Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRANDO A EMPREGADA...

Vou me chamar pelo meu sobrenome para não dar bandeira, mas quando tinha uns 19 anos, começou a trabalhar na minha casa uma empregada, que tinha uma carinha muito safada. Era casada, tinha uns 25 anos, mulata, e um corpo bem delineado. Ela, mesmo casada, gostava de andar com, ora um xortinho apertadinho, ora uma minissaia bem curta. Quando ia no meu quarto (eu acordava tarde, umas dez da manhã) ela parece que de propásito, se abaixava bem para mostrar a calcinha atoladinha ou o xortinho bem entalado na bunda. Certo dia, sumiu 19 reais na minha carteira. Outro dia 19 reais. Fiquei indignado, pois minha família na ia me roubar, sá poderia ser aquela cadela, pois ela tinha livre acesso a meu quarto. Fiquei mais esperto. No dia seguinte acordei mais cedo e aguardei ela entrar no quarto. Tinha deixado uma nota de 19 reais bem a vista no lado da minha cama. Quando ela entrou, viu a nota e pé ante pé ela veio em direção a onde estava o dinheiro. Abaixou-se, foi pegar a nota e segurei-a pelas mãos. "- Vagabunda, te peguei, sabia que era tú sua vadia, não tem vergonha, casada com filho pequeno e roubando teus patrões... Agora vais ter que responder na polícia!" - disse para ela. Ela, pega de surpresa, me implorou que por favor eu não fizesse isso, pois ela precisava do emprego e não fosse a polícia, pois o marido dela era muito violento e bateria muito nela, talvez até matasse... que eu fizesse o que quizesse com ela, poderia bater nela, humilhá-la, até quem sabe ela "daria" o que eu quizesse...

Bem até que ela era bem gostosa, casada, aumentava a minha tesão... Mas neguei, disse que não, agora ela ia pagar. Ela se atirou no chão, desesperada e me disse: "- pode me comer, agora!" Tirou a roupa e abriu as pernas e se ofereceu toda para mim... Neste momento, disse para ela, vai tomar um banho, que vou pensar. Vai para teu quarto e me espera lá.

Dei um tempo, me certifiquei que minha mãe sá voltaria a tarde para casa e fui até o quarto dela... Ela estava com a minissaia, aquela bem curtinha, sá com um bustiezinho, cubrindo seus seios, aparecendo a barriguinha, num cantinho do quarto com um olhar de o que vais fazer comigo... mandei ela se levantar e apoiar-se na cama, curvando-se, mostrando seu traseiro para mim. Levantei sua minissaia e apliquei-lhe varias palmadas nas nádegas. Quando ela começou a chorar, aumentei o ritmo, deixando bastante vermelhas, suas nádegas... "- Vai me roubar de novo cadela?" - gritava eu "- Puta, vagabunda, teu marido te bate assim sua chinelona?" Bati nela bastante até ela gritar bastante...

Baixei suas calcinhas, empurrei-a na cama e falei: "- Agora vou enterrar minha pica no teu cú, sua puta..." Ela se desesperou, dizendo que não, no rabo não, pois nem o marido que era bem maluco e violento não tinha comido sua bunda ainda... Batí mais um pouco naquela bunda gostosa, e a cada palmada, sacudia bem aquelas nádegas, de um lado para outro. Levantei bem aquela bunda, abri suas nádegas e quando aquele ânus se abriu para mim, enfiei meu pau de uma vez sá, direto, bem no fundo até tocar minhas bolas naquelas nádegas... Comecei a movimentar meu pau para cima e para baixo... Ela gritava de dor e eu ia enfiando... "- Toma vaca, isso é para tí aprender a não me roubar..." Rasquei seu bustiezinho e segurei suas tetas, e que tetas, enormes, maiores que aparentavam dentro das camisetas que usava... Quando ela quase desmaiou de tanta dor, eu gozei... Botei neu pau na boca dela e fiz ela engolir tudo, gota a gota... Caiu um pouco na cama dela e fiz ela lamber o restante. Terminado a sessão, disse para ela tomar banho e se ela contasse para alguém, iria imediamente, na polícia dar queixa. Ela fez que sim com a cabeça e oi fazer o que mandei.

Foi a melhor foda da minha vida e qual não foi a minha surpresa, no dia seguinte, ela entrando no meu quarto, indo direto para minha carteira, com um sorrizinho sacana. Tive que novamente repetir a dose com a puta da minha empregada... Por fim, até hoje, ela ainda vai ver se tem alguma coisa na minha carteira, uns tempos atrás com uma vizinha dela junto que ela levou para ajudá-la lá em casa uns tempos...



