Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONVENCI MINHA NAMORADA A DAR O CU, MAS ACABEI SEN

Oi pessoal estou de volta com mais uma aventura da minha infância, como no relato anterior estava namorando uma garota chamada Vanessa, e depois da orientadora nos pegar transando na sala de educação física, estávamos tentando arrumar outro lugar para transar, num belo dia convenci ela de matar aula comigo e ir até o parque das mangabeiras, quem conhece BH sabe onde é ele aceitou rapidinho nos encontramos na frente do colégio e pegamos o busão para subir até as mangabeiras, no caminho eu tentava convencê-la de dar sua bundinha pra mim, tava difícil convencê-la, chegamos ao parque e fomos pegar trilhas depois de alguns minutos trilha adentro paramos num lugar que passava um riacho tinha umas pedras grandes e alguma arvore de tronco grosso, daí parti pra cima dela e já comecei a tirar sua roupa ela agarrou meu pau abriu minha calça e abaixou e começou a me chupar, que delicia de boca ela tinha, daí a coloquei de costas pra mim encostada num tronco de arvore e passava meu cacete na sua bucetinha rosada e subia ate seu cuzinho que era rosadinho também agachei atrás dela e comecei a chupá-la, me concentrei no seu cuzinho ela se agarrava na arvore e gemia muito, daí levantei e empurrei meu cacete bem fundo na sua bocetinha, e comecei a fudé-la depois de alguns minutos ela disse que tentaria dar o cuzinho pra mim, eu pirei na hora e lambuzei bastante seu cuzinho e come CEI a brincar com os dedos no cuzinho dela, depois de alguns minutos coloque a cabeça da rola e comecei a forçar a entrada, era difícil, pois seu cuzinho era bem apertado, mas com muita insistência a cabeça entrou, ela contraiu, eu pedi para ela relaxar, pois assim não doeria, ela relaxou , dei um tempo e comecei a forçar de novo o pau entrou bem devagarzinho ate o talo, fiquei parado de novo mexendo o grelinho dela, ela começou a sentir tesão e começou a rebolar no meu cacete, daí comecei a fode-la, tava uma delicia comer seu cuzinho, mas tudo que e bom pode piorar, quando eu olho pro lado dois policiais a Cavalo nos vendo, eu tirei o pau correndo do cuzinho dela, ela arregalou os olhos, e os policiais sá disseram: bonito heim. Desceram do cavalo e vieram em nossa direção, daí Vanessa se abaixou pra pegar as roupas e um dos policias o branco, pois era um negro e um branco, falou pra ela não se preocupar com as roupas, pois ela não precisaria por enquanto, e chegou perto dela pegou sua mão e levou ate o pau dele, eu falei pra ele que ele não podia fazer aquilo, pois éramos menores de idade, daí o negão chegou perto de mim me deu uma tapa na cara e falou pra eu ficar quieto, pois se não ele levaria os dois pra delegacia depois nos levaria em casa e falariam para os pais dela e os meus, daí calei a boca o negão olhou pra minha bunda branquinha e falou pro seu parceiro, come ela que vou comer este viadinho aqui pra ele saber como e comer um cuzinho, o policial branco encostou a Vanessa na arvore e empurrou seu pau pra dentro do cuzinho dela, quando a geba entrou ela deu um grito e começou a chorar, pois a rola dele era enorme e grossa, ele dizia pra ela gritar bem alto, pois ninguém escutaria e ele iria esfolar o cuzinho dela, enquanto isto o negão me obrigou a me agachar e chupar o pau dele, eu como já tinha chupado dois paus em outras ocasiões chupei com gosto o dele que não era tão grande como do seu parceiro, mas era torto pra direita, daí eu olhei pro lado da Vanessa e ela chorava muito e o policial nem se preocupava e mandava ver no cuzinho dela, o negão me levantou me coloquei de quatro numa pedra, eu já sabia que iria sofrer e decidi aguentar firme, ele encostou seu pau no meu cuzinho e empurrou sem dá, que dor infernal, dei um grito maior do que a Vanessa, ele começou a me foder com muita força, depois de longos minutos sendo enrrabado, eles nos colocaram um de frente pro outro e continuaram a nos foder, e diziam um pro outro olha a putinha e o viadinho consolando um ao outro e fodiam nossos cuzinhos com gosto, depois de muito nos foderem eles gozaram vestiram as roupas e foram embora, nos recompomos nos lavamos no riacho vestimos nossas roupas e fomos embora, Vanessa não conseguia Nem sentar Dentro do ônibus eu também não era diferente, ninguém entedia, pois cheio de lugares vazios e nos dois em pé, depois disto Vanessa terminou eu por minha vez nunca mais levei menina nenhuma pro mato, pois ate gosto de dar o cuzinho às vezes, mas tem que ser com carinho.