Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEGREDO DE ESPOSA

Ali se encontrava eu,em um quarto de motel debaixo de um homem que não era meu marido,devia ter percebido e ter colocado limites nele, ou percebi e fiquei curiosa pra ver como seria,o pau dele fazia bem ao meu corpo e a cada estocada eu pedia mais,senti os dentes dele em meu pescoço e pedi pra ele ter cuidado não poderia deixar marcas em mim,ele perguntou se a porra dele podia ficar em mim,me marcar,aquela pergunta acabou com todas as barreiras e falei que podia,ele ficou de joelhos tirou a camisinha e deitou sobre mim novamente,e pediu pra eu por o pau em mim,peguei o pau dele e senti ele sendo empurrado pra dentro de mim,com força,o saco dele encostou em minha mão e senti as bolas em cima da minha aliança,senti uma sensação incrivel e com a mesma mão peguei no saco dele,e iniciei um carinho naquele saco que pegava pela 1ª vez.

Agora não tinha mais jeito,o que começou com uma curiosidade,estava sendo experimentado,agora entendo minha colega de trabalho,mesmo tendo um casamento feliz,uma puladinha de cerca não faz mal.

Sai da sala onde nás 2 trabalhamos pra ir ao banheiro,meu fio dental acabou e voltei pra pedir o dela,eu sabia que o marido dela estava fora a trabalho,1ª semana por mes por causa da profissão ele fica em uma filial da firma em que ele trabalha,nossas familias se conhecem,e sei que ela conversa com ele a noite pelo msn,ao me aproximar da sala percebi o tom de voz meloso dela e achei estranho,tão distraida na conversa que nem me percebeu,ela estava de costas para a porta,voltei um pouquinho e escutei a conversa um pouco:

''tava com saudade rsrs hoje vc pode matar..essa semana umas 2 vezes e sá rsrs 2 é demais pra mim pega sua esposa pensando em mim'' não conhecia esse lado dela e fiquei atordoada,minhas duvidas acabaram na hora de irmos embora,ao caminharmos para o metrô de repente ela se 'lembrou' que precizava pagar umas contas que estavam vencidas,me dispuz a ir com ela o que foi recusado,fingi estar tudo bem e nos separamos,me lembrei das idas a farmacia,lojas...... sempre quando o.....estava fora,de curiosa tentei segui-la,nem precisou assim que virei no quarteirão a vi entrando em um carro que acabava de parar em frente a farmacia.

Por meses fiquei intrigada com aquilo,como podia? ficava imaginando ela com o outro cara transando,e isso foi me atiçando até que depois de +ou- um ano,matei minha curiosidade,um professor de uma escola onde meu filho treina,matou minha curiosidade, nossa 1ª vez foi como eu comecei o relato.Boa conversa,um fisico lindo,casado,depois de algum tempo me convidando pra sair,eu nunca respondia que não,apenas que iria ver,não coloquei limites antes não seria depois de estar com ele ali entre minhas pernas, sentada na beira da cama um lindo pau negro me foi apresentado,direcionado a minha boca,peguei, passei em meu rosto experimentei o caldinho que saia dele e fui enfiando ele em minha boca,não consigo descrever o que eu estava sentindo,temia,calor e frio tudo ao mesmo tempo,a mão dele em minha nuca me fez engolir o pau que foi deslizando até minha garganta,segurei no quadril dele e o mantinha a uma distancia em que eu podia chupa-lo sem engasgar,quanto mais eu chupava mais me dava vontade,ouvi o plastico da camisinha sendo rasgado e chupei com mais vontade ainda,quando o pau saiu da minha boca estava com a cabeça brilhando,foi linda a cena dele colocando a camisinha,me empurrou pra cima da cama abriu minhas pernas e foi enfiando o pau em mim,engravidei no namoro e me casei foi o 2ª homem que comeu,não me queixo do meu marido,essas emoções loucas que eu tava sentindo são coisas do proibido,ai que eu fui entender minha amiga.

Sem a camisinha tirada logo depois,foi uma penetração diferente não via a hora do semem dele ser injetado em mim,ser marcada por ele,cruzei minhas pernas na cintura dele e fazia um carinho no saco dele,ali eu podia gemer a vontade diferente de sexo em casa,no motel é diferente e as estocadas dele me faziam gemer,ele falou no meu ouvido "isso canta pra mim'' e com força me socava,pegamos um ritmo delicioso,com a mão da aliança eu massageava o saco dele e com a outra sentia o vai e vem da bunda dele em cima de mim,foi quando me vi nos espelhos com ele em cima de mim,me comendo,me traçando,metendo em mim,foi que eu me senti infiel,até então eu era sá tesão,amei me ver ali,segurei com força a cintura dele com minhas pernas e pedi pra ele parar um pouco,quiz me ver me mexendo debaixo dele,quando ele percebeu o que eu queria ficou quietinho com o pau bem socado em mim,aliviou o peso do corpo um pouco...rebolei demais naquele pau,até ele não aguentar mais e começar o vai e vem em mim de novo,quando ele procurou minha boca começou a me beijar de um jeito que eu pude perceber o que tava acontecendo,o saco dele começou a latejar e num beijo daqueles senti o pau despejando porra em mim,me segurei com as 2 mãos nos ombros dele e com força subia e descia me quadril dele,toda a porra que saiu daquele pau foi injetada em mim,e pensando naquela porra de outro homem dentro de mim,foi sá me esfregar um pouco nele que logo meu gozo veio,minha buceta fez um carinho muito gostoso naquele pau,fazia ela apertar ele até sentir ele bem molinho,ficamos um tempão ali sem falar nada,sá beijinhos,com cuidado sabiamos que essas ocasiões podiam se repetir. Com muito cuidado.



