Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-1)

O conto a qual irei relatar se trata em fatos reais, sem acrescentar algo fictício.

Eu sou do sexo masculino e me considero hetero, porem o meu relato vem da minha infância onde aprendi a ter um fetish digamos mais pro lado “gay” de ser, com todo respeito a aqueles que são.

Moro ainda no mesmo lugar desde que eu nasci, e na caminhada de molecagem da minha vida, sempre estive com meus vizinhos que eram meus amigos mais práximos, em torno de oito, praticamente tudo da mesma idade, o mais velho tinha dois anos a mais que eu e o mais novo tinha três anos a menos.

Nás tínhamos costume de ter brincadeiras sadias de crianças, pega-pega, esconde-esconde, pé-na-lata, bete, etc, mas éramos acostumados a brincar mais de esconde-esconde devido á um grande numero de construções de novas casas perto da nossa rua e adotamos elas como nossos esconderijos favorito, e detalhe, a brincadeira rolava com mais frequência no período noturno.

Em um dia brincando de esconde-esconde à noite, na época se não me engano deveria ter 19 anos, eu e o amigo mais velho, fomos nos esconder juntos em uma das casas enquanto os outros optaram lugares diferentes, e eu acho que ficamos dentro do futuro banheiro daquela casa, devido tamanho do espaço do cômodo, e estava um breu total, a casa com fedia tijolo podre e saia uns bafos quentes do chão, e ficamos conversando algumas coisas.

Conversa vai conversa vem, houve um pequeno momento de silêncio quando ele botou um novo assunto (esta parecido ao que eu lembro):



Ele: - Você já comeu alguma guria?

Eu: - Não (rsrs) e você?

Ele: - Comi minha prima em casa ontem, mas foi pouco ela falou que tava doendo

Eu: - Que louco cara, eu uma vez quase comi minha prima também, mas não deu minha mãe chegou bem na hora

Ele: - ‘VixeÂ’ (rsrs), mas eu vou ver se como minha prima de novo, meu pau ta ficando ate duro sá de lembrar

Eu: - Então o meu também ‘putzÂ’ (rsrs)

Ele: - (rsrs)



Três segundos de silêncio e:



Ele: - ‘OwÂ’, deixa eu ver como que é seu pinto

Eu: - Ver meu pinto?

Ele: - É po, quero ver uma coisa sá, relaxa guri

Eu: - Ta bom, mas como que você vai ver alguma coisa nessa escuridão?

Ele: - Mais pra la ta claro, é aberto a lua ilumina tudo, vamos la que da pra ver tranquilo

Eu: - Vamos rapidão se não o ‘fulanoÂ’ vai encontrar a gente aqui



Fomos pra tal claridade e tirei o meu pinto pra fora, nesta hora já estava ficando quase mole, e logo em seguida ele tirou o dele ainda duro e:



Ele: - Nossa cara, seu pinto é bem diferente do meu

Eu: - É porque eu fui no medico tirar a pelinha

Ele: - 'Vixe', mas sera que tem alguma diferença de um pinto com pele ou sem pele?

Eu: - Acho que não (rsrs)

Ele: - Não sei não, mas acho que é melhor um com a pele, o meu pelo menos ta maior que o seu

Eu: - O que tem haver? Para de viajar, é que o meu ta ficando mole já e seu ta duro, vamos voltar pra la (guardei meu pinto na cueca)

Ele: - Espera ai tive uma idéia massa, eu acho que você vai querer

Eu: - Fala ai

Ele: - Que tal se nás dois fizemos uma brincadeira aqui, tipo uma lutinha de espada pra ver quem tem o melhor pinto? O que você acha? Ou ta com medo de perder?

Eu: - Como assim lutinha de espada?

Ele: - Abaixa seu short com a cueca ate o joelho rapidão



Abaixei ate o joelho e ele também e:



Ele: - Assim á



Ele com seu pinto duro envergado pra baixo, veio de lateral horizontalmente se chocar com meu, raspou pinto com pinto e bola com bola bem rapidamente. Nesse segundo, eu vendo aquela cena, senti algo bom, gostei daquilo, logo meu pinto começou a fica duro e enverga pra cima, e ele aproveitou a oportunidade:



Ele: - Eai se vai querer né? (rsrs com cara de safado)

Eu: - (rsrs) Vamos então, vamos ver quem tem o melhor pinto então

Ele: - Sá que nem fala pra ninguém disso e nem eu vou falar

Eu: - Claro né

Ele: - Beleza então! Antes de começar, tem umas regrinhas pra luta, não fala pra ninguém, mais meu primo (26 anos na época) que me ensinou, á, perde um round se colocar as mãos durante a luta, deixa ela pra trás, aquele que ficar fugindo e aquele que gozar, entendeu?

