Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CAMISOLA VERMELHA

O começo - Parte I

Bom eu sempre soube que eu era gay, apesar de não ser afeminado nem nada do tipo, sempre tive desejo de fazer sexo com homens a muito tempo, porém nunca tive coragem de realizar.

Moreno dos olhos puxados, novinho, coxas grossas, sem pelo nennhum no corpo e uma bunda bem brande para um homem, eu já chamava a atenção dos meus primos e amigos desde pequeno. Porém nunca nada de sério tinha acontecido comigo (pois nunca dei pinta de ser gay) mais isso estava breve a mudar...



Carlos - Parte II

Um dia o desejo de sexo falo mais alto, assim conheci o Chat UOL.

Não foi difícil achar alguém que queria sexo de verdade, porém eu tinha medo e então eu conheci o Carlos...

Conversamos bastante, expliquei tudo para ele, ele disse que queria me conhecer melhor e assim foi...

A cada dia a gente se falava mais no MSN, apesar de ele ser muito mais velho do que, eu não me importava, sá queria ter o prazer de dar.

Logo então ele me pedia fotos pelado de todos os tipos de posições, não resisti e mandei mesmo sabendo que era arriscado.

O Carlos era branco dos cabelos grisalhos, peludo, fumante e um poco gordo.

Ele disse que não esperava o dia de me conhecer, tava cansado da mulher feia dele, iria realizar meus desejos e tinha o prazer muito grande de comer um garoto com corpo de menina.

Então marcamos de se encontrar...



O dia especial - Parte III

Apesar de eu já conhecer o Carlos eu ainda tinha medo, mais mesmo assim fui onde marcamos, perto de um Shopping.

Fiquei esperando por ele durante 25 minutos e então chegou ele em um Celta vermelho e pediu para eu entrar.

Ao longo da viagem eu estava bem tímido, mais fomos conversando...

Não demorou muito para ele colocar as mãos nas minhas coxas ao longo da viagem, e pedia para eu ficar calmo.

Eu já estava de pau duro com todas aquelas carícias e resolvi retribuir, dando uma bela apertada no pau dele por dentro da calça.

Ele deu um leve sorriso e continuou a viagem.

Chegamos na casa de um amigo dele como combinado, ele pediu para min pegar uma sacola de roupas no banco traseiro.

Então entramos na casa, ele falo para ir no banheiro e me trocar com as roupas da sacola e fico me esperando sentado na cama.

Quando abri a sacola tinha uma camisola vermelha meio transparente, sem pensar 2x vesti a camisola, pois sabia que era aquilo que ele desejava. A camisola ia até altura da minha bunda, com as coxas expostas e o peitoral apertado.

Sai do banheiro e lá estava ele de cueca, então ele disse:

- Vem cá...

Ele sentado e eu em pé, ele me deu um abraço na altura da cintura e começou apertar minha bunda, fazendo carinho nas minhas pernas grossas...

Abraçei ele também e dei um beijo no pescoço...

Ele pediu para min virar a bunda para ele, levantou um poco a camisola e começou a lamber meu cú, ficou 3 minutos lambendo até minha bunda ficar enxarcada de guspe...

Ele levantou, tirou o pau para fora da cueca e ficou passando no meio da minha bunda sem encaxar, até que enfiou tudo de uma vez...

Sentia aquelas pernas peludas atrás das minhas, ele dava tapas e apertava minha bunda toda hora, até sentia que o pau dele já tava todo melado de gozo mais ele não parava!

Depois de alguns minutos dele fudendo minha bunda, ele tirou o pau todo melado e disse:

- Que bunda em garoto.

- Agora vem mamar aqui.

Ele sentou na cama, agachei e chupei, judiava da cabeça do pau dele (já toda branca), nem prestei atenção no gosto eu até mordia.

Ele usava a mão direta para abaixar mais minha cabeça para o pau dele, eu tava me sentindo uma putinha aquela hora (de 4 chupando um pau peludo até as bolas).

Quando ele ia gozar ele pediu para min parar de chupar, esperou alguns segundos e pediu para min deitar de ladinho na cama.

Eu parecia uma putinha, com um bundão todo melado de esperma de ladinho para ele, ele falava PUTINHA RABUDA toda hora.

Ele deitou de lado também, colocou a perna direita dele sobre as minhas e enfiou aquele pau dentro de min, meteu, meteu e meteu até gozar tudo no meu cú.

Eu sai com a bunda toda arregaçada e melada de porra, ele pediu para min tomar banho para poder me levar embora.



Essa foi minha primeira vez e última que eu dei a bunda, bloqueie o Carlos no MSN e nunca mais falei com ele, por que ele queria mais sexo, era arriscado demais além de tudo ele era casado e tinha 2 filhas.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


frases minha amante usa fio dentalminha tia crente viuva contosContos eroticos de gosadas das novinhas mijonascontos eróticos minha bundacontos eroticos gay bombeiros as molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos oroticos sou cazada/trai meu corno com.meu sobrinhoputa feia trai corno na lua de melcontos eroticos transex operadasexo na enfermaria contocontos eroticos primeira gozadawww.contos de estuprei a gordinhaMulherbrasileira ensinando a filha, meter contosgotosinhaContos eroticos.cuzinho da mocinhaconto casa de praia estouro cabaçocunhada sem calçinha contoscomtos de fodas com travetis e mai e pai e filhoscoonto erotico com foto comendo cuconto erotico meu marido quis provocar o porteirominha buceta grande tem um tesão so 10 paus grandes podem fuder contos eróticoscontos na praia tirou o selinho da cunhadinha novinhaConto acho que minha mulher deu pra outro chegou em casa com a buceta machucadacontos como virei crosdresesOsdesenho fam fudendo com tudocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html Contos eroticos seduzindo o pedreiro e cheirando minhas calcinhascontos eroticos de cunhada amarradaFicaram satisfeio com meu Cuzinhocontoseuroticos-puta contoerotico fui brinca cm meu irmao so de calcinhacontos eroticos de fui fudido junto com minha mulherContos erótico peguei a mulher do amigo banhando contos eroticos gay sadade de meus dominadorescontos minha tia viuva sua amiguinhaconto de sedução com mulher casada seduzida por uma lesbica de ferias.contos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossascontos eu era enrabada toda noite pelo taradocontos eróticos locador com comeu a inquilinapessoas fazendo sexo gostossooooMeu primo me estuprou meu cu na infacia contos eroticosconto gay xoxotao de garotominha priminha titio contos eróticoscontos eroticos minha esposa eo porteiroContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcomo cariciar meu priquito sozinhacontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadoContos erotico de casada querendo ir para a praiaContoe d orgias cadelinha e seu donoconto etotico eu fedidinhahttps://av42.ru/conto_4864_tarde-inesquecivel.htmlconto erotico fiodentalcontos eroticos propostacontos eroticos de mulher casada que gosta de trair o mardo com negoes e levar tapas na cara na frete do corninhoconto erótico mulher saia curta abusadadespedida de solteira com negros contoscontoseroticos minha madrasta trai meu pai comigoConto acho que minha mulher deu pra outro chegou em casa com a buceta machucadaa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delacontos eroticos syrubasencoxadas socando com força reçentecontos minha esposa ainda resisteContos eróticos de nora e sogra toda peludadedo no meu cuzinho e me chama de putTennis zelenograd contocontos eroticos de vadiaescravo conta como leva sua dona ao gozo com a língua na bucetaconto minha visinha mando eu descabaça sua filhaminha irmã virou putinha conto eroticocantos erótico só dei do Forró Bombado