Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO RENATO, COMEU MINHA ESPOSA!

Eu e minha mulher temos o hábito de andar bem à vontade pela casa, até por que moramos sozinhos, o que nos permite essa privacidade, temos uma vida bem rotineira, acordar, tomar banho, se aprontar e sair para o trabalho, menos nos sábados e domingos nos quais temos folga, temos uma vida sexual bem ativa, porem modesta, não nos aventuramos muito em fantasias, certo dia, um sábado lindo maior solão, levantei bem cedo fui até a padaria comprar os pães para o café, quando pra minha surpresa encontro com um primo meu do interior (Renato), gosto muito dele e ele me disse que precisaria resolver algumas coisas aqui na minha cidade e que tinha aproveitado pra dar uma passadinha na minha casa pra me fazer uma visita, conversamos no caminho, comprei o que queria na padaria e voltamos, sá que na distração de nossa conversa ,nem me lembrei de ligar para minha esposa e pedir que já preparasse uma recepção para ele, chegando em casa uma surpresa não pra mim, pois já estava acostumado, mas para ele, minha esposa sá de calcinha encostada na pia lavando a garrafa de café, quando fui entrando pela cozinha ela deu um baita grito e saiu correndo para o quarto, pedi desculpas a ele, mas na verdade acho que ele queria até me agradecer, minha esposa e do tipo gordinha gostosa, peitões e bunda grande e uma bela e grande bucetinha, ele meio sem graça já logo deu um jeito de arrumar um assunto e fingir que nada tinha acontecido, terminei de passar o café que minha esposa tinha iniciado, e à aguardamos para tomar café conosco, não demorou muito ela chegou não muito diferente do que estava, com uma saía media e uma blusinha larga sem sutiã, tava uma delicia, o cumprimentou, e nos sentamos a mesa, minha esposa é meio desastrada as vezes e logo que pegou a faca para passar manteiga no pão, a faca caiu, logo para o lado do meu primo, ao abaixar para pegar imagino eu que por ser larga a blusa e ela estar sem sutiã, deve ter aparecido todo seus peitos e pela cara que meu primo fez acho que isso aconteceu mesmo, depois disso percebi que ele não tirava os olhos dela, sempre que dava ele não perdia a oportunidade de dar uma secada nela! Sá que olhadas aqui, olhadas ali, notei que ela já estava percebendo, e ao invés de se intimidar ela começou a gostar daquilo tudo, não aguentei, me bateu um ciúme incontrolável e a chamei no quarto despistadamente, - o que é isso? Que palhaçada é essa? O cara te secando e você ainda dando trela! Ai ela começou a me dizer que pensou em voltar no quarto e trocar de roupa, sá que ele iria perceber e também admitiu ter sentido um calor por debaixo da saia com aquela situação, meu sangue ferveu e comecei a ficar nervoso, sá que ela me interrompeu dizendo - você está nervoso ai, mas está de pau duro, e eu nem tinha percebido, ai não resisti e tive que dar uma boa risada, a raiva foi passando e conversamos numa boa, então ela me perguntou se ela podia brincar um pouco com aquilo sá pra gente transar gostoso à noite pensando naquilo tudo e eu concordei, ai voltei pra cozinha e fiquei de papo com Renato, conversamos bastante, e decidimos queimar uma carne na varanda, compramos tudo que não tínhamos em casa, e buscamos a cerveja que não pode faltar, quando chegamos em casa, fiquei sem palavras, minha mulher ascendendo a churrasqueira com a mesma blusinha porém com um short curtíssimo, mostrando a poupa da bunda, não resisti e tive que comentar, nossa amor pra que isso tudo, desse jeito você vai atiçar o Renato e como você já tem dono não pode dar pra ele, - será que eu não posso? Disse ela, e demos boas gargalhadas, sá que acho que ninguém levou na brincadeira por que antes de abrirmos as cervejas o assunto La já estava pra La de picante, derrepente minha esposa faz um comentário, - se tivesse uma piscina aqui ia fazer um belo de um topless, to doida pra pegar um sol, Renato não perdeu tempo, e soltou logo – mas não precisa de piscina pra pegar sol pode fazer ai mesmo, - é verdade, respondeu ela, meu coração bateu forte, será que ela vai fazer isso? Pensei comigo, nem deu tempo de processar aquele dialogo, e logo já veio ela com uma toalha na mão e um bronzeador, tirou a blusa passou bastante bronzeador na parte frontal do corpo e se deitou sob o sol, - sá que vai ficar de short? Coloca a parte debaixo do biquíni pra deixar a marquinha, disse Renato, - mas eu não tenho biquíni, pois aqui não tem praia e dificilmente vamos a clubes com piscina, respondeu minha mulher, - a então tira ele, é melhor que ficar com a marca do short depois, não é mesmo, Fábio (meu nome)? Engoli seco não sabia o que responder, mas quem ta na chuva é pra se molhar, então concordei com ele, já com a mão cheia de sal temperando a carne, - então vem cá amor me ajuda a tirar, disse ela, - não dá amor, to temperando a carne aqui, tira você mesma, - me ajuda aqui então Renato! Pediu ela, - o que? Perguntei meio que exaltado, - ai amor é sá me ajudar com o short, disse ela, - olha, olha enhh! Exclamei, percebi que Renato estava com um baita volume dentro da bermuda, e aquilo me deu um baita tesão, e deixei rolar pra ver no que ia dar, ele tirou o short dela, e a danada estava sem