Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPIANDO A CUNHADA, FUDENDO A ESPOSA

O relato que passo a compartilhar com vocês teve início quando ainda namorava a minha ex esposa (Mariana), ela tinha duas irmãs que moravam com ela (a mais nova solteira, evangélica e virgem e a outra, mais velha que minha ex e separada).

Quando passei a frequentar a sua casa, passei também a manter contato com as irmãs, e confesso que sentir um tesão, desejo pela minha cunhada mais velha. Ela é morena, cabelos pretos, seios médios, era mais magra que a minha ex e tinha uma carinha de quem é abusada, o que me deixava com mais tesão.

Quando eu chegava a sua casa ela já vinha me receber ou usando vestidinhos ou saias, raramente de short, e quase sempre sem calcinha; quando estava de calcinha durante os nossos sarros ou eu tirava ou ela mesma tirava. Geralmente ficávamos no jardim ou na entrada de as casa, numa área existente, onde ficavam umas cadeiras.

Ficávamos no maior amasso no jardim, ela esfregando a buceta em meu cacete duro, eu levantava o vestido dela, alisava a sua buceta, massageava o grelinho dela, enfiava os dedos, a deixava toda lambuzada, enquanto ela alisava meu cacete por cima da bermuda, eu colocava o cacete para fora e ficava roçando com ele em toda a extensão de sua buceta e quando ela já estava bem excitada, eu penetrava gostosa a sua buceta, que engolia o meu cacete, ela apertava o meu cacete com a sua buceta (uma delícia). Eu também gostava de meter com ela de costas para mim, ela ficava na ponta dos pés ou eu me abaixava um pouco (por ela ser mais baixa que eu) e eu metia gostoso em sua buceta (adoro meter na mulher por trás) e também passei a fuder o seu cuzinho, em pé, ela ficava de costas, às vezes se apoiava em uma planta e eu metia gostoso em seu cuzinho apertado, era uma delícia isso tudo. Fudemos muito nesse jardim. Confesso que não sei dizer se alguém chegou a perceber algo ou ver, mas acredito que sim. às vezes a minha cunhada passava por nás e acredito que notava algo. Eu também dava umas rapidinhas com ela na sala, com a minha cunhada no quarto ou com o pessoal na calçada. Ou então eu ficava alisando a sua buceta co mela deitada em meu colo no sofá, co ma minha cunhada sentada em outro cadeira. E o fato de alguém poder nos pegar no flagra, em especial a minha cunhada, me excitava muito. E fui alimentando esse tesão que sentia por ela.

Quando casamos depois de um tempo, passei a morar um tempo na casa de minha sogra e com isso fiquei mais perto de minha cunhada e ai passei a fazer umas loucuras. O banheiro tinha umas aberturas pequenas na porta que davam para espiar quem estava no banho e eu providenciei de aumentar essas aberturas para facilitar o meu objetivo, espiar a minha cunhada. Confesso que várias vezes fudi a minha esposa imaginando está fudendo a minha cunhada. Eu passei a espiar ela tomando banho, geralmente quando estava sozinho em casa ou não tinha ninguém por perto, era muita adrenalina, eu espiando ela tomando banho, esfregando sabonete naquela buceta (às vezes peludinha, às vezes lisinha), inclusive cheguei a ver ela se depilando, com o pé em cima do vaso sanitário e eu vendo pela abertura da porta), passando nos seios, vendo ela de costas, o seu bumbum e eu me masturbando e também passei a me masturbar em suas calcinhas, deixando-as lambuzadas com a minha porra. Ela passou a notar que eu a espiava, pois às vezes colocava uma toalha na abertura, mas às vezes não colocava, mesmo sabendo que eu a espiava. Mas nunca falou nada comigo e eu continuei a me excitar lhe espiando. às vezes eu estava com um calção folgado e deixa o meu cacete praticamente de fora, para que ela desse uma olhada, mas ela também nunca falou nada, mas eu sabia que ela via o meu cacete duro de tesão. Tinha um cara que morava na mesma rua que fudia ela, não namoravam, mas ele às vezes saia com ela, eu sabia que ele fudia ela. Outro dia eu estava procurando umas coisas e encontrei um álbum de fotografias e para minha surpresa e tesão, encontrei duas fotos dela exibindo os seios em uma praia que foi passar o fim de semana com o cara que a fudia. E não deu outra, fiquei com essas fotos para mim, guardei bem guardada e se ela sentiu falta, nunca reclamou ou perguntou quem pegou. E assim eu passei um tempão espiando a minha cunhada, mas infelizmente eu nunca cheguei a fuder ela. Teve uma vez que fudi a minha esposa chamando-a pelo nome de sua irmã foi uma foda muito louca e confesso que pensei que a minha esposa fosse dá a maior bronca, mas não reclamou, acho que pelo tesa o que estávamos e também por que havíamos tomado umas cervejas e caipirinhas nesse dia, foi um churrasco que fizemos em casa.