[email protected]









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico travestis o traveco preto rasgou meu cuSentei na pica e cavalguei gostoso com a pica dentro parei prazercontos eroticos em quadrinhos negro comeu a mulher do amigoconto tia velha safadacontoseroticos cavermafui buscar cerveja e deixei minha esposa dormindo bebada contocontos meu filho me pediu para engolir sua poraConto erótico minha mãe me deu de presente para o meu tioconto chupei a coroaconto erotico namoradinhos de infanciacontos eroticos no cinemaComir minha prima e minha tia contos eroticosContos lesbicas no onibuscontos eroticos brincarcontos eróticos passei a língua na xaninha da mamãe e cherei enquanto ela dormiacontos eroticos caguei dando o cu pro negaocontos eritico acustumou da o cu com tudo mundo dormindoContos eróticos chupando estranhoConto erotico peguei.minha filha novinha arombei elacontos eroticos de regata sem sutiafudi gostoso no volleycontos eroticos boquete da cumadrecontos eroticos meu cunhado piça de burro conto erótico ela roçou o bumbum na vaginaComendo a amiga de trabalho da esposacontos eroticos trocando o óleocontoerotico ela me seduzcontos eroticos mae filha e cachorrlconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliacontos eróticos arma na cabeça do meu maridoengravidei de outro conto eroticoxvideos esposafas gosaso coma línguaconto erótico gay iniciado pelo meu tio do pirocaoconto erotico de dois amantes que se amammulher foi agarrada pela amiga pro negao enfiar o cassete contos eroticoscontos eroticos gozei no pau do meu irmaopau duro na frente da tia contoscontos eroticos a morenaa bundudacontos eroticos mulher dominadora usando marido como cachorroContoseroticosdegatinhasleke comendo a casada contocache:XIRRUtFC4SYJ:https://idlestates.ru/conto_12285_fui-estuprada-por-minha-culpa-parte2.html contos eroticos no cinema porno com travesticontos/ morena com rabo fogosoconto erotico transei com meu filhoconto gay meu sobrinho júniordei a bucetas pros peoes da fazenda contos conto erótico gay em cinema. De Recifexvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negracomtos eroticos...mulher trai porcausa di sexowww.contos erotico que exitaconto erotico na lagoa com a familiacontos eu e mais dois metemos na sogra conto meu marido acha que sou santa mais ja dei o cucontos minha irmãzinhaSó fudelança com mulher gravida japonesacasa dos cotos eroticos minha mulher querendo se eguaRespira fundo e relaxa que vai entrar no seu cuConto sou uma vagabunda com fotoscdzinha contos troca trocaconto de sexo jogos com minha mãecontos eroticos uma senhora de. bem parte 6conto do negao velho e pirocudoconto erótico da esposa do meu irmãona viagem minha filha veio detar na minha cama relato erotico contos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafaConto erótico de selmacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoshistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido verconto anal quadril exageradoeu e meu marido na nossa noite de núpcias eu disse pra ele mete seu pau bem devagar na minha buceta virgem conto eróticoentregador de gas bem dotado e sexy dominadorContos de masturbação com objetos no ginecologistaconto pai trepando filinha pequenaconto erótico minha esposa caiu na ciladainciando rola na casada debaixo calcinhaContos gay comi o namorado da minha irmacontos bebada boqueteconto eróticos de primo eu e ele estamos espiando na fechadura o irmão dele comendo minha irmãrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaContos esposaContos gays meu padrásto coroa de jumento dormindo nu e aproveiteicontos/casado gosto de exibir a bundinhacontos eroticos csrona analContos marido da vizinha viaja e deixa ela carente porno pai comvidou amigo oara ver o jogo e a sua filha transou com o amigo do oai delasou puta do meu cachorroconto transei com meu pai na despedida de solteiraPutinha namorada Daniela conto eróticoscontos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindocontos eróticos meu pai meu donoconto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriasContos filho namorado "pintinho"contos eroticos amiga seduz sua amigacontos erotico com foto de mulhe trasado gozado gostoso