Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA TOMOU UM BANHO DE PORRA

Olá, sou marido da gisinha. Agora ela anda dizendo que não vai mais fazer sacanagens, disse que tem medo que alguem descubra alguma coisa, sei lá mas, certo dia sem querer ví uma cena nada certinha.



Saí as 7:00 para o trabalho e quando estava quase chegando percebí que tinha esquecido o meu crachá em casa, havia saido a 20 min. Resolví voltar pra pega-lo em casa. Até aí tudo bem.

Quando cheguei no portão vi que o mesmo estava encostado e eu tinha deixado trancado. Entrei devagar e vi a janela entreaberta, a porta estava fechada. Fiz a volta pelos fundos, a porta dos fundos não faz barulho. Entrei em silencio sá de meias e pude ouvir estalos de beijos e gemidos " ãããiiimm, ãããiiiimm, uuuuusshshshs". Comecei a ficar exitadíssimo, mas fui cauteloso, cheguei até a porta que estava entreaberta, havia umas roupas em cima da cômoda as quais faziam volume e possibilitava que eles não me vissem alí. Eu podia ver toda a cama dalí. Encherguei o vizinho ( Marcão) de sunga se esfregando na bunda da minha esposa e um cheiro delicioso no ar, um perfume muuito gostoso que exitava mesmo. Vi também um pênis de borracha por lá e marcão mordendo o pescoço da mãe dos meus filhos, ela estava usando uma camisolinha de oncinha que eu dei pra ela de presente quando ela deu pro seu primeiro amante e namorado. Ela que é morena, de cabelos lisos e baixinha cerca de 1,55 m., uma bundona gostosa que exita qualquer um, rebolava e jogava aquela bunda pra tráz pedinho um caralho. E eu de pau duro do lado de fora do quarto. Derrepente ela resolveu sair dalí e pegou um frasco de cobertura de sorvete e começou a morder o pau do marcão por cima da sunga, ela cheirava e mordia, chupava. Depois baixou a sunga e com um gemido de puta, gozou sá de se debruçar pra chupar aquele pau enorme, não sei que tamanho tinha mas era maior que o meu. Quando ela abocanhou o pau dele ele botou a mão na bunda dela e enfiava os dedos xingando ela, chamava ela de puta e eu de corno. Dizia " enquanto teu marido corno vai trabalhar tú me chama aquí pra te comer sua puta vadia e garanto que de noite tu não dá nada pra ele" e ela respondia "claro que dou mas ele goza muito ligeiro, prefiro dar pra tí gostozo e já gozei sá de lamber essa sua bengala esse sim é um pau de macho e eu adoro"

Gozei sá de ouvir minha puta falando. Ela subiu em cima dele e fizeram um 69, ela gozou na boca do marcão e ele gozou na boca dela que engoliu tudo dizendo que é uma delícia. Chupou muito mais até que o pau dele ficou duro denovo, então ele a pegou e a colocou de 4 sem demora, e começou a estocar lá no fundo.

Ele puxava ela com força e ela arrebitava a bunda cada vêz mais e pedia pro marcão chamar ela de vagabunda e vadia. Ele atendia com prazer, mas um detalhe me chamou atenção. Ela gritava de prazer, comigo não fazia isso. Ela sempre avisava quando ia gozar, então marcão socava mais forte até ela derramar sua água do gozo.

No segundo orgasmo ele pediu que marcão enfiasse o outro penis de borracha junto. Marcão atendeu o pedido e com um pouco de dificuldade ele enfiou primeiro o de borracha e depois foi enfiando de vagar o pau dele e foi arregaçando e ela gemendo até que ela puxou marcão pela cintura e ele enfiou tudo. Ela gemeu alto pedindo que ele rasgasse a buceta dela. Então ele começou a socar forte os dois paus dentro dela. Gisinha sá gemia e gemia pedindo pra ele fuder ela toda. Tava delirando toda arregaçada até que anunciou que ia gozar, então marcão mudou de posição fazendo ela sentar em cima dos dois paus e ela ficava atolada nos dois e sá rebolando, derrepente anunciou novamente o orgasmo e marcão atolou mais dois dedos de cada lado na buceta dela e abria forçando mais um pouco, ela delirava pedindo pra ele rasgar " isso gostoso rasga a tua putinha vai, enfia mais os teus dedos vai vai aaaahhhh". Ela tava virada numa puta mesmo e gozou feito uma condenada e eu nem precisei mexer no meu pau, gozei feito um muleque tarado.

Gisinha saiu de cima dele e ficou brincado com sua bucetinha arregaçada botando os cinco dedos e querendo enfiar a mão inteira mas como estava sensível, não conseguia.

