim eu quero dar meu cu pra você conto eróticomeu corno e muito otario contos eroticosprimeira vez sado contoscontos eróticos estrupada pelo professor de judocontos de mulher casada foi no baile funk com minha filhacontos de lambidas gostosagrelao 3cm comendo contosozadia. e amole. picamulher sobe em cima da pica do manequimMelhores contos eroticos sobre bem.dotadoconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantecontos eritico papai colocou de castigoconto marido do ladoContos com negros sexoqconto enfiado tudo no rabinhocontos eroticos nupcias blogspotcontos eroticos levei rola com meu marido en casaZoofilia soniferocontos mostrando o piru para a vizinhamulher coradinha dos cabelos lisos e pretos dando e gozandoTennis zelenograd contoPMS contos eróticosnoras e sogro estorias de sexo riais.bebê g****** contos eróticoscontos eroticos comendo cu da amiga e da mae delaContos de comadres lesbicascontos eróticos gay sobrinho contos eroticos escondidopicasgrandesmenininhasminhas duas mulheres esposa e cunhada na fazenda contos eroticosSou casada fodida contoContos eróticos arrombei a linda noiva santinha do meu vizinho ciumentoPedi que ela trouxesse amigas pois eu queria porra...Contos gay perdi o cabaço com coroaporno gay filho do patraocontos eróticos fio dental debaixo do ternoai devagar porra caralho sua pica e muito grossacontos eroticos novinha espiando seus tios transaremcasa dos contos ejaculaçao precocecontoseroticos9aninhos contos eroticos dei pa paga dividaconto erotico encoxando menininhaconto eroticos minha mae o pedreirocontos colega safadinhacontos eróticos de prendedor de mamilosfotos de esposa de corno pegando no mastro grandeeu confesso adoro provocar meu cunhadocontos minha esposa vigia a casa pra eu fuder a visinhacontos er irmas vizinhagarotinha conto eroticoputa que mora no bairro portãodei minha buceta pro traficantecontos eroticos primeira vez de coroa rabuda de cornocontos picantes seduzindo o cunhado sem querervideos de gay apostei o meu cu e olha no que deucontos eróticos meu pai comeu meu amigo gay ilustradoContos de sexo norafilha pagando boquete perto da mae conts eroticosminha conhada mi bexandocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasconto Negão comeu a mulher do cara para pagar a dívidaMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu pauconto erotico de shortinho provocando molestada por pivetewcontos eróticos de a cona da tiacontos eroticos saia plug gayConto Na primeira chance meu tio me engrabidouconto erotico com sogrocontoseroticoscomendo a baba e minha sogracomi o garotinho de rua - contos gaymeu marido sempre tras tres amigos em casa conto erpticosubmisso contos eroticoaaiiao taradocontos erotico gay quando mim focaraosogra japonesa dando pro negro contosMeu sogro cheirou minha calcinhatransei com meu sobrinho