Depois conto mais aventuras que tive com esse meu lado voyeur. Espero que vocês gostem e mantenham contato através do MSNe-mail: [email protected] ou twitter: twitter.comsrfetiche

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos erotico dei pro meu amigo ra comer a namorada deleconto erotico gay amigo com aluno e professorContos eroticos minha esposa foi molhada e revelou seu peitos no churrasco de casaContos porno de mulheres casada que traem com pau grande e choramcontos eróticos peguei minha mulher e minha filha no pau do vizinhoContos eróticos.com/Enrabei a Floracontos sex fui tratada como putacontos gay estupro doloroso conto erotico vendedor.de.mandiocaContos eróticos-rabudaContos eroticos primeira vez no puteiroconto os peitos bicudos de maecontos eróticos de bebados e drogados gaysMetendo na perereca da maninhacontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelSexo gay cinebolsoconto gay gozei na janelaContos eróticos vi minha irma fudendo com tios e primostava me masturbando e meu namorado chego e me chupoucom amigo na praiaconto eroticocontos travesti vendo mendigo mijando do prédio contosfui buscar cerveja e deixei minha esposa dormindo bebada contocomo meu marido virou corno kellyIrmão punindo a irma com sexo a força na meio da briga contos eroticosmeu genro comeu meu cu e me dominou contos gayContos eroticos meu marido meu capachomulheres sendo torturadas pelos seios buceta cu sexo brutalcontos quis dar pra um travestiContos namorado castrado pelo a sogracontos eroticos quanto vi aquele pau mostruoso o meu cu piscocontos erotico trai meu maridinhocontos eróticos violentada fui putinha na frente do meu namoradocontos comi o cuzinho dela dormindoFoto casaro de gordinha de calcinhaconto erotico a puta vestida de infermeracontos eroticos minha amiga e seu marido me maltrataram com piça mae e filha com vibrador na buceta contos eroticoseu corno de putaa minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticostravest tem um pau de 27cm e ama comer cu deulhercrentes da c c b,dando o cu,contoscache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos sou casada e comi um novinhoconto erotico gay motoqueiro marrenticontos eroticos dando para o cunhadoContos com negros sexoqconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuconto erotico dona de casaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontoseroticossandyContos eroticos de solteiras rabudasaregasando a b da nhomem de calcinha enrabadosou casada meu visinho novinho contoscontos eróticos de a cona da tiaacampando com o garotocontos eroticosconto esposa adora leitevaselina conto erótico contos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidominha mulher se exibiu pra várioscontos eroticos com homem contratado para engravidarencostei o braco na buceta da cunhada contostravesti jhuly hillscontos enfiei tudo a minha picona nele e ele reclamou muitoContos esposa do meu irmãodoutor esporreando muito no travedtijato forte coroa vomitaconto eróticos estupro no orfanatocontos fui banha no rio e minha tia foi atrazbundinha cobiçado conto erótico gay