Chupou mais um pouco o pau de marcão e então pediu que ele arrombasse o cú dela, deitou de pernas abertas de frente pro marcão e ele botou a cabeça do pau na entrada do cuzinho dela mas logo enterrou tudo de uma sá vez. Ela berrou de dor chamando ele de safado mas gostou e pedia que ele tirasse tudo pra fora e atolasse novamente, pedia pra ele socar forte no cú dela, e marcão atendia a tudo, ela puxava ele e o beijava sufocantemente não aguentou muito tempo e anunciou um novo orgasmo chamando ele de gostoso, garanhão, meu machão dizia que amava ele e queria ele todos os dias. Mas sei que ela diz isso pra todos. Depois de uns 30 minutos ele anunciou que ia gozar então ela puxou ele e beijou até tirar o folego de marcão depois disse " goza vai gostoso, me enche de porra que eu quero chupar esse pau maravilhoso, mas goza dentro da minha buceta tá, vou dar ela pro meu corno cupar logo que ele chegar em casa". Então marcão tirou do cú dela e atolou na buceta gozando demoradamente tanto que derramou pela lateral e gisinha correu vestir uma calcinha de latex sem forro pra não deixar a porra sair, então abocanhou o pauzão dele pra limpar tudo, chupou e chupou até que ele anunciou que ia gozar novamente. Ela chupou então com mais vontade e tomou todo o leite dele dizendo que ia me beijar na boca na hora que eu chegasse.

Marcã vestiu seu calção e foi pra casa. Eu me escondí no porão e logo batí na porta. Ela veio me atender sá de vestidinho e com os mamilos enormes. Toda perfurmada me deu um beijo suuuper demorado com um gosto de porra na boca. Como se eu não soubesse. Depois me pediu que chupasse sua buceta mas eu não podia acender a luz. Como eu já sabia de tudo, faciletei e sá afastei a calcinha pro lado abocanhando logo aquela buceta gozada e dizia a ela que estava deliciosa e queria que sempre fosse assim. Como de costume gozei sá de chupar minha esposa, fizemos um 69 onde gozei novamente, desta vez na boca dela e me deliciei em sua buceta maravilhosa.

Ela nunca me contou tudo isso, mas sei que acontece sempre, não sá com o marcão, mas com o luiz, o colega dela da academia que também vai la em casa e outros amigos.

Convidei o marcão pra um churrasco e pedí que ela vestisse uma mini saia sem calcinha e uma baby look que ela fica muito gostosa, os dois ficavam sá se encarando, e se esfregavam sempre que tinham chance. Pois é quem quiser saber mais alguma coisa nos mande um e-mail



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha sobrinha comi na minha camaconto eriicos eu e minha esposa passamos dos limitesContos de mulheres que pegam marido com travestieu liberei minha esposacontos eroticos gay velho mijandoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas novinhas lindas provocandoCasadas na praia contocalcinhas sujas contos eroticos da tia safadaconto de foda com fotos de greludacontos exitantes de aline bebada com variosMãe mamando filho contoseroticossou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosconto erotico ensinou anal pra amigacontos eroticos gay dando o cu para 2coroa de shortinho contoscontos eroticos casa nos fundos cerca de aramecontos eróticos minha calcinha rasgadaenfiando a perna da capeira na bucetacontos orgia com maecontos erotico a filinha da vizinha que achava feiaComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêsbaixo forte troncudo e pau grosso gaycontos eroticos com menininhios novinhos com negros pirocudosbati punheta com meu cunhado no carro contocontos de cú de solteironaContos eróticos de travesti comendo casadosconto erotico de leite de cunhadasou puta do.dono.da casa contosconto erotico o coroa mandou o viadinho vestir calcinhaContos mulher cheira peniscontos/ morena com rabo fogosocontos vizinha feiaTennis zelenograd contoMe comeram ao lado do meu namoradomamae me deu seu cuzinhoconto gay filhinho mamarNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contocontos zoo velha carenteeste conto e real flagrei minha mulher chupando a boceta da menina da visinharabo gigante de velha de 55anos transar com netoconto erotico familiacontos me arrombaramcontos eróticos calcinha molhada de xixi na hora do sexocontos eroticos primo da esposacontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscomtos xxx imcesto mae crente maniacaconto vovô comendo cuzinhobuceta esticada aberta gozandohomem sendo estrupado en oficinasexo na enfermaria contosozinhacom primo contos coroascontos eróticos brincadeirasconto erotico policiaconto real minha esposaContos eróticos cu da coroacanto erotico meu amigo negao comeu meu cucontos comeu uma coroa baihanaegua.ficou com a buceta meladasem cadastro zoofilia sai mijando leitepeitos da prima pulando fora da blusa no sexocontos com prima muito novinha dabuseta rozadinhaContos eroticos sou casada e meu cunhado obrigou me a foder com varios homens nu onibuscontos de amiguinhos comendo a bundinha da amiguinhamamãe trouxe um macho pra me comer contocontos eróticos de a cona da titia nãocontos eroticos gays de todas as idadescontos eróticos em cima do carrocontos eroticos de meninas abusadas pelo padrastocontos erotcos cunhada na viahemComendo cu de mulher dormindo conto eroticodominado e submisso contosconto gay, poltrona 42pai com meleque desde pequenos contos eróticos proibidos gayscontos eroticos de mae com seus cavalos comfotocontos orgia com maeConto sou uma vagabunda com fotoschupo varios conto eroticos€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritoscontos de casadas o negro desconhecido me arrombouele enfiou alguma coisa na minha xota contocontos eroticos maduras bundao cuzaoconto erotico A NINFETINHA AMIGA DA MINHA SOBRINHA 3Relatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadoconto erotico perdendo o cabacinho na baladabucetas no bairrofazendinhaFesta da buceta em lagoa da prataconto erótico de mulheres crente traindo marido