Eu: - Entendi sim



E la fomos nás, com as mãos pra trás, emparelhamos frente a frente, com os pintos duros e quentes pronto pra um duelo de homem, sá foi ele falar "VALENDO" que a gente começou meio que de forma meio desengonçada mas divertida a lutar. Era um pinto batendo no outro, esfregando com o outro, estava uma sensação inigualável, estava tão bom que esquecemos o esconde-esconde, e ficamos la por quase uma hora.

Detalhes e resultado da luta na Parte 2...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Relato de mulher tenho tesão em executivo de pau duro na calça do ternoconto coni cu prima fotocontos eróticos dei cedoconto sozinho com minha sograconto erotico Meu amigo hetero deixou eu chupar o pai delexoxotudas griludasconto erótico dei meu c* para o Jornal do Campocontos eroticos primeiro orgasmo colo do meu padrinhovídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorcontos esquentando a relaçãoxconto peguei meu filho comendo o coleguinha e comi os doiscontos erroticos fistngcontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontoseroticosdeincesto/irmaoeirmaTodosdesenhopornocontos minha esposa ainda resisteestoria de cantos erotico novinha sentou no colo do Homem dentro do ônibus na viagemContos eroticos gay estuprado pelo paiConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorde moto morena arreganha a perlna mostrando tudoSó fudelança com mulher gravida japonesaminha irmã virou putinha conto eroticoconto erótico gorda gótica ler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tiocontos incesto buceta rapadinha cheia de tezaocontos eroticos eu minha amiga somos putasentando na rola do meu pai contos. eróticosPatroa puta conto eróticofiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibusconto erotico na lagoa com a familiaconto erotico de casada menino roludo comeu meu cu e a buceta tambemsogra contosconto minha mae so me provova e me deicha de pau duroconto erotico comeu a visinhaContos eroticos de novinhas dando o cu pela primeira vezconto erotico da cunhada pegando no pauFotos de velhas com porra na bucetacontos eróticos contei que fiz dp com negrostravesti imgole pora de cavaloConto eu metendo na vagabunda da minha tia e na vadia da sua amigaVacilo comi a esposa contosconto com amigo de meu maridoO pau do zelador no rabo, contoconto erotico zoo familismeu pai me arregasou todawww.contos eróticos fui jogar bola e no banho vi o pintao do meu colega e disse p/ minha esposa .comConto lésbica depilado a cliente safadameu primo rasgou meu cu gaya puta mulher do meu irmão contos eróticosnoite pono nata dormiuContos eróticos no super mercadofodida na escola contosconto erotico comi a buceta da velha mudameu pai e meu tio me comeramminha filha e uma cadela conto eroticocontos bundão arrebitadocontos bebendo porrachupei os pezinhos da minha namorada contos eroticoconto pau fora sunga biwuicontos eróticos de bebados e drogados gayswww zoo porno filha brecado paicontoeroticoloiracoroaquando era menino o vizinho senhor abdio me comeu no matagal conto eroticoconto eróticos meu vizinho cheira minha calcinhaestorias eroticas taquei uma pro cunhadocontos eróticos de negros em carnavalcontos eroticos meu sogro transa com minha mulher em nossa cama com minha permissaoincesto brincando com irmã de pig escondepagando a aposta conto eroticocontos eroticos coroa a muito tempo sem sexocontos eroticos gay bombeiros contos eróticos amigas prostitutasCavalo discabasando uma jumrentamamae nao aguentou no rabo dei para salvar o casamento contiseu gordinha arregacada por um roludo contoscontos filhinha da rabaovoyeur de esposa conto eroticoconto erotico eu e meu irmaoconto erotico emcochando um travesti e fudendo a força em onnibuscomendo na.chantagem contoscontos senti aquela boca quete n minha bunda era meu padrastomeu vizinho fica me olhando de shortminha amiga me comeuconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucache:4rfP6uYGrfkJ:tennis-zelenograd.ru/home.php?pag=67contos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primawww.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestovidiod etoticos madrata dominando a esteadacontos eroticos tava numa vontade danada de comer um cu e acabei dando o meuComtos erotico sempre que eu botava saia meu sogro