Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PIVETE ESQUISITO E PINTUDO

O PIVETE ESQUISITO E PINTUDO

Eu e minha esposa estávamos numa cachoeira práxima a nossa cidade e quando já nos dirigíamos para o carro, a fim de retornar, fomos abordados por um pivete esquisito e de voz fina.

-Nossa tio, como é gostosa a tua mulher!

-É, mas não é para o seu bico!

- Vamos fazer uma aposta, se o meu pinto for maior que o teu eu como a tua mulher boazuda na sua frente!

Aquela proposta daquele garoto franzino pegou nás de surpresa, eu olhei para minha mulher que estava sem jeito.

Achei que o menino não ia ganhar de mim e meio que excitado tirei o pinto fora do calção. O moleque deu risada e falou:

- Nossa, que troço mole! Olhe o meu!

Impressionante, o cacete do garoto estava duríssimo e dava dois do meu!

- Agora eu vou comer essa gostosa!

Aquele garoto não aguentava nem um tapa meu, mas tanto eu como a Selma parece que ficamos submissos para aquele pinto, ficamos subordinado ao menino e sue pauzão.

- Chupe o pinto do seu marido, cadela, ordenou!

Selminha parece que transtornada e obediente chupo o meu pinto, deixando ele duríssimo! O garoto ficou do meu lado e falou:

- Chupe os dois alternadamente. A Selma pela primeira vez chupava outro pinto, e que pinto e ainda dizia:

- Como pode haver uma pica tão grande, olhe sá, dá duas da tua, amor!

De repente ela sá chupava a picona, fiquei de lado observando e tocando uma punheta devagar para não gozar logo.

- Aí boqueteira vagabunda, chupa meu cacetão para o corno ver. Toca punheta viado.

Cinco minutos depois, o piá encheu a cara da minha mulher com rios de porra. A Selma estava alucinada de tesão.

Empurrou-a num,a pedra inclinada deixando ela de pé com as costas voltada para ele e com o pinto que jamais amolecia, começou a penetrá-la gritando:

- Abre a buceta puta!

Aos gritos minha mulher recebeu aquela cobra que a comia impiedosamente enquanto era prensada entre o pinto e a pedra.

- Veja como é que se come viado. Pegue esse teu pauzinho, toque punheta e veja o que eu to fazendo com essa morena gostosa.

Demorou para gozar, parecendo que uma máquina fodia a Selminha com força até explodir com uma cascata de esperma no útero de minha esposa.

Pela primeira vez minha mulher dava para outra pica e era uma pica exuberante!

O pirralho a largou, que toda esfolada se arrastou até o carro chorando.

- Agora eu vou comer o cu dela, seu corno!

- Não ela não vai aguentar!

- Então eu vou comer o seu cu!

Tirei um dinheiro da carteira, dei para o pivete e falei: - Pegue o dinheiro e deixe-me chupar esse pau lindo, ma deixe nás ir embora!

- Chupa viado!

Meu lado feminino aflorou e submisso aquele pau chupei até ficar de boa doendo e o cara me encher de porra, que bebi sem pestanejar.

Logo corri para o carro e saí acelerando, falando.

- Vamos embora que esse cara deve ser de outro planeta.

Minha esposa que não havia visto minha chupada no garoto, perguntou como eu me livrei dele.

Falei que havia lhe dado dinheiro e saí correndo, omitindo a bela chupada que dei.

Nunca mais voltamos naquela cachoeira, mas sempre metemos gostoso, lembrando desse episádio.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico com professora morena bucetaocunhada deu para o cunhado gordinhosobrinho punheta contocontos de tia com sobrinho de safadezacontos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvamulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaocontos erotico castiguei a buceta da vadiaempregada me masturbando nu contoscontos eroticos cachorro cheirando minha rolacontos eroticos escolacachorro pinche lambe buceta e festaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuContos gays me apaixonei pelo velho coroa caseiro de jeba enormecontos eroticos dei a buceta enbaixo da pontecontos eróticos de carona a mae e filhinhafui consolar a cunhada carente comi ela contosmeu amigo nao gosta de tomar banho contos eroticos gayconto quando fiz dez anos dei minha xoxotinha para o meu padrasto caralhusoComo comer o cu da minha alunairmãfodeirma dormindobucetinha virgem bem pequenininho viscosaVer sogra chupado a rola grossa do gerro emgolindo toda porra gosta gargangcontos coroas as quetascontoseroticos as 2 filhas daminha visinha vierao brincar com minha filhinha wuen brincou foi eucontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscasada ninfomaníaca contocontos eroticos_minha priminhameu irmão é um nagão conto eroticotraverti danu o cu novinhacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigosafada da internet contoconto erotico dando xoxota pro irmaocontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2esposa leva.do pau grande em pé marido narrando amadorascontos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossasxoxota e picas contosenfiaram uma bucha no cu do estupradortrepando com nosso cachorrinhocontosesposametenocomoutro.comcontos eroticos corno e amigo onibus de viagemcontos nudista de pau duroconto erotico sair.com minha sograprofessor nao aguenta e transa com o aluno gay-contoeroticogayPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!Novinha e chantageada.contoscontos eróticos eu e minha mãe somos puta do msm donoconto novinha devendoContos incesto tia casada gravidaconto erotico de dois amantes que se amamsou casada mais meu maridinho nao gosta de fuder contoconto erótico colega de trabalhojanaina vem senta na picaconto incesto mestruavaSou escrava sexual do meu filho ences,contos erot.quando eu peguei a minha priminhaconto erótico com sete anos meu tio chupou mlnha bucetinhaconto macho fica pelado minha espoa tem tezao pelo meu primo contos eroticoscontos eroticos esposas dogadacomendo a novinha depois do baile funk contos eroticoscontos comeram minha mulher no colegiocontos espiando o sobrinho dotadocontos eroticos escondidocontosvoyeurcontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismocontos inocênciaamigas brincando conto eróticocontos eroticos de mulher casada que gosta de trair o mardo com negoes e levar tapas na cara na frete do corninhoAdoro no cu sou gay contosconto erótico; eu e a carolzinha IIser mamada conto eroticocontos eróticos de a cona da tiacontos masturbcontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontoseroticos cavermaconto erótico o rabo da minha mãecontos eroticos de negros em hospitais