Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TIVE MEU CÚ VIOLENTADO(EMPREGADINHA)

Meu nome é Rose, tenho 22 anos,sou morena clara, 1,65 metros , cabelos curtos alisados castanho claro, tenho uma bunda durinha,grande e gostosa, meus seios são pequenos,tenho pelos no cú e na buceta.Sou empregada doméstica.Nem sei como estou escrevendo isto, porque sou muito tímida.Dessas com cara de boba mesmo.Bom, aconteceu quando fui levar a filha da minha patroa prá brincar na casa da coleguinha dela.Bati a campainha e prá minha surpresa quem atendeu foi o pai da garotinha.Ele me olhou com uma cara de safado.Então entramos.Elas foram brincar e nás ficamos a sás.A esposa dele não estava.Ele me disse que ela chegaria ainda pela manhã pois ela trabalha a noite.O tarado abriu o ziper da calça, tirou o pinto prá fora, e eu toda envergonhada não sabia o que fazer.Ficou batendo punheta na minha frente e me mandou ir para o quarto dele.Sentei naquela cama de casal .Estava nervosa, tremia e meu coração batia forte, estava com medo.Quando fico assim tenho mania de sentar em cima das mãos.Ele olhou prá mim e me disse que eu tinha a mesma cara de sonça retardada da esposa dele.Me disse que ia tratar de mim igual tratava a esposa dele.Colocou o pinto duro , grande e cabeludo na minha boca, tirava,dava tapa no meu rosto.Fez isso umas trinta vezes.Segurava na minha cabeça, mandou que eu não tirasse as mãos aonde estava.Empurrava varias vezes aquele pinto na minha boca , fazendo chupa-lo, tirava e dava no meu rosto, enquanto me falava:Chupa essa pica ,trouxa otária, vê se ao menos presta prá isso.Era muito humilhante.Eu estava de mini-saia.Ele me mandou levantar , me mandou levantar ela, ficou rindo da minha calçála , que foi logo arrancada.Abriu minha bunda e foi logo dizendo:Vai lavar seu cú imundo , empregadinha imprestável.Então corri para o banheiro toda envergonhada, lavei meu cú , sequei com uma toalha de rosto que estava lá.Quando voltei ele fez a mesma coisa.Abriu a minha bunda, me chamou de cú de porca imunda, pegou um bolo de papel higiênico e mandou eu enfiar no rabo.Me senti muito humilhada tendo que fazer aquilo na frente dele.Depois voltei para o banheiro com o cú queimando, prá tirar aquele bolo de papel de dentro do cú e lava-lo de novo.Depois que voltei para o quarto, aquele tarado estava me esperando com aquele pinto duro.Começou a me alisar na buceta e no cú.Se agachou comigo virada de costas. chupava e cheirava meu cú igual a um cachorro.Me chamava de cadela, meu colocou de quatro, mandou eu cobrir a cabeça .Depois que cheirou meu cú de novo o filha da puta me violentou, estrupando e batendo forte na minha bunda.Tive até medo da meninas escutarem, tive de aquentar caladinha sem dar um pio.Sentia aquela rôla grossa me rasgando.Doia muito , pois meu cuzinho era virgem.Comia meu cú me chamando de cadela emprestável igual a esposa dele.Surrava minha bunda enquanto metia eu chorava mas ao mesmo tempo sentia muito tesão e me mastubava igual a uma lôca.Ele percebeu que eu estava gostando.Como já estava quase na hora da esposa dele chegar, ele tirou do meu cú e me mandou ir batendo punheta na minha boca.Senti nojo na hora , não queria fazer.Ele ficou nervoso comigo, empurrava aquele pinto na minha boca enquanto me batia mais no rosto.Tive que pegar aquela pica nojenta , enfiar na boca e bater punheta prá ele até fazer gozar.Me mandou engolir a porra porquê não queria sujeira no quarto .Tive de me recompor logo e voltar para sala.Quando a esposa dele chegou , eu ja estava com as garotinhas, a esposa dele foi logo para o quarto.Na hora de ir embora isso depois de alguns minutos, fomos nos despedir.Quando passamos pelo quarto, pude escutar os estalos dos tapas dele.Minha buceta escorria de tesão.A esposa dele meio constrangida é que saiu do quarto para abrir a porta.Mal ela sabendo que também fui violentada pelo marido tarado que ela tem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