FIM.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cugang bang sobrinhasconto aos dez anos minha sobrinha sentava no meu colo sem calcinhaAdolecentes.em.fotos.mstrando.as.bucetas.contos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos porno esposas estuprados submissoscontos lésbicas casada 34 anoscontos eroricos gozei com a lingua no cucondos erodicos sogra e jeroconto erotico gay "parente"casa dos contos eroticos, meu corno mande ele  me foder por favor quero um pau preto  na minha buceta, to tarada por uma pica grande  me arrombando, quero foder, quero gozar""Tennis zelenograd contocontos eróticos dei cedoconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosoFotos erótico padratos e entiadaeu tenho 22 anos de idade minha tia linda e gostosa ela e separada do seu ex marido minha tia ela me convidou pra eu ir viajar sozinho com ela pro litoral no final de semana eu e minha tia fomos sozinhos no seu carro pro litoral eu e minha tia fomos pra um hotel minha tia disse pra mim meu sobrinho vamos pra praia eu disse pra ela vamos tia pra praia minha tia foi pro banheiro ela saiu do banheiro com um biquíni fio dental eu disse pra ela tia você e linda de biquíni eu fui com ela pra praia minha tia disse pra mim pra eu passar bronzeado nela eu comecei a pensar bronzeado nela eu e minha tia fomos embora da praia pro hotel minha tia disse pra mim pra eu ir tomar meu banho primeiro no banheiro eu fui pro banheiro toma meu banho eu sair do banheiro minha tia foi pro banheiro toma seu banho eu fiquei deitado na cama minha tia ela saiu do banheiro enrolada numa toalha minha tia tirou sua toalha na minha frente ela ficou nua ela deitou na cama ela me deu um beijo na minha boca ela disse pra mim meu sobrinho fode minha buceta eu chupei seu peito eu disse pra ela tia sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela pegou no meu pau ela disse pra mim sobrinho você tem um pauzao ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta ela gemia no meu pau eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim meu sobrinho fode meu cu conto eróticocontos hot festa no iateminha madrinha depilando a buseta contoeroticoSO CONTOSEROTICOS BIA DEU ATE O CU NO SOFA DO PADRINHOdei o cu a um dotado porque meu marido queria ver o pau entrandoyravesti gorda xvidioskinhead conto eroticomulher da bucetadagrandeContos de putas fogosas co.tados por mulheresconto erotico irmão perfeitocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoconto porn geme gostoso e falei muita gineiraconto tirando avigidade do meu priminho gaycontos eroticos de maes prostitutas com seios enormes com filhoscontos eróticos de negros em carnavalxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelawww.contos eroticos cavalgado no vovomulheres com dhorte branquinho com cuzaocontos eroticos virando menina 3piroquinha despertando contosqueria que meu irmão me notasse contoveroticowww.contos eroticos corona novinho.brcontos erótico incesto filinha Putinhajoana meu sogro comeu cuconto erótico comendo crente viagemwww.dei a buceta com dez anos contocoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outroConto erótico de selmacontos eroticos meu irmao tirou mais vekho tirou meu ca bacinhocontos chantagiei minha mae e mi dei bemRelatos de casada puta esfregando a bunda gozada na cara do corno otariocontos eroticos minha esposa e nosso casal de amigoscontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhacontos meu amigo esta um bom tempo sem mete apica dele e muito grande egrossa eu vou da pra elemoramoa no litoral eu e minha esposa e recebemos um primo dela para pasar um fim de semana conoscocontos adoro ser cornoconto erotico casada comdp e fotoconto erotico pulando o muro comendo o cu da vizinhacontos eroticos negra sendo arrombada na orgiaconto gay minha madrasta me viu vestir as calcinhas delabia cadela contosScu do sobrinho menor contos eróticosconto erotico bi com atendente de hotelFui corno e gostei muitoAguentei a rola enorme do papai contos eróticosMinha filhinha conto eroticodeusa de ebano com uma bunda maravilhosacontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travesticontos eroticos madrasta empurra dedo nu meu cumulheres batendo punheta nos animais como cachorros e ponhesConto erotico meu cao me fudeucontos eroticos minha mulher virou amante doscontos eroticos esfreguei um bundão gostosoconto erotico video gameela me endinou a roçar grelo com gtelo/contocondos erodicos vizinho lindoMinha bunda fui abusada contos eroticos com fotosmulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparenteo cuzao da titia contoContos boqueteira dando apanhandoConfesso ví meu irmão gay transandoContos eroticos reais ; tirei o cabaço do meu filho ; contei para minha amigaporno com a vizinhaxvcontos de cú de viuva carente e crenteContos eróticos de amigo casado Fabio e Anaquando a chapeleta inchada entrou no cu a menina gritoconto erotico pulando o muro comendo o cu da vizinhacontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos eroticos fui dar o cu e me csgueienchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparsou casado e tenho vontade de mamar uma rolaconto gay meu querido subimisso 29