calcinha, com aquela bucetona raspadinha toda a mostra, pirei na hora, e pelo visto Renato também, que já se ofereceu logo para terminar de passar bronzeador nela, e ela toda assanhada logo que aceitou, nisso eu já imaginava no que ia dar e já nem estava me importando mais, pelo contrario já estava louco pra tocar uma bela punheta vendo Renato fuder minha esposa, foi passando o bronzeador até que chegou perto do seu grelinho, - passa ai também, disse ela, e ele não perdeu tempo já foi logo enfiando dois dedos na xana dela, se colocou do lado dela e puxou a bermuda para baixo colocando o pinto pra fora, e que pinto, era enorme, ela já caiu de boca chegava engasgar, parecia uma puta, nunca tinha visto minha mulher tão safada daquele jeito, depois de muito sexo oral, ele me chamou – vem cá primo me ajuda aqui! Levantou as pernas dela e pediu que eu segurasse e colocou aquela vara de todo tamanho na portinha de sua xana, nossa que delicia foi ver minha mulher delirando sá de sentir aquela tora batendo na porta de sua xaninha, e começou a estocar, fudia como se estivesse a meses sem comer ninguém, e eu sá olhando, comeu ela de todas posições possíveis, - agora quero essa tora toda dentro do meu rabinho, disse ela, fiquei meio atônito pois ela não gostava muito de sexo anal, mas excitado queria ver ela gemendo com aquilo tudo dentro do seu rabinho, ela gritava como uma louca quando ele começou a enfiar – empurra vai, me rasga toda, gritava aos urros de prazer, deve ter comido seu rabinho por uns 5 minutos, mas ela não aguentou e pediu para parar, ele já tirou gozando nela por toda parte, jorrava porra ela ficou toda lambuzada, foi maravilhoso, e até hoje a gente goza muito relembrando aquele dia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


surda muda gostosa contorelatos eroticos traição consentidaAmamentando os velhos contos eróticosComtoerotico 8 aninhoscontos eroticos de enteadasContos eróticos! novinho da bunda afeminada foi arrombado na construçãoContos de safadesas desde pequenacontos eroticos de filha que tem tara no pau grande do seu paiCasa dos contos eróticos esposa dando para outro na casa de suíngue na minha frenteencoxadas no aperto contoscontos eróticos pegando a namoradado filhoconto erótico de tiazinha rabudacontos eróticos a coroa dona da lojacanto erotico meu amigo negao comeu meu cuContos eroticos anciãs casadas e maridos cornoscontos sexo esposa e maecontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos com velhosconto erotico meu marido tem tesao de imaginacontos eroticos enquanto eu como o cusinho da minha ex minha atual mulher chupa a bucetinha preta delaComo faco eu posso foder o meu maridocomo fuder com banana verdeconto erotico sentado no colo baicha saiaVideosputas fz boquete de na linguaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos carona pra novinhaContos eróticos meu paizão coroa de jeba engravidou minha mulher.contos eroticos coroas de quarenta e oito na praiaContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhcontos eroticos de mulheres obesasconto erotico fudendo a velha feia e sujahttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/m/conto_972_putinha-desde-novinha---o-velho-tarado.htmlcontos eroticos gays zoofiliameu cachorro mecomeu a forcaarrombando o cu da luzia contosconto viadinhocontos eroticos o dia que comi a novinha gordinhaMorena bunduda avantajada cavalona contos eroticosContos madrasta putaurso velho peludo gay contoscontos porno eu e meu marido fomos violentadosConto de putaria com todos os machos da favelaxvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negrapodolatria com a mulher do meu amigo conto eroticosexo gay contos camioneirosrodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico brincar casa abandonada buceta contos eróticosconto erotico fui pra fazer um teste pra trabalhar e voltei pra casa cm a buceta ardendo de tanto darcontos eróticos homem maduro gostoso da pica grande f******contosincestofilhacomo meu marido virou corno kellycomendo a caixado banco no banco. contos eroticosmulher em simar sinoque chupando bucetacasa dos contos eroticos novinhas delicias cedusindo o tioSou casada mas bebi porro de outra cara contosContos porno seduzi meu netoMulher se bastubou na frente do padastro e levou picacontos roçando na mamãe contos gay chorei na pica do meu irmão violentocontos eróticos se depilando contos de incesto e estuproscontos eroticos bv e virgindadeeu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticossai rápido deixei minha esposa com meu amigo em casa hora que voltei tava até as bolas dele dentro contoo melhor conto eroticoContos eroticos familia sem preconceitovideoo porno da bundona de chorte de burmicontos eroticos fazendo o bico dos seios dando de mamarconto erotico minha irmãFui pra casa dela e.começou a nós beijacontos eritico aiiiii humm aiiiConto eroticos de pai e filhacontos eroticos de sogro comendo noraconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorcontos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolasconto erotico de leite de cunhadaIrmão faz massagem na irma lesbica, baixa a calcinha e enfia piça Contos eroticostenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticos