Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMIGO BEBADO, MULHER FACIL.

O que contarei hoje, aconteceu neste fim de semana, e ainda fico meio arrependido pelo feito, mas confesso que foi muito gostoso.



Cmo ja falei em outro conto, sou sou alto, magro, pele clara e cabelo preto, e 25 anos



Tenho um amigo de infancia, que somos muito apegados, sempre farreamos juntos até eu me casar, e mesmo depois continuavamos saindo pras cervejadas e tal.



Há um ano ele está casado com uma morena linda, estatura media, peitos normais, mas uma bunda linda.



Sempre frequentei a casa deles, e eles a minha, nunca olhei com malicia nenhuma para a esposa de meu amigo.



Neste fim de semana, decidimos sairmos juntos para uma balada qualquer e fomos, pra não ficar de vela convidei uma velha amiga minha para me acompanhar, e fomos para uma das boates de nossa cidade



Dança vai, bebida vem, minha amiga arruma um rolo e me deixa de vela ali no meio, logo comecei a procurar alguem pra mim, mas sem sucesso acabei sentando em uma mesa, quando vejo uma loira bonita me olhando do bar. a convidei para sentar com um sinal e ela veio...

Conversamos um bocado, e rolou uns beijos, tentei carregar essa loira para minha casa de qualquer forma porem ela queria que eu arrumasse alguem pra uma amiga dela, o negocio é q eu nao conhecia ninguem alem de meus amigos, e nao levaria 1 cara estranho com outra estranha pra minha casa sem eu ver o q estariam fazendo.



No final trocamos telefone e marcamos o encontro para outro dia.



Depois de algum tempo na boate, percebo meu amigo ja alterado pela bebida, e algumas horas depois, ja distraido, sua esposa me chama pra leva-lo embora pois ja estava fzendo fiasco.



Escorei ele no meu ombro e levei ate o carro. Procurei por minha amiga, porem nao encontrei-a e acabei a abandonando, mandando 1 torpedo em seguida relatando o acontecido.



Como eu havia tomado sá uma lata de cerveja e muito energetico e refri, ja prevendo que teria que dirigir, peguei o volante e fomos embora.



Chegamos na casa do casal, onde largamos o pinguço ja desmaiado na cama. Ela me convidou para tomarmos um alcool, ja que ele nao aguentou e ainda era cedo da madrugada.



Inocente, aceitei o convite, e depois de muitas eu ja estava alterado e ela tambem.



Ela começava a falar que estava louca por sexo e o marido dela desmaiado, eu sem graça, mesmo bebado....



Ela acabou levantando e na tentativa de ir ao banheiro cai no meio do corredor, eu vendo aquilo, ja bebado tambem vou la ajuda-la preocupado se ela havia machucado.. com muito esforço a levantei e a levei no banheiro, esperei no lado de fora, e quando ela sai a ajudo novamente a voltar pra sala..



A garrafa de vodka ainda tinha metade quando ela decidiu que iria secar tudo aquilo, eu tentei faze-la parar mas ela quase me espancou, entao a deixei beber, que nao durou muito, bebeu uns 4 goles e desistiu da façanha, entao se abaixou para colocar a garrafa no chao e acabou caindo de 4..



o vestido que nao era mt comprido e era meio colado levantou, mostrando tudo, ela estava sem calcinha e meu pau levantou naquela hora...

ela vira, me olha com cara de puta e diz: me ajuda a levantar?



confesso que ri na hora e ajudei, quando a levantei ela beija minha boca, e eu sem saber o que fazer retribuo o beijo...



enquanto ela me beijava ela abria minha calça, quando percebi a calça desceu, e ela logo enfiou a mao em minha cueca, tirando meu pau pra fora. eu falava para ela parar, mas quem queria mesmo era eu, estava louco de tesao e a bebida tinha colocado o "modo foda-se" ligado. nao resisti, e depois de muito beijo e pegação, levantei o vestido dela, e daquele jeito mesmo a empurrei para o sofa, deitei-me em cima e sem camisinha coloquei meu pau pra dentro, fodemos feito loucos, de 4, 69, frango assado, papai mamae...



ja estava amanhecendo quando paramos, o alcool ja tinha perdido 1 pouco do efeito. e o arrependimento começa a bater, tomamos banho juntos, mais um boquete delicioso dela no chuveiro, e fui dormir em um quarto que sobrava na casa.



Algumas horas depois sou acordado por meu amigo me dando travesseiradas e me chamando de vagabundo por estar dormindo ainda.

Nesta hora que o arrependimento bateu de verdade, enganei meu melhor amigo, aquele que sempre me apoiou em tudo.



A esposa dele estava normal, com uma puta cara de ressaca, mas agia normalmente, sera que ela se lembra do que aconteceu? nao sei, sá sei que eu me lembro e nunca vou me esquecer dessa covardia que fiz com meu amigo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sexo aos14 pornodoidoCasada vai com a amiga ao provador e fica cheia de tesão contosporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhacontos eroticos o muleque comeu meu rabominha mãe e puta contosContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaascasada que gosta de apanhar traindo porno contocontos eroticos filha fio dentalcontos eroticos exitantes minha sogra safada gostosa contos eroticos testanta a esposaa madrasta ingênua contos eróticosconto erotico defia um diero comi ela pornomostrou buceta desvirginadacontos virei cadelinha assumidiconto erotico mostrei minha calcinha por dinheihoMamando o netinho contoseroticosContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3contos com minha irma e amigacontos eroticos meu grelo e grandefui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosconto erótico meu sobrinhoconto erotico fui pra fazer um teste pra trabalhar e voltei pra casa cm a buceta ardendo de tanto darcontos eroticos mae senta no colo do filho na frente do pai cornoPorno negrinho gay adolegente teenconto erotico amigo bebado mulher carentetransando a sobrinha em pleno sono profundogostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticoscontos eroticos de quando chantagiei o velho pauzudo pra ele trasar comigogaroto malandro pega tia dormindo e meti nelacontos gorda feiacontos eróticos tio tarado me botou no colocontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15contos-contraindo o cuzinho no teu pauconto erotico minha mulher no assaltover contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.Engolindo a piroca do irmozinho contoseroticosempregada fodida na marra.contosrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasa medica que gostava de zoofilia_contospaguei boquete na infancia contosdando padrasto contos eróticosVer contos eroticos de tio cumendo a buceta da sobrinha aforça na casa delefamília naturista contoscontos eroticos com solteira no cinema pornocontos eroticos ru na despedida de solteira da minha irmã minha mae me prostituia conto eroticocontos de coroa com novinhoconto mulher do amigoconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos eróticos morando com filhodedo de tio safado fudendo buceta de novinha pornodoidoaencoxador no tremcontos eroticos de vadiaConto eroticos sogra selmavídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorgrelao era enorme lesbica contoscrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticosasalto que.virou.suruba videosa caminho da caichoeira deu o cu pro amigo netiMinha cuinhada sandra se pingando todacontos eróticos com o genrocomi a mulher estrupada do traficante contos eroticorelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesadoro dar para o nosso cachorro contos eróticoscontos eroticos de despedidas de solteiraconto veio xupno peito menininhafoda gostoza mulher caszada tro cano omaridocunhada gotosa dano o cu na cuzinhano cuai que lambida contoscontos eroticos menininha com dois pausporno encejo com sogro e sogra pra serularcontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgconto eroticos minha mullher e muito alegrcontos de crentisinha cusudapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocontos eróticos. sou uma casada que adora putaria com novinhocontos eróticos irmãtransando com a motogirlssocando na minha irmã compressão sexeMae nao aquenta todo pau do filho no cu apertadoMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,bucetudas com caralhudos/fotos e contoscontos eroticos chantageando a vizinhacontos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescaria