Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONVENCI MINHA NAMORADA A DAR O CU, MAS ACABEI SEN

Oi pessoal estou de volta com mais uma aventura da minha infância, como no relato anterior estava namorando uma garota chamada Vanessa, e depois da orientadora nos pegar transando na sala de educação física, estávamos tentando arrumar outro lugar para transar, num belo dia convenci ela de matar aula comigo e ir até o parque das mangabeiras, quem conhece BH sabe onde é ele aceitou rapidinho nos encontramos na frente do colégio e pegamos o busão para subir até as mangabeiras, no caminho eu tentava convencê-la de dar sua bundinha pra mim, tava difícil convencê-la, chegamos ao parque e fomos pegar trilhas depois de alguns minutos trilha adentro paramos num lugar que passava um riacho tinha umas pedras grandes e alguma arvore de tronco grosso, daí parti pra cima dela e já comecei a tirar sua roupa ela agarrou meu pau abriu minha calça e abaixou e começou a me chupar, que delicia de boca ela tinha, daí a coloquei de costas pra mim encostada num tronco de arvore e passava meu cacete na sua bucetinha rosada e subia ate seu cuzinho que era rosadinho também agachei atrás dela e comecei a chupá-la, me concentrei no seu cuzinho ela se agarrava na arvore e gemia muito, daí levantei e empurrei meu cacete bem fundo na sua bocetinha, e comecei a fudé-la depois de alguns minutos ela disse que tentaria dar o cuzinho pra mim, eu pirei na hora e lambuzei bastante seu cuzinho e come CEI a brincar com os dedos no cuzinho dela, depois de alguns minutos coloque a cabeça da rola e comecei a forçar a entrada, era difícil, pois seu cuzinho era bem apertado, mas com muita insistência a cabeça entrou, ela contraiu, eu pedi para ela relaxar, pois assim não doeria, ela relaxou , dei um tempo e comecei a forçar de novo o pau entrou bem devagarzinho ate o talo, fiquei parado de novo mexendo o grelinho dela, ela começou a sentir tesão e começou a rebolar no meu cacete, daí comecei a fode-la, tava uma delicia comer seu cuzinho, mas tudo que e bom pode piorar, quando eu olho pro lado dois policiais a Cavalo nos vendo, eu tirei o pau correndo do cuzinho dela, ela arregalou os olhos, e os policiais sá disseram: bonito heim. Desceram do cavalo e vieram em nossa direção, daí Vanessa se abaixou pra pegar as roupas e um dos policias o branco, pois era um negro e um branco, falou pra ela não se preocupar com as roupas, pois ela não precisaria por enquanto, e chegou perto dela pegou sua mão e levou ate o pau dele, eu falei pra ele que ele não podia fazer aquilo, pois éramos menores de idade, daí o negão chegou perto de mim me deu uma tapa na cara e falou pra eu ficar quieto, pois se não ele levaria os dois pra delegacia depois nos levaria em casa e falariam para os pais dela e os meus, daí calei a boca o negão olhou pra minha bunda branquinha e falou pro seu parceiro, come ela que vou comer este viadinho aqui pra ele saber como e comer um cuzinho, o policial branco encostou a Vanessa na arvore e empurrou seu pau pra dentro do cuzinho dela, quando a geba entrou ela deu um grito e começou a chorar, pois a rola dele era enorme e grossa, ele dizia pra ela gritar bem alto, pois ninguém escutaria e ele iria esfolar o cuzinho dela, enquanto isto o negão me obrigou a me agachar e chupar o pau dele, eu como já tinha chupado dois paus em outras ocasiões chupei com gosto o dele que não era tão grande como do seu parceiro, mas era torto pra direita, daí eu olhei pro lado da Vanessa e ela chorava muito e o policial nem se preocupava e mandava ver no cuzinho dela, o negão me levantou me coloquei de quatro numa pedra, eu já sabia que iria sofrer e decidi aguentar firme, ele encostou seu pau no meu cuzinho e empurrou sem dá, que dor infernal, dei um grito maior do que a Vanessa, ele começou a me foder com muita força, depois de longos minutos sendo enrrabado, eles nos colocaram um de frente pro outro e continuaram a nos foder, e diziam um pro outro olha a putinha e o viadinho consolando um ao outro e fodiam nossos cuzinhos com gosto, depois de muito nos foderem eles gozaram vestiram as roupas e foram embora, nos recompomos nos lavamos no riacho vestimos nossas roupas e fomos embora, Vanessa não conseguia Nem sentar Dentro do ônibus eu também não era diferente, ninguém entedia, pois cheio de lugares vazios e nos dois em pé, depois disto Vanessa terminou eu por minha vez nunca mais levei menina nenhuma pro mato, pois ate gosto de dar o cuzinho às vezes, mas tem que ser com carinho.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gordinha novinha e casada metendo com velho casadocontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cuencostei o braco na buceta da cunhada contoscontoseroticos as 2 filhas daminha visinha vierao brincar com minha filhinha wuen brincou foi eucornosubmissocontocontos eroticos de enteadasrealizando a fantasia da minha esposa eu dei o meu cu conto eroticocontos eróticos gay com monstrosconto erótico sobrinha. bem novinha fica esfrgando no colo do tio sem calcinhafui fazer uma vizita e perdi as pregas video pornoContos.eroticos traindo marido na.sala ao ladoContos cunhada e sogra casada que adora dar a bundacontos eroticos casado dominado e enrabadocunhadinha dando o cu apoiando na mesacontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindoconto fodir angela minha madrastasou louca pelo meu irmão conto eroticoConto erotico meu filho me fez sua escravachamei meu primo pra mora comigo e minha esposa contos eroticosContos gays me fantasiei de mulher no cine pornoContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos eróticos minha tia min da banhoesposa perdeu aposta e encarou duas rolas conto eroticoo macho frequenta mimha casae o dono contosBoquete cheiro contoscontos eróticos entiada meu volumecontos coroas as quetascunhado ejacula dentro da cunhadacontoseroticos madrastconto minha mulher e um cao d rua fodendoconto erótico- filho/mamãContos,erotico de mulher casada da na,zona,ruralconto erótico: isso nunca podia ter acontecido parte 1Conto porno de estuprada por pai da mim amigacontos de cú por dinheirocontos eroticos_minha priminhameu marido tem pau grosso conto erótico contos eroticos o pastormae viuva nao aguenta de tesãoe da pro filho o cu deixa gozardentrocontos eroticos de oncesto de sogra com derrofudendo a empregada rabuda negra com fotos contoasputa do meu meio irmão conto eroticocorno assumidochulé da minha irman contos eroticoscontos eroticos fui estrupada por uma lesbica e o maridovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitoPiroca de 25cm - conto eroticoconto soquei a pica na minha enteadinha de dez aninhosrabinho da putinha de nove aninhos com vontade de fude contos eroticosContos e fotos de gozadas nas calcinhascanto erótico com amiguinho do meu filho vir para casa e amiguinha delecontos eroticos meu cunhado me comeu na epoca eu so tinha 11mulatas do bundao e pitos caido gostosa.conto erotico fode com meu irmao e com meu pai au mesmo tempoconto erótico minha esposa me ligoucontos eroticos eu e minha esposa jogando baralho erotico com meu amigo e sua esposaContos erocticos dei comprimido ao velhocontos eroricos com meu advogadoconto gay primos no sitiocontos eroticos gay virei mulher hormôniosconto comeu meu cu gostosopornô brasileiro fui trabalhar na casa da minha tia e comi minha prima de baby dollcontos de mulheres a levar com o punho na conacontos eroticos incesto fudi com meu filhominha mulher puta do meu sogrocontosContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandoDando meu bundão para o meu mecânico. - contos eróticosvoyeur de esposa conto eroticoPorn contos eroticos o mulato amigo doo filhotirei o cabacinho do viadinhocontos eriticos de pai e amigos fodendo a força seu filho gayesposa se deliciando com pau 30centimetros na frente maridoContos de loiras com negrosContos eroticos tristeza primeira vezconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casacontos eroticos de Maezinha bobinha do amigis transando com jovezinhoficando com o hetero safadoconto gay contos eroticos seduzi meu cunhado e tomei sua porrameu amante me devolveu para meu marido com a buceta toda arregaçada e meu cu todo arrombado e vazando porra pelas pernascontos de sexo com velhos babõesRelatos gostosinhos de homens casados mamando cu de boiolinhascontos ela e feia e gostosapeguei meus filhos tranzandocontos meu vizinho tarado