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cazal gay fudedo gostoso ao vivocontos heroticos chupei um pauwww.contos eróticos minha esposa me. liga e diz que vai em um barzinho c/ as amigas e chegou em casa toda gozada .comcontos de uma coroa safada[email protected]conto erotico amassocontos eróticos minha esposa perdeu a virgindade com o marido da irmã conto madrasta peludaconto erotico o dia q eu prende minha namorada na cama 1contos eroticos na construçãoContos de esposa abriu o cu ao máximominha mulher alargou meu cu contoconto dei de mal a xoxota pro meu enteadoCoroa pauzudo de cueca c6 pauzão duro banheiro fotopeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticocontos velho nojentos no onibusContos eroticos de gozar dentro de irmaoshestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornosubstitui o papai contos eróticosContos gays eu casado amava meu padrásto um coroa caminhoneiro de jebacontos eroticos gay casado domado pelo negaoContos eroticos selvagem com meu amigocontos eróticos a puta mal conseguia caminhar no saltopeidando com o pau no cucontos de podolatriacontos virei a cachorrinha do meu amigocontos fodi a dona da lojaconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caraconto ela apostou o cuzinho e perdeuO pirralho do vizinho contosMinha namorada mim traiu na vaquejada contos contos de coroa com novinhoconto erótico mãe espera o pai ir dormir para foder com o filhoconto primeira peitinhoporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredesnovinha grita quando o no do cao trasa seu culeite pra ficar mais bonito contos eróticos gayscontos nudista de pau duroCasada portuguesa no provador com a empregada contosdescobrindo que o primo gosta de rolaContos eróticos: os assaltantes me obrigaram a comer minha filhaPorno conto erotico e massagemputinha do colegio conto eroticoenrabador de afeminadoConto erotico um casal e uma virgem em casa durante um jantardando cu virgem pros amigos 13 contosconto erotico estudandoTrepei com uma atriz porno conto eroticocontos eroticos de incestos dormindocontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos papai gozando na minha bocacontos eroticos atração enteadocontos eróticos a enfermeira velhamão amiga trêm metrô onibus show contos eróticoscasado contos eróticosPuta sendo fôdida gostosocontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladoconto erótico meu dono colocou um alargador em.mima doida conto erótico eu fudi minha sogra japonesacontos eroticos menino de calcinhaContor eroticos eu brimcamdo com minha irma e trepei com elacontos eroticos em quadrinhos negro comeu a mulher do amigoninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocadeixa eu botar meu pau na sua bandeirinha conto eróticoconto erótico eu e meu primo renatoContos eroticos cumi mi.ha cunhada carlacorno assumidotiti do cu apertado emnmeu compadre tem fantasia herotica cm migo o q devo fazerMinha mulher se deliciando com um garoto novoconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantecontos incesto troca de filhasContos eróticos "queria experimentar algo novo"contos eroticos taxista fudendo puta bebada drogadaporno quente doido cara lasca buceta com cuconto erotico jogo de sedução com a mamãecruzando o cu fechadinhoputinhos seduzidos contosConto erotico empregocontos incesto troca de filhasbarrigudos barbudos velhos contosOq deu a chantagem do sindicoContos erotico me exibi pro taxistaconto erotico nao tenho mais tezao pra minha minha mulherconto erótico bucetas e cu a minha disposiçãocontos eroticos hospital a tiaContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticoeu no banheiro e meu primo se punhetando e depois me comeeu e eu gostei ai que deliciacomtosgay comi o cuzinho do meu irmaoconto aerotico casada dando para negro na prisaocontos eroticos eu menina engole porra do meu tio