Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A CASADA NO PONTO DE ÔNIBUS.

Bom, as vantagem de se pegar mulher casada, é que você pode dar uma metida gostosa e nunca mais estar com ela, bom essa historia começou quando eu estava saindo de um evento e tinha que pegar o ônibus, mas ele estava lotado, era por volta das duas horas da manhã, então entrei e fui andando quando vejo uma mulher branquinha com um desses corpos cheinhos, mais com curvas, digamos que seja um falça gorda, então na hora que fui passar por trás dela eu dei uma sarradinha, so que ela tinha uma bunda avantajada e bem macia e usava um desses vestido que fica Souto no corpo, como ela num falou nada, resolvi estacionar ali naquela delicia de bunda, e quando íamos andando eu ia dando minhas sarradinha, mais como ninguém é de ferro meu caralho foi logo ficando duro, imaginei a merda que ia dá, mas de repente eu senti que ela estava se ajeitando no meu pau, tentado se localizar nele, ela com aquela bunda macia na minha frente, o mexe-mexe do ônibus eu aproveitei pra levar a mão e alojar meu caralho entre suas nadegas, quando ela senti minha mão na bunda dela, ficou doida e chegou a estremecer, aproveitei pra passar a mão e dar um aperto bem gostoso naquela bunda.. ai que ficou bom, ele começou a se apertar na no meu pau e ele ficando mais duro e ela mais exitada, e a bundona dela parecia que ia engolir meu pau com vestido e tudo, as pessoas estavam percebendo o tesão que ela esta e começaram a rir e comentar, bom isso foi acontecendo pelo percurso da viagem, chegou meu ponto eu desci, quando escuto aquela voz atrás de mim. Hei você esta com muita preça, bom eu disse que não, então ela falou, agora vem apagar o fogo que você acendeu, bom, como era tarde e não tinha ninguém por ali eu fui na direção dela e coloquei meu pau pra fora, ela começou a me punhetar e me beijar freneticamente e logo desceu e começou a chupar meu pau bem gostoso, com uma chupada gostosa e nervosa parecia que ela num via um pau a anos, porque estava feito doida me chupando, gemendo e se masturbando, feito louco, depois ela se levantou e tirou a calcinha e me deu, mandando eu colocar no meu bolso, depois ela se virou de costas para mim e colocou as mãos na parede deixando aquele bundão empinado pra minha direção, e falou, vem me comer caralho, eu to doida pra dar meu cuzinho, eu fui e levantei o vestido dela, aquele rabo dela parecia uma lua cheia, branco e grande, eu abri as nadegas dela e vi aquele buraco do cuzinho dela, dava pra que ela estava acostuma a dar o cú, então dei uma cuspida no meu pau e foi colocando ele, pra dentro daquele rabão, com forme eu ia enfiando, vendo meu caralho na penumbra entrando nela, ela já ficou doida e começou a mandar eu meter bem gostoso: mete porra, mete esse pau no meu rabo, me come bem gostoso, fia bem fundo em mim, vai caralho, mete fundo, eu fui ficando doido e metendo forte nela, mais quanto mais eu metia... mais ela pedia pau, dava pra sentir que aquele posso num tinha fundo, ela começou a pedir coisa, então eu obedecia fielmente, mordia as costas dela, puxava o cabelo bem forte, ao ponto dela se contorcer pra trás, dava tapa na bunda dela, sempre metendo meu pau forte naquele rado, então tirei e quis comer sua buceta, ela não deixou e disse que a buceta o marido comia, ela queria dar o cuzinho, porque ele tinha nojo de comer, de novo ela colocou meu pau na portinha do cu e falou: mete forte essa porra no meu cu, eu enfiei tudo de uma vez, ela gritou e pedia: me come porra, rasga meu cú seu safado, me arronba toda, que sentir seu pau bem fundo, eu comecei a fuder ela bem forte e selvagemente, com um animal e ela pedia mais e mais, bate na minha bunda... apera meus peitos... puxa meu cabelo..... me faz de vagabunda,,, de piranha... me chama de cachorra... mete porra... me come bem gostoso, que aquele corno que eu tenho em casa num faz isso, aquele