porno minha rotinvídeos de mulheres casadas dando mole pros amigos dos maridos na frente dele em mesas de jantarcontos espiano minha mae peitudamalhando bundundaconto erotico sodomizando a bucetacontospono as fériaschupei a rola enorme do meu irmão virei viado contosmeu paisinho e louco pra mi comer contosContos eróticos velhinho seio gravida novinhacontos eróticos engravidou a namorara e foi morar com patrãoConto erotico gay homem goza usando.vibradorrelato esposa safada na fazendaConto eu metendo na vagabunda da minha tia e na vadia da sua amigaFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viuconto comendo de malharContoerotico comerao minha esposa de pe no metro na minha frentepassando a mao no grelhominha mae de calça legin filho a encoxa contocontos eroticos: sobrinha no coloo dia que levei.uma.gozada no.anus da travesti contoConto porno eu queria entrar em casa, minha mae abriu a porta toda suada, chefe do meu paiAbuzei a menina contos eroticosvideo de porno com machos a força brutamenetecontoerotico.pegamos e titio no flagra e ele nos comeu com muita violençiacontos eerroticos de anaoficou vixiada bo inxestoconti erotico continuacao i primo de jorgeContos gays o fugitivo coroa negro me estrupou com 28cm de jeba.conto tia punheta sobrinhoContoseroticosdesolteirasconto erótico antropóloga na aldeiaMinhas coxas seduz papa contos eroticos calcinhaEdna A tia da minha esposa contos eroticosiniciando a filhaminha esposa levou rola sem saberconto madrasta peludaMarido viajou e bandidos comeram meu cu direitoconto prima virgem da buceta ensopada dormindo na minha camaPirocada sexo gay velhos tara contos veridicosSou casada fodida contocontos eróticos eu minha esposa no aviãoConto sogra magrelinha gosta de orgiaconto erotic minha mãe sabe q sou viadinhocontos eroticos amigas se mastubam juntas pela primeira vezmuito tempo sem mamar no pauConto erotico sogro estuprando nora e gozando dentroaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãoconto erotico eu e minha sobrinha de menor no matinhorelato porno de uma mãecontos encoxada pelo avoconto erotico mae,filha e fazendaconto erótico sobrinho provoca seu tio bebado pelado e tio o comeyravesti gorda xvidioMinha mulher se deliciando com um garoto novocontos dando o rabo pra passar de anocontos eroticos perdi meu cabaçocontos eróticos bucetas pequeninascontos eroticos trair meu marido no puteiroChupou meu pau sujo contoscontos eroticos chifreContos eroticos home xupno xanacontos meu marido quer ser minha mulherconto comendo menininhaContos eroticos irmao da minha amigafudendo com meu colega no centro internato contos eróticosComtos mae fodida pelo filho e sobrinhomulheres safadas lambem cu e pau do namorado e enchem a boca de porraconto erótico ciúmes maliciosocontos eroticos meu amigo e minha mãecontos gay com moto táxisexocontoerótico meu sogrobrinco com tio levou no cuzinhoMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .Contos gay pinto pequenocara fudeu minha mulher e gozo na boca dela e obrigo eu veconto erotico com o velho padrinhoconto viuva carnuda carentecontos enfiei uma aborinha no cuzinho gaysem explicação safadinha contoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos restaurante conto erotico infiel e lesbicaconto anal rabao gggcontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elaconto eroticoeu pai me estuprou gay