viado.... mais forte... mais forte... fiquei metendo forte naquele rabo até que num aguentei mais e disse que ia gozar, ela tirou do cú e me mandou gozar na mão dela, então começou a punhetar meu pau ate que eu gozei na mão dela, que escorreu entre seus dedos, e ficou olhando minha porra na mão, depois falou... pronto, agora você pode ir embora, já estou satisfeita.... eu sai andando sem entender muita coisa e ela ficou La no ponto de ônibus, me olhando, sem sei de onde ela era, mais sei que foi uma foda deliciosa, como eu disse, adoro pegar mulher casada. Em breve tem mais... aguarde. [email protected], entre em contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


numa festa minha esposa colocaro ela pra dormir quando eu vi contoMeu sobrinho me fez gozar no rio contos eroticos de gaysempurando devaga no cu 30cdei para meu genrogozei nas coxas da filha contosimagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparentevi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticocontos eroticos gay o pastorcontos insesto mae de ferias com filhogruda nos pelinhos da bucetaconto mae e filha bebadasCArnaval Antigo com muinto trAveco fazendo surubatravesti de microsaia fica de pau duro na ruacontos eróticos bebendo porra sem saberRelatos eroticos reais ; flagrei minha mae dando o cu para um pedreiro coroa .fui consolar a cunhada carente comi ela contosCasada narra conto dando o cuconto de estrupo de praticinhatitiocolocadevagarvi minha cunhada dormindo vi minha cunhada dormindo comecei a comer ela acorda assustadacadastro dormindo e Thiago chupando seu pauconto gozando no cu da gostosa de suplexesposa soltinha e seria com amigos em casa contocontos eroticospais e filhas novinhasdepois de casado entrei na piroca grossa e viciei contoscontos com a visnha casada escondido oaContos eroticos chantageando a irma e fode elaContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festaconto erótico mulher é domada e faz marido assistir ela traindorelatos de um negao roludo me estuprou e me desvirginoun aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de putarias gays/ flagrei o meu amigo comendo o cu de seu filho veadinhofunkeira gemendo eqc cContos eroticos mae ve genro urinandocontos gay meu primo pauzao vir iFui vendida como escrava sexual para um negaocontos motorista vez amor com patroaContos eróticos titioConto erotico de mototáxi com a picona e meninasfoi chantageada pelo meu colega de trabalhoDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininoeróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciacontos eroticos subrinhas virgema japa do setio deu cu contos eroticos 2018contos siririca praiaContos e fotos de sexo no carnaval mtaputariadei com muito amor conto separacaoconto chupei a coroaconto gay sou macho me encoxarammassagem incomparável faz cara senti tesão e gozacontos fazendo sexo quando era meninocontos eroticos gay traficanteContos eroticos de travestis tarados.contos felipe comeu minha mulhrerTennis zelenograd contopai muitofeinho comi a filha gostosa bebadaenfiado a buceta na grafi de cama xvidioFui obrigada a da a bucetaconto erotico velho praia nudismoeu engravidei minha vizinha casada conto eróticoconto erotico de entidas e gravidameu intiado me come eu e a minha finlha contos eroticoscontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos eroticos em familiacontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1outro chupando os peitos da minha mulher. contosfoi chantageada pelo meu colega de trabalhominha mãe me flagrou com seu vibrador conto gayvi meu filho na punhetaMulheres na estrada batendo punheta para estranho no pornodoidocontos traindo meu maridoporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaoconto gay dei para meu filhocontos eroticos cunhadinha dormindoContos ela deixou comer o cu delapeguei minha sobrinha do interior matutinhacontos eróticos mulatacontos eroticos mendiga negra